Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Posts Recomendados

esse foi nosso roteiro, ordem dos passeios:

 

·        Cusco

 

·        Valle Sagrado

(Pisac, Salinas de Maras, Moray, Chinchero,  Ollamtaytambo)

 

·        Valle Sul

(Tipon e Pikillaqta, Andahuaylillas)

 

·        Macchu Pichu + Wayna Picchu

 

·        Banhos Termais de Colcamayo (Santa Teresa)

 

·        Laguna Humantay

 

·        Cerro Colorado/Montañas de Colores/Rainbow Mountain

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1° dia – 15/05/2019 (quarta-feira)

 

Chegamos em Cusco as 15h, horário local.

Ficamos hospedados no HOSTAL LUCERITO - Av. El Sol, 524 (frente ao museu/sítio de Qoricancha).

Recomendo esse Hotel, fica 8 minutos de caminhada agradável até a Plaza de Armas, fiz a reserva pelo booking sem taxa de cancelamento e sem pagamento antecipado.

Sobre esse hotel em Cusco:

Pontos positivos: próximo ao centro, oferecem transfer do aeroporto (20 soles), tem depósito para bagagens, a dona Sra. Norma é muito atenciosa, chuveiro esquenta bastante, chá de coca sempre que solicitar, bons cobertores, wifi bom.

Ponto negativo: não oferecem café da manhã.

 Chegamos no aeroporto de Cusco e fomos recebidos com uma plaquinha escrita meu nome, este era o taxista enviado pelo hotel, Sr. Alfredo (com o qual fechamos dois tours privados, que descrevo logo abaixo). 

O trajeto do aeroporto até o hotel levou cerca de 25 minutos, pagamos os 20 soles no desembarque e pegamos o whatsapp do Alfredo (taxista).

A tarde fomos almoçar e experimentar a famosa Inca Cola e a cerveja Cusquena (na emoção, fomos em um restaurante um pouco caro, porém com uma linda vista da Plaza de Armas).

Trocamos alguns dólares por soles, em média valendo 3,30.

Na Av. El Sol, que liga o Hotel a Plaza de Armas, existem mais casa de cambio e agências de turismo do que qualquer outra coisa.

Quase anoitecendo, fomos ao museu Inca (pago a parte, 10 soles por pessoa) e a pedra dos 12 ângulos, passeamos pelas calles de cusco e voltamos para o Hotel.

 A noite chamei o taxista pelo whats e negociei com ele o city tour privado para o dia seguinte, o city tour das agencias inclui (Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara e Tambomachay) e daquele jeito, naquela correria...optei pelo privado, pra ter mais liberdade...ele cobrou 200 soles, achei um pouco caro e pedi pra ele incluir no roteiro mais 4 atrações, ele aceitou e por isso recomendo ele...além de ser muito gente boa.

20190515_153447.jpg

20190515_154001.jpg

20190515_154020.jpg

20190515_172707.jpg

20190515_172719.jpg

20190515_173210.jpg

20190515_174232.jpg

  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, edufehrer disse:

1° dia – 15/05/2019 (quarta-feira)

 

Chegamos em Cusco as 15h, horário local.

Ficamos hospedados no HOSTAL LUCERITO - Av. El Sol, 524 (frente ao museu/sítio de Qoricancha).

Recomendo esse Hotel, fica 8 minutos de caminhada agradável até a Plaza de Armas, fiz a reserva pelo booking sem taxa de cancelamento e sem pagamento antecipado.

Sobre o esse hotel em Cusco:

Pontos positivos: próximo ao centro, oferecem transfer do aeroporto (20 soles), tem depósito para bagagens, a dona Sra. Norma é muito atenciosa, chuveiro esquenta bastante, chá de coca sempre que solicitar, bons cobertores, wifi bom.

Ponto negativo: não oferecem café da manhã.

 Chegamos no aeroporto de Cusco e fomos recebidos com uma plaquinha escrita meu nome, este era o taxista enviado pelo hotel, Sr. Alfredo (com o qual fechamos dois tours privados, que descrevo logo abaixo). 

O trajeto do aeroporto até o hotel levou cerca de 25 minutos, pagamos os 20 soles no desembarque e pegamos o whatsapp do Alfredo (taxista).

A tarde fomos almoçar e experimentar a famosa Inca Cola e a cerveja Cusquena (na emoção, fomos em um restaurante um pouco caro, porém com uma linda vista da Plaza de Armas).

Trocamos alguns dólares por soles, em média valendo 3,30.

Na Av. El Sol, que liga o Hotel a Plaza de Armas, existem mais casa de cambio e agências de turismo do que qualquer outra coisa.

Quase anoitecendo, fomos ao museu Inca (pago a parte, 10 soles por pessoa) e a pedra dos 12 ângulos, passeamos pelas calles de cusco e voltamos para o Hotel.

 A noite chamei o taxista pelo whats e negociei com ele o city tour privado para o dia seguinte, o city tour das agencias inclui (Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara e Tambomachay) e daquele jeito, naquela correria...optei pelo proivado, pra ter mais liberdade...ele cobrou 200 soles, achei um pouco caro e pedi pra ele incluir no roteiro mais 4 atrações, ele aceitou e por isso recomendo ele...além de ser muito gente boa.

Tá começando bem o relato, sabe o valor do câmbio para R$ em Cusco?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 2° dia 16/05 (quinta-feira)

 

O Alfredo chegou no hotel as 8h, horário combinado.

Nosso roteiro desse dia ficou assim:

Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara Tambomachay, Cristo Blanco, Awana Kancha, Pisac Ruínas, Pisac mercado artesanal, Almoçamos em Pisac, e paramos em um mirador pra tirar uma foto incrível do vale sagrado, voltamos pra Cusco umas 18h.

O valor desse tour privado foi 200 soles, que achei muito bem gasto, afinal ele ficou todo o dia com a gente, fizemos no nosso tempo, deu pra morrer umas 10 vezes visitando as ruínas de Pisac, fazer umas comprinhas no famoso mercado artesanal...um city tour convencional faria apenas “Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara Tambomachay”, e sem muito tempo para explorar tudo, sem conhecer o Cristo Blanco (no qual vimos até uma missa ao ar livre) e sem parar em Awana Kancha.

Compramos o Boleto Turístico General (completo 260 soles duas pessoas ) na bilheteria da 1° atração do dia, em Saqsayhuaman...o boleto turístico é indispensável, no final do 10° dia de viagem, já tínhamos completado ele, todas as principais atrações solicitam o boleto.

 Saqsayhuaman: é sensacional, vale a pena ficar muito tempo lá.

Q’enqo: a visita é bem rápida, lugar pequeno.

Puka pukara: tem uma vista incrível das montanhas.

Tambomachay: ao lado de um lindo riacho, interessante.

O city tour das agencias termina por aqui e retorna pra Cusco.

nós seguimos para:

Cristo Blanco: vista sensacional da cidade de Cusco, no horário que fomos estava tendo uma missa ao ar  livre, foi incrível, fica bem ao lado de Saqsayhuaman (lembrando que o city tour de agencia não para aqui)

Awana Kancha (vê e alimenta lhamas e alpacas, vê a produção artesanal de tecidos e uma variedade de tipos de batata e milho cultivados na região. Muito legal! Entrada gratuita, tem até um museu explicando sobre a evolução das Ilhamas)

Pisac Ruínas, Pisac mercado artesanal: ficamos mais de 2hrs explorando as ruínas de Pisac, é imenso lá, tem muita coisa pra ver...achei a construção tão perfeita quanto em Machu Picchu, esse foi o primeiro lugar do dia que sentimos pra valer a altitude, as ruínas ficam lá no alto, paramos pra descansar diversas vezes...se estivéssemos com agencia, não teríamos essa opção, é tudo uma correria (tenho certeza disso pois fiz o Valle Sur com agencia e me arrependi).

Após as ruínas, paramos para almoçar na Plaza de Pisac, depois andamos pelo mercado artesanal, é muito grande, variações de preços, comprei uma touca que me acompanhou até o fim da viagem.

Chegamos em Cusco já era noite...fomos em uma padaria ao lado do Hotel, na Av. El Sol, se chama La Valeriana, lugar super aquecido, cappuccino bão demais. Estávamos mortos, fim do 2° dia, já com o passeio do 3° dia fechado com o Alfredo.

20190516_084049.jpg

20190516_084534.jpg

20190516_085028.jpg

20190516_085838.jpg

20190516_090646.jpg

20190516_093212.jpg

20190516_095505.jpg

20190516_095637.jpg

20190516_100819.jpg

20190516_103205.jpg

20190516_105623.jpg

20190516_113606.jpg

20190516_113837.jpg

20190516_114821.jpg

20190516_114935.jpg

20190516_121416.jpg

20190516_124456.jpg

20190516_125250.jpg

20190516_134903.jpg

20190516_125325.jpg

20190516_145117.jpg

IMG-20190613-WA0119.jpg

  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

3° dia – 17/05/2019 (sexta-feira)

Alfredo chegou no hotel por volta das 9am, 

fechamos esse tour privado por 180 soles.

o roteiro ficou o seguinte:

Chinchero centro textil, Chinchero Ruínas, Moray, Salineras de Maras.

optamos por fazer privado por conta de se encaixar melhor em nosso roteiro, pois o tour que envolve Chinchero é o tour que tem também Pisac (visitamos no dia anterior) e Ollantaytambo (viémos a conhecer na volta de Machu Picchu).

além, claro, de toda liberdade que um tour privado proporciona.

Chinchero centro textil: incrível ver a produção dos tecidos, conhecer os diferentes tipos de lãs.

Chinchero Ruínas: aqui é imenso, um silêncio, uma catedral bem descoladona por dentro, ficamos um tempão passeando.

Moray: demora um tempinho de chinchero até aqui, estrada de terra, muitas fazendas e plantações, subimos muito até chegar nesse lugar incrível, o famoso laboratório agrícola. Vale muito conhecer!

na ida para as Salineras, Afredo parou na Plaza de Moray, onde demos uma volta e compramos água, inca cola, choclo (milho).

mais estradas de terra, muitos penhascos e chegamos.

Salineras de Maras: não faz parte do boleto turístico, pagamos 10 soles por pessoa pra entrar...vale a visita. De repente desce água salgada da montanha e ninguem sabe explicar como...é incrível esse mistério todo...não deixe de molhar o dedo nas poças pra sentir o gosto do sal.

na volta paramos em um mirador para algumas fotos.

chegamos em Cusco 17pm mais ou menos, pedimos pro Alfredo nos deixar em San Blas e ali ficamos.

depois de  umas voltas pela Plaza de San Blas, catedral, pelas lindas calles, fomos descendo pra plaza de armas, procurar um lugar pra almoçar/jantar, nesse dia optamos por não parar pra almoço no meio do tour, mas pra isso comemos umas besteiras. Fomos na Valeriana...

queríamos conhecer a catedral de cusco sem pagar (15 soles por pessoa), eu tinha lido antes que em horário de missa fica aberta para todos...e demos a sorte de estar na Plaza de Armas ás 18h, quando de repente, plift ploft still, a porta se abriu...fomos lá e entramos, vimos a missa, aproveitamos pra agradecer por essa viagem incrível...tirei uma foto proibida e voltamos para o hostal. No 4° dia faríamos o Valle Sur...esse fomos com agencia, infelizmente.

 

 

 

  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por fegama
      Bolívia (Salar de Uyuni) + Chile (Atacama) + Peru (Cusco)
      Oi mochileiros podem me ajudar? Fiz um roteiro com objetivo de conhecer uyuni, atacama e cusco em 20 dias em julho/agosto deste ano. Podem criticar pra ver se não estou fazendo besteira no roteiro abaixo. É meu primeiro mochilão fora do Brasil. E se quiserem podem me indicar agência e hostel (já até reservei mas tenho cancelamento grátis daí dá p mudar..)
      Roteiro
      Dia 1 – São Paulo x Santa Cruz de La Sierra (avião) – chego de noite
      Dia 2 – Bolívia - Santa Cruz de La Sierra x Sucre (avião - manhã) + Sucre x Uyuni (ônibus)
      Dia 3 – Bolívia - Fechar passeio do salar, ver câmbio etc. (mais alguma coisa neste dia?)
      Dia 4, 5 e 6 – Bolívia - Passeio do salar de uyuni + chegada no atacama (negociar passeios e ver câmbio etc)
      Dia 7 – Atacama - Valle de la luna e valle de la muerte (manhã) + lagunas escondidas (tarde)
      Dia 8 – Atacama - Piedras rojas e Lagunas Altiplacas
      Dia 9 – Atacama - Vulcão lascar + tour astronômico
      Dia 10 – Atacama - Salar de tara (manhã) + Atacama X Arica (ônibus - tarde/noite)
      Dia 11 e 12 – Peru – Arica X Tacna (ônibus) + Tacna X Arequipa (ônibus) + Arequipa X Cusco (ônibus)
      Dia 13 – Cusco - city tour + câmbio + negociar passeios e talvez valle sagrado (Sacsayhuaman, Kenko, Pukapukara, Tambomachay, Pisaq)
      Dia 14 – Cusco - Chinchero, Salinas de Maras, Moray e Ollantaytambo
      Dia 15 – Cusco - ida p águas calientes de van + caminhada hidrelétrica
      Dia 16 – machu picchu (ingresso comprado, esse dia ñ dá p alterar) + volta para Cusco de van
      Dia 17 – Cusco - laguna humantay
      Dia 18 – Cusco – puno (dúvida, ñ sei o q fazer direito neste dia)
      Dia 19 – Cusco - montanha de 7 cores
      Dia 20 – Cusco x São Paulo (avião)
    • Por Luisa Santos
      Oi pessoal, 
      estou planejando minha primeira viagem para o Peru agora em julho e preciso de algumas dicas...
      Como ir de Cusco para Águas Calientes? Gostaria de passar um dia em Ollataytambo e ir direto para Águas, o melhor jeito é ir de trem mesmo? 
      Além disso, alguém já voltou de Águas para Cusco de Van? É muito perrengue?
      Fora isso, vocês tem dias de companhias de turismo internas no Peru? Gostaria de fazer essa viagem de Cusco para Ollataytambo passando por Chinchero, os saleros de Maras e Moray com um guia!
      Obrigada!!
    • Por milehist
      Boa noite! Estarei em Cusco entre os dias 27 de setembro a 4 de outubro. Defini o roteiro e pesquisei algumas agências. Queria saber se alguém ja fechou pacotes com a Comfort Peru? Ou se tem outras agências para me indicar. Obrigada!


×
×
  • Criar Novo...