Ir para conteúdo

Berlim


Mochileiros.com

Posts Recomendados

  • Respostas 318
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • 3 semanas depois...
  • Colaboradores

Se li direito, algumas dicas que não constam aqui:

 

20120221143520.JPG

- Eastside Gallery: trecho de 1,5km do Muro de Berlim que foi transformado numa grande galeira de arte ao ar livre

 

20120221143704.JPG

- Fernsehturm: torre da TV. Suba de elevador pra melhor vista de Berlin; especialmente interessante pra ver a diferença do urbanismo de Berlim Oriental e Ocidental. Você pega fila para comprar o ingresso, que é com hora marcada. Só meia hora antes que confirmam o horário certo. Vá passear pelas redondezas (Rathaus, Alexanderplatz,...) e peça para receber a confirmação do seu horário por SMS, pra não perder tempo.

 

20120221143902.JPG

- DDR Motorräd Museum: pequeno museu de motos da antiga DDR, muito bem conservado e vale uma rápida passada. Perto da Fernsehturm.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Estive em Berlim 8 dias a trabalho mas pude aproveitar dois dias de folga e desfrutar da capital da Alemanha. O site Mochileiros me ajudou muito na escolha dos pontos a visitar e por isso vou colocar algumas rápidas dicas para quem ainda está indo.

Berlim é uma capital cultural que nada ficar a dever a Nova Iorque e outras grandes capitais mundiais, são uma centena de museus e monumentos diversos , shows variados e uma vida noturna intensa . Fui na primeira semana de fevereiro 2012 e encontrei a frente congelante que vinha da Sibéria - congelei entre -2 C e - 18 C , e a neve se fez presente quase todos os dias , o que foi uma agradável surpresa para um turista tropical.

Aconselho que ao chegar ao hotel solicite o guia ( gratuito ) Berlin inyour pocket ( é escrito junto mesmo..) em inglës, onde estão dezenas de dicas da vida cultural da cidade , desde shows , restaurantes , pontos turísticos , etc.. Vocë pode baixar um aplicativo para usar no celular em www.berlin.inyourpocket.com.

O mesmo pode ser feito para o mapa do metrö, existe um aplicativo com o mapa onde vc pode colocar o nome da estação que deseja ir e o caminho das estações será mostrado . Isso ajudou muito se considerarmos que são dezenas de estações.

O melhor meio de conhecer os pontos turìsticos mais importantes é fazer uma FREE TOUR , onde os guias explicam tudo e o percurso é feito caminhando longo da capital . Uma dica importante : existem dois pontos de saída - em frente ao Portal de Brandenburgo e próximo ao Zoológico . Para quem não domina o inglës ou Alemão , existe um horário com guias falando espanhol . Visite o site para confirmar os horários - www.neweuropetours.eu

Em tempo , não obstante seja gratuito é praxe deixar cerca de 5 euros para os guias voluntários.

Outra boa alternativa é fazer a city tour em önibus de dois andares que saem a todo instante , ( conhecidos como Sightseeing), são várias empresas , a Berolina ( www.berolina-berlin.com) é uma delas . Paguei 11 euros e fui pela Maredo ( www.maredo.de), observe que existem preços diversos dependo da empresa. Durante o percuso vc pode descer em algum ponto que julgar interessante e retomar o önibus mais tarde - o bilhete vale por 24 horas.

Se quiser música ao vivo a pedida é o IRIS PUB , um típico pub irlandës mas onde se apresentam estilos diversos do rock á música típica da Irlanda , acho que existe uma página no Facebook com a programação mensal. Também existe no local um telão onde são exibidas partidas da europa com direito a exaltados torcedores ...

Se o assunto é Museu não deixe de visitar o NEUES MUSEUM que possui um coleção arqueológica impressionante , com destaque para a exposiçaõ do Egito onde a gema preciosa é o busto de NEFERTITI, além de múmias diversas , sarcófagos e outros utensílios. Visita Obrigatória ! O ingresso custa 10 euros e vc ainda pode usar gratuitamente pockets-fones com traduçaõ em espanhol dos principais pontos do museu.Solicite na entrada ( dei sorte que a atendente era brasileira..)

Outros museus importantes a serem visitados são o Pergamon e o Altes Museum , veja detalhes em www.museumsinsel-berlin.de , reserve pelo menos 2 horas para cada visita , vale cada centavo ....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Para os visitantes interessados em descobrir as mil caras de Berlin ou aqueles que querem apenas cobrir a lista dos “imperdíveis” da cidade (logo vou escrever um post sobre isso), cinco dicas podem fazer a visita mais fácil, interessante e mais barata. Antes delas, porém, fica uma sugestão: se você for estudante, faça uma carteirinha internacional antes da viagem. Os descontos valem realmente a pena. Se não deu tempo de fazer, traga qualquer identificação estudantil da sua universidade mesmo: em muitos casos ela pode ser aceita. Se você for jornalista, traga uma identificação profissional: todos os museus mantidos pelo estado (já explico isso) oferecem acesso gratuito para a imprensa.

 

Mas vamos às dicas:

 

1 – Faça um tour “gratuito” pela cidade – Já fiz um post sobre isso, mas repito brevemente aqui. Trata-se de uma caminhada com guia (que pode ser em alemão, inglês, espanhol e outras línguas – embora não tenha visto em Português) que dura umas três horas e passa pelos principais pontos de interesse do centro. Muitos você já “mata” nessa caminhada, mas a melhor parte é ter uma visão mais ampla do que existe no entorno e poder voltar para conferir com mais calma nos dias seguintes. Você não é obrigado a pagar pelo guia, mas o normal é que cada pessoa contribua com uma gorjeta (de 3 a 5 euros no fim da caminhada). O ponto de partida é no Starbucks que fica na frente do Brandenburgertor, as 11h e as 13h, diariamente, faça chuva ou faça sol.

 

2 – Visite a cúpula da Reichtag de graça e com guia – Assim que souber as datas da sua viagem, entre no site da Reichtag , que é o prédio do parlamento alemão, e agende uma visita. Ele tem um domo lindíssimo, todo em vidro, por onde apenas grupos organizados podem passar. E só entra quem marcou antecipadamente e recebeu a confirmação. No site você pode escolher três opções de data e horário para a sua visita e aguarda que seja confirmado o seu pedido. Também pode optar pela visita simples, com guia ou uma palestra de uma hora sobre a história do prédio e um pouco da estrutura política alemã. Fique atento: você recebe um e-mail automático logo após a inscrição pela internet, mas isso não é a confirmação. Os seus “bilhetes de entrada” só chegam depois que a solicitação for confirmada por um funcionário. Tenha em mãos o nome completo e data de nascimento de todos os que estiverem viajando com você na hora de fazer a reserva.

 

3 – Visite mais de 30 museus pelo preço de um – Existem mais de 170 museus em Berlin e muitos deles são mantidos pelo Estado. Outros são operados por empresas particulares ou são franquias de museus internacionalmente conhecidos. Para os museus do estado - que incluem a maioria das opções na Ilha dos Museus – existe um ticket valido por três dias consecutivos e que custa 19 euros (ou 9,50 para estudantes): uma pechincha. Você compra no primeiro museu que visitar e entra em todos os outros sem custos adicionais.

 

4 – Concertos, museus e exposições de graça – Existem vários sites especializados na agenda cultural de Berlin com tudo o que a cidade tem a oferecer de graça. Você escolhe pela data e fica sabendo o que tem de graça nesse dia: pode ser até mesmo um concerto da famosíssima Orquestra Filarmônica de Berlin. Claro que os sites tem muita propaganda, mas com um pouco de paciência, da pra peneirar muita coisa boa.

 

5 – Faça um tour de ônibus por 2,30 euros – Esse é o preço da passagem do transporte local para um trecho em uma direção. Se por acaso você comprou o ticket do dia, o seu passeio sai de graça. Isso porque, existe uma linha de transporte coletivo da cidade que faz praticamente o mesmo trajeto dos ônibus turísticos. Trata-se da linha 100 (tem até um site especial sobre ela!!!), que liga a estação Zoologischer Garten à Alexanderplatz (ou Alex, para os íntimos!). Você pega ao lado da Reichtag, nos pontos de ônibus convencionais (aqueles que tem a letra H marcando). O ônibus é de dois andares e passa a cada 10 minutos. Se você comprar o ticket de 2,30, tem duas horas para terminar o passeio (pode sair e voltar para o ônibus nesse tempo).

 

Caso tenha o ticket do dia, então leva o tempo que quiser e percorre pontos turísticos como: Gedächtniskirche, Zoologischer Garten, Siegessäule, Schloss Belleuve, Haus der Kulturen der Welt, Reichtag, Brandenburgertor, Gendarmenmakt, Zeughaus, Humbolt-Universität, Deutsche Staatsoper, Lustgarten, Berliner Dom, Nikolaiviertel, Rotes Rathaus, Fernsehturm e Alexanderplatz. Ou seja, cobre praticamente o que a cidade tem de melhor. Claro que no ônibus de linha não vai ter um fone de ouvido e nem um guia explicando, mas nada que um aplicativo de celular com as descrições, um guia de turismo impresso ou mesmo uma pesquisa antecipada na internet não resolvam.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
Caro jonas e demais, boa tarde!

 

Qual a melhor forma (custo x duração x conforto) de se ir de Varsóvia até Berlin? Estava pensando em ir pela manhã.

 

Obrigado a todos!

 

Olha as vezes tem umas passagens promocionais que vale a pena de avião. Mas o trem é outra opção mas demora...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei changed the title to O que fazer em Berlim

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...