Ir para conteúdo

Alfândega - Perguntas e Respostas


MauroBrandão

Posts Recomendados

  • Membros de Honra
Ola, boa noite!

Pretendia ir pra europa, e trazer da alemanha uma guitarra de 2150 euros. Instrumentos musicais desse tipo sempre são barrados ou é possivel passar direto e não pagar imposto? Pretendia levar 11mil reias, +- 4200 euros. Se eu pagar esse imposto, a guitarra iria pra 2975 e sobraria apenas 1225 euros pra ficar 10 dias, o q eu nao sei se é suficiente pra comer e dormir. Vcs acham q é um mal negocio ou vale a pena levando em conta q esssa guitarra aqui custa qse 12 mil reais?

 

Ficaria grato se alguem me ajudasse, Obrigado!

 

1200 euros dá para passar 10 dias tranquilamente: pagar o hostel ou até mesmo um hotel simples, comer, pegar metrô e ir nas atrações. O imposto é devido, não tem como escapar. Mesmo com o imposto, não justifica perder a chance de comprar lá. O imposto de importação seria uns 800 euros, na guitarra comprada aqui devem estar embutidos pelo menos 5000 reais de imposto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 151
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores
Boa noite pessoal. Nunca postei no forum, mas tenho consultado muito para planejar minha primeira viagem intenacional. Agora tenho algumas dúvidas, e acho que podem me ajudar.

 

Minha situação é a seguinte:

Vou fazer uma viagem para Buenos Aires, e não tendo passaporte, eu tenho direito a cota de US$ 500,00?

 

E outra, tenho um tablet que mei pai trouxe dos EUA, com valor de 250 dólares. O único documento que eu tenho dele é uma nota da Best Buy. Meu tablet entrou da forma correta no país? Eu posso ter problemas caso leve esse tablet na viagem?

 

E por último, eu não posso trazer comidas na volta? Nenhum tipo??

 

Obrigado pela ajuda pessoal!

abraços

 

Independente de ter passaporte ou não o limite é o mesmo, US$500, desde que venha de avião. Por via terrestre o limite é de apenas US$300.

A única forma de garantir que o seu Tablet não será taxado é mostrar para o fiscal, caso solicitado, o comprovante de pagamento do imposto de importação. Se for parado o fiscal pode sim implicar com o seu Tablet e querer taxá-lo.

 

Sobre as comidas eu não tenho certeza, mas acho q se for despachado pode trazer. Mas só ACHO. Vamos ver se mais alguém se manifesta.

 

Qualquer dúvida é só perguntar.

 

Abrçs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Longineus,qdo for sair do Brasil,passe pela Pf e declare seu tablet,assim vc nao corre o risco de ter que pagar impostos na volta,pois vc esta saindo com ele.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores
Longineus,qdo for sair do Brasil,passe pela Pf e declare seu tablet,assim vc nao corre o risco de ter que pagar impostos na volta,pois vc esta saindo com ele.

 

Não existe mais essa opção. Agora a única forma de comprovar que o imposto devido já foi pago é através da Nota Fiscal ou da DARF paga.

 

Valeu Porreca!

Mas eu posso alegar que estou trazendo o tablet na minha cota então, certo?

 

Pode sim. :D

 

abrçs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

 

E por último, eu não posso trazer comidas na volta? Nenhum tipo??

 

 

Teoricamente, nenhum tipo, é uma vedação do Ministério da Agricultura. Na prática, fazem vista grossa pra tudo, o cara te vê e de longe já faz sinal pra você passar. Mesmo porque se fossem rigorosos não ia passar ninguém, pois o free shop vende comida e por aí vai. Sem falar que não deve existir um único cidadão no mundo que não traga ao menos um alfajor na mala quando volta de Buenos Aires.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

 

E por último, eu não posso trazer comidas na volta? Nenhum tipo??

 

 

Teoricamente, nenhum tipo, é uma vedação do Ministério da Agricultura. Na prática, fazem vista grossa pra tudo, o cara te vê e de longe já faz sinal pra você passar. Mesmo porque se fossem rigorosos não ia passar ninguém, pois o free shop vende comida e por aí vai. Sem falar que não deve existir um único cidadão no mundo que não traga ao menos um alfajor na mala quando volta de Buenos Aires.

 

 

Gente,

 

Eu acho que o que não pode é comida in natura, devido a possibilidade de proliferação de pragas, etc. Comidas industrializadas e devidamente embaladas são ok. Da mesma forma que não se pode transportar pedaços de madeira sem que eles estejam cobertos por tinta ou verniz. (?) hahahaah

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

 

 

Gente,

 

Eu acho que o que não pode é comida in natura, devido a possibilidade de proliferação de pragas, etc. Comidas industrializadas e devidamente embaladas são ok. Da mesma forma que não se pode transportar pedaços de madeira sem que eles estejam cobertos por tinta ou verniz. (?) hahahaah

 

Minha sobrinha teve apreendido os Dulce de Leche que trazia de Buenos Aires. Era produto industrializado em embalagem lacrada.... vai saber ::dãã2::ãã2::'>

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...