Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • 2 semanas depois...

  • Respostas 278
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Aproveitando a onda de outro tópico bem legal sobre livros que fazem a gente "viajar sem sair de casa" lendo aventuras que outras pessoas fizeram, vamos ver que filmes também dão essa sensação incríve

Posted Images

  • Membros de Honra

[t1]Viajar é preciso - "Wanderlust" (E.U.A, 2012)[/t1]

 

[col]wanderlust.jpg|Você sonha em fugir das pessoas da cidade grande?

George (Paul Rudd) e Linda (Jennifer Aniston) são um casal estressado de Manhattan e quando George perde o emprego sua única opção é mudarem para a casa do terrível irmão de George em Atlanta. A caminho de Atlanta, eles se deparam com Elysium, uma idílica comunidade que tem um estilo de vida bem diferente. Será que esse é o recomeço que eles precisam, ou Elysium vai causar mais problemas que soluções?

 

O filme é uma típica comédia de situação onde os personagens saem do seu habitat comum para se envolverem em várias confusões tentando se adaptar em um novo ambiente bem diferente do qual estão acostumados, contrapondo o modo de vida sintético e neurótico de um casal nova-iorquino com a vivência em uma comunidade hippie no interior.

O filme é bem interessante e com ótimas sacadas, mas fica aquém do profundo significado do título, o que a princípio me despertou o interesse em assisti-lo.

“Wanderlust” é uma expressão de origem alemã que representa um forte desejo de viajar, ou de ter um forte desejo de explorar o mundo. Um conceito pouco diferente do contexto em que a história se desenrola, mas mesmo assim o filme é divertido e explora velhas questões sobre valores de vida a se considerar nas sociedades modernas.[/col]

 

[align=center]http://www.youtube.com/watch?v=qw3bJaHeFTk [/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • 1 mês depois...
  • 4 semanas depois...
  • Membros de Honra

poster-onde-esta-a-felicidade.jpg.fc1c77484ee7dd5f30970544aba21ef9.jpg

 

Onde está a felicidade?

 

Direção: Carlos Alberto Riccelli

Sinopse: Teodora (Bruna Lombadi) descobre que seu marido (Bruno Garcia) estava mantendo uma relação virtual e entra em crise, o que resulta na perda de seu trabalho como apresentadora de um programa culinário. Desiludida, resolve cair na estrada e parte para uma viagem de autoconhecimento, percorrendo o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Junto com seu antigo diretor e uma nova amiga, Teodora vive uma divertida aventura, enquanto Nando bola um plano para reconquistar seu grande amor. Será que eles conseguem ficar juntos novamente?

 

Trailer:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Malucos de Estrada - A reconfiguração do movimento "hippie" no Brasil

 

 

Descrição:

Imagine a oportunidade de mostrar num filme um modo de viver que poucos conhecem e capaz de inspirar tanta gente!

Sonhos, arte, poesia, cooperação, liberdade, revolução, desapego, igualdade, lutas... Sentimentos e ações que muitas vezes reprimimos em razão dos padrões sociais pré-estabelecidos, mas que são vividos intensamente por homens e mulheres que botaram uma mochila nas costas e o pé na estrada.

Mas quem são eles? Como vivem? No que acreditam?

O filme “Malucos de estrada: a reconfiguração do movimento hippie no Brasil” é uma iniciativa inédita que busca esclarecer a sociedade sobre a riqueza de valores deste universo cultural e colocar em discussão o atual processo de repressão que os artesãos vêm sofrendo.

A urgência e relevância em lançar luz sobre esta cultura é que sua sobrevivência e integridade estão seriamente ameaçadas pela invisibilidade social e por certo desconhecimento por parte dos gestores públicos sobre esta realidade.

Acreditamos que este documentário será o ponto de partida para o amplo reconhecimento do maluco de estrada como manifestação cultural específica. Este será um filme lançado pela internet com livre acesso para que se converta num produto da sociedade.

Esse movimento é sobretudo uma luta para que vivamos de fato numa sociedade democrática que conviva com as diferentes visões, interesses e saberes, potencializando ao máximo o bem-estar coletivo.

 

Para contribuir: https://www.facebook.com/belezadamargem?sk=app_291608934212293

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros de Honra

[t1]O Planeta Solitário (Alemanha, EUA - 2011)[/t1]

 

[col]UmPlanetaSolitario.jpg?psid=1|Alex e Nica (Gael García Bernal e Hani Furstenberg) estão apaixonados e pretendem casar em breve. Mas, antes disso, resolvem fazer uma grande viagem de mochila às costas, pelas montanhas da Geórgia. Para tal, contratam um guia local (Bidzina Gujabidze) que os leva a conhecer as magníficas paisagens montanhosas do Cáucaso, onde todos se sentem felizes e em perfeita comunhão com a natureza. Porém, num momento que dura apenas uns segundos, algo acontece entre o casal que vai invalidar tudo o que viveram até aqui. Assim, naquele pequeno instante, tudo o que um dia os uniu parece ter perdido o sentido. E, por mais que se esforcem nada vai poder reparar o passado.

Um filme dramático sobre as diversas formas de traição tanto acidental como deliberada e sobre a ambiguidade do perdão.[/col]

Nota pessoal:

A proposta em colocar um casal em forte deslumbre e paixão inicial para a desconstrução em fragilidades e sentimentos mais conturbados, numa viagem às montanhas é válida, porém nada decola em cena e envolve. Fiquei esperando momentos mais reflexivos, diálogos mais fortes ou situações onde poderíamos ver o casal na experimentação dos sentidos ou das questões existenciais.

Por quase não haver diálogos nos faz passar o tempo todo imaginando o que pode estar passando na cabeça dos personagens em função das suas atitudes e expressões.

Tirando uma cena isolada ou outra - como as revelações íntimas e motivacionais do guia o filme é cansativo. O roteiro carece de ser sólido, deixa-nos a sensação de que a pretensão em ser algo maior condicionou os personagens numa "busca" em vão e tornou o filme tedioso.

Mas ao fim uma interessante surpresa se revela ao refletirmos sobre o filme e seu título, ele não se refere ao casal, mas ao guia.

 

[align=center]

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------[/align]

 

[t1]Além da Estrada (Uruguai, Brasil - 2010)[/t1]

 

[col]cartaz_porelcamino_esp.jpg?psid=1|Santiago é um jovem argentino que chega a Montevidéu, Uruguai, para resolver algumas questões relacionadas com a herança dos seus pais, que morreram recentemente num trágico acidente de automóvel. A caminho de Punta del Este, o rapaz dá carona a Juliette, uma jovem belga que viaja em busca de um amigo numa comunidade neo-hippie. Juntos vão seguindo viagem através das belas paisagens uruguaias onde encontram pessoas que parecem perdidas no tempo e dividem experiências que acabam por aproximá-los em uma relação de crescente afeto e ternura.[/col]

 

[align=center]

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------[/align]

 

[t1]Angie (Brasil, Estados Unidos – 2013)[/t1]

 

[col]CapaAngie.jpg|Angie (Camilla Belle) é uma jovem artista brasileira, descendente de uma família rica, que deixa tudo para trás no Brasil e vai para o Estados Unidos em busca de autoconhecimento e das próprias raízes. É no mato, isolada, que ela aproveita para desenvolver sua arte. Em suas breves reinserções na cidade, Angie conhece David (Colin Egglesfield), um policial por quem se apaixona, e consegue um emprego de garçonete na lanchonete na qual a prima de David, a desconfiada Jill (Juliette Lewis), trabalha. Fora dos limites da cidade, o contato que tem é com Chuck (Andy Garcia). O filme mostra encontros e desencontros da personagem, cuja grande motivação para se isolar do mundo e grande fonte de inspiração para pintar é a enorme interrogação sobre os motivos que levaram seu pai a sair de casa.

Em sua jornada Angie não encontra apenas a si mesma, mas o amor em suas diversas formas.[/col]

 

[align=center]http://www.youtube.com/watch?v=ehaKn71pxf0 [/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei changed the title to Filmes de Viagem
  • Silnei pinned this tópico
  • Silnei unpinned this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por lavidaesmara
      Madrid é uma das cidades preferidas dos realizadores espanhóis e internacionais. Viaja connosco a Madrid em 10 filmes.
      https://lavidaesmara.com/2020/07/04/viagem-madrid-10-filmes/

×
×
  • Criar Novo...