Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Pado2734

Salvador-Machu Pichu de MOTO Dezembro 2010

Posts Recomendados

Oi China, blz?

 

Finalmente acabei de ler seu relato no Fol. Parabens cara, ficou muito bom. Mais bem explicado que isso impossível! hahahaha

Muito boas as fotos tambem. E fiquei surpreso de saber que a faser é tão guerreira assim. Como já tinha falado antes, tenho uma LanderX aqui em Salvador (a Marauder já está em SP pra vender) e até já pensei na possibilidade de fazer alguns ajustes pra viajar nela, tipo banco mais confortavel, tanque maior, pneu pra uso misto, etc, mas mesmo assim acho que ela seria desconfortável para uma viagem desse porte. Mas que a máquina aguenta, disso não tenho mais dúvida. Bem, continuo com o meu proposito de pegar uma V-Strom(650) (já vi no seus posts que vc tb é fã dela, rs). Se souber de alguem que queira comprar uma Marauder me avisa... hahahaha. A Lander já tem interessados por aqui...

Ah, e meus parabens tambem pela "patroa" que tens! Tão corajosa quanto a Faser... hahahaha. Encarou muito bem a aventura e só quem é casado sabe quanto é importante ter uma "patroa" que seja tambem "parceira". Afinal de contas, sonho que se sonha só é só um sonho. Sonho que se sonha junto, é realidade! Precisa falar mais?

Grande abraço

Pado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Robram, tudo bem?

Legal, temos mais um amigo aqui no tópico disposto a colaborar.

Este caminho que vc sugeriu é uma possibilidade que está sendo estudada com atenção da minha parte, mas como eu já havia citado em respostas anteriores, sempre viajei de custom, e não me considero um condutor experiente em lama-cascalho-areia... Sei que indo por Caceres tb pegarei um trecho de estrada sem pavimentaçao, mas alem de ser menor (a distancia), o piso não está tão ruim, conforme informações do nosso amigo Americo Gaia. Outra coisa a ser melhor estudada é esta opção de colocar a moto no trem. Como eu já disse antes ao China, já li tanto relato de moto que se soltou e caiu, quebrou tudo, os caras põe um monte de carga em cima da moto e risca tudo, etc, que considero esta como sendo a última das hipoteses. Apesar que ainda não li os links que o China mandou falando melhor a esse respeito, talvez minha opinião mude sobre isso... Vou me informar melhor a esse respeito, mas de qualquer forma não deixa de ser uma opção.

Muito obrigado pela sua colaboração Robram. Se tiver mais detalhes que possam ajudar a quem procura informações sobre viagens pra esses lados, manda bala.

Um abraço

Pado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pado, blz ?

 

Cara, conseguiu ler tudo..... heheheheheheeheh.. Precisa ter bastante paciência, acaba que os relatos das viagens e até dos passeio também.....hehehehehee... Ficam gigantes, não tem jeito......heheheheheheeheheheheheheheheh

 

Mas, então, virei fã da Vstromzinha, já subi em XT660 e não consegui ficar confortável, mas na Vstromzinha não teve jeito, foi como subir na Fazer...... A mesma sensação (claro que é outra moto e precisaria dar uma voltinha com ela para ver o resto, mas gostei bastante mesmo).

 

Seria a minha moto e talvez um dia será, mas hj, hj, a Fazer ainda continua me surpreendendo......heheheheehehehehehehehehe... ÔÔÔÔ motinha valente....heheheheheh

 

Então amigo, para vender moto vc tem que anunciar, já tentou o moto.com ??? Se já, já é um passo, outro lugar que sei que tem uma boa "vitrine" é o [email protected], mas o problema é que tem que aguentar os "bolhistas" de plantão......heheheheheheheeheh... Mas, os conselhos deles normalmente são interessantes, só que eles são, como vou falar, diretos e não tem muitas papas na língua, portanto se anunciar lá, tem que saber disso, vou te passar o link e vc "explora" bem antes de anunciar......heheheheeheheheh

 

http://www.debatemotos.com/phpBB3/viewforum.php?f=11

 

Novamente leia bastante os tópicos lá, antes de anunciar, pois eles é um fórum honesto, mais sério (o pessoal brinca, mas é aí que está a história, os conselhos normalmente são bem interessantes).

 

Outro lugar que talvez vc consiga vender a sua moto é num fórum de motos custom (normalmente tem sempre alguém querendo dar um "up"), tenta o http://www.motoscustom.com.br/forum/index.php de repente vc consegue alguma venda interessante.

 

No mais é talvez ter que entregar numa Suzuki como parte de pagamento (infelizmente moto não é investimento e vai perder algum dindim), faz parte.

 

Cara, tem um relato que estou lendo no orkut que o cara vai voltar pela TransOceânica ou Interôceanica (cada vez que leio é um nome diferente.....heheheheheh) e que talvez valha a pena para vc, pois ele vai passar por esses dias por lá (está voltando de uma viagem parecida com o F.Quebramar), saindo de MP.

 

Ah, a "patroa" sofre mas adora viajar de moto, infelizmente conforto em viagem de moto é mais complicado mesmo, viagem grande, então..... hheheheeheheheheh... Mas já foi pior......heheheheeheheheheheh... Hj com o banco da Pedrinho Bancos a coisa ficou melhor..... hehehehehehehehehehehehehehehehehhe

 

Tem um amigo que está indo de casal no final de Dezembro para MP vai pela Argentina (roteiro parecido com o meu) tem interesse de ir junto ??? Ele vai de casal também e é bem amigo do F.Quebramar o roteiro dele está bem interessante (na volta ela vai descer até Santiago no Chile e aí retorna, mas vamos ver, planejamento é planejamento, viagem é viagem.....heheheheehehehehehehh).

 

No mais vamos nos falando, boa sorte aí nas leituras.

 

Grande abraço,

 

P.s.: Olha o Ricardo Rauen, tem uma Vstrom 1000 e tem conseguido andar em vários trechos ruins de estrada, mas é que ele vai na manha, acho que queda, queda mesmo nunca rolou, há sim alguns casos de "deitar" a moto, mas faz parte, a Vstrom é bem pesada, não é uma XT660, mas também não é uma esportiva, ou seja, é uma moto pesada, com suspensão bacana, só que pesada, se for pela terra, vai ter que ir na manha, mas dá para ir e chegar ileso.

 

Se olhar o relato da viagem dele pela Bolívia (no trecho de Oruro, passando por Uyuni e chegando à Argentina vai ver que a estrada lá é ruim, cheia de areião, costelas de vaca, estrada chata mesmo), dá uma lida lá de repente te "atrapalha" mais um pouco as suas idéias......heheheheheheeheheh

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala ae China, blz?

Realmente o relato ficou muito bom mesmo. O legal de vc ter detalhado bastante é que dá(ui) pra sacar + coisas do que apenas o roteiro utilizado e distancias, como a maioria dos relatos que vemos. No seu(epa) conseguimos perceber particularidades dos lugares vizitados, comidas, pessoas, perrengues enfrentados e detalhes dos lugares por onde vcs passaram. É longo sim, mas é muito bom e informativo. Parabens novamente. Espero um dia estar aqui colocando(eita) o meu relato tambem. Não sei se será tão detalhado como o seu, mas assim como vc e o FQuebramar fizeram tão bem, tentarei fazer com que quem leia viaje junto comigo...

Mudando de assunto, pois é, estou tarado pra pegar uma Stronzinha, mas confesso que depois de ler seu relato e o de mais alguns "malucos" que vão pra tudo quanto é canto deste planeta com motos pequenas, comecei a ver minha LanderX com outros olhos. Uma coisa que me chamou bastante a atenção foi um lance que li num dos relatos que vc me mandou, não lembro qual, que o cara dizia que quando se está longe, menos pode ser mais. Ou seja, estar com uma moto pequena e de mecanica simples e mais susceptível a adaptações no caso de uma emergencia pode ser melhor que estar com uma super maquina que não tem peças nem mecanico que saiba mexer...

Outra coisa que está me fazendo repensar é o investimento que terá de ser feito. Explicando melhor, tudo bem que a Strom é moto pra cacete, super confortavel, anda muito, imponente, sai bem nas fotos rsrsrsrs, mas se pensar bem verá que onde ela me leva, a Landerzinha me leva tambem. Posso demorar um pouquinho mais pra chegar, mas chego!!! hahahaha

Levando em consideração de que terei de colocar 3 Lander's pra pegar 1 Strom (fora a porrada de acessorios carissimos que terei de comprar pra deixá-la preparada), e na Lander os acessorios, pneus, peças de reposição, etc, são muito mais em conta, acho que posso usar o dindin economizado para viajar... né não?

A ideia era comprar a bicha(eeeeh) assim que vendesse a Marauder, usando a Lander como moeda de troca, mas como tá demorando um pouco pra isso acontecer, acho que vou planejar uma viagem não tão longa com ela pra testar. Coisa de uns 1500/2000 kms ida e volta, só pra experimentar. Taco um banco melhor nela, uns alforges laterais (achei isso no forum xtzlander.com.br) e vejo o que acontece... hehehehehe... Que ela vai eu não tenho dúvidas. A questão é se a bunda aguenta(uiuiuiuiuiui) hehehehehehehehe ::essa::

Falando nisso, vi que seu banco é da Pedrinho Bancos. E os alforges, de que marca são? Protege da chuva?

Me manda o link do relato do Orkut que vc falou pra mim dar uma olhada.

Esse seu amigo que vai agora em dezembro, tem alguma coisa na net falando da viagem que ele pretende fazer? Roteiro, datas, algo? Quem sabe eu adianto minha viagem em 1 ano... hahahaha

 

Falando em R.Rauen, para ter acesso aos relatos dele tem de comprar o CD, correto? Já vasculhei o site e encontrei apenas resumo das viagens. Mas devo comprar o cd assim que acabar de ler os livros do Cicero Paes que chegaram semana passada... hahahaha...

 

Té mais amigo

Pado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pado, blz ?

 

Cara, o espírito de ir com a Fazer é esse mesmo, vai onde todas vão, tudo bem o conforto é menor, é, a velocidade é menor, putz nas subidas da Cordilheira com certeza.....heheheheheheheheeheheheheh

 

Mas, o motorzinho dessa 250cc é bem resistente, valente mesmo e o melhor tirando as peças da injeção eletrônica (que são caras) o resto é baratim (se comparar com uma moto maior), os ítens que precisam trocar não são caros, e são bem resistentes, a relação original da Fazer é 400 dinheiros, mas dura mais de 30.000 kms, se comprar a DID original Brasil cai para 200 dinheiros, mas aí não é tão durável, claro estou falando de corrente sem emenda, se for com emenda aí não há santo que ajude.....hehehehehehehehe

 

O pneu se comprar no Uruguai/Argentina/Paraguai é barato e acredite infelizmente o pneu das motos se acabam em viagens longas, acontece com o Rauen, com quem vai de XT600/660, etc é normal e tem que já se preparar para isso, conselho é trocar quando estiver na "borda" do Brasil, assim vai com pneu novo e voltando ao Brasil, compra na fronteira que saí mais em conta (do lado de lá) no meio, aí f.... hehehehehehee... Raramente se acha (exceto na Argentina, pois o pneu da Fazer da X não são tão comuns.....)

 

Fora isso precisa ficar atento a outros detalhes, o tubo de deliberação do óleo (pergunte numa concessionária ou dê uma caçada no Fazeronline ou no XTzLander, lá tem tópicos sobre), há casos de estourarem na emenda da solda, no modelo nacionalizado, se o da sua moto for o tubo Japonês (Ui!) aí não tem problema, de qualquer forma leve um na mochila sempre, já estão voltando a importar o tal tubo, procure numa concessionária é mais caro, mas é beeeem durável, o da minha moto nunca estorou, mas as motos mais novas (depois da nacionalização) tem tido problemas.

 

Fora isso as Landers e infelizmente inclui a sua, tem o problema de "rachar" o chassi por conta do peso do bauleto, dá uma olhada lá no Xtzlander que há tópicos sobre como contornar esse ponto, tem que ter cuidado também para não pesar demais no bauleto, pois, infelizmente há alguns, raros, casos de a X "dar uma leve bobeada" na roda frontal, pesquisa para não ser supreendido (o pessoal chama de "shimmar" a frente).

 

Enfim, fora isso, que são os pontos "fracos" das 250cc Yamaha (toda moto tem, a Falcon e o seu famoso problema de queimar RR, etc.).

 

Acho a sua moto perfeita, estive uma época na dúvida entre trocar a Fazer numa, mas acabei ficando com a Fazoca, pois a autonomia é bem legal e aí não preciso me preocupar com combustível reserva e também com o lance do chassi da moto, mas é tudo contornável, há agora o Tanque da Gilli (acho que é esse o nome) que subistitui o tanque original e uma peça para "reforçar" o quadro na Lander.

 

enfim, pesquise bem também sobre os "bancos Êre" para Lander, o preço para o do Pedrinho Bancos é parecido e há quem prefira o da Êre Bancos ao do Pedrinho Bancos.

 

Ah, eu uso alforges da Gift, são mais caros que os Frontside e outros, mas comprei na confiança de uma amiga que sempre elogiou, só posso elogiar também, estão firmes desde antes da minha ida para Ushuaia, já pegaram Sol para desbotar as jaquetas e chuva para molhar até a alma e estão lá, sem molhar nada dentro (pois usam uma caixa plástica no modelo que adquiri) e sem nenhuma "descosturada", o bom é que é confiável.

 

Site deles é esse: http://www.gift-brasil.com.br/

 

O bom é que vc pesquisando em outros fóruns pode tirar as suas conclusões, há sempre mais elogios do que reclamações (raríssimas), mas é sempre bom pesquisar, assim vc compra o produto com confiança, já que não é barato, mas é um bem durável.

 

Pesquise também adaptações que dá para fazer na sua Lander no Manivela (que é muito confiável, o pessoal do XT600 é fã deles e confesso que eu virei também, o bagageiro da Fazer comprei com ele e só posso elogiar, tanto peso que já carreguei e ele tá lá firme e forte.....heheheheh).

 

http://www.manivela.com.br/loja/

 

Mas, pesquise em fóruns para ver as opiniões da galera.

 

Ah, não ganho comissão, mas é assim, se o produto é bom, e posso elogiar não tenho produto nenhum, em ambos os casos é produto feito por motociclista paramotociclistas.

 

O link do relato que estou lendo no orkut é esse aqui:

 

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=43294734&tid=5361287549659845752&na=1&nst=1

 

A comunidade é legal, vale a pena pesquisar os tópicos, vai ter bastante informação.

 

O Marcelo está agora atravessando InterOceânica/TransOceânica, vai ser bom pois vc vai ter informações "on line"......heheheheheheheheeheheheheheheheh

 

Ah, então faça algumas viagens testes, leve a patroa para tomar um "sorvete" ali (de mineiro) e vê como vc sente a moto, se gostar tem motor para várias viagens, se não gostar, é só trocar, o que não falta são modelos, ainda mais depois dos lançamentos Honda (XRE300 e CB300) só esperaria para passar essa fase (toda moto lançada dá problema no primeiro semestre, é esperar para ver os "acertos" no próximo ano).

 

Um detalhe importante, o trânsito que temos nas estradas do Brasil não existe em nenhum dos países que vc pretende viajar, normalmente há poucos carros, caminhões e motos viajando pela estrada, então fora do Brasil a moto rende que é uma beleza, em alguns lugares, vai passar o dia inteiro vendo uma dezena de carros ou menos até menos.

 

O lado ruim da X é o mesmo da Fazer, é mais leve, balança mais no vento (acredite em alguns lugares vai pegar vento forte) a moto vai ter que andar de lado, no começo assusta, mas depois acostuma, como não vai nessa viagem para Ushuaia não vai enfrentar o "temível" vento patagônico (aí é outra história.....hehehehehehh).

 

Cara, depois te passo uns links de viagens longas com a Fazer e com a Lander, assim vc estuda melhor se vai com a X, eu sou suspeito, pq eu gosto muito da minha Fazoca......heheheheheheheeheheheheheheheh

 

Grande abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pado, blz ?

 

Cara, fiquei devendo alguns relatos que tenham a Fazer e a Lander para te ajudar, então vamos lá:

 

Esse foi o primeiro relato de uma grande viagem com a Fazer que li, foi antes da minha viagem e me ajudou bastante, pois foi aí que eu não tive mais dúvidas que a Fazer conseguiria ir, não é para os lados que vai, mas deve ser de onde está saindo:

 

- Da Terra do Axé para a Tierra del Fogo:

 

http://inema.com.br/mat/idmat074688.htm

 

20060426093011.Marcelo084.jpg

 

Esse relato também é saindo da BA, mais precisamente da Praia do Forte, a volta foi pela InterOceânia/TransOceânica, o problema é que o back up do Fol falhou e se perderam partes do relato e fotos (impressionantes diga-se de passagem) é de um amigo, o lado legal é que tem uma parte do relato que tem uma V-Strom e uma Lander, isso na volta, a ida o Carlos Loureiro foi sozinho de Falcon Motard:

 

http://www.falcononline.com.br/forum/index.php?topic=5967.0

 

DSC_0415-1.jpg

 

Essa foto é da Falcon Motard do Carlos no meio da TransOceânica/InterOceãnica, vou postar outra foto:

 

DSC_0454.jpg

 

DSC_0396.jpg

 

Essa última aqui deve ser a Lander que estava acompanhando no final da viagem.

 

Tem esse relato que li na internet mas não estou mais achando o site, fizeram um resumo do relato aqui no Mochileiros, dá uma olhada:

 

amazandes-do-para-ao-peru-de-moto-via-transamazonica-t31421.html

 

Tem esse pessoal que fez a Ruta 40 até Ushuaia e voltou pela Ruta 3 em três Landers, uma modificada para Motard:

 

http://inema.com.br/mat/idmat095285.htm

 

Eu encontrei com eles em Com. Luis Piedra Buena num posto de gasolina

 

20080105112439.CIMG1561.jpg

 

Cara tem mais um relato que postei algumas mensagens atrás, é da viagem de pai e filha em duas motos, uma delas é uma Fazer250 também.

 

Fora isso tem outros, mas acho que vc vai até ficar cansado.....heheheheheheheeheheheheheheh

 

Então sobre o livro do Ricardo Rauen, eu achei ótimo, abrange várias viagens, mas os principais roteiros são Ushuaia e Atacama e Machu Picchu, são das primeiras viagens deles.

 

Depois não fizeram mais um livro com o restante das viagens, que seriam as últimas (estão mais completas no site deles).

 

Enfim, é o nosso "livro de viagem" pois acaba ajudando a organizar o nosso roteiro, mas junto com eles, nós usamos o Guia do Viajante Independente - América do Sul, Guia do Viajante Indepentende - Argentina e do Chile (são dois livros) e os Rugh Guides do Peru e da Bolívia (são dois livros também), os Guias do viajante independente são melhores para quem viaja por estradas, dá detalhes de distância e condições da estrada, enfim, é mais fácil para se organizar......heheheheheheeheheheheheh

 

Boa leitura aí e vamos nos conversando.

 

Grande abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi China

 

Cara, demorei um pouco para dar noticias pois estava lendo os relatos todos que vc mandou, mais alguns que aparecem aqui e ali, hehehe... Só que não estou conseguindo acessar aquele do Orkut que vc mencionou, e estou muito interessado nele.

Quando clico no link o Orkut me direciona para a pagina de login, e não consegui encontrar a comunidade certa, pois pesquisando por "viagem, moto" aparecem um monte de comunidades e não dá pra saber qual é a certa. Manda pra mim o nome da comunidade, please!

 

Abraço

 

Pado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pado, blz ?

 

Cara, desculpe a demora em responder (estava dando um passeio de moto......heheeheheheheheheheheheh)

 

A comunidade no orkut se chama Viagens de Moto América do Sul ou algo assim, mas digitando assim vc já vai conseguir achar a comunidade.

 

O tópico acho que está entre os primeiros, faz um tempo que não olho lá, mas como é recente, vai estar lá, acho que é Expedição alguma coisa o nome do tópico.

 

Enfim, se não conseguir entrar na comunidade me avisa.

 

Grande abraço e boa leitura.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi China

 

Valeu, encontrei a comunidade no Orkut e estou lendo aos poucos.

Quanto à Lander, já estou em contato com o pessoal do HightLander (galera boa, heim?) e estou encomendando banco Ere e um suporte pra reforçar a traseira do quadro pra não quebrar com o peso do bauleto.

Estou vendo com a patroa a possibilidade de viajarmos de moto nas ferias deste ano, e se der tudo certo, acho que darei uma voltinha de uns 5.000kms com a LanderX pra ver se dá :shock::oops:::lol4::

Neste caso irei atras de um bauleto (provavelmente Givi 45lts) e se não for suficiente tambem os alforges Gift iguais aos seus. Veremos... ::hahaha::::otemo::

Abraço

Pado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pado, blz ?

 

Pois é, as motos que vão fazer grandes viagens, precisam de pequenos cuidados e vc já está de olho neles, aí é chance de 100% de sucesso ::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::

 

Então cara, planeja bem o caminho, pois banco e lugar para bagagens já estão garantido (sem aquela maldita surpresa do quadro quebrar no meio da viagem ::lol4:: ), fora a qualidade da sua moto (desse motor aí só posso elogiar....heheheheh) , escolha com calma, assim vc e sua patroa vão poder curtir a viagem e realmente poder avaliar a moto.

 

Eu sugiro ler os relatos da Fernanda_DF que sempre viaja de Brásilia para o Sul, curtindo vários lugares, já te passei os links ???

 

Tem também um casal de amigos fantásticos, que viajaram da BA até Curitiba, são lá do Fol, e se vc quiser tirar dúvidas com eles, já pode fazer via Fol, só me avise antes para avisar ele que vc vai escrever, ele fica assistindo novelas ::ahhhh:::oops: (principalmente agora que de Futebol ele está fugindo.....heheheheheh) e esquece de olhar a caixa de mensagens ::quilpish::::toma:: ......heheheheheheheheheheehh

 

Segue o link aí:

 

http://www.falcononline.com.br/forum/index.php?topic=3946.0

 

e se não passei os links das "fantásticas" viagens da Fernanda me avisa que eu te envio.

 

Grande abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...