Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

123 Milhas - Cancelamento


Pergunta

  • Membros

Pessoal,

Por conta do COVID-19, tivemos as férias antecipadas, de modo coletivo, pela empresa em que trabalhamos. Por conta disso, iria precisar pedir reembolso das passagens contratadas no 123 Milhas. Porém, recebi em resposta ao meu email de solicitação, a informação de que reembolsos só podem ser feitos considerando no máximo 60 dias a partir da solicitação (no meu caso, atingiram 77 dias). 

Vocês teriam alguma orientação ou sugestão do que fazer em uma situação como essa, considerando que as circunstâncias são de fato, fora de qualquer padrão?

 

  • Vou acompanhar! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

9 respostass a esta questão

Posts Recomendados


  • 0
  • Colaboradores

@Guilherme Guima Da próxima deixa essa coisa para lá,imagina se estivesse fora do país tendo que voltar porque fecharam as fronteiras, como muitos estão. Não são responsáveis pelo que vendem,pois o comércio de milhas é ilegal perante as cias aéreas.Deixam você,e quem mais cai na deles,na mão. 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
2 horas atrás, Guilherme Guima disse:

Pessoal,

Por conta do COVID-19, tivemos as férias antecipadas, de modo coletivo, pela empresa em que trabalhamos. Por conta disso, iria precisar pedir reembolso das passagens contratadas no 123 Milhas. Porém, recebi em resposta ao meu email de solicitação, a informação de que reembolsos só podem ser feitos considerando no máximo 60 dias a partir da solicitação (no meu caso, atingiram 77 dias). 

Vocês teriam alguma orientação ou sugestão do que fazer em uma situação como essa, considerando que as circunstâncias são de fato, fora de qualquer padrão?

 

mesmo pro com a maxmilhas, e nem responderam.

 

7 voos abril e maio .. tenho 2 com max e demais pela cia.. vejo que numa crise é melhor compra pelas cias!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
1 hora atrás, D FABIANO disse:

@Guilherme Guima Da próxima deixa essa coisa para lá,imagina se estivesse fora do país tendo que voltar porque fecharam as fronteiras, como muitos estão. Não são responsáveis pelo que vendem,pois o comércio de milhas é ilegal perante as cias aéreas.Deixam você,e quem mais cai na deles,na mão. 

realmente man, tenho voos pela maxmilhas, pelo q vi vou perder mesmo, ja com as cias, ofereceram credito, remarque etc. imaginei se tivesse saido do pais como muitos teimosos e agr querem entrar

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

O problema de comprar pelo MaxMilhas e 123 Milhas, é que na verdade o negócio deles é bem controverso e em desacordo com regras das companhias das aéreas em relação as milhas.

MaxMilhas, 123 Milhas, etc pegam o seu dinheiro, e depois pegam o login e senha de de um terceiro que tenha  vendido as milhas, e emitem uma passagem no seu nome usando o login e senha do terceiro.

Mas na hora de cancelamento, a companhia aérea devolve as milhas para o terceiro, o dono original das milhas e não para a MaxMilhas, 123 Milhas, etc...

Agora como MaxMilhas, 123 Milhas, etc fazem para recuperar as milhas e o dinheiro pago ao terceiro, para poder emitir uma nova passagem para você, isto se conseguirem recuperar algo, é outra história, pois muitas vezes o dono original das milhas já mudou a senha do login, e eles não tem mais contato com ele...

 Se MaxMilhas, 123 Milhas, etc não conseguirem recuperar as milhas ou o dinheiro pago ao terceiro, corre grande risco de elas falirem e não terem condições de honrar os créditos no site...

Remarcar o voo comprado por estes sites também é complicado, pois somente o terceiro, dono original das milhas pode remarcar o voo, e novamente, foge do controle da Maxmilhas, 123 Milhas, pois depende de um terceiro fazer, que muitas vezes eles não tem mais acesso...

Ou seja, comprar por um site destes, é uma negócio super arriscado, pois se deu certo, OK, se não deu certo, você se ferrou pois dificilmente irá conseguir remarcar voo ou recuperar o seu dinheiro...

E Procon não vai poder lhe ajudar muito nestes casos, pois é uma operação comercial nas margens da legalidade, a companhia aérea vai falar que devolveu as milhas ao dono original, e a parte dela está OK, já Maxmilhas, 123 Milhas, etc só vão poder honrar algo se não estiverem falidas...

Em todo caso, tente pegar os créditos no site, e torça para eles não falirem e poderem honrar as milhas na hora que você decidir usar os créditos.

Boa sorte!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...