Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Quem não aguenta mais remarcar passagens e quando a malha voltará ?


Pergunta

  • Colaboradores

Estou remarcando passagens desde março.. Dez/2019 comprei diversos destinos para 2020 após superar problemas!

Alguém sabe me informa ?

Trabalho no hospital, peguei covid trabalhando, e de fato caiu os casos 80% !! (para muitos que vão pela mídia)

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Posts Recomendados

  • 1
  • Membros

Exato, o que estamos falando é a incerteza da atual situação, onde apesar das companhias aéreas estarem retomando lentamente os voos, a demanda ainda está muito baixa, e com os surtos indo e voltando em diferentes estados, as companhias aéreas estão ajustando quase semanalmente as rotas, aumentando a frequência de voos onde a ocupação está aumentando, reduzindo e cancelando novamente onde os números de passageiros não tem se mostrado viáveis por enquanto.

Se você for voar entre São Paulo e alguma capital, provavelmente você não vai ter problema, pois mesmo no auge da crise as companhias aéreas mantiveram os voos entre São Paulo e a maioria das capitais, o maior risco é nos voos fora das capitais, estes são mais sujeitos a cancelamentos e mudanças.

Outro problema são os voos de conexão, com a frequência reduzida, muitas vezes limitada a 1 voo por dia para alguns destinos, a sua conexão pode não ser possível ou viável, pois a conexão é só no dia seguinte.

Um amigo meu que é piloto na Gol comentou que estão meio frequentes os cancelamentos de voos com poucos dias de antecedência pela total falta de passageiros em alguns dias e horários, ele conta que nesta semana fez um voo totalmente vazio de volta do Nordeste para São Paulo, e teve outra escala de trabalho cancelada por que só tinha meia-duzia de passageiros previstos no voo.

Isto tudo está causando muitas mudanças de horário e cancelamentos de voos, o que combinado com a incerteza de que não vai haver um surto no destino da viagem nas próximas semanas e tudo voltar a fechar, está causando muita incerteza para quem pretende viajar nos próximos meses, e a maioria das pessoas não está disposta a correr este risco ou lidar com esta incerteza toda.

Também estou torcendo para que volte a normalidade o quanto antes, mas viajar para algum lugar mais distante nos próximos meses vai envolver muita incerteza e risco de mudanças de última hora, se você não se importar com este risco, sem problema, você só precisa estar ciente da possibilidade de os seus planos mudarem ou serem cancelados de última hora, para não acabar frustrado como o nosso colega Dan Wollker está com os constantes cancelamentos e mudanças de voos que ele tem sofrido.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
  • Colaboradores

Olha, se for dentro do país acho que ate pode rolar de remarcar pra esse ano, embora tenha que ver a questão turística da região que vc vai, muitos lugares estão fechados. Agora se for destino internacional eu não tenho uma boa perspectiva não, um dos motivos pelo qual  peguei o reembolso ao invés de remarcar, pq a Latam dava apenas direito a uma remarcação. Muitos países permanecem com suas fronteiras fechadas, e a chance de barrar brasileiros é alta. Tem que analisar bem.

Agora a questão do covid, depende muito da região. Aqui em BH os leitos de UTI ja passaram dos 90%, e vão abrir o hospital de campanha pq a demanda de pacientes vindos do interior está muito alta.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
15 horas atrás, Nani84 disse:

Olha, se for dentro do país acho que ate pode rolar de remarcar pra esse ano, embora tenha que ver a questão turística da região que vc vai, muitos lugares estão fechados. Agora se for destino internacional eu não tenho uma boa perspectiva não, um dos motivos pelo qual  peguei o reembolso ao invés de remarcar, pq a Latam dava apenas direito a uma remarcação. Muitos países permanecem com suas fronteiras fechadas, e a chance de barrar brasileiros é alta. Tem que analisar bem.

Agora a questão do covid, depende muito da região. Aqui em BH os leitos de UTI ja passaram dos 90%, e vão abrir o hospital de campanha pq a demanda de pacientes vindos do interior está muito alta.

sim, BH demorou e chegou a onda Agora, nordeste está tranquilo. Norte tbm .. Meu roteiro será norte e sul do brasil .. agosto esta tudo normal turismo amazonas e as passagens estão ainda ok. mas foz cancelaram.. então remarquei para setembro, a onda lá chegou mais tarde tbm

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
15 horas atrás, FCRO disse:

remarquei uma viagem para a última semana de setembro

centro-oeste destino de natureza

acho que até lá espero poder fazer o passeio

justamento, agosto esta tranquilo amazonas, tudo ok lá.. agencias voos .. mas sul cancelaram e remarquei para setembro tbm. vamos esperar que t udo passe. apos tudo isso o setor vai voltar com toda!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

 

1 hora atrás, Dan Wollker disse:

justamento, agosto esta tranquilo amazonas, tudo ok lá.. agencias voos .. mas sul cancelaram e remarquei para setembro tbm. vamos esperar que t udo passe. apos tudo isso o setor vai voltar com toda!

Cara, sendo sincero, marcar passagem para viajar em 2020 com mais de 15 dias de antecedência é pedir para ter estresse e problemas, pois até o final deste ano tudo vai ser uma grande incerteza, e com as ondas de infecções indo e voltando em diferentes regiões, os cancelamentos de voos e mudanças de horários vão continuar a ocorrer a todo momento.

Saber se vai conseguir viajar de avião neste resto de 2020 vai ser algo que você saber no máximo 10 ou 15 dias antes e olhe lá, certeza mesmo, só no dia da viagem.

Então pessoalmente eu recomendaria a você não marcar nenhuma viagem com antecedência maior que 15 dias nos próximos 6 meses neste momento, pois é quase certeza de que os voos serão cancelados ou alterados.

Quase ninguém está comprando e marcando viagens com antecedência neste momento devido as incertezas em relação ao Covid, aos lock-down, quarentenas  e cancelamentos etc, a alguns dias atrás vi uma reportagem onde falava que 80% das pessoas estava comprando e marcando passagens com no máximo 15 dias de antecedência devido a todos estes problemas.

Qualquer viagem neste resto de 2020 vai ter que ser algo que você possa decidir viajar ou não uma semana antes, pois a situação no seu destino pode piorar a qualquer momento.



Eu tinha vários voos marcados para 2020, mas com toda esta incerteza eu não sei quando vou poder viajar, então não remarquei a data de nenhum deles, em todos os voo eu pedi reembolso ou crédito para usar na compra de passagens em outra data, assim eu posso esperar com calma e sem estresse o melhor momento de viajar, e inclusive mudar o destino da viagem.

Se eu for viajar em 2020, vai ser uma viagem onde eu posso decidir viajar ou não uma semana antes, não vou fazer nenhum plano e me comprometer com uma viagem com mais de 10 ou 15 dias de antecedência

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
7 horas atrás, poiuy disse:

vai ser uma viagem onde eu posso decidir viajar ou não uma semana antes, não vou fazer nenhum plano e me comprometer com uma viagem com mais de 10 ou 15 dias de antecedência

Eu penso o mesmo. Minhas próximas férias serão em novembro e viagem provavelmente vai ser de carro pra um estado vizinho. Esse ano não dá pra se arriscar em passagens aéreas com antecedencia

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

se vocês olharem o timetable das empresas aéreas hoje vão ver que está tendo vôos para todo o brasil, em frequencia reduzida mas tem vôos

moro em porto alegre, hoje no momento que escrevo 13 hrs da tarde já saíram 1 vôo para campinas, 6 para sp, 1 para brasilia e 1 para o rj

isso porque aqui em porto alegre estamos em bandeira vermelha, comércio fechado , etc

 

minha viagem remarcada é para um destino no centro oeste, especificamente no mato grosso

o mato grosso está passando pela pandemia agora, porém a orientação do estado nos destinos de eco-turismo é trabalhar  no momento com 40% dos quartos , ou seja, eles estão autorizados a funcionar. 

remarquei minha viagem para o último fds de setembro, tem muito tempo ainda para a curva abaixar, basta comparar com estados como sp, amazonas e pará que já passaram pela fase crítica e estão em processo gradual de reabertura. Inclusive tenho amigos no Pará que falaram que destinos populares no estado como Salinas já está funcionando normalmente

último ponto, minha viagem que remarquei para esse último fds de setembro é para o pantanal norte, o pantanal passa por um processo de cheias e de seca. O período de seca é quando acontece o turismo, vai de maio até setembro. No período de chuvas fica totalmente inviável o eco-turismo por lá. A pousada que tinha reservado me deu o direito de trocar a data ESSE ANO sem qualquer custo adicional

É uma questão de tentar, se passar de setembro, já começa as chuvas e a viagem já fica inviável

 se eu não viajar esse ano, de acordo com a política do hotel eu ficaria com créditos com eles, porém para remarcar ano que vem já teria reajuste para os valores de 2021. (sem contar o fato que a empresa aérea me deu 1 ano para remarcar as passagens, o que significa que também perderia a passagem se for esperar  período da seca em 2021)

estou jogando com o livro de regras de baixo do braço, torcer para dar tudo certo até lá.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

Meus voos para o reino unido em setembro foram cancelados ainda hoje... este ano, pra fora, já perdi esperanças. 

As coisas podem estar melhorando lá fora, em um ou outro lugar aqui dentro... mas as fronteiras seguem fechadas!

Cheguei a pensar num plano B pela América latina mas já desisti tb... Já dei o ano como perdido!

Vou decidir uns dias antes das minhas férias se rola me enfiar no mato no estado vizinho, rs!

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

@FCRO Esqueceu que pode ter a 2 onda?

Aqui em BH,por exemplo, quando SP tinha muita gente doente,os políticos daqui viviam comemorando ter escapado. 

Reabriram o comércio,começou a aumentar, ao contrário de fechamento outra vez,abriram mais. 

Hoje,os hospitais públicos estão quase todos lotados e um tal de hospital de campanha virou caso de Polícia. Há muitos leitos lá, mas não abrem nunca,sempre uma desculpa. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...