Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

[Arquivo] Bahia - Perguntas e Respostas


Jonas.Schwertner

Posts Recomendados

  • Respostas 1,1k
  • Criado
  • Última resposta
  • Colaboradores

Reinaldo,

O Morro de São Paulo já foi lugar para mochileiros visitarem com pouca grana..

Mais está bastante caro parceiro.

A ultima vez que eu fui, paguei 10 reais pra entrar no Morro (Fora a taxa do barco que fica entre 5 à 10 reais) dependendo do horario que vc chegar eles te exploram.

Existe a taxa pra entrar no morro (taxa de turismo eles chamam) que você chegando lá de madrugada não precisa pagar.

Lugares baratos tem sim, fora da vila e da praia.

Lá atrás onde há casas existe restaurantes bons e baratos, mais é preciso procurar.

O foda que o pessoal lá tá explorando mesmo, pois não falta clientela, entende?

Enquanto a camping, a ilha é precária em relação a isso, existe 1 que eu conheço na Gamboa(do lado do morro) que é o mais caro.

E existe o America que acredito que seja o mais barato (em torno de 20 reais a ultima vez que eu fui).

Perto do america, do outro lado da fonte, tem uma casa num beco que tem um camping menor, mais arrumadinho, e que cobraram mais barato (cerca de 15 reais).

 

Fiquei sabendo que construiram um numa pousada no caminho da praia, mais nao sei o valor.

Bem, é isso cara, quando se vai soznho pra acampar, acabamos pagando caro pelas brejas na praia, pela hospedagem/camping e tudo mais.

Se você tivesse arrumado uma galera grande, sairia bem em conta alugar uma casa, iria economizar na comida na bebida e na hospedagem.

Até mais, espero que curta.

Link para o post
  • Colaboradores

Dar algumas dicas do que se fazer no morro para conhecer bastante o lugar.

 

Conhecer o Pôr do Sol na Toca do Morcego - (É perfeito, a entrada é paga, mais vale a pena, acredite, rola um somzinho roots e fica bem no alto do morro, no por do sol os golfinhos pulam em baixo, é perfeito)

 

Andar até a 4ª praia - Caminhar e conhecer as praias todas

 

Fazer as trilhas - A fonte do céu não tem muita coisa, e não achei muito bonita, já conheci muitas fontes e cachoeira e essa não me espantou, não sei se vale a pena.

 

Mergulho - Contrate uma empresa de mergulho, e conheça os corais da região.

 

Na Gamboa como já disseram não tem nada, antigamente, bem antigamente tinha um micareta lá, era engraçado, o pessoal saia todos fantasiados e tal, bem cultura local mesmo, mais nao sei se acontece isso ainda por lá.

 

Morro mudou muito de uns tempos pra cá, tem se tornado muito capitalista, e isso atraí bandidos e delinquentes, tomem cuidados.

 

Porém é massa o lugar, vale a pena conhecer.

 

PS: Em baixa estação fica ainda melhor, não tem tanto tumulto e os lugares ficam menos crownd.

Link para o post
  • Colaboradores

reveillon em morro é puxado mesmo cara...

 

Na baixa você consegue ir pra lá gastando pouco.

 

Uma dica pra quem tá afim de economizar com rango e não se importa em comer besteira, é levar de casa aqueles Cup Noodles, ai chega lá é só descolar algum lugar pra esquentar a agua. pra quem não sabe, Cup Noodles são aqueles macarrões instantâneos onde só se faz colocar agua quente dentro.

 

Eu economizei uma BOA grana com almoço da vez que fui fazendo isso, e de quebra, o albergue que fiquei dava café da manhã. então a parte de alimentação foi baratissima.

Link para o post
  • Membros

Estive em Morro na semana passada e fiquei chateada com o Che Lagarto. Tinha feito reserva e me exigiram que quitasse tudo ao chegar. Entretanto, descobri que todos do meu quarto pagavam 9 reais a menos em cada diária e, após ir à recepção, me falaram que era assim mesmo para quem reservava. Com isso, perdi 45 reais. Alerto também que eles não avisam que vc precisa pagar uma taxa única de 5 reais pelo uso de internet e limpeza.

 

Só valeu por ter conhecido pessoas legais no meu quarto. Em termos de albergue, nada é feito para integrar as pessoas e o staff não é apropriado para hostel.

 

Não recomendo!

Link para o post
  • Membros

Olá, irei a Morro de São Paulo no início de março, depois do carnaval. Será que vou encontrar tudo sujo? Estou pensando em não fazer reserva de pousada e procurar lá na hora mesmo. Será uma boa idéia? Por fim, sete em em Morro de São Paulo é muito tempo?

 

Abraços

 

Dérien

Link para o post
  • Colaboradores

Sujo??? Fui lá em fevereiro desse ano e não vi nada sujo não... e não reservei hotel e consegui uma pousadinha boa (Casablanca) por R$ 140,00 ...

 

7 dias dá e sobra... na verdade, em 1 dia vc conhece Morro... as praias são muito próximas uma das outras, vc vai à pé...

 

Se for em casal, passe uns 2 dias em Boipeba... se for solteiro, pegue apenas o passeio de lancha...

Link para o post
  • Membros
Estive em Morro na semana passada e fiquei chateada com o Che Lagarto. Tinha feito reserva e me exigiram que quitasse tudo ao chegar. Entretanto, descobri que todos do meu quarto pagavam 9 reais a menos em cada diária e, após ir à recepção, me falaram que era assim mesmo para quem reservava. Com isso, perdi 45 reais. Alerto também que eles não avisam que vc precisa pagar uma taxa única de 5 reais pelo uso de internet e limpeza.

 

Só valeu por ter conhecido pessoas legais no meu quarto. Em termos de albergue, nada é feito para integrar as pessoas e o staff não é apropriado para hostel.

 

Não recomendo!

 

 

 

Tatiana, fiquei preocupada com o seu relato. Minha irmã está indo para Morro com uma amiga nos dias 1, 2 e 3 de janeiro , é a primeira viagem de mochilão dela (tem 23 anos as duas) e reservou esse hostel pelo hostelworld. Pelos poucos contatos com o hostel, já percebemos que o staff é meio esquisito... mas gostaria de saber dos pontos positivos... a localização é boa? Fica exatamente em qual das praias?

Link para o post
  • Membros

Para quem não vai em alta temporada, como vc, Dérien, sugiro procurar pousadinha na hora. Cheguei no dia 17 de dezembro e vi umas cobrando 40 reais para uma pessoa em quarto individual! Bem simples, mas, segundo me contaram, limpinhas!

 

Mariane, quanto ao staff do Che Lagarto acho que eles não têm o perfil de hostel. Por exemplo, eu tive que perguntar se eles ofereciam o passeio de volta à ilha, não sabiam onde eu poderia alugar uma bike,etc! Ninguém me ofereceu nada, sugeriu o que poderia ser feito nos meus dias lá, não buscaram organizar atividades que integrassem os hóspedes (como vender ingresso de uma festa). Comparando com outros hostels que fiquei no Brasil e fora, beeem abaixo!

 

A localização do Che Lagarto é boa, pois é pertinho da praça principal. Mas precisa caminhar uns 10 minutos até a primeira praia e uns 15 minutos até a segunda praia (numa rua cheia de lojinhas,movimentada,sem problemas!)

 

Um ponto bem negativo do hostel é que o quarto é quente e só permitem ar condicionado a partir de 21h. Ou seja, voltava da praia e nem podia descansar no ar condicionado! Só há uma rede num lugar externo onde corre vento!

 

Quanto ao bonito passeio de volta à ilha, que passa tb por Boipeba,consegui o menor preço numa agência em frente à Igrejinha de Morro (50 reais). No hostel e na maioria dos lugares cobram 60.

Link para o post

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...