Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Duvida sobre Passaporte e RG na América do sul


Posts Recomendados

  • Membros

Ola [email protected]!

Ignorem a questão mundial do Covid-19 e foquem na pergunta, por favor!

Estou planejando um mochilão do Ushuaia ao México, modo roots, tenho muitas duvidas, mas á principio gostaria de saber a questão do passaporte.

Eu, com um passaporte e RG atualizado posso perambular tranquila nesses países da América do Sul, ou tenho que pegar carimbo de entrada e saída nas imigrações locais?

Aproveitando o fio da meada, sobre pagamentos, vcs sabem de algum cartão/banco internacional que dê pra usar nesses países, que tenha uma baixa taxa de IOF? Pois não sei se ir trocando nas casas de cambio - ao longo da jornada - seja menos prejuízo (menores taxas).

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Eu não sei se você sabe, mas o mochileiros é um fórum de discussão! Além do que as pessoas pesquisam no google e caiem direto na página, por isso tiveram a preocupação de explicar certinho.

Apenas países do Mercosul permitem transito com RG, o restante só com passaporte.

O melhor a fazer na questão financeira é levar dólares e ir trocando ao poucos aproveitando , vários lugares aceitam dólar como meio de pagamento 

  • Membros
6 horas atrás, Uilliam disse:

Eu, com um passaporte e RG atualizado posso perambular tranquila nesses países da América do Sul, ou tenho que pegar carimbo de entrada e saída nas imigrações locais?

Independentemente de ser RG ou passaporte, sempre que fores ultrapassar alguma fronteira internacional (inclusive no Mercosul), terás que efetuar o processo de transição (saída de um país, entrada noutro).

Caso tenhas passaporte, ele será carimbado.
Já se estiveres apenas com RG, ganharás um canhoto que deverá ser apresentado na saída.

Por questões de praticidade, eu optaria pelo passaporte.
Sem contar que em alguns países (como a Argentina e o Chile), existem programas de ressarcimento de valores (hospedagem, café da manhã, e outras situações específicas) caso você se aplique como turista (pesquise por IVA), todavia os estabelecimentos exigem o número do passaporte para obter o benefício (acredito que o mero canhoto não seja satisfatório).

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

O IOF é sempre o mesmo, ele é estabelecido pelo governo, não depende de bandeira, nem de banco.

Para usar cartão de crédito e escapar do IOF só sendo conta no exterior, não tem jeito.

Como é uma viagem longa, levar tudo no dinheiro não é uma boa opção

 

Sobre os tramites de imigração, você vai precisar carimbar o passaporte sim, entrar com RG só funciona no Mercosul. Como o seu roteiro é subindo, se prepara para muitos interrogatórios, principalmente nas fronteiras da América Central, por ser rota frequente de imigração ilegal para os EUA. Se você tiver visto para os EUA leve também pois vai ajudar nessas fronteiras.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
36 minutos atrás, samanthavasques disse:

O IOF é sempre o mesmo, ele é estabelecido pelo governo, não depende de bandeira, nem de banco.

Para usar cartão de crédito e escapar do IOF só sendo conta no exterior, não tem jeito.

Como é uma viagem longa, levar tudo no dinheiro não é uma boa opção

 

Sobre os tramites de imigração, você vai precisar carimbar o passaporte sim, entrar com RG só funciona no Mercosul. Como o seu roteiro é subindo, se prepara para muitos interrogatórios, principalmente nas fronteiras da América Central, por ser rota frequente de imigração ilegal para os EUA. Se você tiver visto para os EUA leve também pois vai ajudar nessas fronteiras.

Gratidão! Bem esclarecedora!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
2 horas atrás, Alan Rafael Kinder disse:

Independentemente de ser RG ou passaporte, sempre que fores ultrapassar alguma fronteira internacional (inclusive no Mercosul), terás que efetuar o processo de transição (saída de um país, entrada noutro).

Caso tenhas passaporte, ele será carimbado.
Já se estiveres apenas com RG, ganharás um canhoto que deverá ser apresentado na saída.

Por questões de praticidade, eu optaria pelo passaporte.
Sem contar que em alguns países (como a Argentina e o Chile), existem programas de ressarcimento de valores (hospedagem, café da manhã, e outras situações específicas) caso você se aplique como turista (pesquise por IVA), todavia os estabelecimentos exigem o número do passaporte para obter o benefício (acredito que o mero canhoto não seja satisfatório).

Nas pesquisas q fiz não vi sobre esse ressarcimento, vou procurar agora kkk

Alias, vi algo sobre um imposto a mais (em hotéis e hosteis) pra turistas..

Gratidão amigo!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
2 horas atrás, FCRO disse:

O melhor a fazer na questão financeira é levar dólares e ir trocando ao poucos

aproveitando , vários lugares aceitam dólar como meio de pagamento 

Dólares vivos (em espécie) ou em carteira digital (nem sei se existe)?

Vou checar a possibilidade de carteira virtual/digital...não é legal andar com suas economias pra cima e pra baixo 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

@UilliamEsse desconto funciona da seguinte forma :En Chile, tem que pagar em dólares,na Argentina só pagamento em cartão de crédito, mas tem que apresentar o passaporte e não é todo hotel que aderiu ao programa,os mais baratos cobram em peso e dizem que nem sabem disso. 

Saiu dali,foi para a América Central,obrigado a apresentar o passaporte já na entrada do país,lembrando que essas fronteiras estão fechadas sem previsão de reabertura. 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
9 horas atrás, Uilliam disse:

Nas pesquisas q fiz não vi sobre esse ressarcimento, vou procurar agora kkk

Alias, vi algo sobre um imposto a mais (em hotéis e hosteis) pra turistas..

Gratidão amigo!

Só para esclarecer um pouquinho mais meu argumento (eu li ele de novo e talvez ficaram pontas soltas):

No Mercosul você poderá utilizar o RG para mover-se entre fronteiras, todavia, como pretendes seguir para países que não fazem parte do tratado, você terá que utilizar um passaporte - logo, a idéia de usar apenas o RG se torna impraticável.

Estando então com o passaporte, você terá a possibilidade de usufruir do benefício que citei na Argentina e no Chile (considere os pontos levantados pelo @D FABIANO - pedir antecipadamente para o estabelecimento se eles oferecem o desconto).

Eu consegui um desconto de 21% referente ao IVA nas minhas hospedagens pela Argentina.
- Em El Calafate fiquei no Folk Hostel, comprei com cartão de crédito internacional meses antes, ainda no Brasil;
- Em El Chaltén fiquei no Nothofagus Bed & Breakfest, comprei com cartão de crédito internacional, pagando no checkout.

Em ambos os casos, eu conversei via email com os administradores antes de iniciar a viagem para deixar tudo organizado (não gosto de surpresas - e fui com todas as cópias das conversas impressas).

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...