Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
ViagensGieCalu

Mochilão Bolívia - Parque Sajama

Pergunta

Olá!!! 

Estou planejando um mochilão pela Bolívia e não estou encontrando muita informação sobre o Parque Sajama na Bolívia. O Roteiro será La Paz - Copacabana - La Paz - Sucre - Potosí - Uyuni - Sajama - La Paz. Gostaria de saber os horários e o valor dos ônibus de Oruro para Sajama porque vamos sair de Uyuni a noite e chegar em Oruro pela Madrugada. Também queria saber sobre a hospedagem, tem que reservar antes ou na chegada conseguimos encontrar um lugarzinho, quanto custa a hospedagem(Interrogação rs, estou no computador de outra pessoa e não consigo colocar o sinal de interrogação rs, aiai) e quanto é a entrada no parque(Interrogação rs). Se alguém puder me ajudar agradeço demais.

Segue o roteiro da Bolívia em anexo, qualquer sugestão será super bem vinda.

Gi

 

 

 

Roteiro Bolívia.xlsx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Posts Recomendados

  • 0

Não conheço este parque, mas dando uma olhada no mapa para ver a localização dele, e depois de uma rápida pesquisa no google, dá para deduzir algumas coisas:

A vila de Sajama de onde partem as expedições para o Nevada Sajama, é uma vila minuscula, com menos de 500 habitantes, e fica a  mais de 100 Km da sede do município em Turco, literalmente no meio do nada, longe de tudo e de qualquer cidade um pouco maior, a maior cidade da região é Oruro, a 250 Km de distância...

E para lugares assim: afastados, longe de tudo e no meio do nada, num local que atrai poucos turistas, e ainda lá nos confins do Altiplano Boliviano, não costuma haver transporte público regular, o que costuma existir são vans informais uma vez por dia ou até menos...

Então em teoria, primeiro você teria que conseguir chegar na sede do município em Turco, provavelmente com uma van informal que sai uma vez por dia de Oruro, e depois ter que achar outra van informal que vá até a vila de Sajama, mas é bem provável que os horários não encaixem, que você chegue lá em Turco e a van para Sajama já tenha partido, e você tenha que esperar até o dia seguinte,  na volta a mesma coisa...

Ou seja, como é um lugar muito fora de mão e no meio do nada, costuma ser complicado e demorado chegar lá usando transporte público, e as poucas pessoas que vão até lá, costumam ir com carro próprio ou alugado, ou então contratar um pacote de uma agência que inclua o deslocamento em veiculo da agência, hospedagem e expedição até a montanha e lago.

2 horas atrás, ViagensGieCalu disse:

Também queria saber sobre a hospedagem, tem que reservar antes ou na chegada conseguimos encontrar um lugarzinho

 Sajama é uma vila minuscula, a unica coisa que tem lá são pouco mais de duas duzias de residências, 3 ou 4 pequenas pousadas e um minimercado, e num lugar assim, super longe de qualquer outra cidade ou vila, e onde é complicado chegar e sair, pessoalmente eu reservaria hospedagem antecipadamente, para não chegar lá depois de um dia cansativo de estrada, e descobrir que duas pousadas estão fechadas, e as outras duas estão lotadas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

Sajama já tinha entrado no meu radar, então já tinha pesquisado sobre

Existem diversos tours saindo de La Paz, mas concordo que esses tour você fica preso a eles sem contar que são caros

Sobre chegar la por conta própria:

For those who wish to travel by public transit, there are a couple options available. It’s possible to catch any of the buses which run between La Paz and Arica; you can simply ask to be let off near the entrance to the park. It should be noted, however, that the actual village of Sajama is 12 kilometers from the main highway (you can arrange transportation from the town of Tambo Quemado on the Chilean border).

The other, more popular route, involves arriving at the park from the town of Patacamaya, located halfway between La Paz and Oruro. There are frequent buses going between La Paz and Oruro, so you need only tell the driver that you wish to exit at Patacamaya. Once you’ve reached Patacamaya, you can take a shared van (colectivo) to the village of Sajama about 3 hours away.

de outro site:

BY BUS

As there are no buses travelling direct to Sajama, travellers must transfer in the small town of Patacamaya, a small truck-stop on the main road between La Paz and Oruro. Please note: Buses don’t always run on a Sunday, so make sure to be flexible with your travel plans From La Paz: Take an early morning Oruro-bound bus from La Paz’s Terminal de Buses to the town of Patacamaya, from where another minibus goes direct to Sajama Village (see details below).  Buses from La Paz leave every 30 minutes and the journey to Patacamaya takes around 1.5 hours. A one way ticket costs Bs 10 ($1.50 US). From Oruro: Take one of the early morning minibuses headed for La Paz getting off at Patacamaya. There are several departures per hour and the journey from Oruro to Patacamaya is around 2 hours. You will have to pay the full price to La Paz for the ticket which costs Bs 30 ($4 US) one way. From Patacamaya take a minibus to Sajama Village (see below for details). Alternative route from La Paz/Oruro: Take one of the several daily buses headed to Arica, Chile asking the driver to drop you off on the road leading up to Sajama. From this point you are still 12 km away from the entrance to the park, so be aware that you will either have to wait for a car to pass by to give you a lift into town, or walk the remaining distance (around 3 hours). Otherwise you can get off at the nearby town of Tambo Quemada from which transport to Sajama should be easy to find. From Patacamaya: Take the 12 pm bus to Sajama, leaving from the north side of town in front of ‘Restaurante Capitol’. There is only one bus scheduled per day so it’s recommended that you start lining up as early as possible to secure a seat. The bus departs once full so it’s not uncommon to be waiting around until 1:30pm to hit the road.  The journey to Sajama takes around three hours, costing Bs 30 ($4 US) for a one way ticket. There are no stops along the way so make sure to use the bathroom and buy snacks before heading off. From Sajama: To get back to Patacamaya the bus leaves from the main plaza every day at 5:30 am (4 am on Sunday). You are required to be at the bus stop 15 minutes before departure, so be sure to wear warm clothes as it’s very chilly at this time of the morning. The journey takes around 3 hours and costs Bs 25 ($4 US) for a one way ticket. From Patacamaya there are many buses travelling to Oruro and La Paz. The other option is to organise a lift from Sajama Village to the main highway and wait for a bus coming from Arica to La Paz. Buses pass the crossroad around noon and usually stop for passengers along the road. Ask the locals in Sajama for more accurate times.

A questão é se esssa informação ainda está atualizada né

Outra coisa que me chama atenção que a região do Chile, Peru, Bolivia sempre atraiu mochileiros do Brasil e do mundo. Lugares como Atacama, as montanhas peruanas são abarrotadas de turista, e pouco se vê falar do parque Sajama na Bolívia e o parque Lauca no Chile (que seria a continuação do mesmo parque entre os 2 países)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Bem vindo. Vou lhe ensinar a chegar ao Parque Sajama

De Oruro ou La Paz, tem de pegar um ônibus até Patacamaya, chegando lá, tem um ponto com Vans que saem a localidades rurais e outras cidades pequenas, tem de procurar uma Van que vá até Tambo Quemado, converse com o motorista e diga que quer ir até ao Parque Sajama, no trajeto até Tambo Quemado ele fará um pequeno desvio saindo da estrada principal e te deixará na Vila, tem um ou dois horários por dia que já faz este trajeto ok? Custa uns Bs30,00, depende da quantidade de gente da Van, pode sair até mais barato. Para ir embora de lá, até Patacamaya ou outro lugar a Van que passa dentro da Vila, passa por lá bem cedo, cerca de 5:30 da manhã, prepare-se para o frio. A maneira mais pratica é ir até Tambo Quemado e de lá pegar outra Van até Patacamaya. A entrada do Parque custava Bs100,00, talvez tenha aumentado um pouco.

Lá só existem pequenas hospedagens, coisas simples e rusticas, se for exigente, não vá, custa uns Bs40,00 ou Bs50,00,  almoço tem de combinar antes, tem uma pequena mercearia de uma senhorinha que pode combinar todos os dias de almoçar ou jantar lá. Compre alimentos como carne seca, enlatados ou o que preferir em Patacamaya, em Sajama é um pouco mais caro, se for bom de caminhada da para fazer todos os passeios a pé, prepara-se para caminhar de 15 a 20 km por dia, é muito, mas vale a pena. Não tente subir além do primeiro mirante do Nevado Sajama se não tem praticas em Alta Montanha, pode não voltar vivo ok ? Do segundo mirante em diante somente com equipamentos, repito, não inventem de tentar, é perigoso.

Se quiserem fazer os passeios lá, pode combinar com moradores para levar vocês até aos destinos, irão cobrar uns Bs100,00,  em agosto e setembro, quando estará cheio de visitantes para escalar o Sajama.

Até mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
Em 21/07/2020 em 09:40, poiuy disse:

Não conheço este parque, mas dando uma olhada no mapa para ver a localização dele, e depois de uma rápida pesquisa no google, dá para deduzir algumas coisas:

A vila de Sajama de onde partem as expedições para o Nevada Sajama, é uma vila minuscula, com menos de 500 habitantes, e fica a  mais de 100 Km da sede do município em Turco, literalmente no meio do nada, longe de tudo e de qualquer cidade um pouco maior, a maior cidade da região é Oruro, a 250 Km de distância...

E para lugares assim: afastados, longe de tudo e no meio do nada, num local que atrai poucos turistas, e ainda lá nos confins do Altiplano Boliviano, não costuma haver transporte público regular, o que costuma existir são vans informais uma vez por dia ou até menos...

Então em teoria, primeiro você teria que conseguir chegar na sede do município em Turco, provavelmente com uma van informal que sai uma vez por dia de Oruro, e depois ter que achar outra van informal que vá até a vila de Sajama, mas é bem provável que os horários não encaixem, que você chegue lá em Turco e a van para Sajama já tenha partido, e você tenha que esperar até o dia seguinte,  na volta a mesma coisa...

Ou seja, como é um lugar muito fora de mão e no meio do nada, costuma ser complicado e demorado chegar lá usando transporte público, e as poucas pessoas que vão até lá, costumam ir com carro próprio ou alugado, ou então contratar um pacote de uma agência que inclua o deslocamento em veiculo da agência, hospedagem e expedição até a montanha e lago.

 Sajama é uma vila minuscula, a unica coisa que tem lá são pouco mais de duas duzias de residências, 3 ou 4 pequenas pousadas e um minimercado, e num lugar assim, super longe de qualquer outra cidade ou vila, e onde é complicado chegar e sair, pessoalmente eu reservaria hospedagem antecipadamente, para não chegar lá depois de um dia cansativo de estrada, e descobrir que duas pousadas estão fechadas, e as outras duas estão lotadas...

Obrigada pela ajuda! Vou estudar melhor o roteiro :).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

@FCRO Obrigada pelas dicas! Quero ir de Uyuni, ai iria para Oruro  e de lá para Patacamaya. Vou estudar isso. Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

@RicardoRM Super obrigada pelas dicas! Não me importo com as hospedagens, quero conhecer esse lugar maravilhoso! Quanto aos trekkings fiz alguns no Peru e cheguei ao meu limite de todas as viagens rs. Não sei se vou pedir muito do meu corpo na Bolívia, irei treinar, mas vi que meu corpo cansa, então tenho certos limites em altitudes :(. Quero só caminhar até onde der, sentar e ver a paisagem e sei que só isso já vai muita energia. Vou de boa rs ;). Super obrigada pelas dicas e pelos alertas, são bem importantes! Abraços!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
Em 21/07/2020 em 11:17, FCRO disse:

Outra coisa que me chama atenção que a região do Chile, Peru, Bolivia sempre atraiu mochileiros do Brasil e do mundo. Lugares como Atacama, as montanhas peruanas são abarrotadas de turista, e pouco se vê falar do parque Sajama na Bolívia e o parque Lauca no Chile (que seria a continuação do mesmo parque entre os 2 países)

Acho que é uma combinação de fatores: propaganda boca-a-boca, facilidades de acesso, infraestrutura e "fama" desses locais. Atacama é cheio de Brasileiro, Torres del Paine nem tanto, por exemplo.

 

@RicardoRM , Eu não conhecia sobre esse parque, achei bem legal, você acha que fazer trilhas nesse parque servem como treinamento para fazer o Trekking no acampamento base do Everest posteriormente??

 

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
Em 21/07/2020 em 07:20, ViagensGieCalu disse:

Olá!!! 

Estou planejando um mochilão pela Bolívia e não estou encontrando muita informação sobre o Parque Sajama na Bolívia. O Roteiro será La Paz - Copacabana - La Paz - Sucre - Potosí - Uyuni - Sajama - La Paz. Gostaria de saber os horários e o valor dos ônibus de Oruro para Sajama porque vamos sair de Uyuni a noite e chegar em Oruro pela Madrugada. Também queria saber sobre a hospedagem, tem que reservar antes ou na chegada conseguimos encontrar um lugarzinho, quanto custa a hospedagem(Interrogação rs, estou no computador de outra pessoa e não consigo colocar o sinal de interrogação rs, aiai) e quanto é a entrada no parque(Interrogação rs). Se alguém puder me ajudar agradeço demais.

Segue o roteiro da Bolívia em anexo, qualquer sugestão será super bem vinda.

Gi

 

 

 

Roteiro Bolívia.xlsx 29 kB · 6 downloads

Boa tarde,

uma outra opção seria vcs comprarem a passagem de ida por Santa Cruz e volta por La Paz ou vice versa na opção multiplus destinos. Quando fiz meu mochilão o preço era quase equivalente, depende muito da compania aérea. Porque vocês rodariam um pouco meno em circulo e iria aclimatando aos poucos entre Sucre e Potosí, além de que a viagem ficaria quase linear...vale dar uma olhada...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

@valderes Certamente irá ajudar no preparo para o trekking do campo base do Everest ( meu sonho de consumo ), mas a pegada no Sajama é diferente, a maior parte do trekking por lá é em áreas mais planas ok, mas o que importa lá é fortalecimento da respiração em altitude. Na região de La Paz possui uns trekkings que seria de melhor proveito para esta finalidade ok. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...