Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

maria.alves

MOCHILÃO RAIZ EM CUBA– 16 DIAS GASTANDO MENOS DE 10 DÓLARES POR DIA

Posts Recomendados

Mas como assim, Cuba com menos de 10 dólares por dia? 🤨 

É isso mesmo pessoal, e para sermos mais exatos, gastamos exatamente $8,70 dólares cada um por dia, mas como o nome do post diz, foi um mochilão raiz e por isso eu advirto vocês que NÃO FOI FÁCIL, mas é possível.😎 Então, antes de começarmos, preciso dizer duas coisas:

 - PRIMEIRO: Eu e meu namorado estamos fazendo um ano sabático e tivemos a oportunidade de encontrar bons preços nas passagens a cuba, saindo de Bogotá- Colômbia e depois seguindo a Miami/NY-Estados Unidos. Então lá vamos nós com pouca grana e sem ter pesquisado muito.🤦‍♀️🙆‍♀️🤷‍♀️

-SEGUNDO: Falaremos a verdade, é bem difícil ser mochileiro em Cuba! Mas, porquê Maria? Porque é um país pobre, em que a maioria das pessoas pensam que “turistas tem dinheiro, cubanos que não tem dinheiro”, segundo que por ter duas moedas os preços são absurdamente diferentes para cubanos e estrangeiros e terceiro que sempre vão tentar tirar um pouco do seu suado dinheirinho. Além  disso, seu mochilão pode se complicar pelo fato de ser ILEGAL fazer Couchsurfing, trabalhos voluntários, acampar selvagem, difícil pegar carona e até mesmo comprar comida em um supermercado para cozinhar, pode ser muito mais caro que comer na rua. 🤑😮

Mas se você é brasileiro e não desiste nunca, assim como nós, vamos te dar dicas e esmiuçar como fazer um mochilão raiz em Cuba.

Mas antes de começar, queria falar rapidinho sobre o DICIONÁRIO CUBANO, ou seja, palavras próprias que vão te ajudar e muito a se "disfarçar" de Cubano:

  • CORRER LAGUAGUA = pegar um ônibus 🚍
  • CORRER CAMIONES = pegar um caminhão que é adaptado como se fosse uma lotação 🚚
  • CORRER BOTELLA = pegar carona
  • PUNTO AMARILLO = lugar aonde fica uma pessoa vestida de amarelo, que para transportes do governo para você, mediante a uma proprina. 
  • MONEDA NACIONAL = peso cubano/ CUP *
  • DÓLAR = peso convertível / CUC  (se fala CU ou Ce-u-ce)

Lembrando

Lembrando que Cuba tem duas moedas, o peso cubano (CUP) e o peso cubano convercível (CUC), ISSO É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, porque?

            1 DÓLAR = 0.96 CUC (-10% ... não compensa levar dólar)

            1 EURO = 1,08 CUC

            1 CUC = 25 CUP

OU SEJA, 

            1 CUC = 4,07 reais

            1 CUP = 0,15 centavos.

obs: é fácil diferenciar as moedas, porque o CUP sempre ter os ROSTOS DOS PERSONAGENS FAMOSOS e o CUC vai ter sempre a imagem dos monumentos nacionais aos mesmos personagens.

IMG_1795.JPEG

Lembrem sempre disso quando comentarmos os valores nos posts. E não esqueça, é balela o assunto que não é possível trocar CUP, acontece que na casa de cambio primeiro vão trocar TODO seu dinheiro por CUC e se você quer uma parte em CUP só pedir que a pessoa troca tranquilamente.

*Lembrando que essa viagem aconteceu em maio de 2019, então eu estou usando a cotação dos valores comerciais, para ficar mais fácil.

_________________________________________________________________________________________________________

OUTRAS DICAS  RÁPIDAS PARA ECONOMIZAR

  • ÁGUA – O gasto com água pode se tornar absurdo se você comprar todos os dias, mesmo se comprar aqueles galões de 6l. Normalmente uma água de 500ml e 1,5l em qualquer lugar custa entre 1 CUC e 1,5CUC respetivamente, em alguns mercados você até encontra por menos, mas se você fizer essa conta pela quantia de dias que você vai ficar, vai ser um gasto bem grande só com água. Nós tomamos água da torneira e não morremos por causa disso. Quando possíve, fervíamos e depois descobrimos um truque de comprar uma solução de hipoclorito por 1 CUP e colocar 3 gotas por litro de água. Pronto problema resolvido. 🥳
  • CASAS DE FAMÍLIA – A opção mais econômica de hospedagem são as casas de particulares. Minha dica é reservar por AIRBNB porque normalmente sai mais em conta ou também você pode chorar as pitangas. Assim você pode conseguir casas entre 10 e 12 CUC, na temporada baixa. Hoje em dia, Cuba tem pontos de Wi-Fi (ETECSA), no qual você compra um cartão, que varia de 1h e 5hs (Preço: 1 e 5 CUC respectivamente) e procurar hospedagens com reserva instantânea (sem a necessidade de confirmação com o anfitrião). Pronto, não precisa engessar o roteiro reservando tudo de casa e pode procurar o preço mais acessível na hora.
  • COMIDA – Sempre vai ter algum lugar que vende comida por CUP ou estatais. Geralmente são estabelecimentos simples, e as vezes (poucas vezes) você até vai ter que comer em pé, mas a diferença é absurda de preço e a comida em si, é a mesma.

 

 

IMG_2224.jpeg

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 01 -LA HABANA

Desembarcamos em Havanna e logo já tivemos o primeiro choque, meu namorado foi perguntar como poderíamos ir ao centro no posto de informação turística e lhe disseram “só de táxi”, então ele foi perguntar o valor do táxi e adivinhem? 25 CUC, os dois 🤑

Enquanto estávamos na fila para trocar dinheiro, fiz a mesma pergunta a um guardinha e então nós descobrimos a maneira cubana de ir ao centro:

  • Sair do aeroporto pela porta de baixo e seguir a calçada para esquerda, esperar debaixo do viaduto (10metros), tomar o ônibus que vale 0,50 CUP cada um até Avenida Rancho Boyeros e de lá tomar outro ônibus chamado P12 ou P16 até o centro de havanna ou até o lugar mais perto do seu alojamento, por mais 0,50  CUP, cada um.

Ou seja, você pode pagar 25 CUC ou seja R$97,00 ou pagar 1 CUP ou seja R$0,15 🙆‍♀️. Mas claro que sem ar condicionado, você terá que esperar um pouco até os ônibus passarem e provavelmente vá espremido, mas se você anda de transporte público no Brasil, imagino que isso não seria um grande problema. 😅😅😅

Outra coisa... Cuba só tem uma rede de casas de cambio chamada CADECA e todas as lojas possuem o mesmo preço para o cambio. Então, ao chegar no aeroporto você pode trocar um pouco mais sem se preocupar.

Então finalmente chegamos em Havana Centro, deixamos nossas coisas na casa de família que íamos ficar os próximos 2 dias,  e nos custou no total pelo AIRBNB R$89,39. Como estávamos mortos de fome saímos para buscar algo e tivemos o segundo choque.

Encontramos uma pizza média para compartir a 2,95 CUC em um lugar bem charmosinho, mas ao sairmos, ao lado havia um lugar cubano com uma pizza a 12CUP, um pouco menor, mas podíamos comer até 6 pizzas pelo mesmo valor.

Então, essa é a ideia, se você quer economizar e não se importa com luxo, sempre busque lugares estaduais ou particulares em Moneda Nacional.

_________________________________________________________________________________

DIA 02 - HAVANA

Saímos para conhecer a cidade e aproveitamos para ir aos terminais de ônibus e caminhões para ver os preços. Então descobrimos que para se locomover em Cuba, nós estrangeiros temos UMA ÚNICA opção de transporte, NADA ECONÔMICA  e que definitivamente é uma facada para nós meros mochileiros, que é a famosa rede VIA AZUL. Claro tivemos que recorrer aos meios alternativos, pois JÁ SAIBAM QUE NÃO PODÍAMOS PEGAR OS ÔNIBUS CUBANOS DENTRO DOS TERMINAIS, que são os OMNIBUS NACIONALES.

IMG_1905.jpeg

IMG_1881.thumb.jpeg.bae35c283087f6336616aa3cadf6ac06.jpeg

_________________________________________________________________________________

DIA 03 - HAVANA A MATANZAS

Acordamos cedo para seguir a Matanzas, já havíamos visto que um ônibus da VIA AZUL sairia 7 CUC por pessoa...

Então em Havana centro tomamos um ônibus chamado P11, que custa 0,50CUP por pessoa até Alamar. Pedimos para o motorista nós deixar aonde se “corre laguagua hasta Matanzas”. Ônibus cheio, mas a viagem não demorou 30 min. Ao chegar no lugar, haviam muitas pessoas e duas opções, tomar um caminhão por 40 CUP cada ou esperar laguagua por 20CUP cada. Claro que esperamos laguagua, mas perdemos duas, porque literalmente quando ela chega as pessoas saem correndo e fica um empura empura na porta do ônibus, e só entra o limite de pessoas para preencher os assentos vazios. O ônibus era confortável, com música e ar condicionado.

Ou seja, podíamos gastar R$27,14 cada e gastamos R$ 3,12 cada, e não foi tão complicado e nem tão sofrido. 

Você realmente deveria colocar Matanzas no seu roteiro, mas caso não esteja, esse mesmo ônibus te leva até Varadero.

Chegamos em Matanzas, por ser mais econômica que Varadero e um homem nos abordou e nos levou até a Casa de Manolo. Um lugar simples, mas com quarto e banheiro privados, geladeira e ar condicionado. Mais uma vez choramos todas as pitangas e conseguimos 13CUC a diária, mas depois conseguimos mais duas noites por 21CUC, ou seja, no final das contas cada noite custou 11,33 CUC.

Como eu já disse Matanzas é uma cidade que vale a pena, porque é bem charmosinha, mais arrumada que Havana e com as pessoas muito simpáticas, além ser muito barato para comer.

Com ajuda do Lazaro, almoçamos na casa da Noelia, dois pratões de comida típica criolla de arroz congris (arroz feito com feijão preto), carne de cerdo, salada de repolho e um cafezinho por 2,50 CUC ou 60 CUP para os dois.

De noite em Matanzas tudo fecha cedo, então acabamos jantando 2 cachorros quentes simples com uma coca por 30 CUP.

IMG_2200.JPEG

IMG_1940.thumb.jpeg.c5cc87bc8969217191262e6e0f6f2d73.jpegIMG_1946.thumb.jpeg.cd494b1a8f3859ab74d3c028125b78d7.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 04 – VARADERO

Tomamos café da manhã no Pelota, que fica na praça central: dois cafés com leite e 2 pães com tortilla por 10CUP, e seguimos para o ponto de ônibus na ponte para tomar laguagua a Varadero.

O primeiro que passou foi um caminhão que levava até o centro de Vadareiro (Calle 56) por 15 CUP, não pensamos duas vezes e lá vamos nós! E em 30 minutos estávamos lá.

OBS: Varadero é uma península extensa (21km), se você não quer ir ao centro, existe uma a opção de tomar um transporte até Santa Marta e então você só tem que travessar a ponte e ir até a praia na altura da Calle 12. Dessa maneira você só gasta 10 CUP e caso mude de idéia e queira ir até o centro pode tomar um coletivo por 5 CUP.

A praia é realmente linda, seguimos a dica de um “paladar” para almoçar, mas acabamos gastando 4 CUC em 1 pizza média e 2 porções pequenas, uma de batata frita e outra de banana frita (Charritas).

DICA: perto do local de saída de caminhões existe uma pizza a 1 CUC.

IMG_2011.thumb.jpeg.a6095d3c1bf5c4a635d3f9c980b4f389.jpeg

Na volta, tivemos que ter um pouco de paciência, porque já não haviam mais caminhões ou ônibus diretos a Matanzas desde o centro, então acabamos tomando um caminhão por 10CUP a santa Marta e em Santa Marta laguagua a Matanzas por mais 10 CUP por pessoa.

*A ida no ônibus VIA AZUL até Varadero sairia 6CUC por pessoa.

Chegando em Matanzas, como estava ficando tarde e queríamos comer comida, buscamos algum lugar para jantar e na Calle del Medio, encontramos um restaurante do governo (que fica com a porta fechada e cortinas fechadas para não ver nada dentro) e jantamos os 2 spaghettis com queijo e uma Pizza por 30 CUP. 🤩

___________________________________________________________________________

Dia 05 – Matanzas

Nós íamos embora, mas fizemos algumas amizades que nos insistiram para aproveitar o sábado em Matanzas, porque Matanzas é a cidade mãe da Rumba e de noite teria apresentação do grupo Afro Cuba Matanzas. Além disso, recebemos um convite para almoçar um peixe e não podíamos recusar.

De noite voltamos ao restaurante estadual e comemos 2 pizzas chorizo e 1 spaghetti com presunto e queijo por  35CUP. E tomamos um sorvete chamado “salada” que vem com cinco bolas por 10CUP, na heladeria e dulceria da praça.

IMG_2133.thumb.JPEG.4558554bcd6df1b40fb70a5ef13979c7.JPEG

____________________________________________________________________________

DIA 06 - MATANZAS / VARADERO

Como nos falaram que os transportes alternativos interprovinciais não funcionam muito aos domingos, resolvemos tentar acampar uma noite em Varadero. Dessa vez tomamos um ônibus até Santa Marta e ficamos na altura calle 12. Almoçamos 2 pizzas por 2 CUC. ⛺

Nó final do dia, perguntamos aonde podíamos comer comida Criolla como cubanos e só encontramos restaurantes caros, até que por fim encontramos um tipo de “Paladar” entre as ruas 40 e 41 na avenida principal e após chorarmos um pouco conseguimos pegar 1 prato que valia 3 CUC com carne de porco e um prato extra de arroz congrí.

Depois esperamos anoitecer e a praia esvaziar para montar a barraca e descansar. Existem lugares mais fechados, mas optamos por um lugar que ficou um pouco a mostra, ERRO NOSSO, porque as 3hs da manhã um guarda nos acordou e disse que não se podia acampar ali. Desmontamos a barraca, mas como íamos esperar para seguir até santa clara, ficamos por lá... Depois de muitas picadas de mosquitos, montamos só o mosqueteiro mais escondido e ficamos lá até o
 sol sair.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 07 – VARADERO / SANTA CLARA

Quando amanheceu começou um dos piores dias para locomoção e vocês vão descobrir porque.

Olhamos no mapa que a cidade grande mais perto de Santa Clara era Colón, então se não tivesse ônibus direto, poderíamos ir para essa outra cidade. Em Varadero perguntamos aonde saíam os caminhões, mas ninguém sabia dizer. Então, seguimos caminhando até Santa Marta. Ao chegarmos lá, perguntamos a várias pessoas, algumas disseram que teríamos que ir a Cardenas e pegar uma máquina (táxi compartilhado, mas Colón estava longe pensamos que saíria caro) e outras pessoas que deveríamos voltar a Matanzas e que de lá sim teria caminhões direto a Cólon.

Na dúvida... resolvemos voltar a Matanzas, pegamos um caminhão até lá e perguntamos: "Aonde podemos descer para pegar um caminhão a Colón?” e o cara respondeu: “No terminal”. E para lá seguimos.

Descemos no terminal e aproveitamos para tomar o café da manha na rua da frente por 29 CUP (4 sucos de laranja,  4 pães com queijo e ainda compramos um doce de amendoim caseiro para viagem – muito bom que lembra aquela bala “dadinho”). Ao perguntarmos no terminal, tinha uma máquina até Colon por 2 CUC cada um. Bom, estávamos cansados e topamos. Essa viagem demorou umas 2 horas, o carro antigo e cabia 9 pessoas. Chegando a Colón, vimos um caminhão e perguntamos para onde iria, uma pessoa disse um lugar mas que não era Santa Clara. Olhei no mapa e vi que passaria sim por santa clara, então Filipe perguntou a outra pessoa que nos disse para subir. Por sorte ele entrou por trás, mas eu fiquei no empura empura da porta, e aquele caminhão lotado, pensei que não ía conseguir entrar, mas entrei e minha mochila também, fazendo um moche sobre as pessoas.

Caminhão saiu e cerca de 20 minutos depois parou e todos desceram, pensamos “e agora, ferrou”, estávamos em um lugar chamado Los Arabos. mas o mesmo moço que nos disse para subir, disse para pegarmos o  caminhão da frente. Pegamos e de novo uns 40 minutos depois ele nos deixou em uma cidadezinha chamada Cascajal. Lá nos disseram que passaria laguagua até santa clara, mas passou um ônibus escolar velho e nos falaram para subir. Esse ônibus nos deixou no meio nada, perto da garagem dele, e então outras pessoas que também iriam a Santa Clara nos ajudaram. Ficamos um tempo lá parados na beira da estrada, até que passou outro ônibus escolar e todos subimos. Esse ônibus iria a Santa Clara, mas como levava os estudantes, nos deixou na próxima, chamada Santo Domingo.

Pensamos em ficar uma noite por lá, negociamos hospedagem e nada, 15CUC a diária... resolvemos negociar um banho, almoçar e seguir a Santa clara, desta cidade haviam laguaguas e caminhões. Perdemos uma, que só tinha 3 lugares, e um casal folgado passou na nossa frente, mas tudo bem, porque uns 30 minutos depois, passou outra com mais lugares, e finalmente depois de subir e descer de tantos transportes chegamos a Santa  Clara com 81CUP e 4CUC os dois, ou seja, R$27,26 AMBOS. Sim, esse dia foi o mais cansativo porque foram muitos transportes, mas na VIA AZUL TERÍAMOS GASTO 11CUC CADA UM, OU SEJA, AO INVÉS DE GASTAR R$ 42,50 CADA UM, GASTAMOS MENOS DE R$14,00.🤑 Pontinho para o projeto Cuba com menos de 10 dólares ao dia! 🥳

Na frente do terminal existem várias tendinhas de comidas, lá conseguimos jantar com 20CUP arroz congrí, hambúrguer e salada. Vínhamos a informação que o terminal era 24hs, então essa noite não pagamos alojamento e dormimos no terminal. Lembrem que eu disse que era um mochilão raíz rsrs 😅

IMG_2167.thumb.JPEG.fe068f4caf98a21c98fd751e98a526ac.JPEG

____________________________________________________________________________

DIA 08 – SANTA CLARA / CIENFUEGOS

Quando amanheceu, saímos para conhecer o Mausoléu e Museu de Che Guevara. Lá aproveitamos um punto ETECSA e reservamos um AIRBNB para Cienfuegos por R$37,47.

Dessa vez não teve erro, primeiro perguntamos no paradeiro de táxis compartilhados o preço e nos disseram 5CUC cada. Então, atravessamos a rua para o terminal de transportes (onde os caminhões também saíam). Quando perguntamos para o cara que estava anunciando, ele nos disse que custava 2CUC cada. Ficamos na fila e perguntamos para as pessoas da fila o valor, e adivinhem, era de 20CUP por pessoa. Então quando abriu o portão foi aquele empurra-empurra de sempre, separamos os 40 CUP e seguimos a Cienfuegos.

*Não encontramos esse trecho pela VIA AZUL, mas acreditamos que talvez o ônibus para Trinidad passaria por lá, e ele saíria 8CUC por pessoa.*

A viagem durou cerca de 2hs e finalmente chegamos no Terminal de Cienfuegos. Do terminal, caminhamos ao melhor anfitrião do Airbnb. A casa super recomendada do Jorge e da Marta. Depois, buscamos algum lugar para comer e tudo muito caro, até que no Paseo El Prado (Principal avenida da cidade) encontramos um prato de arroz congrí, filé de pescado e saladinha por 30 CUP cada. Pança cheia e coração contento, caminhamos um pouco pela cidade e depois fomos descansar.

IMG_2201.thumb.jpeg.4d4f8db9fce6e468a2669e11c2dd733d.jpeg

 

IMG_2183.thumb.JPEG.7268932a1e5c8b9e5556ed748a7cec63.JPEG

___________________________________________________________

DIA 09 - CIENFUEGOS

Caminhamos pela cidade que é a única cidade cubana com colonização francesa, possui muitos prédios que remontam a época, além de inúmeras cúpulas. É uma cidade bem organizada, diferente de outras que conhecemos.

Caminhamos até Punta Gorda e depois aproveitamos para ver o Pôr do Sol no malecón. Normalmente as pessoas passam só o dia por  aqui, mas eu recomendo ficar um ou mais dias porque nos arredores existem muitas coisas para fazer. E como nós gostamos muito no nosso anfitrião, resolvemos ficar mais uma noite por aqui.

 

IMG_2231.thumb.jpeg.5de4bc562da0aeaa55b6314ea0329802.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 10 – CIENFUEGOS - TRINIDAD

Para chegar a Trinidad não existem caminhões. As opções mais rápidas seriam ir de via azul por 6CUC cada ou de táxi compartilhado por 25CUC os dois. E das maneiras alternativas, existem 3 opções:

  1. Tomar um ônibus dentro do terminal sentido Arimao (2CUP), descer no último paradeiro da estrada e de lá correr botella. Mas é necessário chegar no mínimo 30 minutos antes do horário do ônibus e verificar os horários porque só existem 3 saídas e às vezes uma é cancelada;
  2. Tomar o ônibus Rutero- Parquevilluendas - Circulavacion (1CUP) até descer um semáforo antes do punto amarillo;
  3. Tomar o ônibus 207- 4 caminos - caonao (0,40 CUP) e descer no punto amarillo.

Dito isso, tentamos a opção A, mas o ônibus das 8 não ía sair, então seguimos a opção B, pois o paradeiro era perto do Terminal de ônibus. Ao chegar no punto amarillo, avisamos que queríamos ir a Trinidad, mas ficamos 1h30 esperando e não passou nenhum carro direto. Então ele sugeriu que pegássemos um até a CUPET (posto de gasolina) de Cruzes e de lá seria mais fácil pedir carona. Conseguimos um carro até esse lugar e lá ficamos cerca de 1 hora, até que um carro nos levou até um cruzamento que era metade do caminho. Também ficamos um bom tempo esperando, até que uma ambulância nos levou até um pueblito chamado Camilo Cienfuegos e desde lá conseguimos um caminhão até Trinidad por 10CUP cada um.

A minha dica é sair bem cedo de casa e confirmar a opção 1, se você conseguir já andaria um bom trecho. Caso não tenha ou você perca, eu faria da mesma maneira, porque mesmo tendo demorado um pouco, gastamos 22CUP e não 12 CUC para os dois.

IMG_2241.thumb.jpeg.41c5d32a1a1bee204f58b3b8f1f05f51.jpeg

Em Trinidad negociamos uma casa por 8CUC, mas no final das contas, pedimos para reservar pelo AIRBNB e eles toparam, o que saiu um pouco mais caro, R$54,66 por noite, mas na casa podíamos cozinhar. Lá você pode encontra-lo como "hostal charito - Trinidad center &  breakfast offer".

__________________________________________________________________________

DIA 11 – TRINIDAD

De Trinidad, seguimos a Playa Ancón de bicicleta, são 13 km e o caminho é praticamente plano. Mas existem outra maneiras de chegar a essa praia, de ônibus turístico (5 CUC cada/ida e volta), táxi individual ou compartilhado ou ônibus de trabalhadores. Não sabemos realmente a diferença de valores, pois optamos em ir de bicicleta para fazer o passeio. Pouco diferente, mas no trajeto vimos sim vários ônibus de trabalhores indo para lá.

Esse passeio nos custou 4CUC cada e podíamos ficar com a bicicleta até a hora que queríamos. Também gostamos dessa ideia, para poder visitar as praias La Boca (de cubanos) e Maria Aguilar. Mas, infelizmente pelo cansaço geral da viagem desistimos e ficamos apenas em Áncon, que é realmente linda.

IMG_2279.thumb.jpeg.f52481bbb9e57b577234a8a09c98be69.jpeg

 

DIA 12 – TRINIDAD

Passeamos pelo centro antigo, encontramos um sorvete por casquinha por 5 CUC e um macarrão por 20 CUC na avenida do Terminal de ônibus nacionais e também descansamos \o/

IMG_2284.thumb.jpeg.cdc08f510e37af0da9942fb2280a94e7.jpeg

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 13 – TRINIDAD / CIENFUEGOS – PLAYA JAGUÁ

Acordamos bem cedo para voltar a Cienfuegos, conseguimos pegar um ônibus direto a Cienfuegos direto por 20CUP cada um, não estava cheio e não encheu, então não é necessário passar por tudo que passamos para chegar aqui, mas e necessário sair bem cedinho.

Em Cienfuegos, tentamos um caminhão para Playa Girón, mas como era domingo, não tinha (mas tem direto, que vimos outro dia), então demos uma olhada no nosso mapa offline e vimos um lugar escrito “área de campismo popular” e resolvemos tentar.

Ele fica na Bahía de Jagua. Tentamos ir para lá de ônibus, mas tentaram nos enrolar no terminal e desistimos. Sabíamos que havia como ir de ferry, porque existe um castelo turístico e tentamos ir quando estávamos em Cienfuegos. Detalhe, custa 1CUP, mas como somos turistas, tivemos que pagar 1CUC na ida.

Essa época os horários eram assim:

Castillo – Cienfuegos: 6hs – 10hs – 15hs

Cienfuegos – Castillo: 8h00 – 13hs – 17h30hs

Pegamos o ferry das 10hs, o trajeto dura 1hora e é uma vista diferente de Cienfuegos. Paramos no Castelo que é bem bonito do lado de fora, mas não entramos porque custa 5CUC (mas acredito que vale a pena). Chegamos na área de campismo e era como uma colônia de férias simples, só com umas casinhas, restaurante e playground.

Descobrimos que era um lugar só para cubanos e que como não temos cédula cubana não poderiam nos registrar. Mas como insistimos um pouco, o barco das 15hs já havia saído estava vindo um temporal de verão, nos deixaram ficar com um “Day Pass” que custou 10CUP, mas tínhamos que consumir algo do restaurante. Pegamos um frango com salada por 2 CUC.

IMG_2316.thumb.jpeg.6b2c6028e94974694e4c4289abd0738b.jpeg

_________________________________________________________________________

DIA 14 – CIENFUEGOS – PLAYA JAGUÁ

Como havíamos economizado, perguntamos se podíamos ficar mais uma noite, claro que não foi muito fácil convencer eles, mas no final das contas deu tudo certo. Descansamos e aproveitamos um pouco a praia. 🤩

Descobrimos um restaurante estadual logo na saída do cais que tinha comida em Moneda Nacional, um prato de hambúrguer saía 20CUP e o macarrão 15CUP. 😋

Ou seja, conseguimos economizar bastante nesses dois dias.

IMG_2321.thumb.jpeg.62828f010c3549487f5a5d0aefc2a90a.jpeg

__________________________________________________________________________

DIA 15 – O DIA QUE NÃO SAÍMOS DE CIENFUEGOS

Acordamos bem cedo para pegar o barco das 6hs e adivinhem só pagamos 1CUP cada um... pois é, pois é 🤷‍♀️🤨

Chegamos em Cienfuengos por volta das 7hs, passamos na casa do Jorge porque tínhamos esquecido nosso adaptador de tomada lá. Papo vai e papo vem, ele nos deu dicas de como corrermos botella até Havana e seguimos. Chegamos no punto amarillo na saída da cidade (em frente a universidade), ficamos cerca de 2hs, não passou nada, só um caminhão super cheio que era impossível de entrarmos.

IMG_2323.thumb.jpeg.06181f7bbd4faefc0e1bd1b78f7f1124.jpeg

Tivemos que voltar ao terminal de ônibus analisar as opções que eram: Táxi compartilhado por 20 euros (porque era o único dinheiro que tínhamos) e ônibus da via azul de 20CUC cada um e as 20hs havia um ônibus para Aguada de Pasajeros por 2CUP cada. Uma cidade que estava na beira da carrera nacional,  principal e é uma estrada que chega a Havana. Eu de verdade fiquei bem desesperada, porque não tínhamos muito dinheiro, não queria dormir mais uma noite no terminal sem tomar banho e sem descansar direito.

Não sei qual a sua crença, mas para mim Deus enviou uma mulher para nos ajudar, e optamos por ficar mais uma noite em Cienfuegos na casa do Jorge, pois poderíamos reservar com o AIRBNB e já conhecíamos ele e a casa. Então, no dia seguinte pegar o primeiro ônibus a Aguada as 7h30 da manhã. Porque inclusive provavelmente não iríamos conseguir transporte de Aguada  para Havana aquela hora, além de ser perigoso e teríamos que acampar na estrada.

Deu tudo certo no final das contas, reservamos uma noite com o Jorge, que nos recebeu mais uma vez super bem, inclusive saímos para comer uma pizza e tomar um sorvete juntos. E vamos falar que sorvete bom, da Copelia, uma sorveteria estatual super famosa, comemos um sorvete chamado salada que vem 5 bolas bem servidas, por 3,70CUP, isso mesmo, CUP!

Super aconselho você tentar ir lá, mas talvez tenha que ir com um cubano e fingir não ser turista, porque? Não sabemos, mas já tínhamos tentado ir antes e não conseguimos, e vimos um casal de turistas que chegaram lá e saíram.... enfim, coisas de Cuba! 🙆‍♀️🙆‍♀️

IMG_2237.thumb.jpeg.26caf67a8e497274db97a6fbcb923571.jpeg

________________________________________________________________________

 DIA 16 – CIENFUEGOS/ LA HABANNA

Acordamos bem cedinho, para não ter perigo de perder o ônibus a Aguada. Chegamos lá e pegamos um ticket de ordem de chegada  e ficamos esperando, pontualmente as 7h30 ônibus saiu e custou 2 CUP  cada um. Conseguimos ir sentados, mas o ônibus encheu rápido e fez um caminho por vários pueblitos e demoramos quase 2h30 para chegar a Aguada, mas chegamos.

Lá tomamos um Táxi-charrete até a ponte  por 20CUP os dois e ali já tinha um ponto amarelo. Esperamos cerca de 10 minutos ou nem isso e passou um ônibus para Havanna, saiu 50CUP cada um e ele nos deixou no terminal Villanueva depois de mais ou menos 3 horas de viagem.

Seguimos para a região do terminal da praça da revolução e guardamos as mochilas por 1 CUC, demos uma caminhada pela cidade e de noite tomamos o ônibus P12, por 1CUP ambos, para o aeroporto, aonde passaríamos nossa ultima noite em Cuba. Esse  ônibus ou o P16 você tem que descer na estrada que segue para o aeroporto, lá você pode esperar um ônibus que liga os terminais, ir caminhando, ou pegar um táxi. Como estava de noite e fresquinho seguimos caminhando até o terminal 3.

Aonde no dia seguinte tomamos o avião até o nosso próximo destino que foi os Estados Unidos.

E assim terminou nossos dias na maior ilha do Caribe! 🤗

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Temos um instagram e facebook da nossa viagem que é @world.ootb 🤩

Como eu disse no início, não é fácil ser mochileiro em Cuba, mas é sim possível e quanto mais tempo você tiver por lá, mais chances de economizar e aproveitar esse país você terá! Esteja preparado para perrengues e a não ser tão bem tratado, nessas zonas não muito turísticas, talvez por cultura de um país que ficou um tempo fechado para o mundo.

 Minha dica é sempre buscar as ligações das cidades que tenham ônibus cubano ou caminhões, DIRETOS! Porque de verdade é muito mais econômico e não é tão desconfortável assim! E sempre sempre buscar lugares para comer que os cubanos vão, porque assim, você realmente terá a vivencia de um Cubano, porque a vida lá não é nada fácil e dentro das zonas turísticas, você não consegue ter essa experiência!

Para terminar, deixo aqui nossos gastos para vocês verem como eles ficaram divididos!
 

image.png.d4f73250042c2a0382f2ab7be8e6dd94.png

E como vocês podem observar, mesmo economizando 5 noites de hospedagem, esse foi o nosso maior gasto, seguido dos gastos com comida e olha que  praticamente só comemos em lugares "cubanos". Agora se vocês olharem nosso transporte intermunicipal, que é os descolamentos entre as grandes cidades, vão perceber que realmente gastamos MUITO POUCO, isso porque sobrevivemos a Cuba sem tomar NENHUM ÔNIBUS DA VIA AZUL! Caso contrário, seria nosso segundo gasto mais alto, e temos provas disso, porque teríamos gasto $58 dólares cada um, ou seja, R$236,06 cada ou R$472,12 os dois... ou seja, R$376,10 de diferença no nosso total... E ai acham um absurdo ou não?

 

Nosso total para os dois foi de R$1137,35

TOTAL PARA CADA = R$568,52

OU SEJA, R$ 35,53 POR DIA ou $8,73 DÓLARES POR DIA

 

happy homer simpson GIF

Bye bye!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fui a Cuba em março, passei o mês todo lá é discordo totalmente deste modo de viajar.Sou do luxo e da boa vida,o que não existe lá, mas desconforto não gosto.Estes caminhões vi e virei o rosto várias vezes,são péssimos,dos anos 50,deviam ir para o lixo.Um dia estava querendo ir de Camaguey a Remédios,apareceu um deles cobrando 25 CUC,por um transporte que nem me pagando quero.Esperei o horário do viazul,pode ser mais caro,mas não chega a 25 CUC,porém é terrível,ônibus chinês,cai aos pedaços e atrasa muito.Valeu pela experiência de mais um país na minha longa lista, mas só por isso,porque fui pensando em encontrar um país marxista ateu,é encontrei muitos crentes,algo que odeio.

Enfim,cada um é cada um,se a viagem foi boa para vocês é o que interessa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por mimanenti
      Data da viagem:30/12/2018 a 22/01/2019
      Havana
      Cienfuegos
      Playa Giron/Playa Larga
      Santa Clara
      Camaguey
      Bayamo/Sierra Maestra
      Santiago
      Remédios
      Cayo Santa Maria
      Varadero
      Havana
      Estimativa de gastos:€100,00 dia com transporte, alimentação,passeios, cervejas,etc,etc, etc
      €2300,00 x +- 1,10 = 2530,00 cuc
      CAD 600,00 / 1,41= 425,50 cuc NAO LEVEM NAO VALE A PENA 
      Às vésperas de completar 1 ano da minha viagem,em meio a pesquisas para as próximas viagens,me peguei com uma imensa saudade.Então revendo minhas fotos,minhas anotações e mensagens no grupo do telegram(medo de ser hackeada 🤣)resolvi fazer esse relato,contando um pouco sobre minha aventura e de meu esposo,nos 23 dias dias que ficamos  lá por Cuba,com alguns valores,e contar um pouquinho sobre as 10 cidades que passamos.
      Bem começando pelas passagens aéreas.Moro no sul de SC,em Criciúma,então optamos por comprar a passagem partindo de Porto Alegre,compramos pelo site:almundo.com.br no mês de junho e pagamos por volta de R$7,500 pela copa airline parcelada em 1+ 6 😂 sem juros (muito importante) com uma escala de 5 horas no Panamá.
      O detalhe é:NUNCA VIAJAMOS DE AVIÃO imagina a tensão 😬
      Embarcamos no dia 30/12 às 12:30 horário de verão,chegamos no Panamá por volta de 16:40 horário local(3h a menos).
      Passado o cagaço da decolagem e da aterizagem,pensei que o troço não ia parar nunca 🤣,fomos a caça da Tarjeta Turística.Encontramos em um guichê por $20,00 cada,e não me lembro qual foi,pq fomos em vários e já havia acabado,pela época do ano.
      Vencida a missão da Tarjeta,era a hora que ser extorquido, digo,comer algo e avisar a família que estávamos vivos.
      Partimos para a segunda parte da nossa aventura às 20:26 e desembarcamos em Havana às 23:50.
      Em Cuba tivemos o auxílio da Irina Cascaret,para as reservas e para fazer a comandancia.Optei por fechar com ela por querer algo mais seguro,do que chegar lá de mala e cuia e ter de procurar local,pois íamos chegar de madrugada praticamente,claro que gastamos um pouco mais,mas nada que não estive no nosso orçamento.
      Voltando a nossa chegada,saímos do avião e fomos seguindo o fluxo,já que não tínhamos a mínima ideia do que ia acontecer,sabia que tinha que passar na imigração e tals,mas era só.Passamos pela imigração,tiraram nossa foto e só.Não nos perguntaram nada 😧.Pegamos nossas malas,demorou uns 30 minutos.
      Caminhamos em direção a saída,nos abordaram pedindo o comprovante de vacina da febre amarela,fiz seguro saúde,mas não nos pediram.Continuamos caminhando,ao chegar em uma outra saída uma moça nós abordou,pedindo o papel da alfândega.Que alfândega?😬😂Voltamos preenchemos um formulário sobre pertences, dinheiro e tals,e enfim conseguimos sair.
      Ao sair me sentia naquelas cenas de filmes,muita gente com plaquinhas aguardando os turistas,eu ia passando e nada de encontrar meu nome,ia ficando meio tensa a cada passo que dávamos,procurei e não encontrei o táxi que havíamos combinado com a Irina.Ouve um engano na data da nossa chegada,acharam que íamos chegar dia 31/12 às 23:50 não dia 30/12 e quase ficamos na rua por conta disso.Conto mais adiante.
      Voltando a nossa chegada,como percebemos que esqueceram de nós,aguardamos um pouco,quem sabe o taxista estava só atrasado,ledo engano.
      Trocamos 300 CAD na cadeca e fomos em busca de um táxi,o que não é difícil de encontrar,já que na saída do aeroporto tem vários táxis oficiais, porém foi caro 30cuc + 5cuc de gorjeta.Tivemos que pagar pois era por volta de 01:00,ou pagávamos ou ficamos lá até o dia amanhecer 😢
      Partimos em direção a felicidade,digo Havana.
      Tudo muito escuro,(já sabia disso,não me preocupei)poucas pessoas nas ruas, exceto em alguns bares,fomos contemplando o que era possível na escuridão.Chegamos ao nosso endereço:Calle Neptuno, apartamento de dona Maria Lídia.Não tinha interfone,o taxista ligou de seu telefone para ela,que atendeu e disse que não estava esperando nenhuma Micheli! Oi?😶Como assim?Começou a dar um frio na barriga,logo passou pq pensei:na rua a gente não fica.
      Passado uns 10 minutos,uma senhora sorridente aparece no saguão,era dona Maria Lídia,que me explicou que estava nos esperando no dia 31/12.
      Devidamente acomodados,conversamos um pouco com nossa anfitriã,e fomos dormir.No caso meu marido foi,eu fiquei sentada na varanda, até às 03:00hs para poder enviar mensagem para nossa família, sim,enviamos mensagem de texto,não vale a pena comprar 1 chip lá,acaba rápido.
       
      1°  dia 31/12 Tomamos café na casa de dona Maria Lídia,e saímos sem rumo por Havana vieja.Passamos pelo famoso La Floridita,não entramos,fomos até a Calle Obispo e compramos cartões de internet,a propósito ficamos 1:30 na fila.
      Continuamos a caminhar e fomos parar na Plaza de Armas, conseguimos conectar a internet,voltamos por outro lado da praça e passamos pela La Bodeguita del médio, estava bem movimentado,entrei tirei uma foto do garçom fazendo os mojitos e saímos.
      Voltamos para a casa de dona Maria Lídia, descansamos e saímos próximo as 21:00 pois combinamos com nossos amigos aqui do grupo de nós encontramos no capitólio neste horário.Pude conhecer pessoalmente, pessoais incríveis: Débora,Marcela,Larissa,Luiza e Renan amigos que Cuba me deram 💗
      Fomos até o restante Km 0 jantamos e depois saímos caminhando em direção a Plaza Vieja.
      Chegamos havia alguns turistas ficamos um pouco por lá depois retornarmos para casa.
      No retorno voltamos desviando de água e ovos,sim os Cubanos jogam pelas janelas água suja e ovos.
      Chegamos sãos e salvos sem nenhuma baixa, digo ninguém do nosso grupo foi atingido 🤣
      Gastos 
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc 
      Táxi 35 cuc
      Água 4,25 cuc
      Internet 20 cuc 4 cartões de 5 horas
      Compras mercado 10 cuc
      Gorjeta 3 cuc
      Restaurante 30 cuc
      2° dia 01/01 Havana
      Um dia vagando por Havana Vieja😊
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc
      Mercado 13,60 cuc 
      Jantar 14,70
      3° dia 02/01 Havana - Cienfuegos 
      Dia de partir para Cienfuegos, combinamos com Irina um táxi para as 14:00, porém acordamos com o telefone de dona Maria Lídia tocando,era Irina,nos avisando que o taxista não iria.Assim trocamos dinheiro na Cadeca e partirmos para o terminal rodoviário da Viazul.
      Chegando no terminal,não havia passagens.Havia várias pessoas como nós:de mochila nas costas e sem passagens.Algumas pessoas estavam em frente ao terminal oferendo táxi,logo foram organizando as pessoas em grupos, conforme seus destinos.Ficamos em um grupo com 2 franceses e um alemão,meu esposo fez aula de francês por 1 ano em 2007 aproveitou pra exercitar 😂 enquanto aguardavamos.
      Depois de aproximadamente 1 hora,nos levaram para um carro que iria para cienfuegos,embarcamos no carro já havia um casal:de brasileiros 🤣 Não lembro a hora que saímos de Havana,mas chegamos as 15:30hs,encontramos facilmente a casa que iríamos nos hospedar.
      Ficamos na casa da dona Norma,muito próxima ao malecon.Deixamos nossas coisas e fomos"almoçar" e andar sem rumo 
      Gastos
      Diária 25,00 cuc (dona Maria Lídia)
      Café da manhã 10 cuc
      Táxi parque central- rodoviária/cienfuegos:70 cuc
      Almoço 10,00
      Gorjeta 1,00
      Mercado 6,00
      Cerveja 3,00
      Janta 11,50
      4° dia Cienfuegos 03/01
      Tomamos café na casa de dona Norma,e partimos em direção ao centro da cidade,a fim de organizar nosso bate e volta no dia seguinte a Playa Giron e Playa Larga(Baía dos cocinos)a casa fica um pouco distante do centrinho,em torno de uns 3 kms.Chegamos e fomos a um posto de informações turísticas, depois até o terminal da viazul e reservamos nossas passagens.Coloquei Cienfuegos em nosso roteiro devido a proximidade a Baía dos Porcos,na cidade em si,não tinha nada específico que quisesse conhecer,assim perambulamos bastante, chegamos a visitar a casa de um Canadense casado com uma Cubana que está organizando sua residência,para receber turistas.Estavamos caminhando,vimos um triciclo e perguntamos se era táxi,não era,mas nos rendeu uma visita a casa,em pleno sábado enquanto as mulheres faziam faxina 🤣 quando que no Brasil,colocaríamos 2 estranhos em nossa casa? Jamais! Voltamos para a casa de Dona Norma felizes com a experiência.
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc
      Mercado 14,40 cuc
      Janta 11,00 cuc
      Gorjeta 1,60
      Banheiro 1,00
      5 ° dia 04/01
      Tomamos nosso café e partiu terminal da viazul,que fica a uns 20 minutos da casa de dona Norma, andando rapidamente.
      Nossa primeira experiência com a viazul foi tranquila.Quase todas as passagens foram reservadas 1 dia antes do embarque,apenas com exceção de Santiago de Cuba,que compramos poucas horas antes.Cheguem com pelo menos 30 minutos de antecedência,para fazer tipo um check in e despachar as bagagens, como não tínhamos malas o embarque foi rápido.
      Chegamos em Playa Giron as 09:30 e já compramos a passagem de volta,para as 15:00 hs
      Não tem muito o que fazer além do Museu Giron que fica bem em frente ao "terminal da viazul"
       
      Visitamos o museu e queríamos ir a Playa Larga,porém não tinha ônibus, então fomos até o terminal da viazul e a atendente nós arrumou um táxi,e partimos.
      Em 20 minutos chegamos a Playa Larga,fomos em um Ford 1956,nossa primeira experiência com os autos.
      O motorista nos levou e nos deixou lá 😬 pagamos 20 cuc só pra ir,e a volta ao Deus sabe como seria.
      Ficamos na praia um pouco,tomamos uns mojitos e para meu esposo rolou o primeiro banho de mar no Caribe.
      Ficamos um tempo na praia,depois rumamos sem direção,a procura da "saída" da cidade para pegarmos o ônibus de volta a Cienfuegos.Como não tínhamos noção de distância da praia para "saída"fomos caminhando sem rumo, só vai.
      Chegamos a "saída"/entrada" de Playa Larga e a título de curiosidade,tem um tanque na entrada,isso mesmo,um tanque que foi usado para expulsar os ianques,na tentativa da invasão da Baía dos Porcos.
      Enfim chegamos ao local onde o ônibus iria passar,esperamos,esperamos, esperamos até que chegou com 2 horas de atraso 😤.
      Voltamos para Cienfuegos jantamos e fomos descansar.
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuca
      Viazul 28 cuc
      Táxi 20 cuc
      Mercado 8 cuc 
      Bar Playa Larga 10 cuc
      Jantar 15,80 cuc






    • Por Aprazzivel
      Gente o sonho da maioria das pessoas é viver viajando e por que não?! O problema é se organizar para que consiga sempre ta viajando, com organização nada será impossivel. 
      Dê uma lida nesse artigo e descubra como viajar gastando pouco:
      https://aprazzivel.com.br/como-viajar-gastando-pouco/
    • Por Hi.Loren
      Olá, galera!
      Vou sair de mochilão pelo BR e América do Sul (roteiro incerto), sem data para voltar, estou com pouco dinheiro mas dinheiro não é o mais importante, podemos fazer grana pelo caminho, pedir caronas, dormir em albergues, acampar, etc. Sem mordomias.
      Quero mesmo é aventurar em todas as adrenalinas que puder, me divertir muito, amo cachoeiras, praias, natureza no geral.
      Sou de Minas Gerais, será meu primeiro mochilão roots. Adoraria companhia de pessoas dispostas a viver uma experiência apaixonante.
      Sempre com respeito e responsabilidade.
      Bora?


×
×
  • Criar Novo...