Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

Conheci o Fábio aqui no fórum e começamos a trocar mensagens combinando alguma caminhada. Infelizmente de última hora tive que abortar minha ida ao Buracão e fiquei só na vontade quando li o relato do Fábio. Na última semana combinamos outra caminhada na Chapada dos Veadeiros, iríamos subir o Pouso Alto. A Serra do Pouso Alto, no município de Alto Paraíso, é o ponto culminante da região Centro-Oeste, com 1676m de altitude.

Marcamos o encontro em Alto Paraíso, no restaurante Oca Lila, às 11:00 do dia 21 de abril. Minha cidade fica à 240km de Alto Paraíso, sendo 90km de estrada de terra. Apesar de alguns trechos meio ruins, com muitas pedras soltas e alguns buracos, a viagem se desenvolveu bem, além de passar por locais com paisagens bem legais, como a Vale do Rio São Miguel, o Morro da Balei e o Jardim de Maytrea.

Vale do Rio São Miguel

20120423130146.JPG

 

Morro da Baleia

20120423130304.JPG

 

Jardim de Maytrea

20120423130922.JPG

 

Atrasei-me um pouco e cheguei ao restaurante só depois do meio dia, onde meus novos companheiros já estavam almoçando. Ali, conheci pessoalmente o Fábio, a Andrea e o Teófilo. Depois de nos apresentar, também fui forrar o estômago. O restaurante serve uma deliciosa comida vegetariana. Depois do almoço, ficamos conversando e dando uma olhada na carta e no mapa que o Fábio tinha impresso. O Fábio já tinha subido um morro na região e sábio de um lugar no qual poderíamos deixar os veículos. O Pouso Alto fica a cerca de 20km da cidade, sentido Teresina de Goiás. Deixamos os carros na RPPN de Cara Preta, próximo a uma casa abandonada, que hoje serve de abrigo para coletores de flores e às 15:00 horas começamos a caminhar. A caminhada é fácil e curta, com pouco mais de 2km e cerca de 150m de desnível. Boa parte é feita em campos de altitude, repletos de paepalanthus e margaridas do campo. Somente na base do Pouso Alto é que começa o vara mato e o trepa pedra. Como sempre estou fora de forma tive que dar uma paradinha pra descansar, atrasando meus companheiros. Subimos por uma canaleta até a crista de um cucuruto menor, depois descemos até um colo bem próximo ao cume, onde iríamos montar o acampamento, deixamos as mochilas e fomos até o alto do morrinho, onde há uma marco do Conselho Nacional de Geografia. Lá de cima se tem uma bela vista do Vale do Macacão e de Parte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Dali, descemos pra montar as barracas e curtir um lindo pôr do sol.

 

Ponte pouco antes antes da casa na RPPN

20120423130521.JPG

 

Casa abandonada na RPPN de Cara Preta

20120423131056.JPG

 

Campos de altitude a caminho do Pouso Alto

20120423132105.JPG

 

20120423132149.JPG

 

20120423132251.JPG

 

Nos campos da Serra do Pouso Alto

20120527154027.jpg

 

No cume do Pouso Alto

20120423132334.JPG

 

20120423132421.JPG

 

20120423132512.JPG

 

Vale do Macacão visto do Pouso Alto

20120423133258.JPG

 

Parque Nacional visto do Pouso Alto

20120423133521.JPG

 

Pôr do Sol

20120423133136.JPG

 

Acampamento

20120423133627.JPG

 

A noite caiu magnífica e nós fomos cozinhar e jogar conversa fora, ficamos ali ouvindo sobre as friacas que o Fábio já tinha passado. Há tempos não acampava acompanhado e já tinha me esquecido o quanto é bom esses papos no meio do mato, ainda mais quando se está junto de pessoas tão de boa. Comi um macarrão com sardinha e fui dormir. A noite foi bem tranquila, acordei apenas duas vezes, a 1ª porque estava com calor e saí do saco de dormir, a 2ª, por causa do frio, tendo que entrar nele novamente. Acordei com a Andrea dizendo que o sol estava pra nascer. Ainda bem que ela me acordou, pois quase perdi aquele espetáculo.

 

A linda noite no Pouso Alto

20120423140201.JPG

 

Nascer do Sol espetacular

20120423133858.JPG

 

Depois subimos até uma pedra pra contemplar a paisagem e vimos uns roedores tomando sol numas pedras logo abaixo. Após de tomar café e arrumar o acampamento, pra variar, fui o último, descemos por outra encosta bem mais inclinada que a do dia anterior até os campos.Foram pouco mais de duas horas de caminhada e novamente estávamos ao lado dos veículos. Passamos em Alto Paraíso, pra tomar um suco e me despedi de meus novos companheiros, rumando de volta à Uruaçu. Tenho que agradecer ao Fábio, Andrea e Teófilo pela ótima companhia e pela caminhada bem legal que me proporcionaram. Até a próxima!

 

Na volta pra casa

20120423134014.JPG

 

20120423134118.JPG

 

20120423134221.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sensacional!! Foi essa a caminha que eu perdi, droga! Renato, as fotos ficaram excelentes

 

abraço!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, foi essa que vc perdeu!

Agora, melhor que a caminhada, foram os companheiros, pessoas sensacionais!

Vamos ver se na próxima vc não pula fora! hehehe

Até a próxima!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Renato,

 

Show de bola a travessia e as fotos!

Como está se saindo a MH? Preciso testar minha Terra Nova, mas ela veio rasgada.

 

Abraços,

Edver

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado, Edy!

Tudo beleza aí no sul?

A barraquinha tem se saido muito bem. Tinha minhas dúvidas em relação a barracas tipo tunel,

mas me surpreendeu de maneira positiva.

Nessa caminhada, levei a Tadpole da TNF, um pouco mais pesada, mas tbm é uma ótima barraca.

Que sacanagem essa da barraca vir rasgada, tinha visto o seu post sobre isso.

Já enviou pra troca ou reparo? Como foi o pós venda?

A Terra Nova parece ser um espetáculo, pelo que vi, pesa cerca de 800g. É isso mesmo?

Abração!

Renato

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Renato!

 

Frio aqui no Sul! Temperatura excelente para trekkings!

A Tadpole é uma excelente tenda! Pena ser pesada, senão comprava uma.

 

Já enviei e já receberam. O pessoal tá sendo muito solícito! Já me enviaram uma nova e logo mais deve chegar.

É isso mesmo, 860g embalada! Um sonho de peso pra quem é preguiçoso na pernada ::mmm:

 

Assim que chegar, posto as fotos e infos dela.

 

Abraço,

Edver

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Renato:

 

lindas fotos, belo relato, ótimo trekking!

 

já estou em BSB. Depois que minha mudança e família chegarem terei uns fds livres e vamos combinar algo como esta Serra do Pouso Alto.

 

abraços, peter

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E aí, Peter, beleza!?

Assim que estiver pronto aí, vc avisa e a gente combina.

Vamos ver se caimos lá pros lados da Chapada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite, Renato, estou querendo subir pela primeira vez a Serra de Pouso Alto. Teria como eu ter acesso ao mapa q seu amigo Fábio usou? O percurso dá pra fazer em um único dia? Da estrada de asfalto até o pé da Serra tem alguma sinalização?

Obrigado, Renato, aguardo ansioso a sua resposta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por casal100
      Realizamos no periodo de 05 a 17 de Julho de 2015 a Volta completa da ilha de florianopolis a pé. Foram 12 dias e 251 quilometros.
      Somente a trilha entre ponta de canas e lagoinha que estava fechada, as outras estavam abertas.
      Em breve relato completo.
    • Por casal100
      Realizamos no período de 01 a 30 de janeiro de 2016 o CRER, foram mais de 800 quilômetros de caminhada.
       
      O circuito começa no morro da piedade a uns 15 kms de Caeté -MG e termina no santuário de Aparecida no estado de São Paulo.
       
      Esse circuito ainda está em fase de implantação, no escritório da igreja da piedade não disponibilizam nenhuma informação sobre o roteiro.
      Fornecem somente um pequeno mapa de uma parte do roteiro, não consta nele nenhuma informação sobre hospedagem, refeições, quilometragem.......
      Tem que seguir os marcos , que em alguns lugares foram destruídos dificultando sobremaneira o prosseguimento.
      Mais de 80% deste roteiro seguem o mesmo percurso da Estrada Real, no nosso caso ajudou bastante, pois em caso de dúvida seguíamos os da ER.
       
      Esse é uma demonstração de parte do CRER.

      Em algumas cidades tem essas placas informativa sobre o caminho CRER

      Essas placas informam as distâncias entre cidades..

      O morro da piedade é aquele morro no fundo da foto, é ali que oficialmente começa do caminho CRER

      Essa é a portaria que dá acesso a igreja da Piedade início oficial do CRER

    • Por casal100
      O relato a seguir faz parte da viagem realizada entre dez e fev/2010 a américa do sul de carro, as fotos, bem como o restante do relato, está em:http://www.mochileiros.com/america-do-sul-de-carro-no-verao-t25689-210.html
       
       
      18/01/2010 - SEGUNDA-FEIRA
      Puerto Natales
      Preparativos para enfrentar o circuito "O" de torres del paine.
      Telefone para o brasil: Pcl$550 por minuto.
       
      Acordamos bem cedo, nosso hostel ficava um pouco distante do pequeno centro, então tinhamos que comprar os mantimentos e descer prá guardar e voltar, estávamos indecisos se compravamos barraca, saco, fogareiro.... ou alugavamos, decidimos comprar o fogareiro e as panelas e alugar o resto, era o primeiro grande trekking, imagina comprar tudo e não gostar do "esporte".
      Aqui tivemos uma péssima surpresa: NÃO ACHEI EM PUERTO NATALES UM CARTÃO PARA MINHA MÁQUINA, PORTANTO, IREI SOMENTE COM UM CARTÃO, SERÃO POUCAS FOTOS DAQUELE PARAÍSO.....faz parte.
      Fizemos pesquisa de preços para alugar, decidimos alugar tudo no mesmo lugar, num hostel na praça principal, vou ficar devendo o nome, mas vou procurar, o pessoal é muito atencioso, e, melhor, eles montam a barraca na tua frente, se tiver problema eles arrumam outra, faz isso com o saco de dormir.... quando vc retornar, eles conferem tudo, então muito cuidado, senão vai ter que pagar os estragos, isso é muito justo.
      A lista dos produtos, com preços, quantidades(alimentícos, remédios, roupas,.....), informarei na mensagem seguinte, pois tenho que procurar as anotações.
       
       
      Fiquei devendo o endereço do pessoal que aluga equipamento de trekking em Puerto Natales, segue:
       
      Marisa Pugliese & Jorge Ruiz
      Hostel, agência de viajes, restaurante, aluguel de equipamentos.
      Calle Tomas Rogers, 179 Puerto Natales - PRAÇA PRINCIPAL
      Contato: [email protected]
      fone: (56-61) 411028
       
      Eles alugam tudo: saco de dormir, barracas(doite/north face), bastão, isolante, mochila(doite), panelas, talheres, copos, protetor mochila, copos..........
      A vantagem deles é que montam a barraca antes de entregar, na tua frente, se tiver algum problema é resolvido na hora, mas quando vc for devolver, vão fazer o mesmo processo, portanto, se houver algum estrago terá que pagar.
       
      São ruins de negociãção, não dão desconto se alugar, por exemplo por dez dia.
      a diária vence as 22 horas, se por acaso deixar para entregar no outro dia cedo, pagará outra diária.
       
       
      TORRES DEL PAINE - ROUPAS, EQUIPAMENTOS, ALIMENTOS, REMÉDIOS.....
       
      EQUIPAMENTOS:
      COMPRADOS(Loja Balfer - filial Puerto Natalaes):
      Fogareiro Doite a gás...: Pcl$13.750,00 bem pequeno e prático, deu conta do recado.
      Jogo de cozinha Doite...: Pcl$20.700,00 (panela, frigideira, 2 pratos, copo, chaleira, espátula), muito prático.
      Gás butano 230 grs doite: Pcl$ 3.300,00 cada (levamos dois)
      capa mochila
       
      ALUGADOS (Calle Roggers, 179 - Praça principal Puerto Natales:
      Barraca 2 pessoas ......: pcl$4.500,00 por dia - Marca doite, modelo himalaya - ÓTIMA
      Saco dormir ......: pcl$2.000,00 por dia - marca doite - ÒTIMO
      Isolante térmico .......: Pcl$ 500,00 por dia
      Bastão ......: Pcl$1.500,00 por dia o par
      Mochila doite 70 lts ...: Pcl$1.800,00 por dia
      Polainas ...............: Pcl$ 800,00 por dia o par - muito útil
       
      Máquina fotográfica sony, compacta, 7.1 mpx.
       
      Restante: talheres, luva de borracha(muito útil), faca, saco lixo, repelente, protetor solar/labial, sabo pó, esponja, cordão, isqueiro, fósforo....comprados em puerto natales.
       
      ALIMENTOS:
      JANTAR:
      Macarrão instantâneo, sopa, atum, sardinha, salmão defumado, salaminho, sal, óregano, queijo ralado, azeite,
       
      Café da manhã/meio da tarde:
      Barra cereal, bolacha, suco em pó, chocolate, castanhas e nozes, frutas cristalizadas, café instantâneo, chás, adoçante, açúcar, doce de leite.
       
       
      REMÉDIOS:
      pessoais,relaxante muscular(não esqueçam), anti-ácido, pastilha garganta(útil), mertiolate, band-id, esparadrapo, ataduras, faixas, arnica.
       
      Para os pés: creme hidratante + glicerina(para dores nos pés) receita ótima
       
      ROUPAS:
      Bota Snake alpinist, aguentou bem
      2 calças que reverte prá bermuda;
      1 corta vento(blusa e calça);
      1 flecce 200;
      3 camisetas - manga comprida;
      1 par luva, gorro;
      1 sandália;
      meias, roupas íntimas
      capa chuva
      boné(importante)
      óculos sol
       
      DIVERSOS:
      Tolha rosto(p/banho); sabonete, shampoo, desodorante, creme hidratante, repelente(importante), pasta dente, escova cabelo, papel higiênico...
      ÍTEM INDISPENSÁVELLLL: TOALHAS EMUDECIDAS, AQUELAS DE LIMPEZA DE BEBÊ........, três dias sem banho, sem ela não dá.....
    • Por casal100
      Após conclusão da volta a ilha de florianópolis e logo a seguir o caminho do vale Europeu, decidimos fazer a pé todo o norte de santa catarina. De bombinhas-SC até praias do Paraná.
      em breve relato detalhado.
    • Por casal100
      Realizamos no período de 19 a 28 de julho de 2015, o circuito completo do Vale europeu em Santa Catarina. Foram 10 dias contemplando e vivienciando lugares, pessoas maravilhosas.
      Destaco alguns locais incriveis: Pomerode, blumemau, fazenda campo do zinco e sua maravilhosa cachoeira, lindos mirantes, estradas encantadoras, pessoas hospitaleiras e cordiais. Nāo tivemos nenhum incidente.
       
      Começamos antes do circuito, fazendo o caminho entre blumenau e pomerode a pé, e no final fizemos do mesmo modo a rota enxaimel em Pomerode, por isso o roteiro foi concluido em 10 dias.
       
      Brevemente relato completo.
×