Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Michelle Galvão

Cuba - Junho 2019 - roteiro

Posts Recomendados

13 horas atrás, Michelle Galvão disse:

Adorei as dicas @SARITA_BSB! Vou usar a do namorado no hotel! 🤣

E vou andar com fone de ouvido se me irritarem demais! Kkk

Já viajei sozinha, não pra um lugar c tanto assédio, ms estou indo tranquila por conta desses relatos de não violência que já li.

Agora, isso q vc disse das mulheres serem ríspidas é novidade, ms ok. 

Dessa vez não irei ao oriente, sei q ficará muita coisa ainda pra se ver, ms vou aproveitar ao máximo!

Muito obrigada pelas dicas! :)

Vá tranquila, embora sabendo como vai ser! rs... 

Seja gentil, respeite a história e a cultura, mostre interesse e algum conhecimento sobre Cuba e arranhe um espanhol. Isso vai te render ótimas conversas e amizades.

Em Trinidad, meu café da manhã durava 2h conversando com o casal dono da casa. Quando passava alguma notícia do Brasil, elesme chhamavam para sentar e assistir TV. 

Na balada da caverna de Trinidad, conheci um grupo lá e nos divertimos muito. Me senti no Brasil.

Em Santiago, conheci o pessoal de um museu e fomos à praia, que fica a 12km. Fomos no modo cubano. Almocei na casa deles de graça e me ofertaram muito "pollo", que estava racionado na cidade naquele dia.

A dona da casa que eu fiquei, uma canadense, parecia minha mãe e até me deu bronca pq peguei um pau de arara perigoso. E qdo fui embora, me deu um presente e várias recomendações para eu seguir viagem. Parecia minha mãe. Muito fofa! Eu tinha medo de desagradá-la. Não era mais um contrato, entende?

Em Bayamo, eu passava horas conversando com a dona da casa, até trocamos receitas de comida, falamos da vida alheia, das nossas vidas. E na noite que fui embora, ela quis fazer um lanche para eu levar na viagem.

Em Playa Giron, a dona da casa me chamava para ir para a sala conversar, fazia suco toda hora para mim, conversávamos muito. 

Em Santa Clara, o guia, q tb era dono da casa onde eu estava, já estava com a intimidade até de me zoar e pediu para eu ajudá-lo no inglês com um casal britânico. Kkkk Uma figuraça!

Nessas cidades, ninguém queria nada em troca. Só sua companhia, o interesse pelo Brasil, a troca cultural.

Foi uma viagem muito incrível para mim. Transformadora. Focar no que realmente importa e preciso para ser feliz.

Em Havana, eu não tive experiências tão boas como nas outras cidades. 

Conversei com gente muito legal só nos museus e no teatro.

Mas eu acho que isso ocorreu pq eu fiquei mais fechada. Foram os primeiros dias. E a questão dos golpes tb nos deixam em alerta.

Tanto que na volta para Havana, foram altas risadas com a Dona Antonia e sua filha. E foi super rápido.

Então, é isso. Vibre em boas energias, coração aberto e vc vai ter uma experiência muito boa.

 

 

 

 

 

 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Érica Martins disse:

@Taciano Bahia é verdade. Nessa mesma feira de rua que o cara me agarrou, que era uma das festas com vários palcos, dentro das festas de  preparação pelos 500 anos de Cuba, vi várias gringas brancas se esbaldando (comentário sem nenhum julgamento da minha parte pelamor de dels...rsrs)

Pelo que confirmei com uma de nossas host, é uma prática muito comum entre americanxs e europeus, o turismo sexual em Cuba.

O último casal que nos hospedou teve que resgatar uma grega que estava na casa deles da delegacia. Ela havia sumido por dois dias numa festança com um cara que ela conheceu. Na festa o cara deve ter colocado algo na bebida, ela acordou sem lenço e sem documento, numa calçada.

Dentro da MINHA experiência me vi obrigada a andar sem poder cruzar os olhos com as pessoas na rua e não é exagero.

Eu sou filha de um gringo branco e uma brasileira negra, que são casados há mais de 40 anos.

Quando vejo turistas brancos no Brasil ficando com brasileiros, brancos ou negros, eu não concluo que se trate de turismo sexual. Até pq já basta a equivocada e preconceituosa fama de "puta" que pesa sobre nós brasileiras. Então, eu não reproduzo para outras culturas.

Acho que vc talvez vc não tenha sido muito clara ao se referir a "gringas brancas se esbaldando".

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa viagem já está sendo surpreendente! Tantos relatos interessantes :)

Vou nessa vibe, conhecer pessoas, ver de perto como elas vivem, respeitar sua história e principalmente, voltar com ótimas lembranças!

Tomarei todos cuidados, ainda mais por ser mulher e estar sozinha, só espero que isso não atrapalhe a viagem.

@SARITA_BSBvc escreve muito bem! 👏 👏👏

 

Mais uma vez, obrigada pelas dicas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Michelle Galvão Vá sem expectativas e voltará repleta de boas experiências,como eu e outros voltamos.Problemas há, mas aonde não há? Fui ver se eram um pouquinho sinceras as barbaridades perpetradas pela extrema direita na campanha do ano passado. Como a Sary, meu interesse é a história, e fiz a verdadeira história, ao menos para mim.Você terá a sua,cada viagem é um aprendizado,bom "estudo" para você. 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Michele, seu roteiro tá bacana sim.

Passei 16 dias em Cuba em novembro do ano passado.

Veja só, eu não sei dos seus horários de locomoção, mas recomendo passar duas noites em Trinidad, pq a noite lá é muito animada. A noite do dia 15 e a do dia 16, por exemplo.

Com relação a segurança, Cuba é muuuuuito seguro. Talvez o lugar mais seguro do mundo pra turista. O que pode encher o saco são os jineteros que querem vender coisas falsificadas ou indicar restaurantes ruins etc... mas em relação a atos de violência física, pode ficar despreocupada.

Fiquei em três casas de cubanos ao longo da viagem. Duas em Havana e uma em Trinidad. Eles realmente gostam de conversar. Eu gostava mais de ouvir as historias deles do que de falar. Faz parte da experiência de uma viagem pra Cuba conversar com os locais, e mergulhar no dia dia das famílias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 02/03/2019 em 10:24, Michelle Galvão disse:

Olá, pessoal! Meu primeiro post aqui!

Vou pra Cuba em junho de 08 a 20, montei meu roteiro, mas queria saber se ficou bom. Já li que se locomover entre as cidades não é tão simples...

Alguém que já foi ou está se programando pra ir? Bora trocar ideias!

Meu roteiro está assim:

08/06 - Chegada em Havana

09/06 - Havana

10/06 - 1 dia em Viñales (bate e volta)

11/06 - Havana

12/06 - 1 dia em Cayo Largo (bate e volta)

13/06 - Havana

14/06 - Havana 

15/06 - Trinidad

16/06 -  Trinidad

17/06 - Varadero 

18/06 - Varadero 

19/06 - Varadero

20/06 - Varadero - Aeroporto 

 

Ainda não reservei hospedagem, aceito sugestões! 

Alguém indo nessa época?!

 

 

Fui agora no final de março/2019. Deixo algumas dicas:

Viñales é uma cidadezinha bem simpática que dá vontade de ficar mais. Tem ótimos restaurantes mais baratos do que Havana. É um oportunidade de comer muito bem por menos de 10 cuc. Lá tem o passeio dos Mogotes, plantações de tabaco e o Cayo Jutias. Bate e volta é pouco tempo e será cansativo. 

Trinidad é muito legal, sugiro ficar mais um dia. É um cidade histórica bem simpática com noite animada nas escadarias do centrinho. Recomendo o restaurante Dom Eduardo que fica na Calle Santa Ana com Calle Amargura, muito bom e também menos de 10 cuc. Na praça Santa Ana tem uma cervejaria com chopp local de 500 ml por 2 cuc. Se tiver disposição, vale a pena ir pedalando para Playa Ancón e aproveitar as piscinas maravilhosas nas praias de recifes que tem pelo caminho. Aluguel de bike custa 5 cuc. De manhã você consegue escapar dos chatos "guardadores de praia" que te cobram 1 cuc para "estacionar" a bicicleta. Antes de chegar na Playa Ancón tem uma obra onde estão construindo um resort. Tinha um tio lá cobrando pedágio para passar pela "praia dele", dizendo que era o único caminho. Contorne a obra pela estrada para seguir adiante e não caia no golpe. 

Não que Havana não seja super legal, mas o interior de Cuba é mais tranquilo, mais aconchegante, mais barato, mais simpático e com muito menos assédio e golpes. Acho que sua programação está muito concentrada em Havana e Varadero. 

Outra dicas:
Quando encontrar mercado vendendo água em galão de 5 litros, compre mesmo que seja um fardo levar pra casa.  O galão custa 1,90 cuc e são poucos lugares que vendem. Água de 500 ml custa 1 ou 2 cuc. Água de torneira lá não é confiável.

Em Havana, procure conversar e obter informações com pessoas que estão lhe prestando algum serviço. Se um estranho puxar papo na rua não é mera simpatia. Com certeza vão te oferecer ou pedir algo. 

Procure sempre pedir cardápio com preços, pois em vários lugares os garçons cobram mais caro e embolsam a diferença. 

Não tenha receio de pechinchar preços de transporte, pois há muita oferta e eles sempre cobram muito mais caro dos turistas. 

Ande sempre com moedas e trocados para pagamentos e pedágio de banheiros. Se você deixar troco toda vez que pagar alguma coisa, no fim da viagem vai ver o baita prejuízo. 

Apesar das precauções, todo mundo será enganado em algum momento ou várias vezes. É inevitável. 

Deixe para comprar rum e charutos no aeroporto, quando estiver indo embora. Não há muita diferença de preços, pois esses produtos são tabelados. Assim aproveita os cuc que sobram e não precisa carregar peso durante a viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por bea111
      Boa noite!
      Estou de viagem marcada para Buenos Aires no mês de Julho com duração de 22 dias, sem muito recurso financeiro, pretendia ir para Cordova, queria muito conhecer a região mas minha companhia de viagem não acha viável,  e agora não sei se vale a pena ou se seria melhor visitar lugares mais perto de Buenos Aires, e nesse caso quais cidades seriam as melhores. 
    • Por Jaira Moreno
      Oi pessoas!
      Estou embarcando para Vanuatu em outubro por 10 dias. Alguém que tenha ido que possa me ajudar com informações de viagens? Li apenas um relato de viagem aqui no grupo.
      Beijos e obrigada.
       
       
    • Por zeliadelgado
      Muita gente tem receio de visitar o Irão (Irã). Visitei o país apenas com uma amiga e só tenho maravilhas a dizer. Neste artigo conto o meu roteiro e as minhas impressões e explico por que considero o Irão um dos países mais fantásticos que conheci.
      https://vou-andando.blogspot.com/2018/09/irao-roteiro.html
       

    • Por BeatrizCSS
      Olá pessoal!! Tudo bem ? Pretendo passar 26 dias viajando pela parte central do México, chegando dia 09/04 de Guadalajara e voltando dia 05/05 de Guadalajara, poderiam por favor me ajudar vendo se meu roteiro está ok ou se devo fazer alterações no tempo de cada lugar, ou se devo excluir alguma cidade e acrescentar outra? E se puderem contribuir também com dicas do que eu devo fazer nesses lugares serei eternamente grata 😅 
      Guadalajara (09/04 até 11/04)
      San Luis Potosi (11/04 até 13/04)
      Guanajuato (13/04 até 16/04)
      Querentáro (16/04 até 17/04)
      Vera Cruz (17/04 até 20/04)
      Puebla (20/04 até 22/04)
      Guerreiro - Acapulco (22/04 até 24/04)
      Cidade do México (24/04 até 02/05)
      Guadalajara (02/05 até 05/05)
      Se alguém estiver com datas que coincidam pode me chamar pq estou sem companhia para a maioria dos lugares 😊
       
    • Por LuucaaS
      Eai galera
      Em julho 2019 irei fazer um intercâmbio de 1 mês em Malta,logo após o intercâmbio irei fazer um mochilao de 12 dias para Roma > Viena 
      Escolhi só 2 países pra ter bastante tempo e não ficar muito corrido,é minha primeira viagem internacional tô bem preocupado RS,meu roteiro inicial ficou assim:
      Dia 01. Malta>Roma
      Dia 02  Roma
      Dia 03 Roma
      Dia 04 Roma
      Dia 05 Roma
      Dia 06 Roma>Viena
      Dia 07 Viena
      Dia 08 Viena 
      Dia 09 Viena
      Dia 10 Viena
      Dia 11 Viena>Malta
      Dia 12 Malta>Brasil 
      Estou bem desorientado em relação a quantos euros levar,dei uma pesquisada e durante esses dias vou gastar uns 650 euros incluindo (passagens de avião de malta>Roma>Viena>malta), alimentação,passeios e hospedagens.
      Gostaria de saber se está bom meu roteiro e a quantidade de euro que irei levar...
      Obrigado 😁
       
       
       
       


×
×
  • Criar Novo...