Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
JohnLuqueORoots

Galera,me digam como foi pra vocês viajarem de mochilão com seus pais lhe enchendo o saco dizendo que você vai morrer de fome???

Pergunta

Galera, tô com um problema sério com os meus pais afirmando toda hora que vou ser assassinado ou vou morrer de fome, e eles ainda querem que eu fique aqui na minha cidade natal pra sempre...🤦🏻‍♂️

Quero Mochilar Roots ano que vem e eles não param de me fuzilar com essas afirmações! >:(

Alguém que já tenha passado por isso pode contar como foi essa separação dos pais??

Desde já agradeço, gente👍✌️

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Posts Recomendados

  • 0

Cara na real, morrer de fome você não vai, mas acabar morando na rua, mendigando por uns trocados ou por um prato de comida, isto tem grande chance sim de acontecer se você simplesmente resolver sair de casa sem dinheiro e sem um plano bem definido do que fazer.

As histórias que você vê na internet, de pessoas que saíram por ai fazendo mochilão roots, sem dinheiro e sem planos, são só os menos de 1% de pessoas que tiveram sucesso no projeto, o que você não vê por aí, são os outros mais 99% de mochileiros roots que fracassaram e acabaram morando na rua, mendigando, envolvidos com tráfico ou crime, ou que tiveram que ligar para a mamãe já na segunda semana de estrada, pedindo dinheiro para comprar comida quando a fome apertar...

Toda noite as marquises de qualquer cidade grande ficam cheias de pessoas, muitos delas são pessoas que saíram de casa para rodar o mundo sem rumo e compromisso...

Pessoalmente eu conheço algumas pessoas que saíram para fazer mochilão mais roots sem grana e por tempo indeterminado, dos que eu conheço:

Um deles está preso por tráfico de drogas na Bolívia, outro estava morando na rua na última notícia que eu tive dele, um deles estava internado numa clima de reabilitação, pois acabou se viciando em drogas, e uns 2 ou 3 eu nunca mais tive nenhuma notícia, nunca mais conversei com eles e faz anos que não dão sinal de vida nas redes sociais...

Dos meus conhecidos que saíram para fazer mochilão mais roots por tempo indeterminado, somente dois estão sendo relativamente bem sucedidos:

Um deles se sustentava fazendo malabarismo nos cruzamentos, segundo o que ele contava, ele trabalhava 5 ou 6 horas por dia, 7 dias por semana, fazendo malabarismo, e conseguia juntar uma boa grana, o suficiente para pagar hostel, alimentação e outras necessidades básicas, mas ele também conta que faz um boa reserva de dinheiro antes de cair na estrada, para não ter que dormir na rua e mendigar por um prato de comida já na segunda semana que não conseguir ganhar dinheiro suficiente para pagar um hostel e um prato de comida...

O outro, estava rodando a América do Sul trabalhando em restaurantes, ele trabalha 2 ou 3 meses num local, depois seguia para outra cidade, arranjava outro emprego como garçom ou lavador de pratos,  trabalhava mais 2 ou 3 meses, mudava de cidade novamente...

Ou seja, um mochilão roots, sem grana e sem saber fazer nada não é fácil, a grande maioria das pessoas que tenta isto acaba em condição de rua em poucas semanas, somente muitos poucos conseguem ter sucesso.

Então pense bem se você está disposto a passar por isto, se não estiver, tenha um plano muito bom em como onde arranjar o comer e onde dormir depois que o seu dinheiro acabar na segunda semana de estrada...

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

Errados eles não estão. rs

Eu vou falar o que certamente não quer ouvir!

Enquanto morar na mesma casa que seus pais, você deve satisfação e respeito a eles.

É obrigação deles te proteger, mesmo você não gostando.. e sua obrigação como filho é ter empatia e entender o lado deles.

Se realmente é isso que quer.. e espera o apoio deles, você tem que ganhar a confiança de seus pais! E como faz isso? Dando satisfação de tudo o que vai fazer e ter paciência;

Mas saiba, que mochilar rootz não é um conto de fadas.. e quem realiza esse tipo de viagem, corre riscos sim! 

 

 

 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Completando um pouco mais, a maioria desses nômades digitais que a gente vê no Instagram felizes rodando o mundo costumam ter mais de 25 ou 30 anos, saem no mínimo da classe média, depois de ter juntado uma graninha suficiente e tendo um trabalho virtual que já garanta certa estabilidade pra se jogarem no mundo com mais segurança. Pra quem não é nômade digital o Worldpackers pode ajudar pra encontrar trabalho nos lugares por onde passar. Ainda tem a questão da incerteza econômica e entraves que podem ser desencadeados nesse pós-pandemia...muitos dos lugares que oferecem trabalho aos viajantes (restaurantes, hostels...) podem não sobreviver nesse pós-pandemia, reduzindo ainda mais a oferta de trabalho por aí...

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
4 horas atrás, poiuy disse:

Cara na real, morrer de fome você não vai, mas acabar morando na rua, mendigando por uns trocados ou por um prato de comida, isto tem grande chance sim de acontecer se você simplesmente resolver sair de casa sem dinheiro e sem um plano bem definido do que fazer.

As histórias que você vê na internet, de pessoas que saíram por ai fazendo mochilão roots, sem dinheiro e sem planos, são só os menos de 1% de pessoas que tiveram sucesso no projeto, o que você não vê por aí, são os outros mais 99% de mochileiros roots que fracassaram e acabaram morando na rua, mendigando, envolvidos com tráfico ou crime, ou que tiveram que ligar para a mamãe já na segunda semana de estrada, pedindo dinheiro para comprar comida quando a fome apertar...

Toda noite as marquises de qualquer cidade grande ficam cheias de pessoas, muitos delas são pessoas que saíram de casa para rodar o mundo sem rumo e compromisso...

Pessoalmente eu conheço algumas pessoas que saíram para fazer mochilão mais roots sem grana e por tempo indeterminado, dos que eu conheço:

Um deles está preso por tráfico de drogas na Bolívia, outro estava morando na rua na última notícia que eu tive dele, um deles estava internado numa clima de reabilitação, pois acabou se viciando em drogas, e uns 2 ou 3 eu nunca mais tive nenhuma notícia, nunca mais conversei com eles e faz anos que não dão sinal de vida nas redes sociais...

Dos meus conhecidos que saíram para fazer mochilão mais roots por tempo indeterminado, somente dois estão sendo relativamente bem sucedidos:

Um deles se sustentava fazendo malabarismo nos cruzamentos, segundo o que ele contava, ele trabalhava 5 ou 6 horas por dia, 7 dias por semana, fazendo malabarismo, e conseguia juntar uma boa grana, o suficiente para pagar hostel, alimentação e outras necessidades básicas, mas ele também conta que faz um boa reserva de dinheiro antes de cair na estrada, para não ter que dormir na rua e mendigar por um prato de comida já na segunda semana que não conseguir ganhar dinheiro suficiente para pagar um hostel e um prato de comida...

O outro, estava rodando a América do Sul trabalhando em restaurantes, ele trabalha 2 ou 3 meses num local, depois seguia para outra cidade, arranjava outro emprego como garçom ou lavador de pratos,  trabalhava mais 2 ou 3 meses, mudava de cidade novamente...

Ou seja, um mochilão roots, sem grana e sem saber fazer nada não é fácil, a grande maioria das pessoas que tenta isto acaba em condição de rua em poucas semanas, somente muitos poucos conseguem ter sucesso.

Então pense bem se você está disposto a passar por isto, se não estiver, tenha um plano muito bom em como onde arranjar o comer e onde dormir depois que o seu dinheiro acabar na segunda semana de estrada...

Amei teu comentário brother!! E sim eu tenho planos! Estou desenvolvendo até um guia do Mochileiro Roots!! Eu sei que não é fácil ser roots mas, já tenho bastante conhecimento acumulado de técnicas de como conseguir comer,água, higiêne e etc...E eu toco violão e canto, então acho que assim como seu amigo malabarista eu tbm conseguiria um pouco de dinheiro para me manter e continuar viajando!

Só que tipo assim..Num sei se funciona bem ganhar dinheiro tocando violão no Brasil 🇧🇷

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
4 horas atrás, _Umpdy disse:

Errados eles não estão. rs

Eu vou falar o que certamente não quer ouvir!

Enquanto morar na mesma casa que seus pais, você deve satisfação e respeito a eles.

É obrigação deles te proteger, mesmo você não gostando.. e sua obrigação como filho é ter empatia e entender o lado deles.

Se realmente é isso que quer.. e espera o apoio deles, você tem que ganhar a confiança de seus pais! E como faz isso? Dando satisfação de tudo o que vai fazer e ter paciência;

Mas saiba, que mochilar rootz não é um conto de fadas.. e quem realiza esse tipo de viagem, corre riscos sim! 

 

 

 

Nem de fadas eu gosto amigo...É justamente por isso que quero ser Roots experimentar a vida nua e crua na minha pele! Aliás tu já foi de Roots??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Complementando, a forma mais eficiente de seus pais "pararem de encher o seu saco" a respeito do assunto, é você conquistar a confiança deles, e provar que você está bem preparado para uma aventura destas.

Agora como conquistar a confiança deles, tem várias formas, vai deste o seu comportamento do dia-a-dia, até questões financeiras, eu poderia citar alguns exemplos de coisas que você poderia fazer provar que está preparado:

Por exemplo, você já viajou sozinho, e já ficou totalmente por conta própria em outra cidade por uns 4 ou 5 dias?  Se nunca viajou sozinho ou ficou por conta própria por mais que 2 ou 3 dias, nas próximas férias, faça algumas viagens mais curtas, de uma semana por exemplo, e para locais próximos, algo como ir passar o final de semana numa cidade próxima, fazer uma viagem de uma semana para um local próximo, etc.

É mais fácil convencer o país a permitirem você a fazer viagens curtas, e depois que você tiver feito algumas, e não tiver tido problemas, os seus pais terão mais confiança em você, pois saberão que você é responsável e que sabe se virar sozinho.

Você tem alguma reserva de dinheiro para começar a viagem? Se você cair na estrada com a mochila e violão nas costas, sem um tostão furado no bolso, já na primeira semana você estará passando fome mendigando por um prato de comida, pois leva um tempinho até você conseguir "pegar o jeito da coisa", descobrir onde pode conseguir algum dinheiro, comida e um local para dormir, onde tocar violão funciona ou não funciona, etc...

E mesmo quando você já tiver "pego o jeito da coisa", sempre tem aqueles dias onde nada dá certo, onde você não consegue carona, não consegue achar um couchsurf, não consegue arranjar comida, não consegue nenhum dinheiro, etc... E se não tiver nenhuma reserva para estes dias, você com certeza vai passar fome ou ter que dormir na rua.

Uma reserva de emergência serve para estes momentos onde tudo dá errado, e se você tiver uma reserva de emergência, os seus país ficarão mais tranquilos, pois saberão que se a coisa apertar, você terá algum dinheiro para estes momentos e não vai passar fome ou ter que dormir na rua.

Para viagens mais longas, caso você não tenha dinheiro suficiente para bancar toda a viagem, ter um plano bem concreto e viável de como conseguir ganhar algum dinheiro durante a viagem, e provar que você é capaz de colocar isto em prática, também trará confiança para seus pais.

Por exemplo, você falou que sabe tocar violão, mas já tentou se apresentar na praça ou na rua aí da sua cidade, para ver se você tem jeito para apresentações em público e consegue algum dinheiro?  Pois tocar em casa, no seu quarto, ou para meia duzia de amigos é bem diferente do que se apresentar para o público.

Estes são só alguns exemplos de coisas que você fazer para conquistar a confiança dos seus pais, e se você for bem sucedido nestes exemplos, irá ganhando a confiança dos seus pais, e eles não estarão mais tão preocupados, pois saberão que você é responsável e que sabe se virar por conta própria, e que está preparado para esta aventura. 

 

   

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Talvez seus pais tenham razão...

Qual foi o planejamento que você fez?

Já fez alguma outra viagem de experiência? (andar 30km não vale, isso não é mochilão, no máximo foi uma trilha de 1 dia, e voltou pra casa pra dormir na sua cama)

Tem uma profissão, alguma habilidade que te permita ganhar dinheiro durante a viagem?

Se sua resposta pra essas perguntas for não eu concordo com os seus pais.

 

Não quer dizer que você não possa seguir com seu plano do "mochilão roots", mas que você precisa se preparar melhor pra isso. E se seus pais perceberem que você está preparado provavelmente eles vão se preocupar menos.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

tem uma diferença grande em fazer um mochilão roots (ter um planejamento, alguma habilidade em algo que rende ao menos dinheiro pra subsistir, experiência com viagem para não ser enganado, alguma reserva pro caso de ficar doente/ser roubado, ter um psicológico forte o bastante pra aguentar as mudanças de lugar e a solidão) e virar andarilho/mendigo.

comece por perto, viaje finais de semana, tente ganhar dinheiro e experiência e ter essas características que eu disse. todo mundo (ou quase rs) quer viajar o mundo.

depois da pandemia, então, pode ser ainda mais difícil. imagina pegar covid-19 sozinho em uma cidade onde não conhece ninguém, com todas as suas fontes de renda cortadas (restaurantes pra tocar, ou pessoas não circulando na rua).

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
4 horas atrás, NicolasBRodrigues disse:

tem uma diferença grande em fazer um mochilão roots (ter um planejamento, alguma habilidade em algo que rende ao menos dinheiro pra subsistir, experiência com viagem para não ser enganado, alguma reserva pro caso de ficar doente/ser roubado, ter um psicológico forte o bastante pra aguentar as mudanças de lugar e a solidão) e virar andarilho/mendigo.

comece por perto, viaje finais de semana, tente ganhar dinheiro e experiência e ter essas características que eu disse. todo mundo (ou quase rs) quer viajar o mundo.

depois da pandemia, então, pode ser ainda mais difícil. imagina pegar covid-19 sozinho em uma cidade onde não conhece ninguém, com todas as suas fontes de renda cortadas (restaurantes pra tocar, ou pessoas não circulando na rua).

Muito obrigado por sua resposta realista! Me impactou muito :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
5 horas atrás, samanthavasques disse:

Talvez seus pais tenham razão...

Qual foi o planejamento que você fez?

Já fez alguma outra viagem de experiência? (andar 30km não vale, isso não é mochilão, no máximo foi uma trilha de 1 dia, e voltou pra casa pra dormir na sua cama)

Tem uma profissão, alguma habilidade que te permita ganhar dinheiro durante a viagem?

Se sua resposta pra essas perguntas for não eu concordo com os seus pais.

 

Não quer dizer que você não possa seguir com seu plano do "mochilão roots", mas que você precisa se preparar melhor pra isso. E se seus pais perceberem que você está preparado provavelmente eles vão se preocupar menos.

Sim já havia pensado nisso! Sei cantar e tocar violão. Vou me preparar melhor concerteza! E vou ser mais paciente e vou tentar explicar o que quero fazer!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder esta pergunta...

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...