Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Colaboradores

Muitos brasileiros que moram no exterior costumam mandar dinheiro para o Brasil mensalmente. Seja porque têm família que ainda mora no país ou porque possui alguma conta, poupança ou algum rendimento. A verdade é que, independente do motivo, é sempre importante conhecer as modalidades de remessa internacional, como funcionam, suas taxas e prazos de entrega do dinheiro. Afinal isso pode variar muito de empresa para empresa e sem uma boa pesquisa você pode acabar perdendo muito dinheiro com essas taxas.  

forma mais barata de mandar dinheiro para o Brasil do exterior vai depender muito das suas necessidades e da quantidade enviada. Mas, para ajudar você a escolher a melhor opção, separamos as 4 melhores empresas online que fazem esse tipo de remessa estrangeira pela internet. Fizemos também uma tabela comparativa para mostrar o que há de melhor em cada uma delas. Dá uma olhada! 

Continue lendo: Mandar Dinheiro Online do Exterior para o Brasil: a Forma Mais Barata

 

a-forma-mais-barata-de-mandar-dinheiro-para-o-brasil-e1580730687653.jpg

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Fora da Zona de Conforto
      Você mora na Europa e precisa de um banco Europeu online de graça com muitas vantagens e poucas complicações? Conheça aqui tudo sobre o Banco N26 (meu banco favorito na Europa) e abra uma conta de graça em pouco minutos!
      Não é incomum encontrarmos brasileiros (e Europeus) que moram na Europa em busca de bancos para abrir uma conta para poder receber salário, pagar o aluguel, receber pagamentos, depositar, transferir para amigos, e até enviar dinheiro para o Brasil!
      Isso ocorre principalmente quando as pessoas acabam de chegar em um país para morar como imigrantes ou expatriados, precisam movimentar seu dinheiro e ainda não têm todos os documentos necessários para enfrentar a burocracia dos bancos tradicionais. 
      Felizmente, o avanço da tecnologia possibilitou que muitos bancos online surgissem e resolvessem esse tipo de problema. São os chamados Fintechs! Bancos totalmente digitais, sem agência, e que muitas vezes são totalmente gratuitos. Como o Banco Inter ou Nubank no Brasil.
       
      Leia mais em: Melhor Banco Digital Gratuito Para Quem Mora na Europa
    • Por vialuisfelipe
      Olá gente ! Bom dia !! Eu vendo brigadeiros  no semáforo e já faturei em 1 dia R$: 740,00 e decidi fazer um video no youtube ensinando.
      https://youtu.be/HlGBeC2PmvU
    • Por felipeporto
      Oi gente!
      em Dezembro de 2021 eu vou passar 40 dias na Europa conhecendo o continente
      eu vou ficar:
      6 dias na espanha
      5 dias em portugal
      7 dias na frança
      6 dias na inglaterra
      3 dias na holanda
      6 dias na alemanha
      7 dias na italia
       Quanto vocês acham que eu devo levar (estimativa) pra passar esses dias por lá? 
      incluindo todos os custos (alimentação, hospedar em hostel, transporte, atrações, etc)
      (em portugal vou ficar em casa de família)
    • Por Miiike
      Sobre o mangueio pra conseguir uns trocados... percebi que dependendo da cidade, algumas pessoas são menos generosas em relação à comprar coisas. Não sei fazer arte, vendo balas, ou então compro algumas pulseiras pra revender (não me julguem)
      O foda é que muitas vezes o papo de dizer que estou mochilando não cola. Será que o problema sou eu, minha energia? Como contornar esse tipo de situação? 
    • Por Valeria Barbosa
      Olá mochileiros!
      Estava fazendo o meu relato em tópicos, mas agora que já cheguei em casa, chegou a hora de contar tudo de uma vez, enquanto ainda está fresco na memória.
      O inicio do Relato e da viagem, foi em Roma, e lá mesmo fiz meu primeiro post sobre esta viagem.
      Segue o link para quem desejar começar do começo rs
      https://www.mochileiros.com/topic/84446-roma-3-dias-3-pessoas-fotos-preços-e-itinerário
      Resumindo o inicio da viagem - Voo saindo de Florianópolis com escala em Guarulhos e chegando em Roma, Imigração foi uma piada - tanta preparação pra nada.
      Média de troca de euro foi 4,50, Comprei as passagens com MaxMilhas, Alugamos AirBnb. 
      Monumentos maravilhosos, a cada esquina uma nova maravilha que nem estava na lista. Comida gostosa e farta, museus lindos!
      No relato acima tem, é claro, muito mais detalhes, com fotos e gastos que tivemos por lá.
       
      Saindo de Roma, foi a vez de irmos a Santorini, na Grécia. 
       
      Dia 13/04
      Voo marcado para 12h45, a partir do aeroporto de Fiumicino. Atrasou um pouco, e o voo em si demorou 1h45. Adicionando 1 hora a mais pelo fuso horario de Santorini, chegamos no aeroporto de Thera por volta de 16h15. Ficamos no hotel San Giorgio, que acima de 2 diárias oferecia transfer grátis de e para o aeroporto.
      Chegamos lá e o encanto foi imediato. Quarto recém reformado, cheiroso e super confortável!

       
      Deixamos as malas e saímos pra comer em um restaurante próximo (aliás, tudo é proximo, Thera é super pequena e tudo é de fácil acesso) chamado Greek Bites. Super delicioso, comida regional, maravilhosa!

      Passamos no mercado e compramos algumas coisas para o café, além de água, que não é potável na ilha. [agua 0,50 ; croissant 1 ; suco 1,50, snacks 1]
      Passeamos um pouco pelo centro (uma rua rs) e voltamos pro hotel para um merecido descanso.
       
      Dia 14/04
      Acordamos cedo e fomos para o terminal de onibus.
      Vi em muitos relatos e sites que é indispensável alugar carro quando vier para Santorini; e discordo completamente. Não era viavel alugar carro pois ficariamos apenas 2 dias e não dirigimos, mas mesmo que esse não fosse o caso, achei suuper tranquilo andar de onibus. O terminal é bem localizado, onibus de viagem limpos e baratos. [1,80 a 2,40 dependendo do destino]
      Segue fotos dos horarios de onibus, não tem muitos, mas são precisos. 

       
      Nosso destino nesse dia foi a maravilhosa Oia. Como saimos cedo, ainda estava bem vazio, e conseguimos aproveitar bem o lugar, sem multidões.

       

      Voltamos para Thera e almoçamos no restaurante Pelican Kipos.
      A decoração e ambiente encantam logo de primeira, e a comida fecha a experiencia com chave de ouro.
      Descansamos um pouco depois do almoço e no fim da tarde seguimos para uma igrejinha próxima, chamada Virgin Mary Church, pra ver o tão falado por do sol.
      Bom, não tem o que falar.. As fotos dizem tudo.

       



       
      Na volta, jantamos em uma lanchonete meio vintage, chamada D’s Burgers. Super gostoso e um ótimo atendimento! [Burger 6, Fritas 4, Refri 2]
       
      Dia 15/04
      Café da manhã no Our Corner, no centro de Thera [waffle 10, sanduiche 6]
      De lá fomos até o terminal pegar um onibus para Perissa, a famosa praia de areia preta. Lá almoçamos e bebemos em um barzinho também chamado de Corner - Food and Drinks.
      O sol abriu e nos deu uma manhã maravilhosa de presente.

      No fim da tarde saimos pra ver a caldeira pela ultima vez, porém com o céu nublado não conseguimos aproveitar o por do sol novamente.
      Jantamos no Lucky’s Souvlakis, bem bom e barato, ótimo pra aproveitar a cozinha local.
       
      Dia 16/04
      De manhã tomamos café em uma lanchonete próxima, chamada Crepe House. Também gostoso, porém demoradinho.
      De lá, voltamos pro hotel pra fazer o checkout e pegar novamente o transfer de volta pro aeroporto.
      E assim acabou nossa mágica viagem a Santorini, curta porém inesquecível.
       
      Links
      Hotel - https://bit.ly/2Jgv117
       
      Preços para 3 dias, 3 pessoas
      Voo Roma - Santorini - 269 euros
      Hotel - 196 euros
      Almoço Greek Bites - 40 euros
      Mercado - 50 euros
      Onibus - 25 euros
      Pelican Kipos - 50 euros
      D's Burgers - 30 euros
      Our Corner - 30 euros
      Corner Food Perissa - 60 euros
      Lucky's Souvlakis - 30 euros
       
      Impressões e Dicas
      Sempre levem um casaco. O tempo foi completamente imprevisivel, mudando em questão de 1 hora, mas o vento era sempre constante.
      Cidade super calma, bem rural, estilo praia. Todas as lojas e supermercado ficam em apenas uma rua principal, tudo fácil de achar.
      Transito tranquilo, porém ninguém usa capacete, principalmente quem aluga quadriciclo rs
      Os pratos vinham sempre bem fartos, e sempre pedíamos pra dividir e provar de tudo.
       
      Continua em Atenas..
×
×
  • Criar Novo...