Ir para conteúdo

Cusco, Vale Sagrado e Machu Picchu em 5 dias - Mochilão


Posts Recomendados

  • Membros

Assista em Video no Youtube - Cusco

 

Um breve resumo de tudo que fiz em Cusco e seus arredores. 

Para realizar os passeios básico, serão necessário no mínimo 5 dias, o recomendado 1 semana.

Dos 5 dias, 2 gastei em Cusco para planejar a viagem para Machu Picchu, fechar os pacotes turísticos, visitar os museus e o sítio arqueológico Sacsayhuaman. 

Teve 1 dia inteiro para o passeio ao Vale Sagrado, optei pela versão VIP que é bem mais completo, que inclui Moray e Salinera de Maras.

E 2 dias somente para Machu Picchu. Machu Picchu fica  longe de Cusco e terá que ir de trem até a cidade próxima chamada de Machu Picchu Pueblo, mais conhecido como Aguas Calientes, que era o antigo nome. É cansativo se tentar um bate-volta. 

Então, 1 dia será para chegada na cidade de trem, na manhã seguinte visitar o sítio arqueológico Machu Picchu e voltar de trem à tarde para Cusco.

Lembre de comprar o seu boleto turístico que é um ingresso que contém um pacote fechado de vários museus, sítios arqueológicos, teatros e eventos culturais. 

É possível economizar uma boa grana, ao invés de pagar por cada ingresso separadamente. Principalmente se for realizar o passeio pelo Vale Sagrado.

Compre ele no Museu de Arte Popular, próximo a Plaza de Armas. 
O boleto custa 130 soles, que dá em torno de R$ 150,00 e vale por 10 dias.

O Sacsayhuaman fica na parte elevada de Cusco, é um pouco cansativo se for a pé, leva de 30 a 40 minutos do centro da cidade e é uma subida bem longa. Se quiser, poderá ir de taxi.

Chinchero é o início do passeio ao Vale Sagrado. Acabei contratando uma agência de turismo que saiu por 50 soles por pessoa, em torno de R$ 58,00.

Estava incluído o transporte com Van, guia local e o almoço. As entradas terá que pagar por contra própria, adquirindo o boleto turístico.

Moray e Salinera de Maras, estão incluídos somente no pacote de Vale Sagrado VIP, que é o que eu recomendo por ser a mais completo.

Muitos acabam emendando este pacote com a ida ao Machu Picchu, mas não recomendo fazer isso porque você vai acabar perdendo a visita ao Pisaq. 

Minha dica é que faça o tour do Vale Sagrado por completo e depois se preocupe somente com o Machu Picchu.

As Salineras de Maras, este local não está contemplado no boleto turístico, então terá que pagar a entrada de 10 soles por pessoa, que dá em torno de R$ 12,00.

Em Ollantaytambo fica localizada a estação de trem que vai 
te levar até Machu Picchu Pueblo. 

As pessoas que emendam o pacote do Vale Sagrado com Machu 
Picchu, acabam por permanecer por aqui e não terminam o passeio do Vale Sagrado.

Esta cidade fica a 2 horas de Cusco. Lembrando que não é possível chegar a Machu Picchu de carro ou Van. Haverá sempre um trecho, mesmo que pequeno em que terá de realizar de trem ou a pé.

Pisaq é a última parte do passeio pelo Vale Sagrado, que é bem 
recomendável visitar.

Depois disso fui para a cidade de Machu Picchu Pueblo de trem. 

Os pacotes vendidos pelas agências é em torno de 220 a 250 dólares por pessoa e nele estão incluídos a ida e volta de 
trem, entrada ao Machu Picchu, hospedagem, em alguns casos refeição, outros a visita aos termas e a van para subir ao sítio 
arqueológico, algumas agência incluem somente a ida de van sem a volta. 

Negocie a ida e volta, porque descer a pé e muito cansativo.

No meu caso, fiz tudo por conta própria, pois o valor era muito alto para poder confiar em qualquer agência de turismo.

E não é tão difícil organizar isso sozinho, poderá realizar a reserva de hotel pelo site do Booking. 

O trem pelo site do Peru Rail ou Inca Rail. Optei pelo Peru Rail por ter uma grande disponibilidade de horários e era um pouco mais barato que a concorrente.

A entrada para Machu Picchu já tinha comprado em Cusco e a van que te leva até o sítio arqueológico poderá ser reservado em Machu Picchu Pueblo.

Existem as opções um pouco mais baratas de se chegar a Machu Picchu, mas que no final de contas é mais cansativo e demandará mais do seu tempo. 

O preço dos trens é bem caro, bem abusivo. Paguei em torno de 500 soles, em torno de R$ 570,00.

A van que te leva até o sitio arqueológico custa em torno de 79 soles, ou R$ 90,00 para ida e volta.

O ingresso do Machu Pichu foi de 152 soles, ou R$ 175,00.

Creio que se eles continuarem a aumentar mais os preços, talvez não compense mais. Ultimamente têm criado várias regras restrigindo a quantidade de pessoas.

Outras vezes, obrigavam a contratar um guia local para adentrar ao Machu Picchu. Por sorte, não foi exigido na minha vez.

É um lugar para se visitar 1 vez e nunca mais. Haja grana para isso.

Mas pelo menos a vista foi de matar, não é a toa que é uma das maravilhas do mundo.

Aproveitem esse pequeno resumo com os melhores momentos de Machu Picchu.

* Links:

- Andean Flicker Adventure (Pacote Vale Sagrado)
Endereço: Calle Educandas, 375 - Cusco
Whats (Yessica): +51 984 982 013
Tel: +51 084 599 832
E-Mail: [email protected]

https://www.facebook.com/flickeradven...

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Video - Trem Peru Rail (de Cusco até Machu Picchu)

 

Estarei mostrando sobre a viagem de trem que fiz para o Machu Picchu pela empresa Peru Rail. Atualmente 2 empresas operam esses trechos entre Cusco até Machu Picchu Pueblo ou Aguas Calientes, que é o nome da cidade. Elas são a Peru Rail e a Inca Rail.

A primeira é bem antiga. A segunda, a Inca Rail é mais nova e moderna. 

Acabei escolhendo a Peru Rail por ter uma disponibilidade maior de horários. Dependendo de alguns casos um pouco mais barato que a Inca Rail. 

Isso não é sempre, portanto recomendo pesquisar nas duas empresas, os preços estarão em dólares americanos.

A opção que fui na época foi a bimodal, que é um trecho feito de Van entre as cidade de Cusco até Ollantaytambo. De Ollantaytambo até Machu Picchu de trem.

A Van era um pouco apertado, tanto é que tinha apenas um dedo de espaço entre os banco, isso para alguém com 1,85 m de altura.

No caminho eles fazem uma pausa em um ponto do Valle Sagrado, para quem quiser passar no banheiro ou fazer compra de produtos peruanos, bem como apreciar uma vista fantástica do local.

A opção de transporte Bi-Modal, ou seja, de Van e Trem não existe mais, pois na época eles fizeram temporariamente essa opção até a reforma de uma das estações de trem em Cusco.

Mas a sua concorrente a Inca Rail, ainda possui essa opção Bi-Modal.

Eles também possuem 3 classes ou categorias, a primeira classe, a intermediária e a econômica.

- A primeira classe ou a mais top, muda de nome de acordo com o local em que se pega, ou da estação que você entra, se chama Hiram Bingham ou Peru Rail Sacred Valley

Não recomendo porque custa de 4 a 5 vezes o preço da econômica. Não tenho imagens deste vagão, mas vocês poderão ver as fotos no site da empresa.

- A intermediária, chamada de Vistadome, que é a que fui na ida, que estou mostrando a vocês, custa geralmente de 20 a 30 dólares a mais do que a econômica. 

A diferença é que as janelas são um pouco maiores, ou seja, possui uma área maior envidraçada, então permite ter uma visibilidade maior da paisagem. Tanto no teto como nas colunas.

E eles servem bebidas, um pequeno sanduíches e frutas da região. E as mesas são um pouco maiores.

Mas na verdade achei essa categoria uma pouco mais apertada do que a econômica, com o qual irei comentar nos próximos videos.

- Na volta, recomendo escolher a Expedition, ou seja, a mais econômica. Não compensa pagar mais por algo que você já viu na ida. A contrapartida é que na versão mais básica ou mais barata, você terá que pagar pela bebida ou lanches, que são vendidos nos vagões.

Os preços variam de acordo com a demanda e os horários escolhidos. Saindo de Custo até Machu Pichu, a econômica ou Expedition fica entre US$ 68,00. 

A intermediária ou Vistadome, fica entre US$ 95,00 a 115,00.

A mais cara parte de US$ 480,00 a US$ 530,00. Surreal, não vale a pena. 

Quem for fechar um pacote turístico, geralmente fará a opção Bimodal, sendo um trecho de Van e Trem. Custa em torno de USS 220,00 a 250,00. Incluído o transporte Bimodal, tendo Van e Trem, entrada para Machu Picchu, Hostel, subida de Van até o Sitio Arqueológico e dependendo de alguns casos incluem as Termas em Aguas Calientes. 

Se você escolheu montar o seu próprio pacote por sua conta. Fique ciente em saber onde será o seu embarque, ou a estação de embarque em Cusco. 

Porque se for a estação San Pedro, ele fica próximo do centro da cidade de Cusco.

No entanto, se o embarque for na estação Poroy, você terá que ir de taxi até lá, que fica uns 16 km do centro de Cusco, dá em torno de 30 a 40 minutos de carro. Se bobear, acho que vai pagar em torno de 30 a 40 soles de taxi.

Fique ciente também do desembarque, pois ele muda de acordo com a categoria escolhida. Isso estou falando na Peru Rail.

Conforme chega mais próximo de Machu Picchu, a paisagem começa a ficar interessante, realmente vale a pena fazer esse trajeto de trem.

Algumas pessoas pra economizar, fazem o trajeto de Van de Cusco até a parte mais próxima de Machu Picchu, que é a Hidroelétrica, que leva de 6 a 7 horas de carro. Depois terão que caminhar da hidroelétrica a pé até a cidade de Machu Pichu, que seria de 1:30 a 2 horas de caminhada. 

Mas essa opção é bem cansativa e não recomendo muito em época de chuvas, já que o caminho de carro é bem perigoso e fica bem próximo ao precipício. Fique por sua conta risco. Essa opção de Van, geralmente as agências vendiam por US$ 150,00. Incluído o tranporte de Van, Hostel, Entrada para Machu Picchu e subida de Van até o Sitio Arqueológico.

Se quiser poderá fazer por conta própria, que é bem no modo Hard. Eu não faria isso, porque seria mais stress do que curtir a viagem.

Espero que gostem do video, das informações, curta, compartilhe e se inscreva no canal.


* Links

- Peru Rail (cotação, reserva e compra de passagem): idiomas inglês e espanhol

https://www.perurail.com/

- Inca Rail  (cotação, reserva e compra de passagem): idiomas inglês, espanhol e português

https://www.incarail.com/

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Video - Trem Peru Rail (de Machu Picchu à Cusco)

 

Um video rápido mostrando a viagem de trem que fiz, trajeto de Machu Picchu até a cidade de Cusco.

Peguei o trem na parte da tarde depois que visitei o sítio arqueológico Machu Picchu pela manhã.

Caso queira saber sobre os preços, reservas, categorias de trem, veja no meu video anterior que fiz no trajeto Cusco para Machu Picchu.

Conforme comentei anteriormente, na volta escolhi a opção mais barata sendo a categoria Expedition.

Se vocês ainda não viram o video anterior, havia vindo para Machu Picchu na classe intermediária, a Vistadome.

A diferença entre as duas é que na Expedition, a mais barata, não possui ar condicionado. Somente a ventilação das janelas, eles não oferecem lanches ou bebidas, você terá que comprar dentro dos vagões.

Mas recomendo antes de embarcar, passar num mercado e comprar lanches e bebidas para consumir dentro do trem, sai mais barato.

Outro detalhe é que a área envidraçada é um pouco menor, pois as colunas do trem, ao invés de terem janelas, é apenas forrado em madeira.

A Expedition pelo menos possuía o teto envidraçado, o que não prejudica em nada a visibilidade.

Um outra dica que esqueci de comentar no meu video anterior, é que na ida para Machu Picchu, recomento escolher os assentos do lado esquerdo do trem.

E na volta para Cusco, escolha os assentos do lado direito. Assim terá uma melhor vista durante a viagem, contornando o trem.

No geral, achei o espaço um pouco melhor e maior do que a classe intermediária Vistadome, apenas a minha impressão.

Gostei do atendimento da cabine, no vagões. Mas o único porém são preços elevados do trem, mas vale a pena a experiência.

Fique com o restinho do video. Espero que gostem do video, curta e se inscreva no canal.

Valeu!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por leocaetano
      [align=justify]Relato de viagem de um mochilão pelo Peru. Foi minha terceira viagem para fora do Brasil e, como nas outras anteriores, fui sozinho. Passei 19 dias em território peruano e, pela primeira vez, não alterei o tempo de viagem! Valeu muito a pena, mas só não voltei alguns dias antes porque a TAM complicou um pouco para trocar as passagens.
       
      Para a viagem, fui com tudo planejado. Planejei quais atrações e locais que iria visitar na viagem, quantos dias passar em cada um, onde me hospedar, quanto gastar com alimentação, passeios e transporte e uma pequena margem para alterar uma coisas ou outra durante a viagem. Isso teria funcionado melhor se tivesse começado a viagem por Machu Picchu, mas devido a falta de vagas pra fazer a trilha alguns dias antes, não foi possível.
       
      Todos os valores estão expressos em nuevos soles, salvo quando houver o R, de reais, na frente do cifrão ou US, significando dólares norte-americanos. Na época da viagem, UM real equivalia a cerca de 1,62 nuevos soles e cerca de 0,59 dólares norte-americanos.
       
      Agradeço aos amigos e conhecidos que ajudaram, principalmente à galera aqui do Mochileiros![/align]
    • Por Fernando Giroto
      Estou nesse momento em La Paz na Bolívia e estou querendo ir daqui para o Peru. 
      - As fronteiras continuam fechadas? Se não, quais as restrições para entrar?
      - Qual a melhor fronteira para entrar?
    • Por Lucass7
      Provavelmente tem essa informação em algum lugar aqui do fórum, mas não a encontrei então...
      ALGUÉM TEM ALGUMA DICA DE HOSPEDAGEM (MAIS BARATA POSSÍVEL) EM MACHU PICCHU PUEBLO?
      VALE A PENA PASSAR UMA NOITE LÁ OU VOLTAR DIRETO PRA CUSCO?
      SE TIVEREM DICAS DE TURISMO GRÁTIS PELAS REDONDEZAS TAMBÉM SERÁ DE AJUDA.
    • Por MaluAlves
      Eai Mochileiros, pretendo viajar em dezembro/2021 pra Chiclayo, e quero ir visitar o famoso machu pichu, porém gostaria de dicas para esse passeio, de quem foi pra la nos ultimos meses ou semanas. Qual o valor do trem, da Van que leva até machu picchu, sei que é em dolares, mas gostaria de uma noção de valor pra eu poder me programar. E também se compensa trocar la o real para soles, ou aqui no Brasil.  Que puder me ajudar agradeço demais. VALEUUUUU
       
       
       
    • Por Macieltk
      Alguém tem informações sobre a fronteira Brasil x Peru? Estou programado para ir ao Peru, via Acre, dia 06 de Julho, estou com medo da fronteira não abrir. 
×
×
  • Criar Novo...