Ir para conteúdo

Viagem Islândia - 2ª quinzena maio 2022


Posts Recomendados

  • Membros

Olá pessoal!

Estou interessado em conhecer a Islândia na 2ª quinzena de maio/22, por 7 ou 8 dias. Alguém tb afim de fazer o roteiro de volta pela Ilha, e disposto a dividir aluguel de carro, alimentação e hospedagem?

Sou mochileiro de perfil econômico, mas que curte conhecer todos os pontos turísticos e cultural do local.

Abraço.

Rogério

Link para o post
  • Colaboradores

Muito cedo para planejar o próximo ano,o euro pode estar 10 reais se o Bozo continuar por aí ou pode desabar se o sacripanta do Guedes cair fora.E mais, não se sabe quando vamos poder entrar lá, tinha combinado uma viagem a Grécia com uma menina daqui,veio o vírus e acabou.Sorte que só pego hotel com pagamento na hora e avião só compro quando tenho certeza que vou.

Link para o post
  • Colaboradores
Em 03/04/2021 em 17:30, Rogerio DALFRA disse:

perfil econômico

E vai alugar AP e carro na Islândia? Ja viu os custos? Dos lugares fora da rota "must go", talvez Reikjavik seja um dos mais caros do mundo. É caro de Ingleses reclamarem... Franceses reclamarem... é um padrão de custos tipo Alpes...

Link para o post
  • Membros

@Rogerio DALFRA perfil econômico, viagem econômica, gastar pouco e países nórdicos não combinam na mesma frase (incoerente) rsrs. Lá tudo é caro para os nossos padrões. Sugiro fazer ao menos o esboço de um roteiro pra voce ter ideia do quanto gastará na viagem e lembre-se de levar pelo menos uns 20-30% a mais para possiveis imprevistos.

Link para o post
  • Membros de Honra

É possivel fazer um esquema econômico sim. Eu aluguei campervan, dividindo com mais um casal de amigos.

Dormíamos e cozinhavamos na van, muita coisa da comida já levei daqui na mochila. O que estragava compramos no supermercado lá. As refeições que compramos geralmente era hot dog, ficava barato. Cerveja e vinho compramos no duty free quando chegamos lá.

Lá não se paga entrada em quase nada, só fizemos 2 passeios que foram caros, que foram o mergulho em Silfra e o passeio das cavernas de gelo no glaciar. De resto não pagamos entrada em nada.

Raramente pagávamos camping, a maioria das vezes estacionávamos o carro em algum canto sem movimento da cidade que não fosse atrapalhar, e ali passávamos a noite.

Fiquei 2 semanas lá, fizemos a volta a ilha. Gastei bem menos do que em 10 dias em Nova York. Agora realmente, se for ficar em hotel e comer em restaurante e principalmente consumir álcool lá, se prepare para gastar uma fortuna.

  • Gostei! 3
Link para o post
  • Membros
4 horas atrás, lobo_solitário disse:

@Rogerio DALFRA perfil econômico, viagem econômica, gastar pouco e países nórdicos não combinam na mesma frase (incoerente) rsrs. Lá tudo é caro para os nossos padrões. Sugiro fazer ao menos o esboço de um roteiro pra voce ter ideia do quanto gastará na viagem e lembre-se de levar pelo menos uns 20-30% a mais para possiveis imprevistos.

Blz Lobo!? Sim, com certeza a Islândia é uma país caro pra viajar, principalmente comparando com países da Ásia ou latino-americanos. Perfil econômico que mencionei é pra ficar em hostel ou dividir quarto em hotel popular quando não houver opção mais econômica na cidade, comida de supermercado ou restaurante popular, dividir aluguel de carro popular(que suporte a volta na ilha) , etc. Já fiz algumas pesquisas de custos e roteiro, e considero viável a viagem, desde que dividido com mais alguém. Sem chance viajar sozinho por lá...rsrs.

Link para o post
  • Membros
2 horas atrás, samanthavasques disse:

É possivel fazer um esquema econômico sim. Eu aluguei campervan, dividindo com mais um casal de amigos.

Dormíamos e cozinhavamos na van, muita coisa da comida já levei daqui na mochila. O que estragava compramos no supermercado lá. As refeições que compramos geralmente era hot dog, ficava barato. Cerveja e vinho compramos no duty free quando chegamos lá.

Lá não se paga entrada em quase nada, só fizemos 2 passeios que foram caros, que foram o mergulho em Silfra e o passeio das cavernas de gelo no glaciar. De resto não pagamos entrada em nada.

Raramente pagávamos camping, a maioria das vezes estacionávamos o carro em algum canto sem movimento da cidade que não fosse atrapalhar, e ali passávamos a noite.

Fiquei 2 semanas lá, fizemos a volta a ilha. Gastei bem menos do que em 10 dias em Nova York. Agora realmente, se for ficar em hotel e comer em restaurante e principalmente consumir álcool lá, se prepare para gastar uma fortuna.

Olá Samantha!

Obrigado pelo comentário. Também considero possível viajar pela Islândia sem gastar muito, desde que planejado com um pouco de antecedência, abrir mão de alguns confortos e dividir as despesas com mais alguém. 

Por questões financeiras e de tempo, não consigo ficar 2 semanas por lá, como vc ficou. Fiz algumas pesquisas e  acho possivel conhecer bastante coisa em 8 dias. Minha ideia é ficar 2 dias na capital Reykjavik e 6 dias fazendo a volta na ilha (mais ou menos 450km).

Link para o post
  • Membros
6 horas atrás, Rafael_Salvador disse:

E vai alugar AP e carro na Islândia? Ja viu os custos? Dos lugares fora da rota "must go", talvez Reikjavik seja um dos mais caros do mundo. É caro de Ingleses reclamarem... Franceses reclamarem... é um padrão de custos tipo Alpes...

Olá Rafael! 

Sim, com certeza a Islândia é um dos países mais caros do mundo, principalmente comparando com outros países da Ásia, latino-americanos e até mesmo europeus, mas se vc planejar com um pouco de antecedência, abrir mão de alguns confortos e dividir as despesas com mais alguém,  considero viável fazer a viagem...A ideia é ficar em hostel, comida de mercado ou restaurante popular e alugar carro popular (desde que comporte a volta na ilha). Achei legal tb alugar uma uma campervan, mas ainda não pesquisei os custos pra saber se é viável...

 

 

Link para o post
  • Colaboradores
6 horas atrás, samanthavasques disse:

principalmente consumir álcool lá

Chegou a sair para barzinho por lá? Vida noturna? Se tiver como dar um panorama... Acho Reykjavik lindaaaa.... Mas parece que os principais passeios são para contemplar natureza e tals...

Não sou do perfil caçador da aurora boreal rs, sou urbano.

Link para o post
  • Membros de Honra

Reykjavik 1 dia pra conhecer já dá e sobra. A cidade é muito pequena, não tem tantos atrativos. Dá pra conhecer em 1 manhã ou 1 tarde até.

Não fui a nenhum bar, álcool lá é caríssimo, até mesmo para os padrões locais, eles tem uma quantidade absurda de imposto sobre bebidas. O que todo mundo recomenda é comprar no aeroporto quando chegar, que aí dá pra escapar dos impostos. Foi o que fizemos, assim que chegamos já compramos suficiente para todos os dias. No aeroporto dá pra encontrar cerveja e vodka locais por um bom preço, e outras bebidas importadas.

Ah e não tem muito hostel por lá, só em algumas poucas cidades no sul da ilha. Para fazer a volta a ilha sem a campervan só ficando em hotel mesmo. Transporte público também é super escasso. Resumindo, a Islândia não é um bom país para viajantes solo, mas sempre dá pra arrumar alguém por aqui pra dividir a van.

  • Gostei! 1
Link para o post

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...