Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''sp''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Trilhas e Travessias
    • Trilhas e Travessias
  • Equipamentos
    • Equipamentos
  • Nomadismo e Mochilão roots
    • Viajar sem dinheiro
    • Nomadismo Digital e Work Exchange
  • Volta ao Mundo e RTW
    • Volta ao Mundo
  • Outras Formas de Viajar
    • Viagem de carro
    • Viagem de moto
    • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns
    • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 20 registros

  1. E aí rezenhadores de plantão beleza? Pedalada marota em plena quarentena, mostrando alguns pontos turísticos da cidade de Taquaritinga, interior de São Paulo. Além de várias divagações, tais como a falta de bom senso do ser humano, sem exceções, em evitar aglomerações e a forma como o Estado concede as coisas com uma mão, em contrapartida com a outra, ele tira, sempre do cidadão que segura o lado mais fraco da corda. 21,75km | 1:31:23 - Trajeto salvo no STRAVA: https://www.strava.com/activities/3229242961 Confiram o vídeo Pedalando em plena Quarentena: BT
  2. Salve salve trilheiros e trilheiras! Segue o relato com algumas dicas para fazer uma bela trilha onde irão encontrar maravilhosas cachoeiras, belas paisagens e uma natureza fantástica bem perto da cidade de São Paulo e de baixíssimo custo. Ida - 25/01/2020 - 07h00min - São Paulo x Rio Grande da Serra x Paranapiacaba - Metrô e Trem R$4,40 - Ônibus R$6,90 - Uber R$5,00 Partindo de São Paulo do bairro Perdizes Zona Oeste, peguei o Metrô na estação Vila Madalena (linha verde) até a estação Paraíso (linha Verde x Azul) para baldear para a linha vermelha seguindo até a
  3. Bom dia/tarde/noite aos aventureiros e aventureiras. Apesar de existirem dezenas de relatos sobre a Travessia da Serra Fina, creio que, independente de todos compartilharem do mesmo objetivo (completar o roteiro), também possuímos experiências e perspectivas diferentes das situações que planejamos e encontramos, portanto, como os relatos nos ajudaram muito, retribuirei com minha parte, para quem sabe ajudar próximos aventureiros também. Não tem como escapar, a rotina de trabalho dificulta muito os planejamentos para realizar estes desafios. Juntando a
  4. Dando uma "zapeada" por alguns vídeos que ainda não foram publicados no canal, me deparei com este, um erro amador da minha parte, ao tentar ir acampar em um local que há tempos não íamos e que praticamente ninguém conhece. Pagamos o pato por confiar em nossos instintos, sequer ligamos ao proprietário para perguntar como estavam as condições do lugar. Confiram como estava... É DE ARREPIAR! Confiram o vídeo NÃO COMETA ESSE MESMO ERRO se você vai acampar! Bem que desconfiamos do valor da diária estar muito abaixo do que imaginávamos! Sempre dê um jeito de descobrir
  5. Salve salve mochileiros! Segue o relato com as dicas para fazer trilhas, cachoeira e conhecer três praias em um bate e volta de 2 dias bem perto da cidade de São Paulo. Este relato será baseado na minha última visita a Prainha Branca porém contém dicas e fotos de todas as vezes que fui neste paraíso! 1º Dia: Ida - 29/04/18 - 11h00min - São Paulo x Bertioga x Guarujá - Metrô e Trem R$4,00 - Vans e Carros R$25,00 - Empresa de Ônibus Viação Breda R$26,00 - Camping Tabajara R$30,00 Partindo de São Paulo do bairro de Perdizes, peguei o METRÔ de SP na estação V
  6. Video - Pinacoteca do Estado de São Paulo Vou mostrar um passeio bom e barato feito na Pinacoteca do Estado de São Paulo, que fica bem lado da estação Luz do metrô ou do trem da CPTM. Quem for vir de carro, também é fácil vir já que fica bem ao lado da Avenida Tiradentes ou colado ao Parque da Luz, no Centro de São Paulo. Ele funciona de Quarta a Segunda, das 10:00 às 17:30, com permanência até as 18:00 horas. O valor do ingresso é de R$ 10,00. Estudantes pagam a metade, mediante apresentação da carteirinha escolar. Menores de 10 anos ou maiores de 60
  7. Video - O que fazer em Paranapiacaba? Vou comentar sobre "O que fazer em Paranapiacaba". Os pontos que visitei nesse passeio. Como vocês sabem essa vila inglesa, nasceu como acampamento e chegou a abrigar 5.000 operários envolvidos na construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí. Teve o nome alterado de estação Alto da Serra para Paranapiacaba, em 15 de julho de 1945. Paranapiacaba, segundo a língua Tupi, significa lugar da visão do mar ou lugar de se ver o mar. Digamos que o local foi moradia dos engenheiros e trabalhadores que enfrentaram o desafio
  8. Video - Como ir à Paranapiacaba? Passo a passo Como ir à Paranapiacaba? Opção Nutella ou Raiz? Vou comentar sobre as 2 formas de se visitar Paranapiacaba. A primeira, é a opção mais cara, confortável, mas limitada. Que vou expor daqui a pouco. A segunda, é mais barata, um pouco trabalhosa, mas com uma flexibilidade de horários. Vamos então para a primeira opção: * Opção 1: Expresso Turístico. A vantagem é que você pega ela na estação Luz e vai direto até Paranapiacaba, assim é bem mais prático e rápido. A desvantagem é que funciona só
  9. Trilha das Sete Praias - Ubatuba - SP Praias: Lagoinha, Oeste, Peres, Bonete, Grande do Bonete, Deserta, Cedro, Fortaleza. Dificuldade: Fácil Distância: 8,9 km Salve salve mochileiros! Segue o relato desta trilha fantástica situada na região de Ubatuba, litoral Norte de São Paulo onde iniciamos na Praia da Lagoinha que fica a aproximadamente 29 Km do centro da cidade e finalizamos na praia da Fortaleza 27 Km do centro de Ubatuba. A trilha é de nível fácil com poucos lugares de subida e com belas paisagens. Todas as praias contém água potável em nascentes que ficam no
  10. Boa tarde. Tenho interesse em realizar a travessia da Serra Fina no feriado prolongado de 6 a 9 de julho. Por enquanto sou eu e minha esposa. Talvez mais 2 colegas. Encontrei algumas agências que já possuem pacotes, mas o valor está um pouco acima do planejado (acima de 1k), portanto caso alguém esteja formando um grupo, queira formar um grupo ou que conheça um guia experiente, mande um oi o/ *** Edit: conseguimos formar um grupo com guia especializado no local e possui 1 vaga. Valor bem mais em conta que por agência. Interessados me mandem msg. Abraços.
  11. Áhh a encantadora cidade das flores! Conhece? Holambra fica a 40 min de Campinas e é um destino charmosíssimo para um bate e volta à cidade colonizada pelos holandeses em 1948 após devastação causada pela 2° Guerra Mundial. Começamos o passeio pelo Portal da Cidade, construção com característica típica holandesa com tijolo a vista, telhado inclinado. Se quiser informações turísticas ali tem. Seguimos para o Memorial do Imigrante, casal que simboliza o esforço dos pioneiros. Continuamos para o Moinho dos Povos Unidos: cópia fiel dos moinhos holandeses. As pás são movida
  12. TRAVESSIA DO VALE DA MORTE JANEIRO DE 2015 Vídeo da travessia: Ao final, algumas dicas do que levar e comentários do que levei. A minha primeira visita ao Vale do Rio da Onça, popularmente conhecido como Vale da Morte, foi no final de outubro de 2014. Naquela época, por falta de companhia e excesso de ansiedade depois de ver o vale a partir do ponto de confluência dos rios Vermelho, Pedra e Solvay numa outra ocasião, acabei indo sozinho e a experiência foi, digamos, estranha. Sempre que voltava a pensar nos dias que passei sozinho naquele vale me vinha um misto de senti
  13. Meus amigos, estou de volta com mais um relatinho de viagem, feito no dia 30.03.2013, no Parque Estadual do Juquery, em Franco da Rocha. Esse é um dos parques menos conhecidos no estado, é pouco frequentado perante outros mais "famosos", mas tem diversos atrativos, principalmente as variadas trilhas que o parque abriga, com extensões curtas (750 m) e 13 km (Ovo da Pata). Para chegar ao parque, é bastante simples. Pegamos a rodovia Fernão Dias e seguimos até Mairiporã. Logo que passar o pedágio, entre à direita, contorne uma rotatória para a sua esquerda e entre à direita, passando por baixo
  14. pics http://www.ipernity.com/doc/275479/album/525905?view=1 A Serra do Quebra-Cangalha é a extensa sucessão de respeitáveis montanhas situada entre o Vale do Paraiba e a Serra do Mar, em SP. Resultado dos enrugamentos geológicos q deram origem as gdes colinas da região, é uma serra extensa q corre além dos 80kms rumo RJ, e seu nome deriva do esforço q os animais de carga tinham q fazer para transpô-la. Grande assim, é natural q suas dobras escondam pequenas surpresas, como a Cachu da Usina Vaticano, relíquia datada da segunda metade do século passado q abastecia de energia uma indústria l
  15. Meus queridos amigos, o relato de agora é sobre minha viagem ao Parque Estadual de Porto Ferreira, na cidade homônima, no estado de S. Paulo, para conhecer o local e fazer a trilha das Árvores Gigantes, que consta no Passaporte Trilhas de São Paulo, programa da Secretaria do Meio Ambiente. Essa viagem foi planejada em cerca de uma semana, motivada graças a uma conversa com amigos pelo facebook sobre os parques que há nessa região. Decisão de ir sozinho tomada, fui à caça das informações. Pra chegar até lá, optei em ir de ônibus, pois o custo seria mais barato do que ir sozinho de carro. Pe
  16. Saco! Como meu relato foi pro limbo no bug do dia 18, la vai ele novamente! TRAVESSIA DOS PONCIANOS: DO PICO DA ONÇA À PEDRA PARTIDA A Serra dos Poncianos é a estreita cadeia montanhosa q se estende por + de 8km sentido leste-oeste, separando as cidades de S. Fco Xavier e Mte Verde. É um prolongamento da Serra do Selado q inclui a Serra do Baú, já no limite sul da Serra de Sta Bárbara. Ambas correm paralelamente, porém desgarradas do trecho principal da Mantiqueira. Suas escarpas sao contínuas em suas duas extremidades, e compostas de maciços + baixos e platôs rochosos q podem ser perc
  17. http://www.ipernity.com/doc/275479/album/319467?view=1 Travessia da Pedra Esplanada A Pedra da Esplanada é um dos gdes maciços graníticos q destoam do sertão de Biritiba-Mirim, e seu principal mirante, situado na cota dos 1047m, é acessivel por trilha conhecida q não tarda nem 40min em vencer o desnível de 350m ao alto da pedra. No entanto, o verdadeiro pto culminante desta largo e pitoresco maciço é acessível por outra picada menos visada q, discretamente, nasce da vereda principal e atinge o alto dos 1066m da montanha. Dessa forma, neste domingo realizamos a travessia completa pelo roch
  18. PROGRAMA DE ÍNDIO NO RIO SILVEIRAS O Rio Silveiras é um desconhecido curso dágua q nasce à leste de Casa Grande (sudeste de Mogi), próximo da beirada de planalto da Represa Ribeirão do Campo. Seu tortuoso trajeto rumo litoral se notabiliza não apenas pelo seu acidentado e encachoeirado curso, mas sim pq gde parte dele estar inserido no miolo da arisca Reserva Indigena Guarani Ribeirão Silveiras, lugar onde ainda gente de fora não entra sem permissão do cacique ou mta negociação com a Funai. Pois bem, graças a intercessão de alguns contatos - um gringo q vem fazendo um belo trabalho com os a
  19. Trilha feita em 04/05/2013. Álbum com todas as fotos estão em: https://picasaweb.google.com/110430413978813571480/CachoeiraDoPerequeMirimEPocaoDoCristalVerde?authuser=0&feat=directlink A principio, por ser bate-volta, a intenção era acordar as 5h00 e sair as 6h00, para que pudesse aproveitar o máximo do dia. Porém, como o despertador falhou, acabei acordando somente depois das 7h00. Foi ai que vi que parte do tempo da trip poderia ficar comprometida. Pois até sair daqui de SP e chegar na primeira das trilhas mapeadas, levaria cerca de 1 a 2 horas. Mas até que acordei relativa
  20. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/305 A TRILHA DO BARRACO DA SANTA Já a algum tempo desejava meter as caras num setor pouco visado da Serra do Mar de Bertioga, mais precisamente entre o famoso Rio Guacá e o extremo oesteda Serra do Juqueriquerê. As dificuldades já começam pela logística complicada de acesso pois esse trecho tá longe de tudo e qq empreitada nesse sentido demanda pernoite selvagem. Neste feriado prolongado, enfim, tivemos nosso primeiro contato da região, q descobriu a bendita “Trilha do Barraco da Santa”, uma picada bem batida q percorre td extensão da borda se
×
×
  • Criar Novo...