Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

willymenezes

Carolina e Riachão (Chapada das Mesas) - MA em 2 dias (jan 2017)

Posts Recomendados

Carolina e Riachão (Chapada das Mesas) - MA em 2 dias (janeiro 2017)

Olá pessoal, serei bem breve e direto. Nesta postagem vocês encontrarão informações sobre os locais citados acima na questão de dicas de passeios, transporte, hospedagem, alimentação e valores para 2 dias. Aqui temos um vídeo resumo da nossa viagem de férias e um dos destinos é deste relato:

1. Carolina - MA

Transporte: Eu e minha esposa fomos de carro. A cidade fica aproximadamente a 860 km de São Luís, mas você pode ir de ônibus a partir de São Luís e outras cidades. Ou seguir de trem, saindo de São Luís, até Açailândia, que fica 280 km de Carolina, e pegar um ônibus depois.

 

Hospedagem:

Chegamos à noite na cidade de Carolina/MA e nos hospedamos no Novo Hotel, que fica na entrada da cidade. Como foi eu e minha esposa ficamos por 3 dias (saímos no terceiro pela manhã) e diária custou R$ 100,00, com um café da manhã considerado (+ Wi-Fi e ar condicionado). Eles têm alguns contatos também com o pessoal de agências que fazem os passeios. Mas como estávamos de carro próprio, fizemos nosso roteiro.

 

COMPLEXO TURÍSTICO PEDRA CAÍDA

No primeiro dia fomos visitar algumas cachoeiras que ficam no Completo Turístico Pedra Caída, a 30 km em média de Carolina (Fica na BR-010, quem vai de Estreito para Carolina). O complexo abre a partir das 8h, porém, os passeios iniciam apenas a partir das 9h. Algumas cachoeiras conhecidas na região ficam lá dentro e você precisa pagar o valor de R$ 50,00 para ter acesso ao complexo, que lhe dá direito à estacionamento, piscinas artificiais e naturais, banheiros e um ambiente de apoio. Dentro do complexo também possui um restaurante e pagamos aproximadamente R$ 65 em um prato excelente super servido para dois. Importante lembrar ESTUDANTE PAGA MEIA apenas na entrada do complexo. Lá dentro você recebe uma pulseira que vai contabilizar todos os seus gastos durante sua estadia no local e você paga na sua saída. Eles aceitam cartão de crédito e débito também.

598dde8f0d680_IMG_20170110_082457776_Easy-Resize.com(1).jpg.fa661b57d132ddcb7bb85083ed2de793.jpg

 

Cachoeiras

Estando lá dentro você escolhe as cachoeiras que deseja visitar. Cada cachoeira tem um valor a ser pago e você é acompanhado por um guia durante o percurso até as cachoeiras. Para isso, você precisa agendar lá na “sala dos guias” qual cachoeira e qual horário, mas isso é bem tranquilo. No período que fomos tinham apenas 4 cachoeiras disponíveis e fomos nas 2 principais, na verdade, nas 3 principais, pois duas delas estão dentro do mesmo passeio.

 

Cachoeira Santuário

Essa é uma das mais famosas da região, possui altura de aproximadamente 46 metros e fica em um local envolto pelos cânions, que dá uma sensação maravilhosa. E o que mais chamou atenção é a força do vento, pois os paredões funcionam como uma entrada de vento, que desce muito forte e balança a água da área inferior da cachoeira. É realmente fantástico! Nesta pagamos R$ 25,00 por pessoa e o acesso é caminhando pelas trilhas com o guia, algo bem tranquilo.

598dde8f1258b_SANTURIO.jpg.c07ffbbd7254f83ba50975fc1129f9ef.jpg

 

Ponte Pênsil

No retorno da cachoeira Santuário o guia nos levou para conhecer a ponte pênsil, que á uma atração do local. É bem legal e vale a pena, pois tem uma visão privilegiada de cima dela, além da emoção que é passar por ela e poder senti-la balançar. Não sei quantos metros ela possui, mas é alta o suficiente para dar adrenalina.

598dde8f23964_PONTEPENSIL.jpg.c9fb89463752375362651e67bade0c5b.jpg

 

Cachoeira do Capelão e Caverna

No horário agendado seguimos para elas. São duas cachoeiras em um mesmo passeio. Nesta precisamos pegar um carro que já está incluso no valor que você paga para visitar as duas, que é R$ 40,00. A cachoeira do capelão é bem tranquila, dá para tomar banho a vontade, é realmente fundo no local e água limpa. Lá tivemos um tempo de parada que deu para aproveitar bastante. Depois seguimos para a cachoeira da caverna, que na minha opinião é melhor. Ela é um pouco maior além de possuir o formato de uma caverna em seu acesso também é possível entrar atrás da queda d’água. É realmente fantástico.

598dde8f37008_CAPELO.jpg.055fc7e1ae475d1a1d6c2deb21b6312e.jpg

 

CAVERNA.jpg.cedbdcbc8becbfcb990546ec2678f978.jpg

 

Tirolesa

No período da tarde fiz a tirolesa. É uma oportunidade que vale a pena. Eu paguei R$ 80,00 pela descida na tirolesa que, pelo que falam, é a segunda maior da América Latina, com 1.400 metros, tinha uma de 1.200 metros também. A vista é maravilhosa lá de cima, mas você tem duas opções para subir (1) pelo teleférico pagando R$ 50,00 e pode desfrutar da vista maravilhosa, porém, demora 30 minutos em média para subir e pode ficar enjoativo ou (2) subir caminhando pela trilha e escadas, eu não sei quanto tempo demora, pois escolhi a primeira por conta do tempo e cansaço. Lembrando que a Tirolesa fica dentro do completo de Pedra Caída.

598dde8f45038_TELEFRICO.jpg.9640b3dd0559b909927e8b94ddc9b03a.jpg

Screenshot_20170110-122420.png.3ca3191b19b8647719474482ca04c245.png

 

PORTAL DA CHAPADA

É um local maravilhoso com uma vista sensacional. Este local fica fora do Complexo Pedra Caída. Por isso, resolvemos sair de lá de tardezinha e ir até o Portal da Chapada, que fica em média 17km saindo do Complexo indo em direção a Carolina. O acesso não é visível a todos e nem tem alguma placa, por isso, alguns acabam não encontrando, mas pegamos instrução com o próprio pessoal do complexo e com moradores em um barzinho no meio da estrada, após pegar por 3 vezes caminhos errados. Nós deixamos o carro bem próximo da BR mesmo, tem apenas um local com uma árvore para parar com uma entrada de madeira. Depois disso, fizemos uma caminhada de uns 20 minutos. O acesso não é difícil, apenas é um pouco cansativo, pois a maior parte é de areia (subida) mas a vista recompensa.

598dde8f4b74b_CHAPADACOMMORRODOCHAPU.jpg.fc842a7d302b3f1d0394a8f54b3bcb6a.jpg

598dde8f51b4a_WILLYETATIPORTALDACHAPADA.jpg.51289e5f65a3f0a79294095ceb168a03.jpg

 

2. Riachão – MA

 

COMPLEXO DO POÇO AZUL

No segundo dia fomos cedo para Riachão, uma cidade que fica em média 130 km de Carolina. Nós seguimos pela BR que estava bem cuidada e já em Riachão andamos uns 17 km de terra, sem asfalto, até chegar no complexo. Este complexo possui algumas outras cachoeiras, dentre elas, a principal, que é o Poço Azul. Além dela tem também a de Santa Bárbara, Cachoeira dos Namorados e umas que não lembro o nome, mas estas são as principais. Para entrar pagamos R$ 20,00 pois estávamos com CARTEIRA DE ESTUDANTE, mas o valor normal é R$ 40,00 e você tem acesso, sem pagar nada além, à todas as cachoeiras. Neste complexo não precisamos de guia para ir às cachoeiras, pois tem as placas e seguimos direto para as cachoeiras que escolhemos. Ah, neste complexo é possível também almoçar, pois eles oferecem. No dia que estávamos foi self-service, deu em média R$ 23,00 o prato, mas caso não tenha muita gente no complexo, eles servem à la carte.

 

Poço Azul

É a principal atração do local e realmente um dos locais mais lindos que já vi na vida. O poço não é gelado, pelo menos no período que fomos. E além disso ele tem uma nascente própria, não é de outra cachoeira. A água é meio azul e esverdeada cristalina, dependendo também da estação, mas de toda forma é algo realmente maravilhoso. A profundidade passa de 5 metros e encontramos alguns peixinhos por lá. É O MELHOR LOCAL DE TODOS DOS DOIS COMPLEXOS, portanto, vale a pena gastar tempo ali.

598dde8f57b87_POOAZUL.jpg.5e3a9558cf09a4100a69373f16684e72.jpg

 

 

Tem outras cachoeiras no complexo, mas infelizmente não visitamos.

 

ENCANTO AZUL

Esse local é fora do Complexo Poço Azul. Fica 6km depois e você pode ir de carro próprio, caso tenha um carro grande ou 4x4, ou pode pagar pelo transporte. Nós acertamos lá mesmo no Complexo Poço Azul e combinamos um horário, então nos levaram em um 4x4 até o Encanto Azul (pagamos R$ 20,00 pelo transporte). Chegando lá combinamos o horário de retorno e pagamos o valor de R$ 10,00 para ter acesso ao local, mas isso por que estávamos com CARTEIRA DE ESTUDANTE, pois o valor normal é R$ 20,00.

 

Chegando no local ficamos impressionados. A água é realmente azul e também é bem fundo. É muito legal o efeito que o reflexo da água causa nas paredes do local. A água ali é mais fria e não tem peixes como no Poço Azul. Mas de toda forma é também uma oportunidade de apreciar um dos locais mais lindos da região.

598dde8f628f6_ENCANTOAZULTODA.jpg.1b8d44c4dcbe10625aeb7a811df1d351.jpg

598dde8f67c44_ENCANTOAZUL1.jpg.530b5586ca1baf7fd567a82d534b1532.jpg

 

Alimentação:

Na primeira noite resolvemos comer um churrasquinho na cidade e pagamos por volta de R$ 30,00 com refrigerante para duas pessoas. No Complexo Pedra Caída comemos super bem e pagamos R$ 65,00 em média para duas pessoas. Na outra noite comemos um lanche na praça, próximo à balsa que atravessa para o Tocantins. E na última noite comemos no restaurante “Quero +” que fica na beira do rio que divide Maranhão e Tocantins, o local é sensacional e o preço bem legal. Confiram na foto:

IMG_20170111_185155878.jpg.8b308e9428b3cd027c8edf99c55f46f9.jpg

 

Dicas:

Programe-se para chegar no completo logo cedo para dar tempo de você agendar os passeios e aproveitar as piscinas naturais e artificial. Já que você vai pagar os R$ 50,00 ou R$ 25,00 para entrar, desfrute o máximo possível do local e do que ele oferece.

 

Existe uma balsa que atravessa de Carolina para Tocantins. Isso pode ser útil para você e foi muito para gente, para não ter que voltar para Estreito. Então depois de uns 20 minutos, ou menos na Balsa, chegamos no Tocantins e pagamos se não me encano R$ 25,25 para atravessar (carro, eu e minha esposa incluso).

BALSA.jpg.e040509e8965301fd302763de4a20592.jpg

 

Este é o vídeo resumo das nossas férias:

 

Qualquer dúvida, estou à disposição!

598dde8f5d1f3_SANTABRBARA.jpg.8f8c6e7561a7efa93dd6b29f5cf95d0b.jpg

598dde8f8373c_CapturadeTela2017-01-11as21_11_45.png.49df447439e201f1b8fa4be2fdcb1caa.png

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post

Vocês saíram de São Luís? Como tá a situação das estradas?

 

Olá, naftbr. Saímos de São Luís e fomos pela estrada de Barra do Corda. Sinceramente a maior parte da estrada está boa. Ficamos felizes por isso!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Vocês saíram de São Luís? Como tá a situação das estradas?

 

Olá, naftbr. Saímos de São Luís e fomos pela estrada de Barra do Corda. Sinceramente a maior parte da estrada está boa. Ficamos felizes por isso!

Vou sair de Teresina e pela mesma estrada! Como terei só 2 dias disponíveis, vou usar como parâmetro o seu relato. Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post

Em media quanto vcs gastaram? ::mmm:

 

Também gostaria de saber :)

 

Gastamos em média 850,00 (casal) mas é possível economizar mais. Vai depender da qualidade e passeios escolhidos.

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Mônica Ferreira Lima
      Gente, a região da Chapada das Mesas é surpreendente! Já conhecia o norte do Maranhão e não esperava encontrar cachoeiras deslumbrantes, fazer trekking com um visual inesquecível e pedalar em ótimas trilhas naquele estado. Como é um parque nacional relativamente novo, ainda está inexplorado, o que é bom para quem gosta de viajar e descobrir novos destinos. Hospedagens simples, comida típica e a generosidade do povo maranhense. Além disso, a Agência Ecotrilhas nos faz sentir especiais, com o profissionalismo e carinho da guia Nanda. Já fui 3 vezes, sempre com roteiros diferentes. Recomendo!



    • Por Aprazzivel
      E ai, galera?!
      Em outubro de 2019 visitei duas regiões do Maranhão: lençóis maranhenses e chapada das mesas!
      No inicio só tinha em mente lençóis pois n sabia até então que existia chapada das mesas, e que lugar maravilhoso. Indico para todos!!!
      Porém agora que o turismo esta chegando no local, então as pessoas não sabem lidar direito com os turistas, mas mesmo assim vale muito a pena, amei muito!
      vou deixar logo abaixo o link do meu blog onde conto como foi a viagem e algumas dicas caso alguém tenha interesse em conhecer.
      https://aprazzivel.com.br/lencois-maranhenses/
      https://aprazzivel.com.br/chapada-das-mesas/
    • Por Alexandra Tiengo
      Olá, estou planejando viajar para Chapada das Mesas em Dezembro/19, gostaria de dicas de passeios para contratar. Da pra contratar passeios diretamente na cidade? Qual a média de preços dos passeios? Terei 4 dias em carolina e gostaria de fazer os principais passeios. 
    • Por Alexandra Tiengo
      Olá, estou planejando uma viagem para a chapada das mesas e gostaria de saber quais as formas de chegar em Carolina através do aeroporto de Palmas, também estou procurando informaçoes sobre passeios em Palmas e Carolina, se tiverem sugestões, agradeço.


×
×
  • Criar Novo...