Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Respostas 2,1k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Caras Mochileiras e Mochileiros, tudo Justo? Ao longo desses mais de 14 anos que acompanho este fórum vejo uma constante preocupação sobre descolamento de calçados. Apesar das discuções sobre o a

Seguem algumas sugestões:   https://tatoo.ws/cl/ https://www.lacumbreonline.cl/ https://www.andesgear.cl/ https://www.dafiti.cl/ https://www.justclimb.cl/ https://sh

@Natali Bento Bom dia,  Nanox é o nome do material com o qual a maioria de nossas botas sao construídas. Ele substitui o couro com várias vantagens. E sim, botas fabricadas em Nanox suportariam s

Posted Images

  • Membros
Se você for experiente e mais minimalista a vasque serve.

 

Mas se for mochileiro clássico a 996 seria melhor...

 

Como disse sou fã da zamberlan... Sao perfeitas... A 996 e linda e ótima...

 

Só recomendo comprar dois tubos do creme de tratamento da zamberlan....

 

Bullseye,

de grande valor suas consideraçoes, obrigado. ::otemo::

vou de vasque a 130 obamas :)

 

ze

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Oi para todos!

 

Então, um tempo atrás eu perguntei aqui no fórum se a BOTA BLOX DRY - SNAKE Guartelá era adequada para fazer algumas trilhas na Patagônia, porque eu já tinha uma e estava mto satisfeita.

 

Durante a última trilha que fiz (Janela do Céu, Ibitipoca, MG), peguei uma senhora chuva e granizo qdo faltava uns 1.700m para chegar na JDC e advinhem, a bota descolou toda. A biqueira e as laterais. Não sei qual a expectativa de duração que uma bota deve ter, mas ela já tinha 2 anos e não estava tão surrada a esse ponto...

 

Fica só o comentário para quem está pensando em adquirir uma Snake/Guartelá.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Olá a todos!

Estou iniciando na vida de trekking e passei a ultima semana pesquisando sobre botas e mochilas cargueiras.

Sobre as botas tenho algumas duvidas. Já lí bastante no fórum sobre as opiniões das pessoas. Porem não achei sobre esses pontos:

Primeiramente apresentar os 3 modelos que está me intrigando:

Forclaz 700 da Quechua

Caos da Vento

X-PRO III da vento

Todas na faixa de 500 reais

 

Como penso em usar a bota em varios tipos de travessias fiquei na duvida se elas servem para ambientes desde neve até ambientes quentes. E principalmente se há a possibilidade de colocar crampons nessas botas. Pois penso em andar sobre um glaciar (perito moreno) na patagonia, (provavelmente a unica vez que usaria os crampons).

E não custa perguntar a opinião de vocês, qual das três botas vocês acham melhor?

 

Obrigado, gente!

 

Marcos, sua dúvida é a mesma da minha.

 

Só que eu já tive uma Finisterre, mas errei na numeração e das poucas vezes que usei com tempo mais prolongado, perdi algumas unhas. E a trilha mais pesada foi a Chapada Diamantina em bate e volta. Não tenho nada a reclamar da Finisterre para o qual ela foi testada, só não a acho bonita, porém isso não se leva muito em conta quando se tem qualidade. Porém, a doei, pois vi que não dava mais pra usa-la sendo pequena.

 

Estou disposto a gastar mais do que no valor da Finisterre, chegando aos R$ 500,00. Infelizmente, aqui em Fortaleza não se tem lojas com as melhores marcas, só o basicão das Timberland e as da Vento.

 

Então, estou planejando fazer o Chile em Março/2015: Santiago ( 6 dias - Lollapalooza e arredores), Deserto do Atacama (6 dias - Salar de Uyuni e arredores) e Pucon (6 dias - Rafting, Trekking pro Villarrica e arredores).

 

A Vento informou que a Finisterre não consigo colocar os crampos, então descartei. A Quechua 700 parece ser uma boa. Como ainda tenho algum tempo pra comprar e amaciar a bota, dessas que o Marcos falou tem alguma que os crampos podem ser utilizados e se suportam altas temperaturas e baixas temperaturas? Ou se tem algum modelo nessa faixa de preço? Estou lendo os tópicos, mas o post do Marcos é bem parecido com o que quero. Li sobre a Scarpa, mas pra comprar pela net é perigoso errar a numeração e deve sair caro demais. Calço 40 em todos os calçados. Não época, comprei a Finisterre 39.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Gente, fiz trekking longo no Glaciar Perito Moreno Out/13 na Patagônia, e usei grampons em minha bota Finisterre. Dá tranquilo. ::otemo::

 

Olá, Stefania.

 

Poderia detalhar melhor teu uso lá na Patagônia com a Finisterre?

 

 

Sinceramente, no Brasil, não parece ter bota que bata a Finisterre. Se der mesmo pra usar grampos nela, não penso em comprar outra. Só acho estranho porque a própria Vento informou que não dava pra usar grampos na Finisterre.

 

Em todos os tópicos sobre botas impermeáveis, só tem elogios pra Finisterre.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...