Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Colaboradores

Passamos 6 dias na Costa Rica. Foi o nosso primeiro país na nossa viagem pela América Central em 2017. Deixamos muito por fazer, admito. A Costa Rica requer muito mais dias pra aproveitar cada atração desse país maravilhoso. Confere aí embaixo um  resumo do que fizemos nesse país incrível.

San José

Não ficamos nenhum dia inteiro em San José, capital da Costa Rica. Resolvemos usá-la como ponto de conexão entre outras localidades como o rio Pacuare, Puerto Viejo e o Parque Manuel Antônio.

Como chegamos

Voo de Montreal com escala na cidade do Panamá, tudo pela Copa Airlines. Do aeroporto, pegamos um ônibus comum que passava pelo centro de San José. O terminal de ônibus do aeroporto fica uns 20 metros logo após a saída do aeroporto. A empresa de ônibus mais famosa é a Tuasa. Os ônibus são vermelhos e tem um pequeno letreiro com o destino. Entretanto, sempre pergunte pro motorista se o destino final é realmente San José.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Aldea Hostel San Jose, em um quarto compartilhado sem café da manhã inclusos. O banheiro não estava limpo e o hostel no geral era bem velho. Recomendo somente pela localização e preço acessível.

Rio Pacuare

Fechamos tudo com a agencia Exploradores Outdoors. Eles te pegam no hostel e levam para fazer o rafting. O truque aqui é pedir para ser deixado no final do passeio em outra cidade, como por exemplo, Puerto Viejo. Foi o que a gente fez. Pagamos cerca de 200 dólares para duas pessoas, com direito a transporte, café da manhã e almoço e, é claro, o próprio rafting. Leia mais

IMG_5166_v2.jpg

Puerto Viejo

Ficamos 4 dias em Puerto Viejo e achamos o suficiente. Para explorar o caribe costa-riquenho, existem duas opções: ficar em Cahuita ou Puerto Viejo. Cahuita é conhecida pelo sossego. Já Puerto Viejo, pelas festas, bares e a vida ativa. Resolvemos arriscar e nos hospedamos em Puerto Viejo. Não poderíamos ter acertado mais.

Puerto Viejo, Costa Rica.

A cidade é realmente bem movimentada, muitos restaurantes e bares e gente de todas as idades nas ruas. A cultura reggae é muito presente. Gostamos muito de lá! Além do que, Puerto Viejo fica bem localizado se você quiser usá-la como ponto de conexão para conhecer outros locais próximos como o Parque Nacional Cahuita e as praias mais ao sul.

Como chegamos

O transporte para Puerto Viejo já estava incluso no pacote de rafting pelo rio Pacuare. Sugiro fazer a mesma coisa, você ganha tempo e salva alguns dólares com isso.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Hostel Pagalú. Esse hostel não aceita reserva. Pagamos 26 dólares por noite (o preço na alta temporada muda). Super calmo, bem localizado e bem arrumadinho. O café da manhã não era incluso, mas tinha uma cozinha onde a gente preparava o nosso café da manhã. Único problema era que não tinha ar-condicionado no quarto (lá faz muitoooo calor!).

O que fizemos

PLAYA COCLES, PLAYA CHIQUITA E PUNTA UVA

As principais praias do caribe da Costa Rica. Pra mim a melhor foi Playa Uva. Ela é a mais distante das três, mas pra chegar nela, fomos parando em cada uma das praias intermediárias pra tirar fotos e apreciar a vista. Fizemos todo o percurso de bicicleta, que alugamos por 10 dólares em um hostel qualquer de Puerto Viejo.

Punta Uva, Costa Rica.

JAGUAR RESCUE CENTER

Se você que deixar uma pequena mais importante contribuição pra ajudar o meio ambiente, sugiro dar uma passada no Jaguar Rescue Center. Você pode até trabalhar como voluntário, cuidando dos bichos e dos afazeres do centro. O local funciona como um santuário de reabilitação da fauna local. Todo o dinheiro arrecadado vai para o cuidado dos animais. A entrada é de 20 dólares por pessoa, mas pense como uma doação. Leia mais.

Jaguar Rescue Center, Costa Rica.

PARQUE NACIONAL CAHUITA

Ponto obrigatório se você vai à Costa Rica. É um daqueles lugares que reúnem tudo em um só local. Praia, mar, natureza, animais, floresta, trilhas, descanso, etc. Pagamos 5 dólares por pessoa para entrar (é facultativo). Fizemos um bate e volta de Puerto Viejo (30 minutos de ônibus cada trecho), todos com a empresa MEPE. 

Cahuita, Costa Rica.

Aproveitamos o dia na Playa Branca, entre entrar no mar (que é bem quentinho e cor azul turquesa) e ficar na sombra vendo os animais (macacos, quatis, lagartos, etc.). No final, fizemos uma trilha, ou parte dela, pra fechar o passeio com chave de ouro. 

Onde comemos

Todos os restaurantes que visitamos foram escolhidos através do TripAdvisor. Eles são:

  • Café Rico
  • Sobre las Olas
  • Madre Tierra
  • Como en mi Casa Art Café
  • Lidia's Place
  • Bread & Chocolate

Parque Nacional Manuel Antônio

O menor parque nacional da Costa Rica, é também o mais visitado, e posso dizer, um dos mais lindos que visitamos. O Parque Nacional Manuel Antônio vai te surpreender em vários aspectos. Cada praia guarda suas próprias características, animais e plantas. A sua praia principal, Manuel Antônio, é perfeita para um banho de mar. Lá, você vai também poder fazer alguns esportes radicais, ver cachoeiras e desfrutar da natureza a todo minuto.

Parque Nacional Manuel Antônio, Costa Rica.

Como chegamos

Saímos de Puerto Viejo de manhãzinha com destino à San José. Usamos a companhia Mepe. A viagem durou cerca de 4 horas. Chegamos no terminal da empresa em San José e logo pegamos um táxi para o terminal da outra empresa, Tracopa, que nos levaria ao Parque Manuel Antônio. Novamente umas 4 horas de viagem. Todos os ônibus eram novos e super confortáveis.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Hostel Plinio. Super recomendo esse lugar. Fica bem no meio entre Quepos e Manuel Antônio com parada de ônibus bem na porta. Pagamos uma bagatela por uma noite em uma suite super chique com café da manhã incluso, sem contar que os funcionários era super simpáticos e prestativos.

Conclusão sobre a Costa Rica

Definitivamente um país que vamos voltar um dia, nem que seja para passar uma semaninha ou quem sabe se aposentar. A Costa Rica nos surpreendeu muito. Possui uma excelente estrutura turística, é seguro, comida deliciosa e natureza por toda a parte. A Costa Rica deixou saudades!

 

Quer ler mais sobre as nossas viagens? É só acessar o nosso site: www.feriascontadas.com

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Fora da Zona de Conforto
      Você está em busca de praias isoladas onde pode simplesmente relaxar, descontrair e ser um com a natureza? Se estiver, você veio ao lugar certo! Na postagem de hoje, mostraremos locais de férias únicos nas Filipinas, dos quais os habitantes locais têm muito orgulho.
      Em vez de listar destinos populares como Boracay e El Nido, que quase todos os estrangeiros conhecem, nos aprofundaremos nos melhores pontos turísticos para famílias, escondidos da agitação.
       
         1. Ilha Palaui, Vale Cagayan
      Prepare seus óculos de sol e toalhas de praia, pois tomar sol na praia de areia branca da Ilha Palaui será uma experiência que você definitivamente não vai querer perder! Situada no Nordeste de Luzon, esta ilha também é conhecida como Boracay do Norte e atrai apaixonados por mergulho, snorkeling e até vela.
      Como o local é basicamente guardado pela Marinha das Filipinas, você pode esperar que toda a área seja mantida e regulamentada. Talvez seja esta também a razão pela qual esta área específica é o lar de toneladas de diferentes espécies de peixes e corais.
      Além de suas águas gloriosas, esse local possui uma paisagem natural de cair o queixo, tornando-a uma escolha sólida para entusiastas de acampamento e caminhantes.
      No entanto, você também pode querer verificar alguns dos resorts e hotéis econômicos credenciados pela Autoridade da Zona Econômica Cagayan (CEZA) na ilha, que podem literalmente custar menos de 20 dólares por noite.
      Mas antes de fazer as malas e respirar a beleza natural da Ilha Palaui, observe que passar a noite pode ser um desafio para alguns, pois na verdade não há eletricidade por volta das 20h à 1h.
      Ao fazer transações com os habitantes locais, lembre-se de que eles falam dialetos diferentes, incluindo tagalo e Bikol Naga, mas você também pode conversar em inglês.
      Se você quiser ganhar alguns pontos e fazer amigos filipinos instantaneamente, certifique-se de baixar um aplicativo de aprendizado de idiomas para encontrar as palavras e expressões certas para iniciar e manter uma conversa sem nunca deixá-los desconfortáveis.
       
      Continue lendo em: 5 Praias Isoladas Mais Paradisíacas das Filipinas
    • Por kai
      meu destino é a estrada. 
      oe pessoal, me chamo kai e tô partindo na semana que vem pra maior viagem da minha vida. tenho alguns (vários) lugares que eu tô afim de conhecer e  de encontrar a vida.
      a vida é uma ousada aventura ou nada mais.
      tô partindo sem grana, com m3nos de $500 e muita coisa pra andar rsrsrs.
      se quiser ou se aproximar um pouco da ideia, o suficiente pra querer ir buscar uma vida nova, bem como eu, fala comigo até o final de semana e vamo subir junto naquele ônibus  (sweet pea) .
      Instagram: @bad.kaid
      telefone: 71983952542
      o caminho só existe quando você passa.
      kom folau oso na gyon op



    • Por Fora da Zona de Conforto
      Ficou com dúvidas na hora de planejar sua viagem para Ubatuba no litoral do estado de São Paulo? Neste artigo você confere todas as informações necessárias para ter uma experiência incrível ao visitar as lindas praias de Ubatuba!
      Ubatuba é um lugar que sempre estará perto do meu coração.
      É onde passei os verões da minha infância, onde aprendi a surfar e onde vivi a maior parte das minhas aventuras da juventude. 
      Então, se você tiver a chance de ir, é um lugar que eu sei que você não se arrependerá de visitar.
      Afinal, com sua imensa variedade de praias, Ubatuba é um dos melhores destinos litorâneos do Brasil. E não só é o lar de praias deslumbrantes, mas também de uma abundância de natureza preservada (e selvagem!) … como a Mata Atlântica que se estende por toda a área.
      E com mais de 100 quilômetros de litoral, Ubatuba é uma região à qual você terá que voltar muitas vezes se quiser explorar todas as belezas que possui. E acredite em mim: você definitivamente vai querer voltar!
      (OBS: Eu também fiz um mapa marcando todos os lugares em Ubatuba para visitar incluídos neste artigo. Você pode encontrar esse mapa aqui ou abaixo na seção “o que fazer em Ubatuba”!)
       
      Continue lendo: Guia Completo para Visitar Ubatuba no Brasil
×
×
  • Criar Novo...