Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''mochila''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Tópicos que recomendo


Ocupação

Encontrado 22 registros

  1. A minha mochila é a quechua ESCAPE de 50L, de medidas 56x40x26 SEM A BOLSINHA DE CIMA. Levei a mochila bem cheia, só que toda amarrada com a própria amarração da mochila, tava pesando entre 8kg e 10kg (na volta, sempre vem mais pesada rs). Fui com a bolsinha de cima no ombro, e a mochila aparentando menor nas costas. Passei tranquilamente, sem ser parada pra medir na TAP, GOL, AZUL e LATAM. Cabe perfeitamente no compartimento superior. Na TAP, só no avião pequeno que ela foi despachada na hora mesmo que entrei na aeronave, sem custo algum. Na ryanair, eu paguei pra despachar, mas ela cabe nas medidas da passagem priority, que dá direito à 2 malas de cabine (que aí dá certo a mochila quechua inteira).
  2. Fala galera, Já está programado uma viagem minha de mochilão para julho em que vou para Uruguai, Argentina e Chile durante 23 dias e sempre hospedando em hostels. E estou lendo muito ultimamente sobre a questão de mochila e o que levar, etc. Estou com muita dúvida em qual tipo de mochila cargueira comprar, apenas vi que o que me atenderia seria entre 50 e 60 litros. Gostaria de saber se alguém tem sugestões de mochilas cargueiras como uma qualidade boa, mas que não seja tão cara. Meu orçamento pra esse tipo de gasto está na casa dos R$300. Alguma recomendação?
  3. Hey pessoal, então eu comprei uma deuter futura pro 42 pro por uns 765 reais. Porém, quando eu coloquei o saco de dormir ocupou um bom espaço. Enfim, fiquei na cabeça de vale realmente a pena colocar mais 340 reais e pegar uma de 50 litros. Só que fica a questão, 1105 numa mochila de 50 litros está caro? Tipo, há um tempo atrás o pessoal pagava uns 899 na mesma. Me dá uma ajuda ai pessoal, estou prestes a ir na loja fazer a troca Lembrando que tenho vontade de fazer trekking/trilhas com essa mochila e tbm viajar por esse mundão. Ah, a mochila de 50 litros é a futura vario 50 + 10
  4. Olá pessoal. Mês que vem estaremos indo para 20 dias na Europa e minha dúvida é se precisa despachar mochilas de 50l / 60l. Iremoa pegar 5 voos ao todos e minha preocupação é com a Latam, já que nas demais paguei pela bagagem. Desde já agradeço.
  5. Ana & Renato

    Mochila de bordo

    Olá pessoas, Como já me beneficiei várias vezes com informações e dicas aqui do site criei esse post no propósito de ajudar quem, assim como eu estava, estiver a procura de uma mochila espaçosa e nas medidas permitidas para levar na cabine do avião. Depois de muito procurar, e só encontrar em alguns sites estrangeiros, achei um fabricante no Brasil, em Minas Gerais, de uma mochila exatamente como eu estava procurando. Ela é mochila mas tem cara de mala, abertura total, espaço interno bem legal, apresenta algumas divisórias, material parece ser de excelente qualidade, dá pra guardar as alças e carregar como mala. Entrei em contato com o vendedor, pra tirar algumas dúvidas antes da compra, e ele foi muito atencioso e solícito. O preço acho bem justo (pelo que andei pesquisando) R$ 195,00, eles parcelam em até 3 vezes. O frete tem opção PAC e Sedex, pedi PAC pra São Paulo e recebi em 3 dias, super bem embaladinha. Vou testar a minha agora em Abril, em uma viagem de 15 dias para a Europa, depois posso falar sobre a resistência dela. Segue o link da loja My Pax e as fotos da minha mochila. Espero ter ajudado! Abraços, Ana
  6. Olá pessoal! Bom dia, tudo bem? Estou buscando por uma mochila que eu consiga usar no meu dia a dia, para funcionalidades que para mim são básicas (faço faculdade e tenho uma moto para me locomover, então sempre ando com o notebook na mochila, capa de chuva para moto, cadernos e demais itens do meu dia a dia) e recentemente comprei uma Quechua NH 500 30l - Linha Escape e confesso que achei meio "limitada". Por que limitada? Me limito a dividir em ter 2 mochilas: 1 - Para viagens mais longas, para fazer mochilões e levar bastante coisa mesmo; 2 - Mochila para o dia a dia e, ponto importante, para usá-la em passeios e viagens menores, como acampamentos, trekking e travessias, onde eu vá levar menos coisas e ela me atenda. Neste caso, a Quechua NH 500 30l - Linha Escape não me deixou na mão, mas senti que precisava de mais espaço para levar minhas coisas, minha barraca por exemplo, eu não consegui levar na mochila e nem amarrar no lado externo desta mochila. Por exemplo, nesta viagem que a levei, fui ao Parque do Caparaó, por sinal muito despreparado, mas se eu tivesse levado mais equipamentos, como colchonete, saco de dormir, fogareiro, ela não daria conta. O que me atrai na Quechua NH 500 30l - Linha Escape é seu design e modelo que é mais voltado para uma mochila do dia a dia do que um mochião propriamente dito. Sendo assim, procuro uma mochila que eu possa utilizar no dia a dia e também em viagens menores, para camping/trekking e afins .. Pensei em algo como 40 ou 50 litros, mas realmente não conheço nenhuma que me atenda. As da Quechua de 40 litros parecem ser mais voltadas para o lado do mochilão do que eu realmente procuro. Procuro comprar uma mochila com estas características, que seja boa e durável, independente da marca. Quais indicam? Opiniões, dicas, experiências e afins serão muito bem recebidos Desde já agradeço aos colaboradores.
  7. Olá, boa tarde! Estou em dúvidas entre 2 mochilas da Deuter. A futura Vario 50+10 é mais cara que a ACT Lite 50+10 no mesmo vendedor, portanto ponto para a ACT. A Vario tem aquele sistema de Aircomfort Sensic (de telas), e como já tenho uma futura, sei que o sistema é bom. O sistema da lite é o Aircontact. A Vario tem os bolsos laterais expansíveis que aumenta a carga em mais 5 litros. Não sei se a ACT tem isso. Quanto ao tecido, acredito que seja o mesmo para as duas mochilas. Enfim, algum especialista na área, que conheça as duas mochilas poderia me ajudar? Desde já agradeço, Maicon
  8. Olá amigos da comunidade Mochileiros.com. Aqui é o Thiago e a Priscila. Nós moramos na cidade de Blumenau-SC. Em dezembro de 2018 fizemos nossa viagem de carro até San Pedro de Atacama no Chile. A comunidade mochileiros.com nos ajudou bastante, pois no site conseguimos várias dicas e conhecemos outras pessoas que também nos ajudaram com informações. Por esse motivo queremos compartilhar nossa experiência. E quem sabe poder ajudar ou até mesmo encorajar outras pessoas a saírem do sofá e encarar essa aventura. Para realizar esta viagem primeiro nós fizemos algumas pesquisas, como por exemplo: documentos necessários, seguros obrigatórios, melhor roteiro, condição das estradas, hotéis, pontos turísticos, custo com passeios, custo com alimentação, custo com gasolina, custo com pedágios, melhor câmbio, o que levar na bagagem, etc. Juntamos todas essas informações numa planilha e então começamos a trabalhar nela. Então no mês de Setembro/2018 começamos a fazer as contas e preparar tudo o que precisava para viajar. Nessa primeira parte vamos tentar abordar o máximo de informações com relação ao roteiro, situação das estradas, GPS, câmbio, aduanas, seguros, itens obrigatórios, pedágios e combustível. Na segunda parte vamos falar um pouco sobre San Pedro de Atacama e sobre os nossos passeios. Então vamos ao que interessa: Nessa viagem foram 04 pessoas: Eu (Thiago), minha esposa Priscila, meu Pai e a namorada do pai. Saída de Blumenau: 22/12/2018. Chegada em San Pedro de Atacama: 25/12/2018. Saída de San Pedro de Atacama: 31/12/2018. Chegada em Blumenau: 03/01/2019. Carro utilizado: Peugeot 207, ano 2012. Motor 1.4, c/ 04 portas. Roteiro/Condição das estradas/Pedágios: Dia 01 - Blumenau - SC x São Borja - RS. Total: 860 Km. Esse caminho é o mais curto, porém tem muitos trechos com pista ruim (buracos, desníveis, etc.), além disso tem muitos radares e lombadas eletrônicas. O motorista tem que ficar atento. Pedágios: Nenhum. Dia 02 - São Borja-RS x Presidência Roque Sáenz Peña - Argentina. Total: 620 Km. As estradas são boas, pelo menos são melhores que do que as do Brasil. Pedágio 01: logo que passa a Aduana, já tem um guichê de pedágio. Valor pago em moeda brasileira: R$ 50 para veículos de passeio. (na volta ao Brasil, o valor é R$ 65) Pedágio 02: RN-12 aprox. no Km 1262. Valor: 50 Pesos Argentinos. Pedágio 03: RN-16 aprox. no Km 05. Valor: 40 Pesos Argentinos. Pedágio 04: RN-16 aprox. no Km 60. Valor: 65 Pesos Argentinos. Dia 03 - Presidência Roque Sáenz Peña (Argentina) x Salta (Argentina). Total: 630 Km. As estradas também são muito boas. Observação: na RN-16, entre os KM 410 e 481 a estrada é "horrível". Tem muitos buracos. Buracos gigantes. Você vai perder tempo desviando deles. Pedágios: RN-09 chegando na cidade de Salta. Valor: 25 Pesos Argentinos. Dia 04 - Salta (Argentina) x San Pedro de Atacama (Chile). Total: 580 Km. As estradas também são muito boas. Observação: Nós usamos o caminho Paso de Jama, que é melhor, pois é todo asfaltado até San Pedro de Atacama. Pedágios: Nenhum. *Na volta pra casa fizemos o mesmo trajeto. Hospedagem: Dia 01 - Dormimos na casa de parentes. Não tivemos gastos com hospedagem nesse dia. Dia 02 - Ficamos hospedados no hotel de campo El Rebenque, que fica na cidade de Presidência Roque Sáenz Peña (Argentina). Dia 03 - Ficamos hospedados no hotel Pachá, que fica na cidade de Salta (Argentina). Dia 04 - Ficamos hospedados no hostal Casa Lascar, que fica em San Pedro de Atacama (Chile). Aqui dormimos dia 25, 26, 27, 28, 29 e 30 de dezembro/2018. *Na volta pra casa ficamos nos mesmos hotéis. Câmbio: Peso Argentino: nós trocamos todo o dinheiro brasileiro por Peso Argentino na aduana, que fica logo depois da Ponte internacional, saindo de São Borja-RS. Valeu muito a pena trocar o dinheiro na aduana, pois pagamos 0,10 por cada Peso Argentino. Já em Blumenau a melhor taxa que encontramos foi 0,15. Comparação de preços Blumenau x Aduana Argentina: R$ 1 Mil reais trocados em Blumenau valem: 6.666 Pesos Argentinos (sendo: 1000 / 0,15) R$ 1 Mil reais trocados na Aduana valem: 10.000 Pesos Argentinos (sendo: 1000 / 0,10) Peso Chileno: nós trocamos R$ 1 Mil (reais) em Pesos Chilenos aqui em Blumenau, para ter um pouco de dinheiro na chegada à San Pedro de Atacama. O restante do dinheiro brasileiro nós trocamos em San Pedro de Atacama. Trocar o dinheiro em San Pedro valeu muito a pena, pois recebemos 170 Pesos Chilenos por cada R$ 1,00 (Real). Já em Blumenau a melhor taxa que encontramos foi de 154 pesos Chilenos por cada R$ 1,00 (Real). Comparação de preços Blumenau x San Pedro de Atacama: R$ 1 Mil reais trocados em Blumenau valem: 154.000 Pesos Chilenos (sendo: 1000 x 154) R$ 1 Mil reais trocados em San Pedro de Atacama valem: 170.000 Pesos Chilenos (sendo: 1000 x 170) *Compare antes de trocar seu dinheiro. Combustível / Postos de abastecimento: Na Argentina tem dois tipos de gasolina: a Super (comum) e a Infinia (aditivada). Infinia: variava de 45 a 48 pesos. Super: variava de 41 a 44 pesos. *Abastecemos com gasolina Infinia nos Postos YPF. *No Chile não abastecemos, por isso não informamos os tipos e preços que existem. Na Argentina tem muitos postos de abastecimento durante o trajeto. O último posto fica bem próximo da Aduana, no Paso Jama (divisa entre Argentina e Chile). Depois da Aduana não tem mais posto durante o caminho. Vai ter um posto somente em San Pedro Atacama (distância entre Aduana e San Pedro Atacama: 160 KM aprox.) GPS: Nós utilizamos dois aplicativos de geolocalização: o Google Maps e o Maps.me. Levamos dois Smartphones, em um deles usamos o Maps.me e no outro com Google Maps. Antes de sair nós fazíamos os trajetos pela rede WiFi e depois saíamos para a estrada. Os dois aplicativos funcionaram muito bem no modo off-line. Dica: o aplicativo Maps.me funciona totalmente no modo off-line. Para isso é necessário baixar os mapas off-line da região que você vai passar. Exemplo: nós baixamos todos os mapas da Argentina, do Chile e também dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Seguros obrigatórios para seu carro: Na Argentina: seguro Carta Verde. Você pode fazer em qualquer corretora de seguros. Ele cobre danos a terceiros em caso de acidentes. Nós fizemos o seguro com a Porto Seguro, com a cobertura de até 15 dias. Custo: R$ 125. Débito em conta corrente. No Chile: seguro SOAPEX. Você pode fazer este seguro com a HDI do chile. Só digitar no Google "HDI Chile". Ele cobre danos a terceiros em caso de acidentes. Nós fizemos o seguro direto no site da HDI Chile, com a cobertura de até 10 dias. Custo: R$ 40. Pagamento somente no cartão de crédito. *Veja se o seu cartão está liberado para realizar esta compra. Observação: em nenhum momento a polícia ou aduana nos cobrou esses documentos. Seguros para você: Nós optamos por não fazer nenhum seguro de vida ou de acidente. Mas as empresas de seguro oferecem inúmeras modalidades. Avalie a que melhor se enquadra com seu bolso. Itens obrigatórios para o carro: Na Argentina: Vários blogs e pessoas nos disseram que teríamos que levar um monte de coisas no carro. Então nós entramos em contato com o departamento de trânsito da Argentina e também com o consulado Argentino no Brasil que fica em Florianópolis. Segundo eles, os itens obrigatórios são: - 01 Extintor de incêndio (exceto em motos); - 02 triângulos de segurança; - Além dos demais exigidos no Brasil (pneu estepe, chave de rodas e macaco). E tem também os itens recomendados: (notem que são recomendados, não obrigatórios) - Kit de primeiros socorros; Portanto, não é obrigatório levar o tal do "cambão", que muitos blogs informam ser obrigatórios. No Chile: Considerar todos os itens obrigatórios citados acima. E no Chile todos os motoristas são obrigados a ter no carro um "colete refletivo". Caso o motorista precise sair do carro para alguma manutenção ou emergência ele precisa estar vestindo o colete. Isso é LEI NACIONAL. Na dúvida leve um colete também. Observação: Na Argentina fomos parados diversas vezes pela polícia. Em quase todas as cidades que passamos ao longo do caminho a polícia nos parava para solicitar algum documento. Algumas vezes eles pediam os documentos de identidade e do carro. Em outras eles faziam o teste de bafômetro. Mas em nenhum momento a polícia precisou revistar o nosso carro. No Chile não fomos abordados. Aduana Brasil x Argentina: Muito tranquilo. O atendente solicita os documentos do carro e identidades. Preenche um formulário no computador. Por último entrega um recibo (parecido com um cupom fiscal de mercado). Este recibo precisa ser bem guardado, pois ele será útil na Aduana Argentina x Chile. Não tem custo. Aduana Argentina x Chile: chato/demorado (pode ter fila e os atendentes são malas) A Aduana que nós passamos foi no Paso Jama. Tem 06 guichês. É necessário preencher um formulário em espanhol. Nesse formulário tem uma parte que fala se você está levando algum alimento que é "proibido". Após passar em todos os guichês eles entregam um recibo (parecido com um cupom fiscal de mercado). Este recibo precisa ser bem guardado, pois ele será útil na Aduana Chile x Argentina. Comidas não podem passar. Exemplo: frutas, verduras, carnes, lanches, etc. Tudo que é animal ou vegetal fica na Aduana. Alimentos processados passam. Alegação deles é que pode haver alimentos contaminados ou pragas. Se no formulário estiver a opção NÃO, mas na hora de revistarem o carro eles encontrarem alguma coisa, você leva uma multa. Após sair dos guichês vem um fiscal da vigilância sanitária e inspeciona o carro. Só depois de inspecionar o carro você está livre para seguir viagem. Não tem custo. *Na volta pra casa é necessário fazer tudo de novo, porém a vigilância sanitária não revistou o carro dessa vez. Espero que tenham gostado dessa primeira parte. Se tiverem algum comentário ou dúvidas por favor nos retorne. Um abraço.
  9. Fala pessoal, tudo certo? Estou em busca de parceiro ou parceira para fazer um michilão "sem rumo", porém planejado. Sou do Rio de Janeiro, estou no Piauí faz 20 dias, estou muito animado para dar um pulo no Uruguai e dar uma volta pelo nosso Brasil a dentro. Vamos trocar uma ideia, sem pré-julgamentos. Vou deixar meus contatos aqui, Whatsapp: 22 99789-2318 LinkedIn: John Honorato Couchsurfing: John Honorato Instagram: Johnhonorato0 Email: [email protected] Espero por ti! Data e demais informações, a gente decide juntos!
  10. Fala pessoal, tudo tranquilo?? Bom, eu vou passar 3 meses em Paris em virtude de um intercâmbio e pretendo visitar outras cidades nos arredores de Paris (Chartres, Rouen, Bruxelas), assim como também pretendo visitar outros países aos finais de semana via companhias low cost. Como essa vai ser minha primeira viagem internacional, gostaria de algumas dicas em relação às mochilas adequadas para esses trajetos de curta duração a partir de Paris (3/4 dias). Eu li que uma mochila média já seria o suficiente, e gostaria de saber quais são as marcas mais recomendadas. Ontem eu encontrei uma tal de Standard Luggage que me pareceu super completa mas também bastante cara..em torno de 660 reais.. Enfim, quais mochilas vocês indicam? Sou todo ouvidos e valeu pela atenção até aqui 😃 Abraço!
  11. anapacheco.s

    Mochila!!

    Ei galera! Estou organizando um mochilão de 40 dias na América Latina. O roteiro por enquanto é Buenos Aires, Ushuaia, Torres del Paine, Santiago e Atacama. Vai ser minha primeira viagem e estou bem perdida KKK. Queira indicações para uma mochila, sendo que meu orçamento é baixo. Podem me indicar marcas, modelos e tamanhos? Obrigada!
  12. Pessoal, tenho uma Quechua Forclaz 50l e perdi o ferro de sustentação quando mandei lavar/limpar a mochila. Onde posso comprar esse ferro para substituir? Obrigada!
  13. Olá !! Estou precisando fazer um trabalho de pesquisa contando a história da mochila no mundo desde seu surgimento, como sou novo por aqui e não sei se o assunto já foi abordado, preciso que alguém me ajude a encontrar boas fontes de referência. Desde já agradeço !!
  14. Olá pessoal, Me chamo Jânio Bonfim, moro em Aracaju/Sergipe. Recentemente tentei fazer uma caminhada de 180km. Saindo de Aracaju para praia do Francês na Cidade de Marechal Deodoro/Alagoas. Conseguir andar apenas 38km, mas não por cansaço e sim pelo surgimento de calos nos dois pés. Acredito eu ter sido por tênis e horário inadequados. Será que alguém poderia me orientar? Meu Instagram da caminhada é: Janio Bonfim (Usuário: caminhasergipe)
  15. Qual a melhor marca de mochila que eu possa comprar ? Vou começar a ser mochileiro, e preciso de dicas sobre quais ferramentas devo ter , para quem é iniciante.
  16. Mochilão de viagem Deuter Quantum. Mochila 70+10 litros. Acompanha mochila de ataque de 18L que pode ser acoplada na mochila principal. Possui capa de chuva para proteção durante viagem. A mochila tem diversas regulações para auxiliar no conforto ao transportá-la nas costas. Mochila está em perfeito estado de conservação, sem danos e sem defeitos de costura. Foi utilizada em dois Eurotrips e depois ficou guardada. https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1155466205-mochila-de-viagem-deuter-quantum-701018-litros-_JM
  17. Bom dia!! No início de fevereiro farei uma viagem a Portugal com duração de 15 dias. Passarei por seis cidades diferentes do centro e norte da terrinha, e gostaria de sugestões de mochilas pra essa viagem. Valeu!!
  18. Salve moçada, Tô dando uma pesquisada em mochilas de 30 litros para usar no dia a dia (carregando notebook, livros, roupas... a porra toda) e usar em trilhas de 1 ou 2 dias sem levar barracas, só a roupa da caminhada, uma limpinha pra noite (frio ou calor), utensílios básicos (inclui um saco de dormir) e aquela comida necessária só para o desembolar do dia (pode ter certeza que cabe tudo). Dei uma listada em algumas marcas que tem essa litragem e queria saber se alguém por aqui tem alguma delas ou sabe a respeito. Se serve bem para o uso cotidiano e se segura bem na trilha também, ou seja, qual é a balança delas entre o urbano x mato. Quechua - NH500 30 Lt Trilhas e Rumos - Crampon 31 Lt Alto Estilo - Santiago 32 Lt NAUTIKA - TUPAC GT 30L Osprey - Comet 28 Lt Curtlo - OUTSIDER 30 Lt Curtlo - EXTREME 35 Lt Deuter - Gigant 32 Lt Se tiverem outras além dessas, diz ai Forte abraço a todos
  19. Olá pessoal! Darei uma volta ao mundo no ano que vem e estou em dúvida sobre qual mochila comprar! Escolhi a marca deuter pela qualidade e tradição, mas empaquei no modelo! Futura Vario 50 + 10 ou Aircontact 55 + 10? Qual das duas é melhor? Vocês sugerem alguma outra da Deuter? Obrigaaado!
  20. Fala pessoal, Encontrei esses passos para ajustar a mochila: SOLTE TODAS AS TIRAS DA MOCHILA E POSICIONE O MEIO DA BARRIGUEIRA SOBRE OS OSSOS DO QUADRIL; AJUSTE AS TIRAS DAS ALÇAS, MAS NÃO MUITO, POIS A MAIOR PARTE DO PESO DEVE SER CARREGADO NA CINTURA; OS PONTOS DE ANCORAGEM DAS ALÇAS DEVEM ESTAR POSICIONADOS NO MEIO DA ESCÁPULA; EM MODELOS MAIORES, AJUSTE AS TIRAS ESTABILIZADORAS DAS ALÇAS E DA BARRIGUEIRA; FECHE A TIRA PEITORAL. Nesse link (https://trueclimbing.com/2018/01/10/5-passos-para-ajustar-sua-mochila/), os caras explicam o porque de ter uma mochila bem regulada.
  21. mochila doite modelo terracon 40 (40lt) impecavel 0km, 250 reais link anuncio: http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/bolsas-malas-e-mochilas/mochila-doite-terracon-40-429543724 http://www.olx.com.br/loja/id/185092
  22. mochila doite 0km momentum 55 (55lt) impecavel ainda esta com etiqueta, 350 reais link anuncio: http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/bolsas-malas-e-mochilas/mochila-doite-momentum-55-somente-dinheiro-429315014 http://www.olx.com.br/loja/id/185092
×
×
  • Criar Novo...