Ir para conteúdo

Mochilão 20 dias: Ilha de Páscoa - Santiago - Atacama - Salar de Uyuni (Com fotos)


Posts Recomendados

  • Membros

Ola Pessoal!

 

Meu nome é Everton, moro em SP e adoro viagens e fotografia, e depois de fazer dois mochilões (Europa e Asia) pelo mundo, resolvi pela primeira vez escrever um relato da minha viagem que está para acontecer neste próximo dia 12 de novembro. Praticamente já está tudo certo, passagens compradas, hosteis e lugares que vamos visitar ( vou postar valores depois). Meu maior problema agora é conter a ansiedade até o dia viagem rs... uma semana que parece um mês. Tenho o costume de viajar sozinho, porém desta vez vou levar dois amigos, o Thiago (Amate) e o Danielzinho, vulgo Bruce Lontra hahaha, depois eu explico o apelido. A ideia é começarmos a viagem pela Ilha de Páscoa que pertence ao Chile, e depois voltar para Santiago, Atacama e Salar Uyuni. O roteiro detalhado é esse abaixo:

 

598ddc3bd5fe2_ScreenShot2016-11-06at01_40_19.png.5b20918c65dfc454d7dec5818a2ccbd6.png

 

Queria ficar mais tempo em Santiago, porém não vai ser desta vez, os meninos que vão comigo precisam voltar antes e nao será possível estender Santiago, mas acho que o roteiro que vamos fazer será bem legal.

 

Eu nao tenho problemas para fazer a mochila, porem ela não está comigo ainda : / vi uma vez numa viagem uma menina que costurou os patches de todos os países que ela tinha ido e eu resolvi costurar . O sapateiro falou que ela fica pronta dia 08 hahaha, tomara pq dia 10 já começo a montar ela. Enquanto isso, para não esquecer de nada, estou colocando todas as coisas em cima do sofá aqui no quarto. Olha a situação rs

 

598ddc3bed480_ScreenShot2016-11-06at01_56_10.png.24edc3b9fb741e4e1778d3f5a832e808.png

 

Bom, mas pelo menos quando a mochila chegar já vai estar tudo no jeito hahhaha

 

Uma coisa que eu quis dar ênfase, é a parte das fotos, e durante e este meu relato terão muitas, eu sou do tipo de cara que viaja para fotografar hahaha , tanto que estou levando 15kg de equipamentos, e pretendo se der sorte vender algumas. Este é um dos motivos que eu prefiro viajar sozinho, porém meus amigos me conhecem a algum tempo e já sabe dessa minha vibe e sei que não teremos problemas, mesmo por que este também curtem. Olha abaixo parte do meu arsenal hahaha

 

598ddc3c0ed83_ScreenShot2016-11-06at01_56_28.png.de67918da17ed568b4aa460ec3790bdd.png

 

Bom, enfim, este foi um post mais para apresentação e ideia de como será a viagem. Fico devendo a questão dos valores das passagens e dos hosteis, mas até o meio da semana eu coloco essas informações, ai na sequencia o próxima atualização deverá vir das terras chilenas, pois iremos embarcar no nosso voo para Santiago as 21h44 e a chegada prevista é lá para 1h da manhã, ai vamos ficar no aeroporto mesmo, por que voo pada Ilha de Páscoa é umas 09h45. Nesse período irei colocar mais algumas informações enquanto esperamos o nosso próximo voo e tomamos uma breja hahah .

 

abs Pessoal

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi Everton,

Vou acompanhar o seu relato, pois irei para o deserto do Atacama e Uyuni no começo de Maio. Gostaria se possível, após voltar da viagem, que vc compartilhasse no seu relato o cambio em San Pedro de Atacama, se vale mais levar real ou dolar, pois não sairei do aeroporto de Santiago para pegar a conexão para Calama e assim não trocarei dinheiro nas casas de Cambio da rua Agustinas que parecem ter valores mais favoráveis.

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ola Carla tudo bem?

 

Então, para esta viagem eu vou pretendo levar 2600 dólares, porem na nossa primeira parada que é a ilha de páscoa, me disseram que lá eles preferem mais o dólar que a própria moeda chilena, e na volta de da ilha iremos ficar 2 dias em Santiago e provavelmente iremos fazer o cambio na rua Agustina. Mas pode deixar que eu vou pretendo comprar um chip de dados, e irei perguntar o valor do cambio em Sao Pedro, e posto aqui para você ter ideia. Do que eu vi em outros relatos de outros viajantes nao compensava tanto fazer o cambio em Sao Pedro, porem eu confirmo mais tarde : )

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Fala Silvestre! Tudo bom?

 

Então, o parasol ou lens hood serve para diminuir o efeito chamado lens flare conforme o exemplo abaixo:

 

(https://www.google.com.br/search?q=lens+flare&client=firefox-b-ab&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjIguKX3ZnQAhUBgpAKHbE3DVoQ_AUICCgB&biw=1352&bih=634#tbm=isch&q=lens+flare+photography&imgrc=JmS_ggZAOAGmpM%3A)

 

Isso vai depender do lugar e da luz do local que você for fotografar, principalmente se tiver muita ou for contra o sol, isso você consegue remover com software de edição depois, entretanto independente da lente você consegue comprar baratinho no Mercado Livre. Filtro geralmente também ajuda a eliminar eles, porém eu prefiro fotografar com a lente nu.

 

Abraços Querido!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Boa tarde Pessoal,

 

Hoje eu sai mais cedo do trabalho e aproveitei para comprar uns itens que serão necessário no deserto do Atacama/Uyuni e alguns remédios também. Como tenho bastante amigos que já foram para lá, disseram que este itens abaixo são essenciais pois o deserto é muito seco.

 

1 - Soro Fisiologico para pingar no nariz

2 - Colirio (Aqueles de imitar lagrimas )

3 - Protetor labial ( Pomada Bepantol)

4 - Nao esta na foto, mas óculos de sol, pois no Uyuni, como o sol é forte e o chao é branco, ofusca muito as vistas.

5 - Protetor Solar

 

itens.jpg.5dadab3bdd67ac668e8ea02d95357b41.jpg

 

Comprei remédios básicos também, como por exemplo para dor de cabeça, engov que eu náo lembro para o que serve rs....

 

Bom, prosseguindo eu fiquei de passar alguns valores para vocês e achei os mesmos e vou postar abaixo, porém nas passagens já adianto que a gente não mandou bem, mas temos algumas dicas para quem quiser economizar mais.

 

O trecho Sao Paulo > Santiago ida e volta saiu R$ 1.124,28

O trecho Santiago > Ilha de Páscoa ida e volta saiu R$ 2.083,40

O trecho Santiago > Calama Ida e Volta saiu R$ 542,00

 

Como eu disse, pagamos caro na passagem, mas foi falta de estratégia, se tivemos escolhido deixar a Ilha de Páscoa para o final, o trecho SP > Santiago > Calama poderia ter feito em uma passagem só, mas enfim, infelizmente já foi, isto também implicou na data que compramos a passagem.

 

Bom, agora vou focar na nossa primeira parada que é a Ilha de Páscoa. Para ir lá, a gente vai pegar o voo até Santiago e iremos chegar por volta das 1h da manhã do domingo e voo sai as 9h45 e acho que 13h30 estaremos pousando na ilha. Como eu falei de dicas, aqui vai a primeira, não existe voo direto de SP para lá e só tem uma companhia que faz este percurso que é a LATAN, por isso que a passagem sai esta bica, porém teve um mochileiro que deu uma dica que a passagem saiu muito mais me conta, é só você comprar pelo site da LATAN chileno, a passagem saiu para ele por R$1.200,00. Infelizmente nós já tínhamos comprado, mas fica a dica para alguém que um dia visite este lugar que estamos com muita expectativa.

 

A ilha é um dos lugares mais remotos do mundo e fica 5hs de voo de Santiago. Para aproveitar a ilha é ideal alugar um carro. Ouvi em alguns fóruns que para aproveitar melhor a ilha é melhor alugar um carro, porém o estoque é pequeno e em alta temporada pode não ter carro para todo mundo, por isso ja adiantando e alugamos o carro pela internet mesmo. Fica 45.000 pesos a diária, ouvi dizer que se procurar você acha até por 30.000 , porém embora não goste de fechar nada pela internet, não queria correr o risco de ficar sem carro e não aproveitar o máximo da ilha. Alugamos pelo site INSULAR RENT-A-CAR, e você eles irão esperar com o carro no aeroporto. O carro é um jipe pequeno 4x4

 

Vehículo: Suzuki Jimny, manual 3 puertas.

Pick-up: 13 de Noviembre; Aeropuerto; 13:35 pm.

Retorno: 17 de Noviembre; Aeropuerto; 20:00 pm.

Monto total: $225.000 CLP ( $45.000 CLP x 5 día)

 

Bom gente, por enquanto é isso, domingo espero postar algo quando eu chegar na ilha.

 

Abs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Bom dia pessoal,

 

Chegamos finalmente em Santiago, o nosso voo correu tudo tranquilo e sem atrasos, entretanto estamos bastante cansados, porém com expectativas para a nossa primeira parada que é a Ilha de Pascua. Chegamos 1h30 e o nosso voo só sairá 9h35, e ficaremos mais 5hs dentro do avião (fazer o que, faz parte rs).

 

Informações importantes, como temos bastante tempo, aproveitei para comprar um chipe que funciona na Ilha de Páscoa. A marca que funciona é esta de debaixo, e custa 9 dolares só o chip, vou ter que carregar ele na ilha, pq aqui onde vende nao faz a recarga.

 

IMG_4234.JPG.59197f0dcaebef00f9d7f30d191a3861.JPG

 

Outra coisa também, algumas pessoas me perguntaram qual era o cambio aqui do aeroporto, eu resolvi trocar 300 reais pq só estava com dólares e melhor ter um pouco para alguma emergencia. Do que eu vi só tinha duas casas de cambio abertas agora de madrugada, e o cambio era praticamente o mesmo.

 

IMG_4227.JPG.1fd1fbb525d58bb677772a4e950d3045.JPG

 

Gente, peguei só para postar isso mesmo, porém não vejo a hora de postar fotos dos passeios mesmo. Vou ficando por aqui pq estou realmente cansado. Mais tarde se tirar alguma foto de ilha de páscoa irei posta aqui.

 

 

Abraços Amigos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Bom dia pessoal,

 

Finalmente chegamos na ilha depois de 5hs de voo. O Voo foi ótimo e a aeronave que faz este percurso é espaçosa, diferente do voo de SP x Santiago. Ao chegarmos no aeroporto da Ilha, no desembarque notei que tinha uma fila que era opcional, fui verificar e era para comprar os ingressos para visitar os parques, custa 30 pesos ou 60 dolares, me disseram que é possível comprar depois, porém nao no mesmo preço. O pessoal da ilha te recebe com colar de flores, achei muito legal isso.

 

IMG_4239.JPG.0064832291b9894485c213331e4da4bf.JPG

 

Descansamos um pouco e fomos procurar um lugar para comer, acabamos parando em um restaurante perto da pousada. Uma porção bem servida de fritas e peixe com fritas mais uma heineken saiu 20 dolares. Achei caro, tudo é caro aqui, principalmente para comer.

 

Enfim, ja era final de tarde e formos ver se da para ver o 15 moais, o nome do lugar chama Ahu Tongariki e fica 30 min da vila da HAnga Roa. O legal que como eu estava com o chip o Waze funciona e fomos certinho para o lugar. Quando chegamos lá, ele ja estava fechado, mas o lugar que ja tinha estudado o angulo da foto que eu queria era do lado de fora, entáo vejam que lugar surreal.

 

15039472_1320795007930798_7258156766735944954_o.jpg.882ad10ffd5ebe46e6b13a8dde6df0ff.jpg

 

Depois disso voltamos para casa para ir um lugar chamado Cueva de los dos Ventanas. Mas eu vou ter que fazer este relato mais tarde, por que a net aqui esta muito ruim e eu tirei foto com resolução alta e demora para carregar. Sobre os 15 moais ainda iremos voltara la. E se der a noite, por que aqui a mesma é muito estrelada.

 

Vou postar umas fotos diferentes e tratadas no meu insta, quem quiser seguir la @toms4nt0s

 

Abs pessoal e até daqui a pouco

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por leocaetano
      [align=justify]Relato de viagem de um mochilão pelo Chile. Foi minha segunda viagem para fora do Brasil e, como na primeira, sozinho!
       
      A idéia inicial era passar 15 dias em território chileno, mas no meio da viagem reduzi para apenas 13 dias. As causas dessa mudança foram várias, mas o que mais influenciou foi o mega feriado chileno – as Festas Pátrias, feriado de dois dias que se estende pela semana inteira: o dia 18 ou o Dieciocho, quando é comemorada a independência do país; e o dia 19, dia das glórias do exército. Começou na quarta-feira e só terminou no domingo. Nessa época tudo fica mais caro no país, principalmente passagens de ônibus que duplicam de preço e se esgotam facilmente para cidades próximas de Santiago e ao sul. É praticamente impossível conseguir passagens para qualquer um dos dias do feriadão ou nos dias próximos a ele – de quarta a terça-feira – sem ser com antecedência. Com esses dois dias, saiu do roteiro a estadia em Puerto Varas. Porém, valeu a pena. O clima entre os chilenos nessa época é muito bom, todo mundo se diverte, reúne a família, come bastante, bebe chincha e coloca a bandeira do Chile pra fora da janela, nos carros e nos edifícios. Achei que era por orgulho nacional, mas depois descobri que uma lei os obriga a fazer isso nos edifícios.
       
      Para a viagem, fui com tudo planejado, ou seja, quais atrações e locais que iria visitar na viagem, alterando muito pouco o planejamento durante a própria viagem, normalmente só invertendo os dias que havia planejado fazer determinada coisa.
       
      Os valores expressos aqui estão em pesos chilenos, salvo quando houver o R, de reais, na frente do cifrão ou US, significando dólares norte-americanos. Na época da viagem, UM real equivalia a cerca de DUZENTOS E OITENTA pesos chilenos e cerca de 1,80 dólares norte-americanos.
       
      Obrigado novamente a todos que ajudaram![/align]
    • Por Carol.Barbosa94
      Olá, 
      Aqui vou descrever sobre os meus passeios, gastos e como foi a minha viagem ao Chile do dia 02 a 10 de Outubro de 2019. Época fora da temporada de neve, porém, com uma beleza encantadora e ainda assim pude ver e sentir a neve.
      Vou deixar meus insta aqui pra quem quiser mais informações: @barbosa_carolin
      Passagens Aérea (ida e volta):
      R$ 709,00 Guarulhos x Santiago
      R$ 239,00 Santiago × Calama
      Companhia SKY Airline (comprei pelo site Maxmilhas). É possível encontrar bem mais barato, mas comprei muito em cima da hora hehe...
       
      Cambio:
      Comprei $25.000 pesos no aeroporto de Santiago, a cotação é ruim, mas é melhor que trocar no Brasil e saiu 153 pesos por real. Então gastei R$ 170,00 (com uma taxa de $1.043,00 pesos incluso, que é cobrado na casa de câmbio do aeroporto)
       
      A conversão é feita assim: o total de pesos que você precisa dividido pela cotação do dia. 
      Ex: 26.043,00 ÷ 153 = R$ 170,21
      Sugiro trocar no aeroporto só o que for usar para o translado.
      Transfer Aeroporto x Hostel (ida e Volta)
      De Calama p/ San Pedro leva em média 1h30 de viagem e o transfer é tabelado e custa $20.000 pesos ida e volta com desconto. (Só ida ou volta $12.000)
      Do aeroporto de Santiago até o hostel no centro ida e volta com desconto ficou por $13.320,00 pesos. (Só ida ou volta $7.400)
       
      Total Transfers: R$ 210,00
       
      Hospedagens:
      Em San Pedro de Atacama, fiquei no Tiny Hostel, super limpo e organizado e perto de tudo. 29.300 pesos (R$ 174,40) por 3 dias e meio e não paguei os 19% do IVA porque apresentei o PDI e identidade.
      Em Santiago, fiquei no Hostal Yungay localizado no centro e indicado para quem busca mais tranquilidade a noite. O custo foi bem parecido com de Atacama, porém foram 05 diárias por 29.400 pesos. Devido a diferença de cãmbio o meu gasto foi de R$ 175,60.

      No Total, gastei R$ 350,00 para 08 diárias.
       
      Passeios:
      1° Dia - Valle de la Luna: É um tour maravilhoso, com paisagens incríveis, passando pelas dunas e mais alguns pontos famosos como as 3 Marias. Geralmente feito na parte da tarde e encerra com um lindo pôr do sol. 
      2° Dia - Lagunas de Baltinache: São 7 lagunas simplesmente lindas!!! Fiquei encantada com aquele lugar, pode entrar na primeira e na última Laguna, água extremamente salgada e gelada rsrs... Também encerramos com um pôr do sol maravilhoso.
      A noite fiz o Tour astronômico. Super recomendo. 
      3°  Dia - Piedras Rojas e Lagunas Antiplanicas: Pra quem não sabe, a entrada na Piedras Rojas está fechada, podemos ir apenas até o mirante, mas é um passeio fantástico também, só o caminho até chegar lá já faz valer a pena. Muitas histórias, vegetação, animais. Ainda passamos pela placa de  Capricórnio. Nas Lagunas de Miscanti e Miñiques pudemos ver um pouco mais de perto os vulcões com o mesmo nome. Paisagem que parece uma pintura de tão lindo que é.
      4° Dia - Deixei livre para conhecer um pouco mais de San Pedro e fazer algumas comprinhas de lembrancinhas. No seu dia livre pode alugar uma bike também para desbravar um pouco mais.
       
      Todos os passeios em San Pedro de Atacama ficaram por 87.500 pesos. (R$ 520,00) o pacote fechado com a mesma agência "Tour Connection" que super indico, os guias são maravilhosos. Agora vamos seguir para Santiago onde fiz os passeios com a Agência Bora Pro Chile Br e recomendo muito, excelente atendimento e acompanhamento do inicio ao fim de cada passeio.
       
      5° Dia - Manhã livre no centro, fiz a visita guiada no Palácio de la Moneda agendei Com 1 mês de antecedência e assisti um pedaço da troca de guardas e conheci a Catedral.
      Na parte da tarde fui com a agência na Vinícola Undurraga. É simplesmente linda. 
      6° Dia - Viña Del Mar e Valparaíso. Que lugar lindo, alegre e cheio de Cores e arte. Não deixe de conhecer, é um dos principais passeios.
      7° Dia - Portillo. O passeio mais esperado por  mim. Que paisagem linda do inicio da estrada até a fronteira com a Argentina. Paisagens de quadro. Vale muito a pena conhecer, aquela Laguna del Inca é surreal!!
      8° Dia - Vale Nevado & Farellones Sunset (Esse eu fiz com a agência Morandé) Pra quem assim como eu é apaixonada por montanha e pelo pôr do sol, esse passeio é super recomendado. Mesmo sem neve foi incrível.
       
      Todos os passeios em Santiago ficaram por 105.000 pesos (R$ 600,00) fechando os 3 primeiros com a mesma agencia e o ultimo com uma agencia diferente.
       
      Total com passeios e tickets de entradas R$ 1.120,00
       
      Alimentação:
      A média que estabeleci para refeição foi de 12.000 pesos por dia, mas gastei bem menos. Como alguns passeios oferecem café da manhã, teve outro que oferecia almoço, então acabei economizando. Ao todo gastei R$ 545,00 em refeições. Lá existe os pratos prontos com entrada+prato principal+sobremesa por 4.000 pesos, McDonalds, Subway ou o famoso La Piccola Italia, são opções bem econômicas para comer.
       
       
      GASTO TOTAL DESSA VIAGEM: R$ 3.173,00 







    • Por anselmoportes
      O deserto do Atacama foi um dos lugares mais incríveis que já conheci. Fiquei lá entre os dias 22 e 26 de Março de 2017.
      Aconselho ficar pelo menos 4 dias lá. É que tem muita coisa legal pra fazer e se ficar menos que isso vai deixar de ver o essencial, então não compensa.
      A cidade de San Pedro de Atacama é bem pequena e dá praticamente pra fazer tudo à pé nela.
       
      ONDE FICAR:
      O hostel que fiquei se chama LASKAR e os quartos compartilhados (3 beliches em cada quarto) custam em média 10.000 pesos chilenos por dia. Também possui quartos individuais, mas não sei o valor. Tem 2 banheiros compartilhados e sempre que usei estavam muito limpos. Tem tb uma cozinha com fogão, geladeira e talheres. Há duas vendinhas ao lado do hostel que dá pra comprar coisas básicas (água, pão, ovos, sucos, etc) e o hostel se encontra a 10min de caminhada do centro. Gostei muito do staff de lá! Um pessoal jovem e muito gente fina.
       
      A principal rua de San Pedro de Atacama se chama “CARACOLES” e a maioria dos bares, restaurantes e agências de turismo estão nela.
      PASSEIOS:
      A primeira coisa que você tem que marcar ao chegar lá é o TOUR ASTRONÔMICO. É um tour de observação do céu que vale muito a pena. Só que ele não sai em dias de lua cheia ou se houver nuvens. Então tente fazê-lo o quanto antes pq se deixar para o final é capaz de não conseguir. 
      Esse tour eu fiz com a agência SPACE (20.000 pesos chilenos) e foi maravilhoso. Como só havia brasileiros no tour o guia explicou tudo em português (muito bom, por sinal).
       Para os demais passeios a agência que escolhi foi a GRADO 10 (www.turismogrado10.com), que fica numa travessa da Caracoles, próximo à praça central.
       
      Como fui em baixa temporada (Março/2017) achei melhor não reservar antes os passeios e deixei pra marcar tudo quando chegasse. E deu certo. Pedi um orçamento antes por e-mail e os passeios que eu fiz ficavam em:
       
      GEYSERS DEL TATIO & POBLADO DE MACHUCA - 45.000 pesos chilenos
      VALLE DE LA LUNA Y MIRADOR DE KARI - 20.000 pesos chilenos
      LAGUNAS ALTIPLÁNICAS & SALAR DE ATACAMA - 50.000 pesos chilenos
      LAG. CEJAR, OJOS DEL SALAR, LAG. TEBENQUICHE - 30.000 pesos chilenos
      TOTAL: 145.000 pesos chilenos

      Lembrando que cada uma dessas atrações tem uma taxa de entrada que é pago na hora (consulte os valores)
      Havia um desconto se comprasse o pacote com os 4 passeios ficava tudo por 110.000 pesos chilenos
       
      Mas quando eu cheguei lá na agência fechei os 4 passeios por 80.000! 
       
      Gostei muito do serviço da GRADO 10! A Inês que me atendeu foi muito simpática e solícita. Os guias também são bem legais e muito informados. Mas eu acho que o diferencial deles é o veículo que nos leva aos passeios. Enquanto a maioria das agências te leva numa van, eles têm um caminhão IRADO e muito confortável. Dá pra até subir em cima dele pra tirar umas fotos e, dependendo do passeio, o motorista dá uma volta com a gente em cima.
      Nos passeios que levam o dia todo a GRADO 10 disponibiliza um café da manhã ou um lanche no final da tarde. O café da manhã é farto, com pão, presunto, queijo, panquecas, chá, café, leite e suco. Dá pra bater um café reforçado que vai te deixar sem fome até a volta do passeio. O lanche do final da tarde é só uns salgadinhos (chips, amendoim, etc) e umas bebidas (suco, água e pisco sour).
      Recomendo levar em todos os passeios ao menos 1,5 litros de água. Pode parecer muito mas o clima de lá é extremamente seco e vc vai precisar beber muita água. Nas vendas da cidade é possível comprar galões de 5 litros, que saem muito mais em conta. Daí é só colocar numa garrafa menor e levar nos passeios.
      ROUPAS
      Como em qualquer deserto do mundo, as temperaturas lá podem variar bastante. Pode fazer muito frio no começo da manhã e durante à noite e muito calor no meio do dia. O ideal é levar uma blusa tipo “fleece” e uma jaqueta corta vento. Aquelas calças que viram bermudas tb são muito boas e confortáveis. Sapato sempre fechado pq o terreno tem muitas pedras e é arenoso (esqueça chinelos, sandálias, papetes, etc). O passeio “Geysers del Tatio” saí muito cedo então faz muito frio. Reforce a vestimenta se for fazer ele - gorros e cachecóis podem ser muito úteis.
      Não esqueça também roupa de banho e toalhas. No passeio da Laguna Cejar é possível nadar na Laguna Tebenquiche, uma experiência única uma vez que devido à quantidade de sal na água é impossível afundar. Vale a pena!
      Protetor solar, boné e óculos de sol são INDISPENSÁVEIS.
      COMIDA e BEBIDA
      Na cidade há vários restaurantes. Comi num dia em um chamado “Delícias del Carmen” e pedi uma chuleta de porco com arroz e salada (8.000 pesos). Veio muito bem servido!
      Outro dia fui a um mais chique, chamado “Adobe”, comi um frango com batatas e salada de champignon (uns 15.000 pesos). Não veio muito bem servido como o anterior, mas o ambiente era bem melhor.
      Para economizar vale a pena comprar comida nas vendas e fazer o rango na cozinha do hostel ou hotel.
      A maioria dos bares vão exigir que você consuma alguma coisa além das bebidas. Isso mesmo! Para conseguir uma mesa você tem que pedir algo pra comer e eles não deixar você sentar sem pedir ao menos uma porção. No entanto há UM bar (esqueci o nome) que é possível apenas beber, sem ter que comer algo. O bar fica na rua Caracoles e tem um monte de bandeiras e camisas de time de futebol penduradas no teto. Não tem como errar.
      CONSIDERAÇÕES FINAIS:
      Aproveite ao máximo seu tempo em San Pedro do Atacama. Se tiver uma manhã ou tarde livres entre um passeio e outro, alugue uma bicicleta e saia para dar uns rolês por volta da cidade.
      Há muitos cachorros, na maioria de grande porte, pela cidade. Mas são todos mansos e não estranhe se eles entrarem nos bares e restaurantes.
      Se tiver sono leve, não esqueça os protetores auriculares. Pq se ficar em algum hostel com quarto compartilhado a “sinfonia” de roncos pode atrapalhar seu sono.
      Bom, acho que é isso! Deixo anexado nesse relado algumas fotos que tirei lá.
      Espero poder ter ajudado!
      Abraços e boa viagem!
      Anselmo
       







    • Por ms.priscila
      ROTEIRO CHILE (11 DIAS)
      INFORMAÇÕES GERAIS

      Visto: dispensa de visto por até 90 dias
      Passaporte:  deve ser válido no momento de entrada; permitida entrada com RG
      Vacinas: não há exigências
      Quando ir: funciona bem para visitar todo o ano, se a sua preferência for neve (jun-set), calor (dez-mar) ou temperaturas mais amenas (mar-jun e set-dez)
      Capital: Santiago
      Moeda: PESO CHILENO ou CLP ($)
      Idioma oficial: castelhano
      Cod. telefone: +56
      Padrão bivolt: 220V
      Tomadas: C, L


      Chile é um país que encanta e o que mais me chamou a atenção foi a poesia de Pablo Neruda, inscrita na história do país. Por isso, não deixe de conhecer todas as casas localizadas em Santiago, Valparaíso e Isla Negra.
       
      ROTEIRO DIA A DIA

      DIA 01
      Chegada e descanso

      Dia 02
      Passeio pago – Cajon del Maipo

      Dia 03
      Palacio de La Moneda, Plaza das Armas, Catedral Metropolitana de Santiago, o Museu Histórico Nacional, Museu de Arte Precolombino, o Edifício dos Correios, Paseo Ahumada

      Dia 04
      Cerro San Cristóbal (ou Parque Metropolitano de Santiago), Casa Museo La Chascona (a primeira casa de Pablo Neruda), mercado central (Don Augusto), Museo de Bellas Artes, Sky Costanera (por do sol)

      Dia 05
      Cerro Santa Lucia, Centro Cultural Gabriela Mistral, Templo Bahai de Sudamerica

      Dia 06
      Vinicola De Concha y Toro

      Dia 07
      Aluguel de carro e Isla Negra; a noite chegada em Val Paraiso

      Dia 08
      Tour gratuito por Val Paraiso, Casa La Sebastiana, Museu Naval e Maritimo e fim de tarde no Muelle Baron

      Dia 09
      Tour por Viña del Mar

      Dia 10
      Dia livre

      Dia 11
      Retorno ao Brasil
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       

      SANTIAGO
      Cerro San Cristóbal (ou Parque Metropolitano de Santiago)
      Endereço: Calle Pio Nono, 450, Bellavista
      Horário: seg, das 13-20h; ter a dom (e feriados), das 10-20h
      Preço: consulte o valor no site

      Casa Museo La Chascona (a primeira casa de Pablo Neruda)
      Endereço: Fernando Márquez de la Plata 192, Bellavista
      Horário: ter-dom, das 10-19h
      Entrada: $7000/R$50 para visitas guiadas em espanhol 
      Como chegar: metrô Baquedano, Parada Turistik
       
      Casa Museo La Chascona

      Mercado Central
      Endereço: San Pablo, 967, Centro
      Horário: Diariamente, das 8 às 19h
      Metrô: Puente Cal y Canto, linha 2-amarela. Parada Turistik
       
      Restaurante Donde Augusto (um dos mais recomendados)

      Plaza de Armas
      Endereço: entre as Ruas Catedral e Compañia de Jesus

      Catedral Metropolitana
      Endereço: Plaza de Armas de 9-19hs
      Entrada gratuita

      Museu Histórico Nacional
      Endereço: Plaza de Armas, 951, Região Metropolitana
      Horário: ter-dom das 10-17h30h
      Entrada gratuita

      Museu de Arte Precolombino
      Endereço: Bandera 361, Região Metropolitana
      Horário: ter-dom, das 10-18h
      Preço: consulte o valor no site

      Palacio de La Moneda
      Endereço: Moneda S/N, Región Metropolitana
      Horário: visitas guiadas de seg-sex às 9:30h, 11h, 15h e 16:30h (necessário agendamento)
      Obs.: às 10h há troca de guardas.
      Entrada gratuita

      Museo de Bellas Artes
      Endereço: Paque Forestal S/N, Santiago, Región Metropolitana
      Horário: ter-dom de 10-18:45h
      Entrada gratuita

      Cerro Santa Lucia
      Endereço: Avenida Bernardo O’Higgins 499, Barrio Lastarria
      Horário: Diariamente, das 9-19h
      Entrada gratuita

      Centro Cultural Gabriela Mistral
      Endereço: Av Libertador Bernardo O’Higgins 227, Barrio Lastarria
      Salas de exposição abertas de ter-sab das 10-20h; dom das 11-20h; visitas guiadas com agendamento prévio
      Entrada gratuita

      Calle Lastarria – de qui-sab há uma feirinha de antiguidades das 10-20h; escolha um restaurante para jantar em alguma noite da sua estada

      Templo Bahai de Sudamerica
      Endereço: Diagonal Las Torres, 2000, Peñalolen
      Horário: ter-sex de 17-21h; sab-dom de 9-19h; não abre às segundas
      Entrada gratuita

      Vinícola Concha Y toro
      Endereço: Avenida Virginia Subercaseaux, 210, Pirque
      Entrada: $18000/R$128 a $22000/R$156; é necessário fazer a reserva da visita no site
      Horário: Diariamente (exceto feriados), das 10-17h
      Transporte: por conta própria, vá de metrô (linha 4-azul) até a estação Las Mercedes; lá tome o ônibus MB 72 ou um táxi (10 minutos). De transporte público, 1h30min desde o centro
       
      Vinícola Concha y Toro

      ISLA NEGRA
      Depois de alugarmos o carro para seguir para Valparaíso e Viña del Mar, optamos por parar em Isla negra, onde está localizada a casa de praia de Pablo Neruda, assim chamada por conta de suas rochas escuras. Sem dúvida alguma, foi um dos pontos altos da viagem. A poesia está impressa em cada manifestação da vida dessa poeta e as casas exalam esse atmosfera. Isla Negra, sem sombra de dúvida, é a mais bonita de todas.
      As estradas são boas, mas a sinalização não o é. Isla Negra está localizada na comuna de El Quisco, a cerca de 114km de Santiago pela rota 68 (1h33 de carro).

      Casa Museo Isla Negra
      Horário: ter-dom de 10-18h
      Preço: $7000/R$50
       

      VALPARAÍSO
      A distância entre Valparaíso e Viña Del Mar é cerca de 20 minutos de carro. Por isso, se você não deseja se deslocar entre as duas cidades, no que diz respeito à hospedagem, escolha Valparaíso (que é a primeira delas) como sua base.

      Free Tour Valparaiso
      Endereço: ponto de encontro Plaza Anibal Pinto
      Horário: seg-dom de 10-15h (inglês, espanhol e português)
      Obs.: Somente buscar aos guias com camisas vermelhas com as palavras FREE TOUR

      Ascensor Artilleria
      Endereço: Artillería 199

      Paseo 21 de Mayo

      Museo Naval y Maritimo
      Endereço: Paseo 21 de Mayo Nº 45 – Cerro Artillería – Playa Ancha
      Horário: ter-dom das 10-17:30h
      Preço: $3000/R$22
      Obs.: aqui se encontra a cápsula usada para resgatar os mineiros soterrados em 2010.
       
      Museo Naval y Maritimo

      Plaza Sotomayor
      Endereço: Prat, Valparaíso

      Museu La Sebastiana (casa de Pablo Neruda)
      Endereço: Ferrari, 692, Cerro Florida
      Horário: ter-dom das 10-18h 3 mil pesos (R$ 10,40)
      Preço: $7000/R$50

      Muelle Baron
      Endereço: Av. España

      VIÑA DEL MAR
      Relógio de Flores
      próximo à Playa Caleta Abarca, bem no final da Av. España
      Entrada gratuita
       
      Relógio de Flores

      Castelo Wullf
      Endereço: Av. Marina, 37, Vina Del Mar, aos pés do Cerro Castillo
      Horário: ter-dom das 10-13h30h e das 15-17h30h

      Playa Miramar
      Obs.: almoçar no Divino Pecado – San Martín 180, Viña del Mar

      Museo Fonck
      Endereço: 4 Norte, 784, Viña del Mar
      Horário: seg de 10-14h e 15-18h; ter-sab de 10-18h e nos dom de 10h-14h
      Preço: $3000/R$22

      Playa Renãca
      7 km ao norte de Viña

      Parque Quinta Vergara
      Endereço: Av. Errázuriz 596

      Casino Viña Del Mar (entrada R$ 15,20; 24hs)
      Av. San Martín, 199, Valparaíso

      Jardin Botanico
      Endereço: Caminho El Olivar s/n El salto
      Horário: seg-dom de 9-18:30h; visitas guiadas gratuitas sab-dom as 11:30 e 15h
      Preço: $2000/R$15
    • Por ms.priscila
      ROTEIRO BOLIVIA (05 DIAS)
      INFORMAÇÕES GERAIS 
      Visto: dispensa de visto por até 30 dias
      Passaporte:  deve ser válido no momento de entrada; permitida entrada com RG
      Vacinas: não há exigências
      Quando ir: de abr-set, por conta das chuvas
      Capital: Sucre
      Moeda: BOLIVIANO ou BOB ($b)
      Idioma oficial: espanhol, quechua, aimará, guarani e uma variedade de língua indígenas
      Cod. telefone: +591
      Padrão bivolt: 230V
      Tomadas: A, C

      Após passarmos 11 dias no Peru, atravessamos a fronteira, por via terrestre, e continuamos nossa viagem à Bolívia. 

      Dia 01
      07:30 – saída de Puno para La Paz de ônibus, com parada em Copacabana (S/40 comprados diretamente no Hostel Pirwa). O ônibus para na fronteira para imigração nos dois países e aqui podemos trocar dinheiro. O Bs vale a metade do real
      12:00 – chegada à Copacabana para almoço no restaurante El fogon de La Cabana – péssimo atendimento, uma só pessoa para atender; há indicação de Wi-Fi, mas o sinal estava cortado, tivemos que pegar os cardápios e ir diretamente no balcão fazer o pedido
      13:30 – saída de Copacabana com destino à La Paz
      17:00 – chegada à La Paz
      20:30 – saída de La Paz a Potosi (80Bs cama) pela empresa Trans Copacabana. Não recomendo de forma alguma. O banheiro ficou fechado boa parte da viagem, tendo o motorista parado para que os passageiros fossem ao banheiro na beira da pista. Não houve uma parada em uma viagem de 10h. Após 6h de viagem, o banheiro foi aberto. O ônibus chegou com 1h de antecedência.
      05:00 – chegada a Potosi, ouvindo Victor & Leo e Leonardo em espanhol.
      07:00 – café da manhã no Café Restaurante Santa Fé: excelente atendimento e café da manhã muito bom.
      Aqui percebemos que estávamos perdidos. Lemos em algum site no Brasil que o Salar de Uyuni estava localizado na região de Potosi, por isso erroneamente pensamos que o passeio sairia dali e que não havia uma cidadezinha chamada Uyuni. Conclusão: perdemos o passeio. Andando pela cidade, fomos salvos pela Hellen, dona da agência de viagens Amigos da Bolívia. Recomendo muitíssimo. Extremamente atenciosa. Salvou-nos a vida. A Hellen nos comprou a passagem de Potosi-Uyuni (que sai de hora em hora e custa 40Bs), reservou o hotel La Cabana (quarto duplo com banheiro compartilhado a 60Bs) e o passeio de 3 dias pelo Salar a 850Bs. Em Uyuni estava 100Bs mais barato, mas naquela altura do campeonato foi nossa melhor opção
      11:30 – almoço
      13:00 – saída de Potosi-Uyuni
      17:00 – chegada a Uyuni. A moça da agência contratada nos buscou e nos levou até o Hostel. Já hospedados, saímos pra comer e conhecer o pouco que há para conhecer da cidade. Curiosidades: há caixas eletrônicos, câmbio de moedas, venda de óculos escuros e roupas de frio.

      Dia 02
      10:30 – saída para o Salar de Uyuni
      12:00 – almoço num hotel de sal
      14:00 – ida para o Salar
      17:00 – chegada à Ilha de Cactus
      18:00 – por do sol no Salar
      20:00 – chegada ao hotel de sal Los Piez para pernoite. Hotel adorável. Não há ducha quente e se paga pela toalha (Bs3) e pela ducha sem água quente (Bs10)
       
      Saída para o Salar
       
      Almoço num restaurante de Sal
        Salar de Uyuni

      Dia 03
      08:00 – visita às lagoas coloridas durante todo o dia! Almoço no caminho. Aqui, por volta das 11:00, nosso carro quebrou. Caminhamos cerca de 40 minutos até a próxima laguna e lá esperamos o carro ate por volta das 15:00
      18:00 – chegada ao acampamento para o pernoite do segundo dia. Os seis integrantes do grupo ficaram hospedados no mesmo quarto. Aconselha-se alugar, ainda em Uyuni, o saco de dormir (Bs50), já que nesse acampamento, no meio do deserto, faz muito frio. Esquecemos uma garrafa de água dentro do carro e ela amanheceu congelada
      21:00 – as luzes, ligadas por gerador, se apagam as 21h da noite
      Na segunda noite, as agências entregam um vinho para o grupo, como cortesia pelo passeio. Mas as vezes, se os turistas não pedem, os motoristas não entregam (ouvimos histórias de motoristas que beberam o vinho)
       
      Laguna Hedionda
        Laguna Colorada
        Jantar no alojamento

      Dia 04
      05:30 – café da manhã no acampamento (e aqui começaram os problemas)
      Deveríamos ter saído às 6h para ver os gêiseres. Entretanto, simplesmente fomos impedidos de deixar o acampamento porque nosso guia não havia pago o alojamento. Enquanto estávamos no carro, com muito frio, a dona do acampamento e o motorista discutiam lá fora. As 07:30 conseguimos partir
      08:00 – visita aos gêiseres. No caminho para a Laguna Verde, o pneu furou
      09:30 – chegada à Laguna Verde. Novamente, o carro apresentou problemas. Conclusão: fim do passeio. As três mulheres voltaram em outra van, que parou para nos ajudar e os três rapazes ficaram com o motorista e chegaram cerca de uma hora depois em Uyuni
      17:00 – depois de muito estresse, chegada à Uyuni. O proprietário da empresa já nos esperava. Expusemos todos os problemas. As inglesas, nervosas, não conseguiam mais falar espanhol. Depois de muita discussão, o Natalio, dono da Atacama Mística nos propôs a devolução de Bs150 por pessoa, pelos transtornos do passeio. Não pudemos visitar os banhos termais
      No ultimo dia, encontramos com outros dois grupos que tiveram diferentes problemas durante o tour (Esmeralda, Full Adventure e a nossa, Atacama Mística). Detalhe que todas foram recomendadas. O que nos parece é que o serviço mal prestado é lei na Bolívia. Não foi diferente em absolutamente nenhum lugar desde que cruzamos a fronteira
      20:00 – saída de Uyuni para La Paz (Bs100 pela empresa Omar: ônibus com calefação, cobertor e banheiro)
       
      Geiseres
        Laguna Verde
        Carro quebrado no meio do deserto
          Fim do passeio

      Dia 05
      09:00 – chegada à La Paz. O ônibus deveria chegar por volta das 7h, mas incrivelmente atrasou duas horas. Nosso voo para Cobija saía às 09:50. Fizemos o check-in exatamente 05 minutos antes de encerrar o check in. Isso porque, por sorte, o aeroporto ficava ao lado de onde o ônibus nos deixou
      10:50 – chegada à Cobija. Logo na saída do aeroporto encontramos o Valdir (68 99787511), que nos ofereceu a corrida até Rio Branco, sem troca de táxis por R$ 210 para 2 pessoas. Paramos na fronteira, carimbamos os passaportes, trocamos dinheiro e entramos no Brasil
      14:30 – chegada ao aeroporto de Rio Branco
      15:40 – saída para Manaus
×
×
  • Criar Novo...