Ir para conteúdo

Guia e Dicas sobre Moedas, Cartões e Gastos no Peru


Posts Recomendados

  • Membros
Talles,

 

Mas tem certeza que não e´cobrada nenhuma taxa por saque?

 

Cara, nunca tive problemas quanto a isso. Algumas vezes meus saques transitaram pelo cartão de crédito mas automaticamente o banco ajustou para débito na conta. É só fazer o processo direito que não dá problema. Acontece que a galera erra muito ao realizar os saques e ficam culpando o cartão múltiplo, etc. Da uma lida aqui que mostra o procedimento para realizar o saque http://blogvambora.com.br/

 

Qualquer dúvida é só falar.

 

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 612
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Em Miraflores troquei em 15/02/2018 real x soles a 0,93 na Av José Larco, 870, quase esquina com a Av 28 de Julho. O dólar estava a 3,28 soles (normalmente encontra-se a 3,23 na 5a feira pelo bairro) 

Não, a conversão é feita no Brasil. O BCP é estatal,por isso a taxa é menor,ou não cobrava nada,mas você paga a taxa de saque internacional. Vai passar pouco tempo?Leva em Real e faz câmbio

@cloris oi!! então, seu orçamento pode ser reduzido mas tem um porém..  como a minha viagem foi em julho de 2013 e o dólar no Brasil estava R$ 2,35 reais, creio que meu cálculo está defasado hehe (eu

Posted Images

  • Membros
Sim, cartão multifunção, quando descobri que poderia ter problema já não dava mais tempo de solicitar um somente débito.

 

O Banco do Brasil cobra R$12 por cada saque efetuado no exterior. Além dessa, tem que ver se o banco que você vai sacar no Peru também cobra taxa. A média é 14 soles.

 

O BANCO DE LA NACIÓN NÃO COBRA TAXA DE SAQUE.

 

Intééé

 

 

LIco estes R$12,00 costumam ser do saque da conta corrente.

 

No seu cartao de credito cobraram apenas R$12,00 de taxa, nao teve mais nenhum acrescimo alem do iof de 0,38% ? A cotacao foi boa?

 

Alexandre,

Se sacar do cartão de crédito pagará, além da taxa de saque, os juros rotativos do cartão que são altíssimos. Não compensa. A cotação costuma ser um pouco melhor do que comprar a moeda no Brasil. Por exemplo: Paguei meu hotel hj em Águas Calientes no débito e a cotação foi de U$ 1= R$2,25. Comprei dia 22/06 dólar a R$2,42 aí no Brasil. Só para vc yet uma ideia da diferença.

 

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E aí Talles

 

Em primeiro lugar você foi extorquido com esse dólar a R$2,42. Faz um BO e tenta recuperar seu dinheiro ::hahaha::

 

Você disse "que a galera erra muito ao realizar os saques e ficam culpando o cartão múltiplo" mas não acho que o problema é esse e nem que a galera erra MUITO não.

 

Os ATMs que usei no Peru só davam a possibilidade de sacar da "conta de ahorros" ou "credito", além de dólar ou soles. Meu dois pequenos neurônios me disseram que, independente do que seja a "conta de ahorros", se não é a opção crédito só pode ser ou da minha conta corrente ou na pior das hipóteses da conta poupança. Todos os saques eu fiz da "conta de ahorros" (única opção além do crédito) e todos eles caíram no CRÉDITO! Assim como tudo que usei no cartão, mesmo selecionando a opção DÉBITO na maquininha, caiu no CRÉDITO.

 

Nos ATMs da Colômbia, estava disponível, além da "conta de ahorros" e "crédito", a opção "conta corriente" e todos os saques que fiz lá, foram debitados diretamente da conta corrente. No Uruguai quando precisei saquei direto da conta corrente também. Simples assim.

 

Mas afinal, qual a diferença em sacar direto da conta corrente ou sacar debitando no cartão? Em qualquer uma das opções o IOF é de 0,38% e a taxa de saque no exterior incide em qualquer uma das duas modalidades!

 

> SE SACAR DA CONTA CORRENTE: você vai pagar a cotação do dólar do dia.

 

> SE SACAR DO CRÉDITO: você vai pagar a cotação do dólar DO DIA QUE VOCÊ PAGAR A FATURA ou DA DATA DE VENCIMENTO DA FATURA (o que ocorrer primeiro), e não do dia da conversão enviada na fatura. A diferença entre a cotação de quando emitiram a fatura e quando você pagou (ou venceu), virá descontada/creditada na próxima fatura como ajuste cambial.

 

Como eu não sabia que a taxa do BB era R$12,00, acabei me ferrando pois tenho mais de R$100,00 só de taxas de saque! ::toma::

 

:!: OUTRA COISA IMPORTANTE SOBRE SAQUES, independente de ser no crédito ou conta corrente, você precisa ter saldo no cartão. Se não tiver saldo, mesmo tendo dinheiro na conta, não vai conseguir sacar.

 

Intééé

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Lico, mais uma consideração, alguns cartões de crédito, consideram o saque na opção crédito como um empréstimo pessoal, então, cobram juros contados da data do saque até a data do pagamento efetivo. e são juros de cartão de crédito. o sistema de cobrança é diferente da compra na opção crédito. quando uma empresa de vende no cartão, ela espera 33 dias pra receber o dinheiro da sua compra. como a operadora não paga a empresa na hora, ela simplesmente espera vc pagar o cartão e repassa o dinheiro pra empresa, por isso a opção de compra no crédito não tem juros, só se vc atrasar o pagamento, pq daí a operadora vai ter que adiantar o pagamento pra empresa sem ter recebido do cliente. a lógica é simples. quando vc saca dinheiro no crédito, a operadora tá tendo que te emprestar dinheiro dela (já que não sai da sua conta corrente) pra vc pagar no vencimento da sua fatura, logo, até lá correrão juros, e não serão baratos, logo, além da taxa de saca, do iof, da conversão da moeda, eles ainda vão te cobrar jurus. confira se seu cartão cobra ou não antes de fazer saque com ele no exterior na opção crédito.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Comida e hospedagem, valor mínimo 25 dólares. Com transporte e boa comida, eu colocaria uns 30-35 dólares, com tudo, só fora passeios.

 

Por questão de segurança vou orçar 50 dólares/dia para comida e transporte. Mas vou tentar gastar somente os 25.

 

CALCULANDO A MAIOR:

17 dias

50 dólares/DIA

Taxa do dólar = 2.30

 

50 X 17 = USD 850,00

850,00 X 2,30 = R$ 1955,00.

 

Sendo que boa parte das despesas já foram pagas. Ta de bom tamanho.

 

Hilário ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Lico,

 

Da próxima vez tente efetuar o saque no idioma "Inglês" do ATM, talvez os problemas quanto aos saques deixem de existir. No endereço http://www.blogvambora.com.br/vivendo-e-aprendendo-como-sacar-dinheiro-no-exterior/ o pessoal explica o passo-a-passo direitinho para realizar o saque nas máquinas.

 

"OUTRA COISA IMPORTANTE SOBRE SAQUES, independente de ser no crédito ou conta corrente, você precisa ter saldo no cartão. Se não tiver saldo, mesmo tendo dinheiro na conta, não vai conseguir sacar". Será que de fato é assim mesmo?

 

Eu vi algumas pessoas sugerindo que se levasse somente cartões de débito para não ter problema quanto ao saque cair na opção crédito... como esse processo depende de limite? O limite é o saldo da conta de cada um e o limite de saque máximo diário imposto pelo Banco.

Fiz câmbio em Cusco hoje a 2,70 soles... mais ainda acho mais vantajoso sacar diretamente em soles. A conversão está exatamente o valor oficial e não turismo (Real/soles). (Comprei dólar no Brasil a R$ 2,42 se não me engano e não foi extorsão não, no dia o dólar fechou a R$ 2,2648 - cotação oficial/dólar comercial - e o BB vendia a R$ 2,38 - Paguei um pouco mais caro porque comprei no aeroporto, numa casa de câmbio).

Nunca tive problemas com saque no exterior e aqui conto apenas a minha experiência, cada um deve decidir o que é melhor para sua viagem (levar dólares, soles ou real).

 

Grande abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Talles Santana,

 

Obrigado por essa dica desse "comando especial" junto ao banco.

 

Não lembro de vc ter falado qto vc está conseguindo sacar por vez. Quanto vc tá conseguindo?

 

Em Outubro, estarei por aí ::otemo::

 

Abraços

 

Babjow,

 

No momento me limitei a sacar dinheiro nos caixas do Banco de La Nación (400 soles por vez) e no BCP (700 soles). O primeiro não tem taxa de saque, o segundo tem. Em ambos casos, o BB te cobrará uma taxa de R$ 12,00 pelo saque, então é melhor sacar o máximo possível... Me parece que os caixas da rede Globalnet possuem um limite maior (vou verificar e posto aqui). Não esqueça que seu limite de saque diário nos caixas automáticos estão correlacionados com o seu limite de saque no Brasil (ou seja, se seu limite no Brasil for de R$ 1.000,00, vc não conseguirá sacar mais que o equivalente aqui no Peru). Fale com o seu gerente que ele pode aumentar esse limite máximo de saque diário por um período de 120 dias (Desde que vc já não esteja com os valores máximos que o sistema do Banco permite).

 

Abraço e qualquer dúvida é só perguntar

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Hjardim, vc vai viajar só no mês que vem certo? eu esperaria mais uma semana pra comprar o dólar, pq a tendência do mercado é queda. vc sempre se baseia no turismo, o comercial é só pra transação comercial via bolsa de valores. trocar real no peru e na bolivia é perder dinheiro.

ps. eu respondi seu roteiro, tá lá em roteiros américa do sul.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...