Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Pergunta

Amigos e amigas, olá! Ficarei 12 dias no Uruguai e algumas dúvidas me passam pela cabeça: acabei fazendo um seguro viagem, será mesmo necessário? Em relação ao dinheiro, como devo proceder? Ficar andando por aí cheio de cédulas me deixa preocupado demais, fora que usar cartão fora do país tem aquelas taxa absurdas. E vocês recomendam comprar chip para o celular? Creio que o wifi dos hostels deve me suprir, mas gostaria de ouvir uma voz mais experiente. Obrigado desde já!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

6 respostass a esta questão

Posts Recomendados

  • 0
26 minutos atrás, Breno Maia disse:

acabei fazendo um seguro viagem, será mesmo necessário?

A gente sempre espera que nada aconteça, mas imagine a seguinte cena: você está andando distraído tirando fotos lá na Plaza Independência ou na Rambla numa das praias, e vem um ciclista em alta velocidade que não consegue desviar de você, e lhe derruba, você cai e quebra o braço, ou então você come algo estragado, tem uma intoxicação alimentar e tem que procurar um médico...

Aqui no Brasil você tem plano de saúde, e se não tiver, tem o SUS para lhe atender, mas no Uruguai não tem nada disto, e você tem que pagar tudo particular. E você tem ideia de quanto que custa qualquer atendimento médico pagando particular? Custa uma fortuna!

Ou seja, seguro saúde é uma coisa que a gente faz para não usar, igual seguro do carro. Se você nunca precisou acionar o seguro, você fica pensando, será que é mesmo necessário? Mas se precisar acionar, você dá graças a Deus por ter feito o seguro.

41 minutos atrás, Breno Maia disse:

Em relação ao dinheiro, como devo proceder? Ficar andando por aí cheio de cédulas me deixa preocupado demais, fora que usar cartão fora do país tem aquelas taxa absurdas.

Isto ai não tem jeito não, ou você anda com o bolso cheio de cédulas, correndo o risco de ser assaltado ou furtado, ou concentra as despesas no cartão, que tem taxas maiores.

Então é uma coisa que você vai ter que decidir, se corre o risco ou não.  A maioria das pessoas faz meio-a-meio, metade em dinheiro e o resto em cartão.

No Uruguai você tem desconto ao pagar restaurantes e alugar carro com cartão de crédito internacional, pela o desconto do IVA no momento de pagar, o desconto é maior que as taxas do cartão.

44 minutos atrás, Breno Maia disse:

E vocês recomendam comprar chip para o celular? Creio que o wifi dos hostels deve me suprir, mas gostaria de ouvir uma voz mais experiente.

Isto ai vai de cada pessoa, tem pessoas que não vivem sem internet, tem que estar online toda hora, algumas pessoas tem familiares que ficam ficam paranoicos se você não mandar um "sinal de vida" a cada 60 minutos, ou se não puderem falar com você a qualquer momento...

Pessoalmente eu normalmente já quase nem uso celular e internet no celular, então eu me viro bem só com o WIFI e o celular brasileiro para emergências, mas se vai precisar de chip internacional, isto é com você...

 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

@Breno Maia assim como ja foi citado acima, o seguro é algo que vc agradecerá por ter caso preciso aciona-lo. Você ficará poucos dias entao o seguro nao ficará caro.

Sobra a grana, nao tem como fugir do IOF e demais taxas caso prefira fazer uso do cartao. Mas independente de sua escolha, tenha mais de uma opçao (Se optar por cartao, por segurança tenha mais um, seja de sua conta no banco ou um pre-pago), se optar por levar a grana em especie, tenha um cartao disponivel tambem, tudo isso para sempre ter um plano B para caso de perder, for roubado, um cartao falhar, etc..

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

@poiuy muitíssimo obrigado!!! Realmente então foi bom eu ter feito o seguro, vai que né. 

Eu não conhecia essa possibilidade de desconto com uso da "tarjeta", dei uma olhada e fica bem mais em conta mesmo dependendo. 

Abraços e brigadão, cara!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Quanto a internet, estar offline hoje em dia é tão grave quanto nao ter um seguro saúde por exemplo. Ja salvei de varias situaçoes por estar conectado. Portanto ítem obrigatório na minha opiniao estar online em viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

Só tem que cuidar para não você não passar mais tempo olhando para o celular do que apreciando o local.

Nas viagens a gente vê cada coisa bizarra, o cara chega lá em Paris, na Torre Eiffel, dá uma olha rápida na torre, saca o celular do bolso, tira uma selfie e enfia a cara no celular e passa o resto do tempo com a cara enfiada no celular...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Sem duvida, primeiramente a viagem. Mas digo em questão de necessidade mesmo. Uber, Waze, Maximizar o roteiro de viagem e até mesmo serviços emergenciais como comunicação com guias e até mesmo traduzindo idiomas totalmente desconhecidos. Isso pode custar bastante da sua viagem em termos de tempo e aborrecimentos. Estar online é muito diferente de estar acessando o celular o dia todo. Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder esta pergunta...

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Schmiegelow
      #Uruguai
      Estou há um pouco mais de dois meses em uma viagem de moto pela América.
      Meu projeto chama O Mundo em Lanches pois quero conhecer culinárias locais simples para depois oferecer em lanches.
      Acabo de deixar o Uruguai passando por praticamente toda a costa leste até Montevideo, depois fui um pouco mais para o centro para ter uma ideia de como é o interior neste belo país.
      O litoral é incrível com muitas opções totalmente distintas: desde um vilarejo que só pode entrar de 4x4 e tem energia elétrica apenas por geradores - Cabo Polônio, até uma cidade cheia de grandes prédios com muito luxo - Punta Del Este.
      A capital #Montevideo é bem bonita e organizada, com muitas praias, praças, ruas de bares e baladas, restaurantes, tudo o que uma metrópole oferece. Gostei muito de ver os Uruguaios tomando praças e praias principalmente no final do dia. O verão é muito valorizado aqui.
      O cidadão Uruguaio é, em geral, muito educado e receptivo, sempre que precisei não mediram esforços para me ajudar e os amigos locais que fiz gostam muito de mostrar sua cultura.
      O interior achei parecido com o Brasil, cidades pequenas mas mais organizadas até em sua construção, uma praça principal, alguns bares, restaurantes e lojas. Em um bar que parei para tomar um refrigerante (aqui é muito difícil encontrar suco natural), os senhores que estavam lá já começaram a puxar assunto, bem Bar de interior mesmo.
      A culinária é centralizada na Parrilla (churrasco), além de cultural a carne é um dia produtos com melhor custo benefício por dia produção regional - nas estradas praticamente só vi este tipo de fazendas.
      Chivito (lanche com carne bem fininha, normalmente com ovo, salada, presunto e queijo), milanesa (muito popular, muito mesmo), empanadas e tartas (torta salgada) são os outros pratos regionais.
      Falo melhor sobre tudo no Instagram O Mundo em Lanches
      https://www.instagram.com/omundoemlanches/ 
      https://omundoemlanches.com.br/ 
      #mochileiros #viagemdemoto



















    • Por Thalles Medeiros
      Tô passando pra avisar que mês que vem "fevereiro" vou fazer uma trip épica rumo ao Uruguai bem "mão de vaca" pegando caronas, barraca e etc .. 
      Já te adianto que vai ser tri legal 
      Fico pilhado? Ta afim de ir? van bora!! 

    • Por Jv21Games
      Olá, quero passar pela fronteira uruguaia, de carro alugado, porem vou apenas de visita, vou entrar pelo chui e pretendo sair pela barra del chuy, dando uma parada no parque aquático. Sabe se vou precisar do seguro carta verde? De que documentos eu preciso? Alguém sabe responder? Grato, João.
    • Por Miiike
      Sobre o mangueio pra conseguir uns trocados... percebi que dependendo da cidade, algumas pessoas são menos generosas em relação à comprar coisas. Não sei fazer arte, vendo balas, ou então compro algumas pulseiras pra revender (não me julguem)
      O foda é que muitas vezes o papo de dizer que estou mochilando não cola. Será que o problema sou eu, minha energia? Como contornar esse tipo de situação? 
    • Por Adenilsonhipp
      Mochilao rootz, carona, desapego total ao q é  material. Sentido descendo pro Sul, Uruguai, Argentina e vai.
      Estou aberto a opções, roteiros, mindsets, só que temos de partir sem grana. Totalmente legalize. Temos de trocar ideia pra q tudo ocorra da forma mais natural e orgânica possível, demoro?
       
      VAMO ai
       
      11 958090689
       
      Eh isso Tmj rapaziada


×
×
  • Criar Novo...