Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
gialia

De Quantos euros preciso para passar 15 dias na Europa/?

Pergunta

É  a minha primeira viagem para fora e estou indo sozinha, se alguém puder me dar dicas de hoteis baratos e quantos euros preciso para passar 15 dias na europa (Paris e alemanha).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Posts Recomendados

  • 0
19 minutos atrás, gialia disse:

@RodrigoDigão Para mim não é uma viagem simples, pois eu nunca sai do país e estou indo sozinha. Pode ser simples para você que já deve ter viajado muito. Quero economizar sim, mas nem tanto a esse ponto. Mas obrigada pela dica.

Realmente, pensei nisso.. você sozinha sem experiencia ir com quase nada..

recomendo ir com média de 80Euro, e voce vai administrando, terá dias que mal vai gastar, fará comida no hostel e ficará passeando e tal.. mas ir com quase nada acaba frustrando um pouco.

Tem muita gente sem noção, que só em pisa em solo Francês ja  é top!

Mas ai bate uma vontade de conhecer algo mais caro, e não pode, é frustrante ainda mais quando se investe alto p europa..

As pessoas n entendem, que isso é presentear voce mesmo.

faça uma planilha, vá pesquisando e montando os roteiros gratis, etc .. e voce consegue sim, com pouco ..

 

Ae chega mochileiro com alma de supertramp querendo q voce vá com 40 euros, ai é ser muito FDP sem empatia, 

Portugal e Espanha são baratissimo, porém frança, italia, Alemanha já torna-se mais caro.. tem muito mochileiro aqui experiente q viaja sempre e pode ajudar voce, mas tem alguns queforam uma, ou duas vezes e acha que é o napoleão!

 

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
12 minutos atrás, lobo_solitário disse:

Penso que ao se fazer um planejamento de viagem a pessoa ja tenha em mente o que pretende fazer em cada lugar. Uma rapida googlada é possivel ter noçao dos valores das atraçoes pagas e com isso a pessoa consegue tranquilamente saber por alto quanto gastará com hospedagem, passeios, deslocamentos e o que vai faltar será alimentaçao, que nao da pra dizer quanto será o gasto pq depende da barriga de cada um.

Independente da estimativa inicial é sempre recomendado ter uma margem de segurança para imprevistos e gastos adicionais. Nao tem coisa pior do que fazer um viagem, querer fazer algo e nao poder pois a grana está curta e poderá fazer falta la na frente.

O que nao dá é fazer uma estimativa de x euros por dia e ja sair do Brasil com (x-30%) e achar que ao chegar lá a grana vai se multiplicar. 

isso foi algo importante que voce falou SEGURANÇA.

 

 ir com grana contada, pouca, À Europa é arriscado, eu iria ano passado, mas vi que ia me privar de muita coisa E IRIA ARRISCAR. .. optei América do sul..

agr falar pra uma menina que não saiu do país, sozinha ir com 50 euros/DIA à França é dose kkkkkk

 

melhor ser realista e duro, quer ser bonzinho e fantasioso .. lá ela se ferra.

 

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
2 horas atrás, Dan Wollker disse:

Realmente, pensei nisso.. você sozinha sem experiencia ir com quase nada..

recomendo ir com média de 80Euro, e voce vai administrando, terá dias que mal vai gastar, fará comida no hostel e ficará passeando e tal.. mas ir com quase nada acaba frustrando um pouco.

Tem muita gente sem noção, que só em pisa em solo Francês ja  é top!

Mas ai bate uma vontade de conhecer algo mais caro, e não pode, é frustrante ainda mais quando se investe alto p europa..

As pessoas n entendem, que isso é presentear voce mesmo.

faça uma planilha, vá pesquisando e montando os roteiros gratis, etc .. e voce consegue sim, com pouco ..

 

Ae chega mochileiro com alma de supertramp querendo q voce vá com 40 euros, ai é ser muito FDP sem empatia, 

Portugal e Espanha são baratissimo, porém frança, italia, Alemanha já torna-se mais caro.. tem muito mochileiro aqui experiente q viaja sempre e pode ajudar voce, mas tem alguns queforam uma, ou duas vezes e acha que é o napoleão!

 

É verdade, e como não tenho experiência é bom ir preparada para possíveis imprevistos. Muito obrigada pelas dicas

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
4 horas atrás, Dan Wollker disse:

ai é ser muito FDP sem empatia

Amigão olha o respeito ai.

Em nenhum momento xinguei ninguém aqui. E não adianta falar "ah se a carapuça serviu, etc..." até o momento quem comentou isso de valor foi eu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
1 hora atrás, gialia disse:

É verdade, e como não tenho experiência é bom ir preparada para possíveis imprevistos. Muito obrigada pelas dicas

Outra dica importante é, nunca tenha apenas uma forma de pagamento (grana em espécie ou cartão de crédito ou cartão pré-pago), leve consigo pelo menos duas opções diferentes para se caso alguma der problema vc nao ficar na mao.

Nao carregue tambem todos os seus meios de pagamento juntos, pois se perder ou for roubada vai ficar na mao do mesmo jeito. Entao separe em bolsos diferentes a grana/cartao e deixe algum escondido na mochila.  Estes sao alguns detalhes que podem evitar problemas maiores durante a viagem.

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
3 horas atrás, Rafael_Salvador disse:

A discussão é infinita rs... são conceitos e estilos de viagem diversos.

Muitas vezes não tenho saco de cozinhar na minha própria casa e pago quase R$ 30,00 num Burger King da vida. Daí, vou investir 3k de passagem, mais seguro, mais hospedagem... e vou perder tempo cozinhando em hostel ou Airbnb? Quanto tempo vou gastar saindo do centro da cidade, indo para hospedagem, esquentando comida, lavando prato?? No meu conceito isso não é férias... Você esta investindo caro para desperdiçar tempo.

Outro detalhe, a gastronomia faz parte da viagem. É uma oportunidade de conhecer novos sabores... vai ficar de Mc'  Donalds o tempo inteiro? Vai em Paris e não vai conhecer o sabor de um foie grass?  O que trara na bagagem além de fotos para ostentar nas redes sociais?

Quem é que não gosta de sentar em um restaurante para fazer uma boa refeição? Ainda mais viajando... de férias ... Mas são conceitos. De repente a pessoa não esta com a grana suficiente e quer conhecer o destino de qualquer forma... aí entra o conceito do "passar privação".

Dá para passar com 50 euros em Paris? Dá! Entra no Picard e compra comida congelada... vai gastar uns 20 euros/dia/pessoa. Visita uma atração paga por dia 15-20 euros. Pega um hostel afastado do centro, na proximidade das "portas de Paris" (não terá dinheiro sobrando para sair à noite mesmo - não vai correr risco estando no hostel ao anoitecer), um quarto compartilhado com 10+ pessoas. Aguá é de graça em qualquer lugar. E os passeios faz andando ou com o troco dos dias que gastar menos de 50 euros pega o metro. Te satisfaz assim? Bon Voyage.

Lisboa e Berlin você já se vira melhor com 50 euros. Exceto hospedagem que é cara em Berlin.

No leste confesso que com a conversão de moedas perdia noção de custos. Mas fato é que em 2017 cheguei no meu ultimo destino , depois de fazer Roma-Croácia - Praga e Budapeste) com metade da grana que tinha levado (rs).

Por fim, quero dizer que nem todos tem condições de estourar 150 euros por dia em um destino, mas nem todo mundo é obrigado a adotar um padrão ultra econômico. Há que valorize uma boa mesa (que é o custo maior), fazer passeios mais estruturados (mini excursões, passeios com guias, etc..), sair a noite, como bem disse o amigo acima...  SE PRESENTEAR!

Para mim, viajar com dinheiro contato eu prefiro ficar menos dias no destino ou não viajar. Se não dá para ir a Paris... Londres ... Vá para Cracovia, Bucareste, Lisboa.... 

O que condiciona o tempo de viagem e os destinos é a disponibilidade financeira.

realmente amigo ... o cara gasta 5mil reais só pra chegar lá, e fica na cozinha um terço do tempo, o outro dormindo kkkkkkkkkk ...

 

Fazendo miojo, comida em latada, ou barata no intuito de economizar ???? eu posso comer fora, provar na comida local e gasta menos.

 

 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Para a @gialia: A estimativa de 80 euros por dia em Paris é razoável. Menos que isso, você abrirá mão de algumas coisas, como museus, passeios, extravagâncias baratas e souvenirs.

Em termos de alimentação, te digo com certeza absoluta: separe no mínimo 15 euros/dia (2 sanduíches e uma bebida, se quiser algo diferente de água). É o mínimo sem apelar pra inanição ou freeganismo ou pacote de bolachas em supermercado.

Comer em Paris pode ser muito barato. Um sanduíche que te forra bem num dos milhares de restaurantes e lanchonetes árabes\turcos\etc... custa 6.50 euros. Vem um sanduíche monstro com fritas. Se for nos indianos, mesma coisa: um crepe monstro sai por 5.50 euros. Um chá gelado da Lipton custa 2 euros ou menos nos mesmo lugares. Água é de graça. Comer em bistrôs e cafés "pega turista" sai mais caro, entre 12 e 20 euros, em média, por refeição. Se for pra restaurante mais chiques, aí o céu é o limite.

No transporte, o Metrô custa 1.80 (se não me falha a memória). Você pode economizar andando de um ponto turístico a outro, pois as coisas são próximas no centro. Paris não é tão grande assim (obviamente você não andará de ponta a ponta à pé). O RER é um pouco mais caro, do aeroporto para outro ponto qualquer onde se encontre sua hospedagem.

Em termos de hospedagem, nunca fiquei em albergues. Fico sempre no Ibis budget, que tem um quartinho bacaninha pra dormir, e um café da manhã honesto (café, suco, croissant, queijos e nutella liberado). Se você for gastar até 45 euros num albergue, acho válido ficar no albergue. Mais que isso, você já pega um Ibis Budget nos arrondissements mais populares.

O que é caro, pra mim, são os passeios e entradas à museu e afins. Como gosto de ir em um monte, acabo gastando muito dinheiro com isso.

Planeje os pontos que você quer visitar, quantos dias ficará e a partir daí, veja os custos. Ficou caro? Reduza o escopo da viagem. É assim que faço sempre.

Para referência, na primeira vez que fui, 2014, gastei 15 Mil reais para 2 pessoas, Lisboa, Paris, Besançon e Alsácia, 14 dias, tudo incluído (aéreo, terrestre, ingressos, comida E presentes). Na última, 2018, gastei 14 mil reais para duas pessoas, 10 dias em Paris, com tudo também.

Quem dá a medida da economia é você. O que é caro pra um colega de fórum, pode ser barato pra outro.

Se quiser mais dicas, só falar!

  • Gostei! 3
  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
18 horas atrás, Léo Hung disse:

Para a @gialia: A estimativa de 80 euros por dia em Paris é razoável. Menos que isso, você abrirá mão de algumas coisas, como museus, passeios, extravagâncias baratas e souvenirs.

Em termos de alimentação, te digo com certeza absoluta: separe no mínimo 15 euros/dia (2 sanduíches e uma bebida, se quiser algo diferente de água). É o mínimo sem apelar pra inanição ou freeganismo ou pacote de bolachas em supermercado.

Comer em Paris pode ser muito barato. Um sanduíche que te forra bem num dos milhares de restaurantes e lanchonetes árabes\turcos\etc... custa 6.50 euros. Vem um sanduíche monstro com fritas. Se for nos indianos, mesma coisa: um crepe monstro sai por 5.50 euros. Um chá gelado da Lipton custa 2 euros ou menos nos mesmo lugares. Água é de graça. Comer em bistrôs e cafés "pega turista" sai mais caro, entre 12 e 20 euros, em média, por refeição. Se for pra restaurante mais chiques, aí o céu é o limite.

No transporte, o Metrô custa 1.80 (se não me falha a memória). Você pode economizar andando de um ponto turístico a outro, pois as coisas são próximas no centro. Paris não é tão grande assim (obviamente você não andará de ponta a ponta à pé). O RER é um pouco mais caro, do aeroporto para outro ponto qualquer onde se encontre sua hospedagem.

Em termos de hospedagem, nunca fiquei em albergues. Fico sempre no Ibis budget, que tem um quartinho bacaninha pra dormir, e um café da manhã honesto (café, suco, croissant, queijos e nutella liberado). Se você for gastar até 45 euros num albergue, acho válido ficar no albergue. Mais que isso, você já pega um Ibis Budget nos arrondissements mais populares.

O que é caro, pra mim, são os passeios e entradas à museu e afins. Como gosto de ir em um monte, acabo gastando muito dinheiro com isso.

Planeje os pontos que você quer visitar, quantos dias ficará e a partir daí, veja os custos. Ficou caro? Reduza o escopo da viagem. É assim que faço sempre.

Para referência, na primeira vez que fui, 2014, gastei 15 Mil reais para 2 pessoas, Lisboa, Paris, Besançon e Alsácia, 14 dias, tudo incluído (aéreo, terrestre, ingressos, comida E presentes). Na última, 2018, gastei 14 mil reais para duas pessoas, 10 dias em Paris, com tudo também.

Quem dá a medida da economia é você. O que é caro pra um colega de fórum, pode ser barato pra outro.

Se quiser mais dicas, só falar!

Na verdade, comprando 10 tikets de uma vez, cada um sai a 1,45 euros. É uma das tarifas mais baratas da Europa! Amsterdam esta saindo por 3 Euros... interior da Bélgica 2.90 Euros...

Existem bons restaurantes, não pega turistica, bistros com um preço médio de 20 euros um prato principal. Existem também muitos restaurantes típicos e honestos com as "formulas" (Formule) ou menu de jour (menu do dia) ... geralmente você escolhe entre Entrada+ prato principal ou prato principal + sobremesa , entre 20-30 euros. Alguns mais famosinhos chegam a 35 euros. 

Cabe fazer uma boa pesquisa! Tem o site thefork.com onde se encontra muitas promoções fazendo reserva antecipada. Exemplo: No dia "x" voce vai visitar o D'Orsay? Busca restaurantes na região e faz uma reserva pelo site... tem restaurante com descontos que chegam a 40%... e funciona! Testei alguns.

Dica básica para comer em restaurante: Se o garçom vem te abordar com um cardápio na mão, fuja. Restaurantes em ruas principais na frente das atrações, fuja. Restaurantes com grandes cardápios na frente em diversas linguás, fuja!! Procures restaurantes nas ruas mais internas e tranquilas, com faixada discreta, cardápio discreto na frente... os melhores são os que possuem um lousa com os pratos do dia escritos em giz.

Paris é um cidade com o habito cultural da especialização, explico: Se voce quer comprar queijo... voce vai a uma loja de queijos; Se quer comprar vinho... vai a uma loja de vinhos. O mesmo raciocínio serve para escolher onde comer... Restaurantes com cardápios muito abrangentes, que servem de tudo.... na verdade não servem bem nada! Isso claro, de forma generalista! Por exemplo, só por curiosidade olhe o cardápio de um estrelado como o Julio Vernes ou Les Cocottes... sao menus enxutos onde você não encontra mais que uma dezena de pratos! E porque... porque são pratos elaborados, testados.... Não importando o preço, os restaurantes realmente bons seguem essa mesma lógica!

  • Gostei! 2
  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder esta pergunta...

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...