Mochilão de 20 dias – Peru – Bolívia – Chile – Muitos perrengues e muita história pra contar!

Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

17 Fev 2017, 09:30  

tiagofoalsa escreveu:olá,
mto bom o relato e bastante detalhado
vou em setembro... avião até Corumbá, dps trem da morte até sta cruz, avião até Uyuni passando pelo Atacama, Peru e terminando em La Paz...

abcs



Valeu Tiago! ::otemo::

Muito bom seu roteiro! Pode acompanhar que vai ter muita informação desses lugares que você vai! :D
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
Bárbara Fabris
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 171
Registrado em: 23 Set 2015, 11:54
Localização: Curitiba/PR

20 Fev 2017, 13:38  

DÉBORAAAAAAAAAAA!!!!!!!
Que fofinha guria, muito obrigada pelo carinho haha ::love:: É bom demais ver o meu nomezinho aqui no seu relato!
Senti saudades também, mas agora eu estou de volta hehe
E arrasou no relato guria ::otemo:: Com certeza está ajudando muito a galera
Instagram: @fabrisbarbara

Cahrolices
Mensagens: 1
Registrado em: 21 Fev 2017, 11:32
Localização: Rio de Janeiro

21 Fev 2017, 11:39  

Debora, você poderia postar aqui o link dos roteiros que você usou como referência ?
Continuo acompanhando o seu por aqui, gostei bastante da forma como você descreve.
Quero muito incluir Huaraz e Ica, mas queria saber mais detalhes, procurei por aqui outros relatos sobre esse
lugar e não achei.

;**

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

05 Mar 2017, 19:53  

Dia 2 - 11/12 - Soroche!!!! Partiu 5400 metros de altitude no primeiro dia!!!

Para quem quiser ver mais fotos da viagem segue lá @oquetragonamala

Antes de sair do Brasil já havia conversado como Scheler pelo FB e deixei fechado com ele os passeios. No primeiro dia combinamos de fazer o Pastoruri e no segundo a Laguna 69. Ele fez cada passeio por 45 soles. Eu já tinha lido antes que ele não fazia muito esses tipos de passeios (ele faz mais os trekkings grandes) e que normalmente transferia as pessoas pra outas agências, mas quis deixar fechado antes, pois íamos chegar à cidade tarde e não queria perder tempo procurando passeios em cima da hora. Mas é tranquilo deixar pra fechar lá e fica mais em conta.

Não estava super empolgada pra fazer o Pastoruri porque tinha visto umas fotos e não tinha gostado muito. Mas li o relato da Quel Teixeira e mudei de ideia. E obrigada Quel!!!! Valeu muito a pena! ::love::

Agora vamos ao relato.

Tínhamos combinado de sair as 8:40 e descemos pra tomar o café as 8:20. O café não é tipo buffet, foi servido na nossa mesa. Para nós dois tinham 4 pães redondos que são comuns por esses países, manteiga, geleia de morango, café preto, água quente pra colocar no café e dois sucos de laranja. O café é simples mas estava gostoso. ::otemo::

IMG_6188.JPG
Café da manhã
IMG_6188.JPG (1.84 MiB) Exibido 2393 vezes



Scheler explicou que íamos ter uma parada na ida para tomar um mate de coca e poderíamos comer também e na volta teria uma parada no mesmo lugar para almoçar.

Ele nos levou até um lugar com várias vans que estavam saindo com passeios e eu vi de primeira a van da Mony Tours e pensei “só não pode ser com eles!” e foi nessa van mesmo que ele colocou a gente. O Thiago pesquisou um pouco das agências e leu que essa não era das melhores. Mas fazer o que né? Não tinha outra opção.

Nesse lugar onde as vans ficam tem algumas lojinhas e algumas agências e se não me engano tinha até um lugar que fazia cambio. Antes de sairmos entrou uma moça na van vendendo umas coisinhas e compramos umas balinhas de coca ( 4 por 1 sol) e um saquinho de folha de coca por 1 sol. Nessa hora tomamos mais um comprimido de Sorojchi Pills, antes de dormir na noite anterior tomamos um também.

Saímos por volta de 9:20. A van era confortável, o guia se apresentou e era bem legal! Ele explicou nosso percurso e contou um pouco da história do lugar. Ele disse que ia colocar um nome no grupo pra facilitar quando fosse nos chamar, ficamos um tempo discutindo sobre um bom nome e no fim ele disse que seriamos os coqueiros, segundo ele “aqueles que mascam coca”.

Paramos no restaurante para tomar o mate de coca, 2 soles cada um. Roubei uns guardanapos porque esqueci de levar papel e o banheiro apesar de estar limpo (coisa rara nessa viagem) não tinha papel. ::mmm:

Isso é uma coisa importante! Nenhum lugar tem papel! Nenhum mesmo! Leve o seu! Eu levei um rolo aqui do Brasil.

Nesse restaurante você já deixa o pedido do almoço pra quando estiver voltando. Mas atenção!!! Essa é a maior furada do passeio! Parece que todas as agências tem uma parceria com esse restaurante e tudo é muito caro!! Eu já sabia disso e levei umas coisinhas pra comer. :P A gente levou umas barrinhas de cereais do Brasil e umas Pringles também. Daí não reservamos nada pro almoço.

IMG_654.jpg
Cardápio restaurante no caminho do Nevado
IMG_654.jpg (1.8 MiB) Exibido 2393 vezes


IMG_653.jpg
Cardápio restaurante no caminho do Nevado 2
IMG_653.jpg (2.02 MiB) Exibido 2393 vezes


Depois dessa parada fomos direto até a entrada do parque. Pagamos a entrada, 10 soles por pessoa. Vale a pena descer da van nessa hora, a paisagem é muito bonita. Lá tinha mais gente vendendo coisinhas pra comer e compramos mais 3 balas de coca por 1 sol.

Nessa parada a altitude já era de 4140 metros e estávamos nos sentido super bem! ::otemo::

IMG_6544.JPG
Altitude na entrada do parque
IMG_6544.JPG (189.1 KiB) Exibido 2393 vezes


Depois disso teriam mais 3 paradas antes do nevado. Um laguinho que borbulhava, eu infelizmente não lembro muito da explicação do guia nessa parada, mas era um laguinho tão pequeno que acho que nem param lá por esse motivo e sim pelas lhamas que tem lá pra tirar fotos. Eles as vestem e colocam óculos de sol, dá até dó das bichinhas. Pelo que eu vi paga pra tirar foto com elas, eu não tirei. Depois pararíamos pra ver uns laguinhos coloridos, o guia explicou que as cores são devido as algas mas que só dava pra ver com sol e estava bem nublado, ele perguntou se queríamos parar mesmo assim mas ninguém quis então fomos pra próxima parada. Na última parada vimos uma planta que segundo ele colocou a região no livro dos recordes, a Puya Raimond. Elas são enormes!!! Essas plantas são consideradas as maiores bromélias do mundo e existem no Peru e na Bolívia. Têm de 4 a 10 metros de altura, é impressionante! :o

IMG.jpg
Primeira parada - Lago com águe gaseificada
IMG.jpg (353.37 KiB) Exibido 2393 vezes


IMG_62.jpg
Bem grande as plantinhas
IMG_62.jpg (1.82 MiB) Exibido 2393 vezes


Depois disso fomos para o nevado. Chegando lá tem um estacionamento onde já tinham algumas vans. No começo da trilha tem banheiros mas não sei se são pagos nem limpos, porque não usei. O tempo estava bem fechado e começou uma neve já quando a gente estava dentro da van. No começo da trilha ficam umas pessoas vendendo comida, snacks e como estava nevando estavam alugando capas de chuva e sapatos. O aluguel da capa estava 5 soles mas não achei necessário pois estava com uma jaqueta impermeável. Começamos a trilha e o caminho é todo pavimentado até chegar no nevado. A neve deu uma apertada e comecei a congelar mas conforme fui andando esquentei um pouco.
Conhecemos 3 brasileiros nesse dia, um casal e o Aurélio que acabou fazendo o passeio no outro dia junto com a gente. A subida é muito difícil! Eu e o Thiago nos preparamos fisicamente antes da viagem e estávamos com um nível de condicionamento físico bom e foi bem cansativo. Nessa hora a gente viu que a altitude não é brincadeira, o caminho até lá em cima é curto e se não fosse a altitude faríamos em menos da metade do tempo que fizemos. A sensação de cansaço ao menor esforço é chocante. O caminho é inclinado e isso faz ser pior ainda. Eu parei algumas vezes pra recuperar o fôlego e consegui chegar lá!

O nevado é lindo! As fotos não representam nem 10% do que é esse lugar! Valeu muito a pena o esforço pra chegar lá! ::love::

IMG_6478.jpg
Nevado
IMG_6478.jpg (358.22 KiB) Exibido 2393 vezes


IMG_6438.jpg
Nevado
IMG_6438.jpg (2.18 MiB) Exibido 2393 vezes


Antigamente era possível subir no glaciar mas hoje não é mais. Com as mudanças climáticas o glaciar esta diminuindo, o guia nos disse que tem uma estimativa de que desapareça até 2030. E segundo ele o fato de antigamente poder subir contribuiu para a aceleração desse processo. ::putz::

Tudo muito lindo e chega a hora de descer. Eu pensei “descer todo santo ajuda!” mas estava bem enganada.
A descida foi mil vezes pior que a subida. Em alguns momentos eu achei que ia desmaiar. Sentei um monte de vez pra ver se melhorava e depois descobri que sentar só piora as coisas. Cheguei na van sentei a apaguei. O estomago embrulhava, a cabeça rodava, sentia um calor do nada! O Thiago também sentiu muito a descida e também apagou!
Quando a van saiu da estrada de terra o motorista parou e desceu para verificar alguma coisa e pra nossa alegria o pneu tinha furado. Eles nem pediram pra gente descer e nem falaram o que houve, eu realmente deduzi que foi o pneu que furou e pelo jeito foi mais de um.

Pneus trocados (eu acho) e seguimos viagem. Paramos no mesmo restaurante pra almoçar e como a gente não tinha pedido almoço íamos ter que esperar a galera almoçar. Demos uma olhadinha no cardápio e pedimos dois pães com queijo bem lero lero, saiu por 6 soles ::putz:: . Vale dizer que os pratos das outras pessoas estavam bem bonitos!

Começamos a conversar com o casal que conhecemos e fomos pra fora do restaurante. Lá fora eu vi uma cena que me fez pensar que ainda bem que não comi lá (mas depois lembrei que eu comi)! ::lol4:: Uma briga de um rato ENORME e um cachorro!!! Quando todos terminaram de comer entramos na van e seguimos pra Huaraz.

Quando chegamos encontramos com o Scheler por acaso e falamos que precisávamos de dinheiro, ele explicou que por ser domingo as casas de cambio estavam fechadas. Ele então nos levou num ATM na Plaza de Armas que o Thiago não conseguiu sacar dinheiro! Ele falou pra tentarmos em um banco que ficava do outro lado da rua e ai o Thiago conseguiu. Sacou 200 soles só!!! Depois que eu vi xinguei ele tanto!! ::toma:: Toda vez que você saca tem uma taxa fixa de saque, então quando for sacar faça as contas e saque tudo que for precisar.

O Thiago ainda estava se sentindo mal e então o Scheler disse pra ele tomar paracetamol e voltamos pro hotel pra ele fazer isso e tomamos mais um Sorojchi Pills também . Scheler explicou o caminho e voltamos a pé mesmo.
A cidade é pequena e pelo que andamos lá não é perigosa. Antes de viajar eu dei uma olhada no street view da rua do hotel e achei muito tensa! Pensei que só ia andar de taxi por medo, mas é super tranquila! Andamos a noite, com mochilas e tudo mais e não senti medo hora nenhuma.

A cidade não é bonita, parece ser uma cidade bem pobre, mas as pessoas demonstram que gostam muito dali. No dia que chegamos o time da cidade tinha ganhado um campeonato e a cidade estava toda em festa!! Bonito de ver a felicidade deles! #nãoésófutebol :D ::love::

Saímos pra comprar a passagem pra Lima, compramos na Cruz de Sur por 56 soles cada. Tem uma rua onde ficam todas as empresas de ônibus e tem valores mais baixos que esse, mas queríamos ir com a Cruz del Sur pelos comentários positivos. É super tranquilo achar vaga até sendo um dia antes da viagem, tinham muitas vagas ainda no nosso ônibus quando compramos. Creio que até no dia de viajar da pra achar passagem, porque tem vários horários e varias empresas.

Compramos mais 4 comprimidos de Sorojchi Pills, por 2 soles cada. Comprei um chip da movistar por 8 soles e coloquei 5 soles de recarga. Comprar chip nesses lugares é super tranquilo, você precisa cadastrar com uma identidade de alguém do país, mas as vezes que precisei o vendedor usou sua própria identidade e cadastrou pra mim.

Fomos ao mercado de artesanato da cidade e comprei dois imãs pra minha coleção. Ficamos procurando um lugar pra eu comer porque o Thiago estava tão ruim que nem queria jantar. Entrei no Tripadvisor e quando virei pro lado vi uma galeria lindinhas escondida, não vou saber falar onde é mas é uma graça. Tinha alguns restaurantes e escolhi uma pizzaria que estava com os preços melhores “La Pizeria”. Pedimos uma pizza pequena marguerita por 14 soles e ganhamos dois Pisco Sour de cortesia. Eu não bebo e o Thiago não estava aguentando nada. Mas como uma boa mochileira eu aproveitei que era de graça e bebi os dois!! :oops: A pizza desse lugar é muito boa e o Pisco estava bem gostoso também, parece um pouco com a nossa caipirinha.

IMG_6555.jpg
Pizzaria
IMG_6555.jpg (1.9 MiB) Exibido 2393 vezes


IMG_6552.jpg
Pizza
IMG_6552.jpg (1.81 MiB) Exibido 2393 vezes


Passamos no supermercado pra comprar água e comida pra trilha da laguna 69. Nesse tour não tem nenhuma refeição inclusa e só tem uma parada pra tomar café da manhã. Compramos duas águas de 1 litro, pães e mortadela. Na rua do hotel compramos 4 bananas pra trilha por 1,50 soles. Nas ruas sempre tem gente vendendo de tudo! Inclusive comida, frutas, pães.

Chagamos no hotel e pagamos os passeios, 180 soles para nós dois.
Deitamos cedo e colocamos o despertador para as 4:30 pra sair as 5:20 no outro dia. Passei mal à noite, não sei dizer se foi por causa do Pisco mas como eu não bebo pode ter sido. ::mmm:

Gastos do dia:
2 Mates de coca 4 soles
Balas e folhas de coca 3 soles
Entrada 20 soles
2 Pães com queijo 6 soles
2 Passagens para Lima 112 soles
Imãs 13 soles
Sorojchi Pills 8 soles
Chip e recarga 13 soles
Pizza 14 soles
Comida e água pra laguna 69
4 Passeios 180 soles
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

05 Mar 2017, 20:02  

Bárbara Fabris escreveu:DÉBORAAAAAAAAAAA!!!!!!!
Que fofinha guria, muito obrigada pelo carinho haha ::love:: É bom demais ver o meu nomezinho aqui no seu relato!
Senti saudades também, mas agora eu estou de volta hehe
E arrasou no relato guria ::otemo:: Com certeza está ajudando muito a galera


Valeu Barbara! Seu relato ajudou muito. Foi um dos que me fez ir pra Huacachina! ::love:: E nem pesquisei hotel, fui direto pro que vc ficou ::mmm:
Espero ajudar o pessoal aqui tbm!
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

05 Mar 2017, 20:07  

Cahrolices escreveu:Debora, você poderia postar aqui o link dos roteiros que você usou como referência ?
Continuo acompanhando o seu por aqui, gostei bastante da forma como você descreve.
Quero muito incluir Huaraz e Ica, mas queria saber mais detalhes, procurei por aqui outros relatos sobre esse
lugar e não achei.

;**


A maioria das informações que peguei foi aqui do mochileiros mesmo. Ica e Huaraz não são destinos muito comuns então é um pouco difícil de encontrar informações mesmo.
Aqui no mochileiro tem um tópico só sobre Huaraz e no relato da Barbara ela fala sobre lá também.

post1209660.html#p1209660
huaraz-perguntas-e-respostas-t6419.html

Mas pode falar as duvidas que tiver que se eu souber te ajudo. Espero acabar meu relato rápido. Já tem uma boa parte escrita mas é que postar com as fotinhas e editado direitinho da um pouquinho de trabalho. Mas vou fazer o máximo pra acabar rápido.
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

26 Mar 2017, 21:52  

Dia 3 - 12/12 – Laguna 69!!! A coisa mais difícil que já fiz na vida!!!

Para quem quiser ver mais fotos da viagem segue lá @oquetragonamala

Primeiro vou dizer que quando o Thiago me mandou fotos desse lugar eu disse “PQP!!! WTF!!! Que lugar é esse!??! Com certeza eu vou!” :o . Depois comecei a ler um pouco e vi que não era tão simples assim. Mas coloquei na cabeça que ia conseguir!

Como eu disse antes, os meninos já tinham um planejamento e não cabia uma ida em Huaraz nesse planejamento, é uma viagem longa e precisa de alguns dias pra conseguir fazer os passeios por lá. Mas resolvemos que íamos uns dias antes pra poder conseguir fazer essa laguna.

Depois de resolvido a parte de organização do cronograma veio a parte mais complicada, “será que vamos conseguir fazer a trilha?” :shock:

A trilha é considerada difícil, não só pela extensão mas também pela altitude. A trilha começa a 3.900 metros de altitude e termina em 4.600 metros. É preciso ter o condicionamento físico muito bom pra fazer. Resolvemos então fazer mais atividades físicas pra tentar melhorar essa questão. Mas... ::lol4::

Vamos ao relato desse dia incrível!!!

Acordamos às 4:30 pra sair as 5:20 sem café da manhã por causa do horário. Fomos tomar banho mas o chuveiro não esquentava. Liguei na recepção e disseram que tinha alguma coisa desligada e que ia demorar uns 10 minutos pra esquentar. Estava frio e tínhamos tomado banho antes de dormir então fomos sem tomar banho mesmo. ::mmm:
As 5:25 uma van parou na porta do hotel e fomos buscando outras pessoas em outros hotéis. Na nossa van tinha gente do Uruguai, México, USA, Inglaterra, Coreia do Sul e só a gente do Brasil. Mas depois descobri que saíram duas vans e na outra estava o Aurélio, que conhecemos um dia antes. Ele estava fazendo intercambio de medicina em Lima e aproveitou o fim de semana pra ir conhecer mais o Peru. Ele estava com uma colega de intercambio mexicana e acabamos nos dando super bem, a Verônica (Verô).

Durante o trajeto de pegar as pessoas no hotel eu descobri que os uruguaios pagaram 35 soles cada e depois descobri que o Aurélio e a Verô pagaram 55 pra cada. Então cada um faz um preço e depois vai todo mundo junto. Vale a pena pesquisar! ::otemo::

As coreanas atrasaram, e olha que passamos pra pegar elas já nem estava cedão mais, foram as últimas a serem buscadas ::grr:: . Depois de umas 2 horas pegando as pessoas saímos. Na nossa van não tinha nenhum guia, só o motorista e ele não abriu a boca pra falar nada hora nenhuma.

Bom, já disse que o trânsito do Peru é uma coisa surreal de tão bagunçado né? Então, estávamos indo para o dia mais aguardado de toda a viagem e de repente uma bagunça no trânsito e nosso motorista desce da van, some e volta sem falar nada. Entrou na van, a confusão acabou, ele andou uns 10 metros e parou a van de novo!!! ::grr:: Foi conversar com alguém em uma van que estava atrás de nós (até esse momento ninguém nem sabia que tinha outra van junto com a gente) e de repente aparece um policial (ai que eu percebi que a gente estava em frente um posto de polícia) . Depois de muito esperar, o motorista entrou na van e continuou sem falar nada!! Mas pensei “agora vai!” e o universo respondeu “você que pensa!!” Ele dirigiu até um lugar e desceu pra pegar um lanche, depois dirigiu até outro lugar (não faço a mínima do que era esse lugar) desceu, demorou mais uns 10 minutos e voltou sem falar nada. Dirigiu mais e então eu vi uma placa com informações sobre o parque e pensei “agora estamos indo mesmo!” não preciso nem falar que não né. Ele parou de novo!! ::vapapu:: Em frente a uma casa com uma van estacionada na porta, buzinou e um homem apareceu na janela, ele perguntou se era possível levar a gente!!!! Como assim!?!?!?!? ::putz:: Depois de conversarem por um tempo ele abriu a porta da van e finalmente disse alguma coisa!!! Falou que íamos trocar de van porque a outra van que seguia com a gente tinha acidentado e não poderia ir até o parque. Explicou que íamos parar em um lugar pra tomar café e que ele encontraria com a gente nesse restaurante com o pessoal da outra van. Já estava bem tarde essa hora e eu só pensava que não ia dar tempo. :(

Paramos no lugar de tomar café e era bem bonitinho, com uma vista linda para as montanhas. Mas era tudo muito caro também. Nós comemos só o que tínhamos levado. Lá tem banheiro (sujo e sem papel), use os banheiros de lá porque são os últimos que você vai encontrar. Eu usei duas vezes inclusive!! Eles demoraram bastante pra chegar e quando chegaram vimos o Aurélio e a Verô.

Conversando com o Aurélio ele explicou o que tinha acontecido na confusão do trânsito. A van não estragou, o que aconteceu foi que o motorista estava com a habilitação vencida!!! Aí o nosso motorista teve que ir pegar eles. Mas isso só porque estava perto de um posto de polícia,caso contrario teria sido tudo normal. Ainda tivemos que esperar todos tomarem café antes de seguir pra laguna. ::vapapu::

Voltamos para nossa van e nessa hora o guia foi junto com a gente. Ele foi contando a história do parque e explicando sobre a trilha. Nesse momento ele disse pra não sentarmos durante a trilha que era pior (deviam ter me avisado isso um dia antes), mas ele disse que todos conseguiriam, que não era impossível pra ninguém. Paramos pra pagar a entrada, 10 soles para cada. Existe a possibilidade de comprar um passe pra mais dias que sai mais em conta pra quem vai ficar mais dias explorando o parque.

A primeira parada foi na laguna Llanganuco ::love:: , como tivemos todos os problemas de atraso eles no deram só 3 minutos lá!!!! ::vapapu:: ::vapapu:: ::vapapu:: Não dá pra nada!! Aconselho pra quem tiver mais tempo ir no tour que faz essas lagunas, são lindas! Queria ter tido mais tempo pra ficar lá.

IMG_0711.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_0711.JPG (3.7 MiB) Exibido 529 vezes


IMG_0777.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_0777.JPG (3.83 MiB) Exibido 529 vezes


Entramos na van e seguimos rumo a tão esperada trilha! Chegamos no começo da trilha as 09:40 e ele explicou que cada um iria no seu ritmo e que ele ficaria acompanhando quem tivesse mais atrás.

O começo da trilha é muito tranquilo e muito bonito. Tem um lago bem charmoso e umas mini vaquinhas, coisa marlinda! ::love:: Nesse começo eu acabei ficando junto com a Verô e ela não estava muito preparada fisicamente pra fazer a trilha não, acho que ela nem sabia do que se tratava direito rsrs. Mas eu resolvi acompanhar ela pra ela não desanimar e sempre que ela parava eu parava também.

Depois de um tempo começamos a subir, subimos muito! Um zig zag interminável montanha acima. Essa parte é muito cansativa e a altitude mais uma vez atrapalha muito a gente. Mas não achei tão difícil quanto eu imaginava que seria. Depois de muito subir chegamos em uma laguna, que não era a 69, era bem bonita mas a água não tinha nada a ver com o azul que estávamos esperando. Depois dessa laguna tinha mais uma boa parte de caminhada no plano. Tenho que falar que foi uma das trilhas mais bonitas que eu já fiz (vou escrever isso aqui mais uma vez no fim do relato sobre outra trilha, mas as duas juntas são as mais bonitas que já fiz hehe). Todo o caminho é lindo! Tem cachoeiras, montanhas com neve, montanhas sem neve, mini vaquinhas, enfim, só a trilha já compensa o esforço ::otemo:: .

IMG_0796.JPG
trilha
IMG_0796.JPG (2.48 MiB) Exibido 529 vezes


IMG_6874.jpg
trilha
IMG_6874.jpg (2.43 MiB) Exibido 529 vezes


IMG_6889.jpg
mini vaquinha!!
IMG_6889.jpg (383.62 KiB) Exibido 529 vezes


IMG_6574.jpg
trilha
IMG_6574.jpg (2.56 MiB) Exibido 529 vezes


Depois dessa parte plana é que vem a parte difícil. Sem sombra de dúvidas a coisa mais difícil que eu fiz na minha vida. Quando acabou a parte plana eu vi mais uma montanha enorme e sem aquele caminho em zig zag que tínhamos feito na outra montanha. É preciso fazer uma “escalaminhada” pra poder chegar até um caminho mais ou menos demarcado. E isso demandou um esforço do meu corpo que eu não esperava. Eu cansei de uma forma surpreendente. Eu não sentia nada do mal da altitude, minha cabeça não doía e eu não estava enjoada nem tonta. Mas estava num nível de cansaço que nunca estive antes. Dava dois passos e parava, com dois passos eu ficava cansada como se tivesse corrido 10Km. Descansava um pouco e o pique voltava, parecia que ia conseguir subir direto, levantava, dava dois passos e morria de novo. E assim foi até chegar lá em cima. ::mmm:

Tenho que dizer que da forma dele o guia me ajudou muito. Toda vez que eu sentava e pensava em desistir (pensei em desistir umas 50 vezes) ele falava coisas do tipo "Você não quer ver a laguna? se não quiser não precisa!" "Se você não sente nenhum mal, isso é preguiça!" “A Laguna vai ficar lá pra sempre, você não precisa fazer isso hoje!” “Todos já chegaram, você não vai ficar nada lá em cima!” “A chuva tá chegando, e quando chove a laguna não fica azul, se você quiser ver ela azul tem que ser rápido!”.

Pensava sempre na minha professora da academia falando que é o cérebro que comanda o corpo e podemos fazer o que quisermos! No fim, com muito sacrifício cheguei lá! ! Quando cheguei não quis fazer nada, só queria deitar e descansar. Um tempo deitada, um lanche e um chá de coca e já estava pronta pra desbravar a laguna! :D :D Mas como demoramos, não tivemos tanto tempo assim. Acho que ficamos lá em cima em torno de uns 40 minutos. E posso dizer que foi rápido mas foi incrível. A laguna é sensacional!!! As fotos falam por si só.



IMG_6666.jpg
Thiago, eu , Verô e Aurélio.. E o GALO!!
IMG_6666.jpg (389.83 KiB) Exibido 529 vezes


IMG_6793.JPG
Laguna 69
IMG_6793.JPG (3.32 MiB) Exibido 529 vezes


IMG_0807.JPG
Laguna 69
IMG_0807.JPG (4.58 MiB) Exibido 529 vezes


Lá em cima conhecemos um francês apaixonado pelo Brasil, veio pra cá na Copa e falava até um pouco de português. É incrível como nessa viagem você conhece tantas pessoas de lugares diferentes tão sintonizadas nessa vida viajante.

Começamos a descer e a descida pra mim foi super tranquila, sem cansaço e sem efeitos do soroche, mas o Thiago sentiu muita dor de cabeça e enjoos. Demoramos por volta de 3 horas pra descer.

O Aurélio tinha tomado uns remédios diuréticos que segundo ele abaixavam a pressão por isso eram bons pra altitude, mas no começo da descida ele começou a sentir câimbras muito fortes no quadril e nas pernas. O guia ficou com ele e fomos descendo. Quando estávamos quase chegando no final o francês e os motoristas estavam voltando e falaram que alguém estava passando mal e que iam ajudar. Tiveram que levar o Aurélio nas costas até o fim da trilha. ::essa::

Na volta paramos no mesmo lugar do café da manhã para usar os banheiros. Não usei porque de manhã já estava imundo então nem quis ver como estava nessa hora. Fui conversar com o Aurélio e ele já estava bem. Disse que provavelmente o diurético o fez perder muito potássio e aí deu câimbra no corpo inteiro. Então fica a dica de tomar cuidado com os remédios. ::otemo::

Chegamos em Huaraz por volta das 19:30. A van nos deixou na Plaza de Armas e trocamos 50 dólares num câmbio de 3,38. Fomos pro hotel arrumar as coisas pra sairmos para Lima. Pagamos 39 dólares nas três diárias do hotel e fomos a pé até a Cruz del Sur. Comprei uma água por 1,50.

Saímos para Lima as 22:00. O ônibus da Cruz del Sur é muito melhor em comparação ao da Movil Tours na minha opinião. E eles se preocupam mais com a segurança, filmam dentro do ônibus mostrando onde estamos sentados, conferem passaporte e fazem teste de álcool nos motoristas e funcionários que vão no ônibus.

Gastos do dia:
Entrada do parque: 20 soles
Hotel: 39 dólares
Água: 1,50 soles
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

26 Mar 2017, 22:29  

Dia 4 - 13/12 – Da altitude ao nível do mar!!! Huacachina e o oásis no meio do deserto!


Para quem quiser ver mais fotos da viagem segue lá @oquetragonamala


A princípio não tínhamos planos de ir pra Huacachina. Mas depois de ler os relatos de algumas pessoas, principalmente a Mary e a Bárbara, resolvi que queria ir. Fiquei muito em dúvida sobre essa parte do roteiro por causa das chuvas, fomos em uma época que costuma chover bastante e pensei “Se chover não vai ter nada pra fazer nesse lugar!”. ::putz:: Mas conversando com o Aletucs ele me disse pra ir despreocupada que por ser um deserto lá não chovia, e eu fui!!!

Chegamos em Lima as 5:30 e compramos passagens pra Ica as 7:00 por 40 soles pra cada pela Cruz del Sur. Saímos às 7:00 da Javier Prado e assim que embarcamos eles serviram o café da manhã, pão com frango e um bolinho doce que não identifiquei o que era mas era bom, para beber tinha refri e café. Experimentei a tão famosa Inka Kola!! É gostosa, doce uma vida, mas gostosa. Confesso que fiquei com receio, olhar pra um copo com Inka Kola parece o mesmo que olhar pra um copo com xixi. ::mmm:

IMG_6959.JPG
Café cruz del sur
IMG_6959.JPG (1.44 MiB) Exibido 520 vezes


IMG_6963.jpg
Inka Kola
IMG_6963.jpg (1 MiB) Exibido 520 vezes


Chegamos em Ica ao meio dia, depois do horário previsto pra chegada. Na garagem da Cruz del Sur estava cheio de taxista oferendo corrida para Huacachina. Vale a pena pechinchar! Fechamos por 10 Soles! Não se esqueça que sempre quando negociar um valor deixar claro se é por pessoa ou pela corrida! ::otemo::

Antes de ir queríamos comprar a passagem de volta para o outro dia, pois queríamos o ônibus de 6 da manhã e achamos arriscado deixar pra comprar no outro dia. Fomos pra fila mas o taxista disse que a gente podia comprar em Huacachina pelo mesmo valor, daí deixamos pra comprar lá. Mas já adiantando que deu merda! "Normal!" ::lol4::

Chegando lá fomos direto pro Hostel Casa de Arena, pelas indicações dos relatos daqui. Fechamos lá um quarto de casal com banheiro privado mais o passeio de buggy no horário do pôr do sol por 47 dólares para nós dois. Para quem for fazer esse passeio aconselho fazer no último horário, as 16:30, pois o passeio é finalizado com a vista do pôr do sol nas dunas, e esse foi o pôr do sol mais bonito de toda viagem. ::love::

Fomos almoçar e comemos um menu na beira da lagoa por 20 soles cada. Salada de repolho com tomate e pepino, arroz, um feijão diferente e peixe frito. Bebemos uma cusqueña que depois descobrimos que custava 12 soles!! A conta ficou em 59 soles mas o cara não tinha troco e deixou por 50. Não recordo o nome do restaurante mas era um bem simples na margem da lagoa mesmo.

IMG_6973.jpg
Almoço
IMG_6973.jpg (206.36 KiB) Exibido 520 vezes


IMG_6975.jpg
Almoço
IMG_6975.jpg (1.14 MiB) Exibido 520 vezes


Fomos pro hostel pra aproveitar a piscina e relaxar um pouco antes do passeio. No bar do hostel pegamos uma água e 2 cervejas por 16 soles.

Subimos pra nos arrumar e uma coisa ruim desse hostel é o chuveiro. Ruim não, digo que péssima. ::vapapu:: Custei a tomar banho. Saía água em uns 5 buraquinhos do chuveiro e uma pra cada lado!

Saímos pro passeio as 16:30. O passeio é sensacional, vale muito a pena. Na primeira parte tem as manobras mucho locas com o buggy (nunca gritei tanto na minha vida) e depois vamos pro sandboard. Nosso motorista era bem legal, eu estava com medo de descer no sandboard e ele ficou insistindo até eu ir. Fui só nos menores. Thiago foi em todos, inclusive no último de uns 200 metros. ::hahaha::

IMG_7021.jpg
Buggy
IMG_7021.jpg (1.61 MiB) Exibido 520 vezes


IMG_7009.jpg
Esportista kkk
IMG_7009.jpg (2.01 MiB) Exibido 520 vezes


IMG_7200.jpg
Galera do Buggy
IMG_7200.jpg (237.88 KiB) Exibido 520 vezes


Eu fiquei no carro e o motorista falou pra eu descer por um lugar a pé que era bem gostoso e eu fui. Uma sensação indescritível, andar nas dunas, um silêncio ensurdecedor, uma vista linda! ::love:: Mas começou a ventar e perdi um pouco o caminho aí um buggy passou e me salvou! :D

Depois fomos pro pôr do sol!!! Foi sem dúvida o pôr do sol mais lindo da viagem e um dos mais lindos da minha vida!! Ver o sol indo embora atras das dunas é uma coisa surreal!!

IMG_7156.jpg
Pôr do Sol
IMG_7156.jpg (1.63 MiB) Exibido 520 vezes


Antes de deixar a gente no hostel o motorista parou em um lugar pra gente tirar foto em frente o oásis!

IMG_7176.jpg
Eu e o oasis!!
IMG_7176.jpg (250.56 KiB) Exibido 520 vezes


Voltamos pro hostel e fui comprar as passagens e me falaram que só era possível comprar de dia!!!! WTF!!!! ::vapapu:: Pensamos em ir em Ica comprar mas não valeria a pena. Tentei comprar pela internet no celular, pelo app da Cruz del Sur e nada! No fim, depois de muito stress resolvemos deixar isso pra lá e tentar comprar no outro dia cedo mesmo.

No passeio conhecemos mais um brasileiro, o Ricardo, e combinamos de ir jantar com ele porque ele tinha dito que consegui um menu de 15 soles ::otemo:: . Fomos jantar com ele, um holandês (que não sei o nome) bem divertido e um uruguaio, Diego, gente finíssima. Fomos no huaca fucking china e o menu estava por 15 soles com refri. A comida estava maravilhosa, foi o melhor menu que comi a viagem toda. Comi uma salada (com abacate, pra variar) de entrada e macarrão com pesto de prato principal. Thiago comeu batata recheada de entrada e frango frito e tomou 2 cusqueñas que custavam 10 soles e no fim deu 50 soles pra nos dois.

IMG_7197.jpg
Jantar
IMG_7197.jpg (1.39 MiB) Exibido 520 vezes


IMG_7198.jpg
Jantar do Thiago
IMG_7198.jpg (1.53 MiB) Exibido 520 vezes


Voltamos pro hostel, arrumamos as mochilas e fomos dormir.

Uma dica sobre esse hostel é que ele é bem barulhento, rolou uma música a noite toda que eu não sei de onde vinha. E dentro do hostel tem tipo uma boate, daí não sei como é quando ela funciona.
Mais uma dica... Pra quem não curte muito a ideia de ficar sujo de areia não aconselho ir em Huacachina, tudo lá tem areia! Dentro do quartos inclusive.
E por último a dica da roupa: Vá com uma roupa leve e pras meninas prendam os cabelos!! Venta muito e é dificil controlar a cabeleira. Eu usei so uma faixa e ajudou mto!! Vá de óculos pra ajudar na parte que a areia vai entrar nos olhos e vai ser bem ruim!!! E por último, vá com um sapato que nao seja seu preferido e com uma meia que possa ser descartada depois.. Minha meia joguei fora e meu sapato tem areia até hoje!! ::putz::


IMPORTANTE: levem dinheiro pra Huacachina e Ica. Não aceitam cartões e o câmbio é ruim. No hostel fizeram câmbio pra gente por 3,20 no dólar.

Gastos do dia:
Passagem pra Ica: 80 soles
Almoço: 50 soles
Água e cerveja no hostel: 16 soles
Táxi: 10 soles
Jantar: 50 soles
Passeio e hotel: 47 dólares
Editado pela última vez por Débora L Souza em 11 Abr 2017, 16:01, em um total de 1 vez.
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
A.Alimoe
Mensagens: 11
Registrado em: 22 Mar 2017, 21:16
Localização: Rio de Janeiro x Juiz de Fora - MG

30 Mar 2017, 21:45  

Show de bola Débora. Agente ve as imagens das Lagunas e fica impressionado como a natureza é bela. Acho que até a minha partida para a Trip vai ter alguém aqui no mochileiros falando que fez a trilha do Laguna 69 correndo, sem camisa e ainda deu um mergulho #SQN rsrs, Será? Mas parabéns, acompanhando e anotando as informações.

::otemo::
Anderson Alimoe I Design e Aventura

"Certas ilusões são mais fortes que a realidade. Querendo menos, consigo mais. Buscando sempre, alcanço tudo. Sonhando o amanhã, conquisto logo o hoje. Vivendo alegre, desfruto a felicidade".

- A transformação do mundo começa pela transformação do modo de ver o mundo.

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

05 Abr 2017, 09:34  

A.Alimoe escreveu:Show de bola Débora. Agente ve as imagens das Lagunas e fica impressionado como a natureza é bela. Acho que até a minha partida para a Trip vai ter alguém aqui no mochileiros falando que fez a trilha do Laguna 69 correndo, sem camisa e ainda deu um mergulho #SQN rsrs, Será? Mas parabéns, acompanhando e anotando as informações.

::otemo::


Brigada! :D
Haha
Tem gente que consegue ir bem de boa, eu acho que vai mais de quanto tempo você tem pra aclimatar. Quanto mais tempo mais tranquilo vai ser. E tem gente que entra na água sim viu!! Mesmo sendo congelante la em cima!!!
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitante