Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Como morar legalmente na Europa?


Posts Recomendados

  • Membros

Pessoal, tudo bem?

Primeiramente sei que o assunto do tópico não faz muito sentido com o fórum, inclusive entendo caso o mesmo seja excluído, mas acredito que aqui há várias pessoas com conhecimento de causa.

Recentemente estou fazendo um levantamento da minha árvore genealógica onde há suspeitas de antepassados italianos e, com isso, tirar a cidadania italiana não seria tão complicado (sei que há uma burocracia enorme envolvida, que aqui no Brasil isso pode levar entre 8~12 anos e os gastos ficariam em torno de R$25~30mil).

Porém, caso não dê certo a busca por uma cidadania italiana, quais os outros métodos para morar legalmente na Europa? Hoje só me vem a cabeça realizar uma graduação/mestrado/MBA - que não são nada baratos - e conseguir uma vaga em alguma empresa que patrocinasse a continuidade no país. 

Agradeço toda e qualquer ajuda, preciso realmente de um direcionamento para, quem sabe, alcançar esse sonho! 😄

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Uma outra alternativa é casar-se com uma cidadã italiana (qualquer pessoa que tenha cidadania italiana, não precisa ser especificamente alguém que nasceu lá), você nem precisa residir na Itália, mas tens que conseguir comprovar que ao menos 03 anos vive no mesmo lar que sua esposa (o casamento precisa ser civil, união estável não é aceito).

Se tiveres filhos, o prazo é reduzido pela metade.

Desta forma, é possível requerer a naturalização italiana (não é cidadania), o filho, caso exista, será cidadão italiano.

Tenho um amigo próximo que se relacionou com uma francesa enquanto fazia parte da sua graduação nos estados unidos. Mais tarde, ele começou o mestrado, e nos mesmos moldes, metade da pesquisa pôde ser feita na França, onde viveu com sua namorada, e depois casou com ela durante o período da pesquisa.

Os termos do curso (por ser de uma universidade federal) obrigam que ele compense o país retornando por um período e fazendo pesquisa por aqui (o que ele está fazendo), mas depois disso, ele está livre para viver na França como quiser.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
2 minutos atrás, Alan Rafael Kinder disse:

Uma outra alternativa é casar-se com uma cidadã italiana (qualquer pessoa que tenha cidadania italiana, não precisa ser especificamente alguém que nasceu lá), você nem precisa residir na Itália, mas tens que conseguir comprovar que ao menos 03 anos vive no mesmo lar que sua esposa (o casamento precisa ser civil, união estável não é aceito).

Se tiveres filhos, o prazo é reduzido pela metade.

Desta forma, é possível requerer a naturalização italiana (não é cidadania), o filho, caso exista, será cidadão italiano.

Tenho um amigo próximo que se relacionou com uma francesa enquanto fazia parte da sua graduação nos estados unidos. Mais tarde, ele começou o mestrado, e nos mesmos moldes, metade da pesquisa pôde ser feita na França, onde viveu com sua namorada, e depois casou com ela durante o período da pesquisa.

Os termos do curso (por ser de uma universidade federal) obrigam que ele compense o país retornando por um período e fazendo pesquisa por aqui (o que ele está fazendo), mas depois disso, ele está livre para viver na França como quiser.

Sò uma correção: Cidadania é uma sò, não importa se original ou naturalizado, uma vez naturalizado ou reconhecido, se é cidadão, com todos mesmos direitos e deveres. 

 

Morar na Europa sem ter uma faculdade é praticamente impossível se tentar por emprego, a não ser que seja muito bom no que faz. Não digo que é obrigatòrio ter diploma, mas para conseguir um visto de trabalho, precisa ser numa àrea mais especializada, como TI por exemplo.

A Alemanha tem faculdade gratuita, porèm para estrangeiro requer uma quantidade relativamente alta de euros para provar que consigue morar sem trabalhar, enquanto estuda é possivel fazer jobs de até 20h semanais. 

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
5 horas atrás, Davi Leichsenring disse:

Sò uma correção: Cidadania é uma sò, não importa se original ou naturalizado, uma vez naturalizado ou reconhecido, se é cidadão, com todos mesmos direitos e deveres. 

 

Morar na Europa sem ter uma faculdade é praticamente impossível se tentar por emprego, a não ser que seja muito bom no que faz. Não digo que é obrigatòrio ter diploma, mas para conseguir um visto de trabalho, precisa ser numa àrea mais especializada, como TI por exemplo.

A Alemanha tem faculdade gratuita, porèm para estrangeiro requer uma quantidade relativamente alta de euros para provar que consigue morar sem trabalhar, enquanto estuda é possivel fazer jobs de até 20h semanais. 

 

Quais áreas realmente tem empregos disponíveis para estrangeiros?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
8 horas atrás, Alan Rafael Kinder disse:

Uma outra alternativa é casar-se com uma cidadã italiana (qualquer pessoa que tenha cidadania italiana, não precisa ser especificamente alguém que nasceu lá), você nem precisa residir na Itália, mas tens que conseguir comprovar que ao menos 03 anos vive no mesmo lar que sua esposa (o casamento precisa ser civil, união estável não é aceito).

Vou ter que jogar meu Tinder pra Itália 😂 vejo alguns relatos de algumas pessoas que procuram casamento arranjado com irlandesas(es), mas não queria tomar tal atitude por puro interesse 😅

8 horas atrás, Davi Leichsenring disse:

Morar na Europa sem ter uma faculdade é praticamente impossível se tentar por emprego, a não ser que seja muito bom no que faz. Não digo que é obrigatòrio ter diploma, mas para conseguir um visto de trabalho, precisa ser numa àrea mais especializada, como TI por exemplo.

A Alemanha tem faculdade gratuita, porèm para estrangeiro requer uma quantidade relativamente alta de euros para provar que consigue morar sem trabalhar, enquanto estuda é possivel fazer jobs de até 20h semanais.

Particularmente possuo duas graduações aqui no Brasil, mas ainda assim acho uma tarefa quase que impossível buscar um emprego na Europa. Já vi algumas vagas no Europass, mas me pergunto qual motivação eles teriam em contratar um brasileiro ao invés de um residente da União Europeia. Não que eu me considere ruim no que eu faço, mas sei que há pessoas de mesmo nível e melhores que já possuem uma familiaridade de cultura e linguagem local.

Quanto as faculdades públicas na Alemanha, elas exigem no mínimo nível B2 de proficiência?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Em 23/09/2020 em 05:50, Yunes disse:

caso não dê certo a busca por uma cidadania italiana, quais os outros métodos para morar legalmente na Europa?

Alguns países europeus oferecem visto de freelancer/ empreendedor. Aliás nem sabia da existência desse tipo de visto, mas outro dia apareceu um artigo sobre esse assunto no meu feed do google, achei interessante. Lembro que o artigo mencionava os seguinte países: Portugal, Espanha, França, República Tcheca, Estônia, Alemanha... e talvez algum outro, não lembro. É um visto voltado para autônomos em geral: professores de habilidades, ilustradores, web designers, nomades digitais em geral, artistas etc. Não precisa de curso superior mas provavelmente precisa comprovar fundos financeiros e seguro saúde. O artigo era meio superficial e não entrava em muitos detalhes - talvez valesse a pena investigar. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
21 horas atrás, Rafael_Salvador disse:

Quais áreas realmente tem empregos disponíveis para estrangeiros?

Sei que TI tem, pois trabalho com isso, mas não faço muita ideia quais outras áreas tem procura.

 

@Yunes

Então, mas a empresa sò pode te contratar se não tiver europeu interessado. Existe uma lei que para contratar um estrangeiro, a vaga deve estar aberta a pelo menos 3 meses sem conseguir uma pessoa qualificada (tem varias regras, essa é uma delas), então daì abre-se para quem é de fora.

Pode ter N motivos para a vaga não estar sendo preenchida, porém isso é com a empresa, a ùnica coisa que podes fazer è ir aplicando em todas vagas possíveis, explicitando que precisa de sponsor. Tenho amigos que vieram para Alemanha depois de um ano tentando, não è facil mas é possivel.

Apesar de eu morar na Alemanha, eu sou cidadão italiano, então não sei como funciona na pràtica tudo isso.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...