Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Como está funcionando a emissão do certificado internacional de vacinação na Anvisa?


Pergunta

  • Colaboradores

Pessoal,
Fui vacinada em 2008 contra febre amarela e tirei o certificado internacional no posto da Anvisa. Foi superfácil: levei a carteira de vacinação e pronto. Nesses documentos ficou registrada a informação de que a vacina era válida por 10 anos.

Recentemente houve uma mudança no protocolo e agora se considera que a vacina dá imunidade vitalícia. Ou seja, basta uma dose: https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/hotsite/validade_civp.html
"Viajantes portando CIVP cuja validade da vacina esteja expirada, na data em que entra em vigor a supracitada medida, não têm a necessidade de obterem um novo Certificado com o termo “life”. O Certificado antigo já possui validade por toda a vida automaticamente a partir de 11 de julho de 2016."

Essa é justamente a minha situação! Agora minha dose de 2008 tem validade para toda a vida, mas o certificado diz que vence este ano. Duvido que as autoridades migratórias tenham lido esse trecho do site da Anvisa.

Alguém viajou com vacina "vencida" (que agora não é mais vencida) e teve problemas? Ou é melhor insistir na atualização do certificado?

Eu estava justamente me programando para me vacinar novamente e atualizar a informação no CIVP. Eis que...

- os postos de algumas regiões estão aplicando a tal "dose fracionada", que não dá direito a certificado. https://g1.globo.com/bemestar/noticia/febre-amarela-especialistas-explicam-o-que-e-a-dose-fracionada.ghtml
Alguém aqui precisou mostrar passagem para conseguir direito à dose normal (não fracionada)?

- Agora a Anvisa exige agendamento? http://portal.anvisa.gov.br/certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia
Como foi a experiência de vocês com o pré-cadastro e o agendamento? Precisou? É possível fazer sem agendamento? É rápido? Precisou comprovar que ia viajar?

  • Gostei! 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 24
  • Criado
  • Última resposta

Quem participou mais

Quem participou mais

Postagens Populares

Pessoal, Fui vacinada em 2008 contra febre amarela e tirei o certificado internacional no posto da Anvisa. Foi superfácil: levei a carteira de vacinação e pronto. Nesses documentos ficou registrada

@798791 : meu irmão e minha cunhada se vacinaram na mesma época que eu e tiramos o certificado no mesmo dia. Eles foram ao posto de saúde se vacinar de novo e foram informados sobre o novo protocolo

Se descobrir em outro lugar, poderia postar aqui? Estou exatamente na mesma situação, a segunda dose da vacina seria agora em 2018 e meu certificado também "vence" em 2018, mas também não consegui mai

Posted Images

Posts Recomendados


  • 0
  • Colaboradores

Um país que passou a exigir CIVP dada a situação no Brasil é o Panamá.
Encontrei informações contraditórias sobre as exigências da Copa Airlines para quem viaja só fazendo conexão por ali. Se alguém tiver voado recentemente pela Copa e puder atualizar aqui...

Do site da Anvisa (http://portal.anvisa.gov.br/rss/-/asset_publisher/Zk4q6UQCj9Pn/content/id/3213997)
"No caso de conexão ou escala em outros países, há necessidade do certificado?
Dúvidas sobre a aplicação das normas de controle sanitário, incluindo a necessidade de apresentação do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia em países onde se faz conexão ou escala, devem ser esclarecidas com a representação do próprio país (consulados / embaixadas) ou com a empresa aérea que opera nesses destinos."

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Olá Pessoal! 

Eu tomei essa vacina em 2000, será consigo emitir o meu CIVP? Fui hoje ao posto de saúde da minha cidade e me informaram que eu não preciso de outra dose, conforme a recomendação da OMS, enfim, no posto me garantiram que posso conseguir o CIVP com a carteirinha de vacina atestando que tomei a vacina no ano 2000, que já basta! Será? Alguém ja conseguiu fazer com vacina tomada ha tanto tempo assim?

Outra coisa, no site da Anvisa informa que a prioridade é o certificado para países que exigem a vacina, no meu caso vou viajar para o Peru, que não exige (ainda) apenas recomendam a vacina. Mas eu queria garantir.. vai saber né... Será que eu consigo CIVP.. ou será negado por conta do país não exigir?? 

Meu medo é que na semana na viagem passem a exigir..

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

@Sergiosalem : a questão de não ter viagem marcada para país que exija vacina não impede a obtenção do CIVP... mas, dependendo de onde você estiver, pode demorar mais e ter que fazer o agendamento.

Aqui em Brasília foi relativamente fácil. Em São Paulo o pessoal está tendo mais dificuldade.

Minha recomendação é você fazer o pré-cadastro e o agendamento com a Anvisa, para evitar surpresas. A não ser que você esteja fora da área endêmica, longe de toda essa confusão com escassez de vacinas e dificuldade para emitir o CIVP.

Quanto à data da vacinação, realmente não sei dizer. Eu tentaria primeiro com a Anvisa antes de me vacinar novamente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

Tenho um parente que há alguns anos estava com viagem marcada para os Estados Unidos bem na época daquelas nevascas na região de Atlanta (onde ele ia fazer conexão). Na fila do check in, uma funcionária da Delta estava informando aos passageiros que o voo havia sido cancelado e tentando negociar uma solução com cada um deles.

Ofereceram a ele a opção de pegar um voo da Copa Airlines. Beleza, pelo menos na época não exigiam o CIVP para passageiros em conexão (não sei se passaram a exigir). Mas bem, imaginem que tivessem oferecido um voo com conexão em algum país que exigisse certificado de qualquer jeito. Sem o CIVP (que ele leva sempre), não teria sido possível essa solução.

Então acho bem complicadas essas restrições ao fornecimento do CIVP para quem tem viagens garantidas a certos destinos. OK, estamos numa situação excepcional. Mas espero que esses procedimentos não continuem depois que o surto passar - aliás, espero também que seja só um surto e que passe logo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

@adalberto fernandes Eu creio que seja somente recomendação mesmo. Na linha onde aparece Argentina o "Yes" está somente na coluna de "Países com risco de transmissão de febre amarela", ou seja, é recomendado que vc se vacine. Já as outras colunas são para "Países que requerem a vacinação...", ou seja, exigem a vacina. Bom, pelo menos eu entendi assim. Eu vou para o Peru no final do mês e é a mesma situação, mas mesmo assim estou correndo atras de conseguir CIVP.. vai que até eles passam a exigir né... Esta semana o Paraguai anunciou que vai exigir o certificado de brasileiros ( https://g1.globo.com/bemestar/noticia/paraguai-passa-a-exigir-certificado-de-vacinacao-contra-febre-amarela.ghtml )

Imagina se a moda pega.. melhor garantir e viajar tranquilo.

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

olá amigo,tomei a vacina ano passado,mas também vou procurar tirar o civp por precaução,um amigo meu postou que a agência de turismo no qual ele fez um pacote comunicou que na estão exigindo na Argentina,mas não vi comunicado oficial.Pelo andar da carruagem e melhor ter o certificado em mãos.Países que não cobravam talvez possam tender a ter essa exigência.Muito obrigado pelo post,abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Olá pessoal,

Tomei a vacina contra febre amarela em outubro do ano passado e vou pegar o certificado de vacinação mais por precaução, caso faça alguma viagem que exija o documento.

No site da Anvisa está descrito:

Citar

 

Apresentar a documentação necessária para emissão do CIVP

O interessado deve apresentar o cartão nacional de vacinação e um documento de identidade original com foto.

 O cartão deve estar preenchido corretamente com a data de administração, fabricante e lote da vacina, assinatura do profissional que realizou a aplicação e identificação da unidade de saúde onde ocorreu a aplicação da vacina.

 

 

Só que quando me vacinei só me deram um papelzinho "Comprovante de vacinação" com o nome do posto, meu nome, a vacina realizada e a data. Não tinha o fabricante, o lote e nem assinatura do profissional que aplicou. Será que posso encontrar dificuldades em tirar o certificado?

Em São Paulo há os seguintes endereços que fazem a emissão:

Nome da Unidade Endereço Cidade UF Serviços
AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADE PENHA - DR MAURICE PATE PRAÇA NOSSA SENHORA DA PENHA 55 SÃO PAULO SP Emissão do Certificado Internacional para pessoas vacinadas - serviço público
Vacinação e emissão do Certificado Internacional - serviço público
PA-CONGONHAS-SP AEROPORTO DE CONGONHAS SÃO PAULO SP Emissão do Certificado Internacional para pessoas vacinadas - serviço público
UBS ITAQUERA RUA AMERICO SALVADOR NOVELLI, 265 SÃO PAULO SP Emissão do Certificado Internacional para pessoas vacinadas - serviço público
Vacinação e emissão do Certificado Internacional - serviço público
UBS VILA PREL ANTONIO BERNARDES DE OLIVEIRA RUA THEREZA MAIA PINTO,11 SÃO PAULO SP Emissão do Certificado Internacional para pessoas vacinadas - serviço público
Vacinação e emissão do Certificado Internacional - serviço público

piwik.php?idsite=50

Estou pensando em ir no aeroporto de Congonhas... será que lá é tranquilo de tirar o certificado?

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...