Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Camila Rubira

Colecionando bandeirinhas: gaúchos na Europa (Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda, Alemanha e Suíça)

Posts Recomendados


Em 12/11/2018 em 13:17, Camila Rubira disse:

parecia que estávamos sempre sendo xingados.

hahahaahah 

 

Muito legal o relato.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Camila Rubira Como foi a Adriana de Marrocos? Tem gente que fala em revista íntima e detalhada nas malas. .Parece que com vocês não houve essa experiência? 

Que lingua falaram em países de língua complicada como Alemanha,Suíça e Holanda?

Estive recentemente em Espanha, sou descendente e falante da língua,lamento a sua visão, pode ter sido pelo sotaque,mas os espanhóis são muito bons,melhores que "certos" portugueses, se bem que nãofalo mal de ninguém, só de paraguayo.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
[mention=360137]Camila Rubira[/mention] Como foi a Adriana de Marrocos? Tem gente que fala em revista íntima e detalhada nas malas. .Parece que com vocês não houve essa experiência? 
Que lingua falaram em países de língua complicada como Alemanha,Suíça e Holanda?
Estive recentemente em Espanha, sou descendente e falante da língua,lamento a sua visão, pode ter sido pelo sotaque,mas os espanhóis são muito bons,melhores que "certos" portugueses, se bem que nãofalo mal de ninguém, só de paraguayo.
Fabiano na medida do possível a entrada no Marrocos por Casablanca foi tranquila, não precisamos passar por revista íntima e nem detalhada da mala. Nosso único problema dentro do aeroporto foi a comunicação com os marroquinos. Assim como eu, eles não falam quase nada em inglês. Precisávamos encontrar a imigração para fazer o desembarque no país, uma vez que ficaríamos um dia lá, e cada pessoa nos dava uma direção diferente. Ao chegarmos na imigração, dentro do aeroporto mesmo, precisamos preencher um formulário de desembarque para entregar ao fiscal. Neste ponto os marroquinos que trabalham na imigração não ajudam muito no preenchimento do documento, mas acredito que seja uma política de conduta da própria imigração. Fora isso, foi tranquilo. Enfrentamos uma pequena fila para entregar a documentação ao fical (passaporte e formulário) e já podíamos sair do aeroporto.

Sobre o idioma falado na Holanda, Alemanha e Suíça, utilizamos o inglês de "play station" do meu marido, o meu inglês é péssimo. Por incrivel que pareça deu tudo certo, conseguimos estabelecer uma comunicação.

Com relação a experiência na Espanha o sotaque pode ter sido sim um impedimento para que os espanhóis nos compreendessem, mas o país é tão lindo e organizado que nem nos importamos tanto com isso.

Mas me conta porque tu não gostas dos paraguaios? Qual tua experiência? Do dia 14/12/2018 a 06/01/2019 estaremos viajando pela América do Sul e passaremos pelo Paraguai. Esperamos ter uma boa experiência
  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Camila Rubira Paraguay é o país mais pobre da América e eles morrem de inveja de brasileiros, dize  que foram lá na guerra e tomaram tudo que eles tinham.O rancor de alguns deles continua, mesmo após mais de 150 anos,também dizem que Itaipu é roubada deles,entre outras.Além de não ter nada a mostrar,só pobreza,a polícia é muito corrupta,principalmente em caso do inimigo brasileiro, que é muito mal visto lá. Eu ia por terra a Chile,deixei de ir,devido a esses acontecimentos que devem ser evitados.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
[mention=360137]Camila Rubira[/mention] Paraguay é o país mais pobre da América e eles morrem de inveja de brasileiros, dize  que foram lá na guerra e tomaram tudo que eles tinham.O rancor de alguns deles continua, mesmo após mais de 150 anos,também dizem que Itaipu é roubada deles,entre outras.Além de não ter nada a mostrar,só pobreza,a polícia é muito corrupta,principalmente em caso do inimigo brasileiro, que é muito mal visto lá. Eu ia por terra a Chile,deixei de ir,devido a esses acontecimentos que devem ser evitados.
Esperamos não ter nenhum problema, pois já estamos com tudo planejado e data da viagem se aproxima. Vamos viajar de carro pela América do Sul, passando pelo Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e retornamos para o Brasil. Depois te conto como foi, quem sabe conseguimos desmistificar esta concepção do Paraguai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Joais coy
      Olá, pessoal eu tenho uma duvida que não encontrei em nenhum lugar. Espero obter ajuda neste blog. Estou com uma viajem marcada para a Alemanha em abril dia 17; mas aconteceu um erro no calculo dos dias. O dia de retorno seria dia 18 De julho então no total será 93 dias. Estou apreensivo com isto. O voo ira ter conexão em Portugal. Irei ter problemas caso perguntem os dias que ficarei na Alemanha ? 
      Irei ficar hospedado na casa de uma amiga, estou com toda documentação certa.
      Se poderem responder ficarei eternamente grato.
    • Por gabriel.santiago
      Bom dia!!
      No início de fevereiro farei uma viagem a Portugal com duração de 15 dias. Passarei por seis cidades diferentes do centro e norte da terrinha, e gostaria de sugestões de mochilas pra essa viagem. Valeu!!
    • Por Briella
      Olá, pessoal
      sou nova por aqui. 
      Alguém sabe se essa informação é correta: “depois que seu visto de estudante expirar na França, você não poderá tirar um visto de turista para viajar pela Europa nos países que fazem parte do acordo Schengen”.
       
    • Por sildemartini
      A ideia é conhecer o máximo de lugares possíveis neste período. A saída será em Março 2019 de SP,  pensando em ir para Lisboa. Mas como é a primeira viagem gostaria de sugestões de roteiros e dicas 😊
    • Por Philipe Santos
      Boa Tarde,
       
      Preciso de ajuda rsrs.
      Estou planejando um Mochilão pela Europa em agosto de 2019. Vou com minha namorada, vamos ficar 30 dias, passaremos por 7 países. Mas o que tem tirado meu sono são os documentos para passar pela imigração. Estamos dividindo os custos da viagem; então alguns comprovantes de hospedagem estão no nome dela e outros no meu nome, como comprovar que temos hospedagem para todo o período? Podemos passar juntos?
       
      Outra duvida é sobre o comprovante de subsistência, quando sairmos do Brasil já vamos com passagens de ida e volta, hospedagens e locomoções internas pagas. O valor que levaremos será para alimentação, passeios e compras. Vou levar extrato financeiro da minha conta, meu cartão de credito (limite bom) e estou tentando abrir uma conta no N26 para transferir a maior parte do valor para lá e claro levar uma quantia em dinheiro. Minha duvida é sobre os comprovantes do minha namorada; não poderemos utilizar extrato da conta dela e também não tem cartão de credito. Também estamos tentando abrir uma conta no N26 para ela, mas o valor que mandaremos não é suficiente comparado com o mínimo que eles podem pedir na imigração. Posso de certa forma ser responsável financeiro por ela? Utilizando meus comprovantes para mostrar que ela terá como se manter? Pq somando os nossos comprovantes juntos conseguimos o mínimo necessário, só que grande parte estará em meu nome, como o cartão de credito. E não consigo colocá-la como adicional.
       
      Me ajudem por favor, preciso resolver essas questão para continuar com o planejamento.. kkk


×