Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Barracas Importadas


Posts Recomendados


  • Respostas 443
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

A modelo 1 é muito parecida com minha MSR Hubba, a modelo 2 muito parecida com a Big Agnes Fly Creek. No carnaval eu de MSR e Rafael Santiago de BA acampamos juntos no pé do Monte Crista e pude notar

Giuliano boa tarde! Sobre a cloud up 2, nao posso dizer pois não a adquiri, único ponto negativo que vejo as pessoas falando é a questão de encostar o sobre teto por ter só "1" vareta. Estou estu

Olá! Que eu saiba o OGL tem os seguintes critérios, segundo os criadores do site: 1) eles identificam os produtos de melhores características dos maiores concorrentes em cada categoria a cada tem

  • Membros de Honra

veio1

 

eu uma vez mandei um mail, falaram que não tava na linha de iportação. uma pena. mas veja se há resposta.

 

a doite tem uma linha grande:

 

http://www.doite.cl/productos.php?idCategoria=5&Venta=

 

além da zolo especial, que é uma barraquinha +/- do tamanho da bivak 1 da trilhas e rumos e da solitaire da eureka!, tem ainda a zolo, que é menor que a zolo especial e ainda mais leve: 0,8 kg.....

 

essas barracas eu gostaria de ver bem de perto.

 

quem tinha umas coisas da doite era a casa do montanhista, mas não vi essas barracas por lá. uma pena, pq os hermanos aí tem muito equipo interessante.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Bem, como tenho a Zolo Especial, posso falar dela:

 

1º Se for comprar, compre a versão nova, com tela de mosquiteiro na entrada e com vareta de alumínio na parte de trás (vi em fevereiro/08 em Mendoza). O modelo antigo (o meu) tinha uma vareta péssima de plástico. A minha quebrou e tive que pedir outra na garantia. Tanto é que mudaram e a vareta agora é de alumínio. O fato da versão anterior não ter mosquiteiro deve ser porque era um projeto para montanha onde privilegia leveza e onde, normalmente, não há mosquitos. Mas fora da realidade brasileira.

 

2º Ela é espaçosa e dá dois com certa tranquilidade, apesar do nome Zolo. Para um é um palácio e a falta de um avanço não tem problema, para guardar coisas. Agora cozinhar é outra história...

 

3º Como é de um tecido só, tem problemas de condensação. Na Quebrada de Matienzo vi gelo se formar no teto, na parte interior da barraca.Isto, porém, é inerente a este tipo de barracas. Só um projeto muito bom de ventilação impede este problema e mesmo assim, com ressalvas. Aqui normalmente vivemos num clima muito húmido e não acredito que mesmo um projeto bom impeça 100% a condensação. Lembre-se que é um compromisso, uma troca: vc troca peso pela eventual condensação.

 

4º Não sei quanto à resistência a ventos. Ainda não peguei ventos fortes com ela. Como toda tenda tipo túnel vc deve alinhá-la com o vento, a parte mais baixa de frente para o vento. Acho que ela deveria ter dois pontos extras de amarração em cada lateral, saindo do arco das varetas da frente, de modo a dar mais segurança e estabilidade.

 

5º O acabamento é bom. Não precisei passar vedante de silicone nas costuras (até hoje).

 

6º Comprei em BsAs em julho/2007. O equivalente a R$ 350.

 

Abraços, peter

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Haole e ogum, cês tão começando a falar dos cadillacs das barracas, hehehehe. Warmlite, Lightwave... Só faltou a Hilleberg.

 

Eu tava pesquisando essas e ainda sonho em ter minha solo geodésica da Hilleberg, pau prá toda obra. Menos praia. Uns 700 Euros, acho... algo nessa faixa, mais centena, menos centena.

 

Vento forte, Haole, eu acho que a melhor solução é ancorar ela bem. Realmente, faz uma grande diferença...

 

Agora, se a barraca for meio mixuruca, é capaz das costuras cederem, não? Até nas de super-marca acontece, vez ou outra.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

É Hendrik, concordo com você...tinha comentado com vocês que por ser mais baixa a barraca poderia aguentar um vento, e conversando com uma galera eles disseram que eu posso estar exagerando um pouco com meus ventos( o Ogum777 quase disse isso , ou melhor disse...hehehehe).

Hilleberg é muito dinheiro, se rolar uma grana mais pra frente ...quem sabe um dia.

Pensei até em desistir da compra da barraquinha solo, mas minha namorada arrumou um emprego que vai deixar ela um pouco presa.

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

haole, procura uma barraca pequena, leve, barata.

vc quer uma barraquinha solo pra brasil. vc não vai pegar um furacão andrew, nem na pedra do sino... pensa nisso.

 

barraca é um conjunto de varetas, pano e costuras e cordinhas. é o modo como isso tá ajustado entre sí que vai fazer a diferença (brutal, aliás, pq o problema não é o material mas o know-how pra fazer o equipo). se vc não quer uma barraca pra ficar sentado dentro durante dias a fio pra fazer aclimatação (se faz isso aqui no brasil????), ela não precisa ser alta. não sendo alta, pega menos vento.

 

lembra do caso dos automóveis. qual 4X4 adaptado pra pior estrada passa de 200 por hora? se passar vai balançar pra kct! agora, um fuca bem envenenado faz de zero a 100 em 4,5 segundos.

 

não precisa ser da náutika, mas pergia vc pagar uma boa grana numa barraca gringa que pode dar pau aqui no brasil. nosso maior problema é chuva mesmo. meu medo de algumas barracas gringas é o grau de impermeabilização (andei pesquisando, impermeabilizar o tecido aumenta pra kct o peso dele) que não costuma ser tã alto aqui quanto aqui no brasil. americano quando vai acampar no quente é em deserto, não numa mata atlântica da vida. andei vendo reviews de barracas americans 3 estações, quem usou na guatemala, belize e etc reclamou. vou ver se acho esses reviews.

 

se o problema é peso e poder acampar onde outros não acampam (escapar das áreas lotadas de camping da travessia petrô-terê), vai de rede mesmo. minha rede eu pesei ante-ontem. tá com exatos 300 gramas de peso, com as cordas de amarração incluídas. cordas de amarração aliás com resitência pra quase duas toneladas. esse feriadão vou bolar o sistema de mosquiteiro, que quero que pese no máximo mais uns 150 gramas. mais cerca de 480 gramas com o toldo da kampa, eu vou ter menos de um kg com folga! hehehehehe. e podendo acampar em praticamente qq lugar! hehehehehehhehehe :mrgreen:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Haole, não é o que está pensando.

 

É que eu achei ter lido que cê tava atrás de algo que suportasse bem as chuvas do Brasil e prá praia.

 

Aí uns posts depois, cê tá atrás de barraca com "saias". Essa característica acho que é prá acampamento de alta montanha, acima da linha de neve, onde o pessoal quer evitar da neve acumular por baixo contra a parede externa, piorando a inevitavel condensação.

 

No Brasil, inclusive, pode ser que piore a ventilação.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

puts, hendrik, imagine: 12 graus positivos, chovendo forte, e vc dentro de uma barraca com abas de neve. dá pra ter uma idéia do grau de umidade que vai ficar a barraca por dentro? soma-se a umidade do ar + a da respiração condensando por conta da temperatura não muito alta....

 

quer saber, acho que o material no brasil deveria ser apenas membrana respirável. e mesmo assim não ia dar muita conta não... hehehehehe - olha no sub fórum da quechua, um post do nilton contando que depois de 3 dias as membranas respiráveis de tudo quanto é bota (importada, nacional e etc) saturaram depois de 3 dias.....

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...