Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Posts Recomendados

Olá viajantes ! 

Me chamo Josy, tenho 29 anos e sou uma completa sonhadora . 

A minha se inicia assim

desde criança me envolvi em um desejo enorme de descobrir e conhecer o mundo . Fui motivos de risadas da familia e chegados ...  as pessoa diziam que eu não sabia do que estava falando , que o mundo não é fácil .  Eu concordo o mundo não é fácil rs ... Mas se nois não metermos a cara pra encarar os obstáculos como vamos sobreviver a eles ??? 

 beleza! Vamos lá! 

tô sem emprego , estava em um emprego temporário sempre dura dm meia 3 a 4 meses.  Sou rejuntadora , trabalhava rejuntando piso em finalizações de grandes construções de condomínios e prédios.  Meu emprego acabou e tô apertada nessa caixa até sair outra obra affs ... 😥

sempre isso ... 

tô nessa a 5 anos . Sou solitária, tomei um pé na bunda do meu ex namorado a quase 2 anos ... fiquei em depressão e melancólica por uns meses , até ir visitar a família dele em São Paulo.  Aí eu me dei conta que viajar sempre me fez tão bem , me sinto livre e feliz ... isso foi a 1 ano. Agora neste exato momento estou aqui no Rio de Janeiro ( o povo pensa , legal morar no Rio é massa . Vei na boa quando se mora aqui tudo se torna chato ) venho de um bairro pequeno esquecido do mundo na baixada fluminense.  Agora moro na cidade . Tô aqui nesta merda de caixa triste , esquecida pelo mundo, sem emprego e sem esperança de encontrar meu antigo amor ... ( que trabalha viajando ).  Meu sonho de criança ainda está vivo em mim .. e gritando pra sair no mundo a fora ... acabei de conhecer uma moça que está indo pra Argentina e patagonia de início.  Sem data pra voltar . Mas ela pretende passar o Natal com a família aqui.  Eu vou iniciar minha viagem no Rio, encontrar ela em SP e seguir pra buenos Aires, queria dicas !! Sempre é bom.  Vale lembrar que é a minha primeira vez fora da caixinha depressiva... meu sonho de conhecer o mundo não pode morrer aqui ... Tô sem grana mas da pra chegar na Argentina de la pretendo trabalhar e arrumar pra seguir em frente... quem quiser me encontrar no caminho beleza 😁 vamos no início de dezembro ... Vou me aventurar e me encontrar nesse mundão...  ps; desculpa pelo textão e que adoro ler e escrever também kkkk 

minha vida vazia vai encontrar sentido nessa viagem..  

me mandem dicas pra quem quer viajar sem grana 😘😘

Grande beijo para todos !!! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/11/2018 em 17:45, Thiery Cordeiro disse:

Add no whats Josy, tenho essa ideia e sua vibe é a mesmo que a minha, bora então!

41 987470777

Thierry te chamei no zap ..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O legal, é que a depressão, se cura com viagens e rapidamente, os medicamentos, são só paliativos. 

Você esta fazendo a coisa certa. Eu só não iria sem grana, não sei nem pensar dessa forma, com pouca grana, eu me viro. 

O teu trabalho, deves encontrar em vários locais, serviços no hotéis, hosteis, pousadas e afins.

A Argentina está em uma crise profunda, dificilmente vais encontrar trabalho por esse país, podes fazer serviços em troca de hospedagens e alimentação. Chile está melhor.

Vai em frente, toca a vida, é lindo viver, quando se sabe viver.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, meu nome é Eduarda. 

Eu e minha prima, Billy Jeans, estamos querendo fazer nosso primeiro mochião na América do Sul, possivelmente para Argentina e Uruguai. Queremos dicas de cidades charmosas e baratas, além de dicas de como nos locomover com pouco dinheiro, inclusive sobre as passagens aéreas, que estão caríssimas na alta temporada de julho. Somos ambas estudantes de graduação, então não temos muito dinheiro. Nossos primeiros planejamentos incluíam essas cidades: 

Montevideo

Carmelo

San Javier

Colonia del Sacramento

Buenos Aires

Tigre

Córdoba

Vila General Belgrado

La Cumbrecita

Na melhor ordem possível. Então, para quem conhece e tem dicas a dar, ficaríamos muito agradecidas. Inclusive dicas de hospedagem em holstels e albergues. Temos até trinta dias para o passeio.

Obrigada desde já! 😃

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@EduardaIn Ao pesquisar a passagem aerea veja a possibilidade de comprar o bilhete multi destinos, com isso vc inicia a viagem por uma ciadade e volta pra casa por outra, com isso economiza tempo e dinheiro nao tendo que voltar pra cidade de origem do inicio da viagem.

Todos esses deslocamentos durante a viagem terão que ser feitos por ônibus, a nao ser que queiram arriscar uma carona.

Sobre o roteiro, coloque a quantidade de dias que vc pretende ficar em cada lugar, e tambem quanto tempo terá para toda a viagem, com isso facilitará tambem alguma sugestao.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saudações!

 Olá, me chamo Camylla e tenho 18 anos. Estou terminando o ensino médio e sou socia de uma pequena loja aqui em São Paulo. Estou começando a querer viver agora, conhecer o mundo, culturas, locais etc. E pra ser bem sincera, ainda não faço ideia para onde ir, sou muito da vibe '' me chama que eu vou'',  e como pretendo conhecer vários lugares do mundo, estou a estudar qual seria um dos meus primeiros locais. Eu venho de uma família com uma mente fechada e que não gostam de viajar ou mesmo de sair do mesmo lugar, onde é mais um problema para mim, pois acho que irei só  ou espero pelo menos achar um parceiro de viajem até la. Não tenho uma renda alta e estou começando a juntar dinheiro para minha primeira viagem. Queria saber algumas sugestões ou até mesmo um parceiro(a) para viajar comigo. 

 

Muito obrigada pela atenção. 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@MyllaAndrade Olá bem-vinda ao site.

Tem um rapaz quase na meama faixa etária que a sua. Ele tá na mesma vibe sua....o tópico dele é esse:

 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por bea111
      Boa noite!
      Estou de viagem marcada para Buenos Aires no mês de Julho com duração de 22 dias, sem muito recurso financeiro, pretendia ir para Cordova, queria muito conhecer a região mas minha companhia de viagem não acha viável,  e agora não sei se vale a pena ou se seria melhor visitar lugares mais perto de Buenos Aires, e nesse caso quais cidades seriam as melhores. 
    • Por casal100
      Esse relato é dividido em cinco partes:
      .da página 1 até a 7 refere-se a viagem realizada entre dez/2007 e fevereiro/2008 de carro;
      .a partir do final da página 7 refere-se a viagem que começa no final de dez/2008 até final de fevereiro/2009 de carro.
      .a partir da pag. 15 - viagem a Torres del paine, carretera austral ..........viagem realizada de dez/2009 a fevereiro/2010.
      .a partir da pag.19 - viagem ao Perú e Equador ....vigem realizada de dez/2010 a fevereiro/2011.
      .a partir da pag.23 - viagem venezuela, amazonas, caminho da fé.... realizada entre dez/11 a fev/12.
    • Por Daniela Alvarez
      Estivemos em Valparaíso em setembro de 2018, em uma viagem pelo Chile, que também contemplava as cidades de Santiago e San Pedro do Atacama, com seu espetacular deserto. Tudo isso relatado em posts descritivos de cada cidade.
      Nos hospedamos na parte baixa da cidade. Ficamos 2 noites no hostel Casa Plan, um charmosíssimo prédio que funciona como hostel, café, galeria de arte e espaço cultural. Excelentes quartos, banheiros e áreas comuns. Tudo bonito, espaçoso e muito confortável. E ainda tem a simpatia e atenção do Gabriel, idealizador desse lugar múltiplo. Teríamos ficado uma noite a mais. Saímos com a sensação de não termos conhecido tudo.
      Valparaíso é uma cidade que requer tempo. É pequenina, mas tão adorável e que desperta tantos sorrisos, que te deixa pensando por que os amigos recomendam ir, mas ninguém fala que você vai embora com muita vontade de ficar.
      Na rua vende-se de tudo: fruta, comida pronta, papel higiênico, cigarro, remédio fora da caixa, desinfetante, roupa, tudo. Pessoas dançando no meio da calçada, de alegria ou embriaguez, também chamaram nossos olhares, em meio àquela oferta de tudo e qualquer coisa, que não tem como não nos vidrar.
      E antes de conhecermos a cidade, conhecemos os cachorros. Já tínhamos reparado que os cães de rua em Santiago eram bem cuidados, mas em Valpo, como eles a chamam, os cachorros são parte não só da cidade, como da vida das pessoas, que espalham potes de água e até casinhas por todos os cantos. Eles caminham pela cidade como pessoas e dormem no sol da praça como idosos aposentados.
      A cidade baixa é conectada à cidade alta por funiculares, que levam a diferentes paisagens dos inúmeros miradouros que nos permitem não só admirar a vista, mas também entender a construção da primeira cidade portuária do Chile e fuga de muitos presos políticos durante a ditadura de Pinochet.
      A parte alta é dividida em cerros, que são como bairros. Cerro Alegre e Cerro Concepcion são os mais charmosos. São repletos de casas coloridas de zinco e de casarões transformados em hotéis, lojinhas e restaurantes, grafite e arte por todo lado. Lemos em algum lugar que Valparaíso é uma mistura de Santa Teresa, Bairro Alto, Olinda e Caminito. É mesmo. Mas é muito além.
       

       

       

       

       

       
       
      Cerro Cárcel
      Um pouco fora do circuito turístico de Valparaíso fica o Cerro Cárcel, local onde funcionava uma prisão de tortura para presos políticos e que, mantendo-se toda a estrutura para que detalhes da história do país jamais fossem esquecidos, ignorados e tampouco modificados, foi transformado em parque e centro cultural. As salas são exatamente do tamanho das celas, com suas micro janelas no alto com barras de ferro, lembrando a todo tempo onde estamos. Fotografias de mulheres presas se espalham pelas paredes, com seus nomes e um sensível relato das roupas que vestiam e do local em que estavam no exato instante em que foram capturadas.
      Uma homenagem forte a um jovem militante assassinado ali, com um testemunho duro e detalhado de um amigo que assistiu à crueldade sem nada poder fazer. Gonzalo Muñoz Aravena.
      O coração doeu ao lermos e, de certa forma, revivermos toda aquela história entre aquelas mesmas paredes, onde quanto à energia que ali paira não há arte que acalente.

       

       

       

       
      O edifício faz parte do Parque Cultural de Val Paraíso, que é ao mesmo tempo centro cultural e parque aberto para a  comunidade.
      O parque abre de quarta a domingo, das 10h às 18h no inverno e das 10h às 21h, no verão.
      Endereço: Calle Cárcel, 471
       

       

       

       

       
      O que faltou fazer?
      - Não visitamos a La Sebastiana, casa museu do Neruda em Valpo. Ela fica mais distante, em um cerro mais alto. Nos arrependemos imenso, mas não tivemos tempo.
      - Walking Tour para saber mais da história da cidade. 
       
      Dicas
      - Tours 4 Tips - caminhadas guiadas de cerca de 3 horas em que você paga o quanto quiser para o guia. 
      - Pan de Magia - uma pequena casinha  roxa e amarela na cidade alta que serve empanadas deliciosas e baratas. Fica na Calle Almirante Montt, 738. 
       
      https://www.instagram.com/trip_se_/
       



×
×
  • Criar Novo...