Ir para conteúdo

Conhecendo o México (8 cidades em 29 dias) - Relatos diários com GASTOS, DICAS, ALIMENTAÇÃO etc


Posts Recomendados

  • Membros

Em direção ao interior do México

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2021/12/29/em-direcao-ao-interior-do-mexico/
 

28/12, trigésimo dia de viagem. Primeiro dia em Valladolid.

Helder acordou às 8h para dar uma aula.

Luan acordou por volta das 9.

Ficamos mexendo no nosso canal do YouTube e enviamos uma reclamação ao Booking – por todo o inconveniente que nos proporcionaram.

Tomamos banho, arrumamos nossas mochilas e às 11h fizemos check-out.

Fomos em direção à rodoviária!

img_2093.jpg?w=1024

Compramos passagens para às 13:30 (o ônibus das 12h já estava todo ocupado).

Ônibus caro: 294 pesos (aprox 15 dólares). Viação ADO. Ótima empresa: ônibus confortável, pontual, mas com um problema: passa filme e eles deixam o volume BEM alto durante a viagem toda.

img_2096.jpg

Seriam 2 horas de viagem, caso o ônibus fosse direto, mas ele levou um total de 3 horas e meia, pois ele passou primeiro em Tulum para pegar e deixar passageiros.

Se saímos às 13:30 de Playa del Carmen e a viagem durou 3 horas e meia, significa que chegamos às 17h, certo? Errado!!! 

Chegamos às 16h, pois o México possui 2 fuso horários, sendo somente o estado de Quintana Roo (Cancun, Tulum, Playa del Carmin etc) no fuso horário que estávamos. A partir de agora a gente fica com 3 horas de diferença do Brasil (3h atrás).

Ok.

Fomos ao nosso Hostal, fizemos check in e fomos em direção a algum restaurante para comer.

Rodamos um pouco o centro e encontramos um pátio cheio de restaurante na Praça principal!

img_2107.jpg

Almoçamos às 17h.

Após, fomos procurar uma barbearia para o Helder cortar o cabelo antes do fim do ano.

Mas foi difícil! Rodamos vários quarteirões em busca de barbearias que teoricamente estavam abertas (segundo o Google), mas estavam todas fechadas ou falidas.

Encontramos somente uma, mas estava cheia. Corte: 180 pesos! Em Playa del Carmen a média era de 300 pesos!

Ok, Helder corta nos próximos dias.

Continuamos andando pelo centro (lindo!!!!) e, então, paramos em um supermercado!

img_2108.jpg img_2129.jpg?w=768

Compramos algumas coisas para amanhã e já voltamos para o hotel.

Ficamos o restante da noite entretidos em nossas redes sociais e canal do YouTube.

Gastos/pessoa: 106 pesos + onibus (294 pesos) + hospedagem (153 pesos) = 553 pesos (aprox 28 dolares // 161 reais).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Fomos à Chichén-Itza!!!!!


Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2021/12/30/fomos-a-chichen-itza/

29/12, trigésimo-primeiro dia de viagem. Segundo dia em Valladolid.

Acordamos às 7:30, comemos o que haviamos comprado no mercado ontem, nos arrumamos e umas 8:15 saímos do hostal.

Nos foi informado de que as vans em direção às ruínas de Chichén-Itza partem um quarteirão após a rodoviária.

E, de fato: a uns 100 metros da rodoviária há um estacionamento de onde as vans (colectivos, como eles chamam aqui) parte em direção às ruínas. 

Assim que chegamos lá, encostou uma van. Mas só havia lugar suficiente para metade das pessoas presentes, então esperamos a próxima.

20 minutos depois apareceu a próxima!

Pagamos 40 pesos e fomos em direção às ruínas.

img_2153.jpg

São 42 km. O motorista fez o trajeto em aproximadamente meia hora.

Ao chegar na entrada do parque arqueológico, já vimos uma fila gigantesca!

Entramos na fila (após nos certificar de que era a fila correta).

Para não pegar fila, existe a opção de contratar guias. Desse modo, o guia turístico te coloca no início da fila.

Valores abaixo:

img_2156.jpg?w=768

Não quisemos, então fomos pelo jeito tradicional.

Pagamos 533 pesos na entrada regular ao parque.

Pegamos mais outra fila para entrar de fato e descobrimos que deve-se pagar mais 50 pesos para quem porta câmera profissional ou Gopro.

Pagamos. Ok.

Entramos!

Logo na entrada, nos primeiros 100 metros de parque: PÁ!! A grande pirâmide de Kukulcán (30 metros de altura). Que imponência!!!!

img_2219.jpg?w=1024

Ficamos admirando essa grande pirâmide (a maior do parque) por alguns minutos e depois fomos explorar o restante do parque.

Tem muita coisa legal para ver! Muita mesmo!

Alguma ruínas estão bem deterioradas, outras bem preservadas!

img_2270.jpg

Há várias placas explicativas ao redor de todo o parque, o que nos auxiliou bastante, uma vez que não contratamos guia (poderiam haver mais placas, mas o que tem já auxilia bastante para o entendimento de toda a magia do lugar).

Bom, para quem nunca ouviu falar nessas ruínas, Chichén-Itza é uma das 7 Maravilhas do Mundo!

Trata-se de uma grande cidade pré-colombiana construída pela civilização maia no final do período clássico. O sítio arqueológico está localizado no município de Tinum, no estado de Yucatán, no interior do México.

Chichén Itzá era um polo urbano importante dos maias na planície norte no início (600-900) e no final (cerca 800-900) do período clássico e também no início do período pós-clássico (cerca de 900-1200).

Exploramos o parque inteiro em aproximadamente 3 horas! 

img_2245.jpg?w=768

Há muitos artesãos vendendo suas artes por todo o parque! Muitos mesmo!

E seus preços são bem baixos. Inclusive, achamos baixos até demais – havendo peças de até 5 pesos (menos de 25 centavos de dólar).

São trabalhos extremamente bem feitos!!! Extremamente! À mão! 

A última parte do parque que visitamos foi o Cenote Sagrado. Muito bonita sua vista.

Após, fomos em direção à saída do parque.

Fomos para o mesmo lugar aonde a van nos deixou. Perguntamos aonde pegaríamos a van pra Valladolid e nos informaram que seria ali mesmo, na esquina.

15 minutos depois apareceu uma. Mas não teve espaço para nós. Aguardamos mais 10 minutos e conseguimos entrar! Pagamos o mesmo valor para voltar: 40 pesos.

Chegamos de volta à cidade às 15h. Que passeio incrível! Valeu muito a pena!!!!

Passamos no mercado, compramos macarrão, molho e uns enlatados (contestamos o valor errado ao passar no caixa – queriam nos cobrar um valor diferente do visto na gôndola), fomos ao hostel e cozinhamos!

Estava ótimo.

Após, fomos à rodoviária comprar passagens para amanhã para Merida: 257 pesos ônibus primeira classe ou 150 pesos ônibus segunda classe. Obvio que preferimos o segundo! Mas: esse ônibus de segunda classe só vende suas passagens no próprio dia da viagem – então compraremos somente amanhã.

Ok.

Ficamos sabendo que às 19h começa um Free Walking Tour na cidade, partindo da praça da igreja.

Procuramos, mas não encontramos. Então fomos caminhar sozinhos pelas ruas ali.

Fomos até o Convento San Bernardino de Siena. As ruas da região são lindas (haviamos chegado perto ontem, mas não sabiamos que alguns quarteirões acima ficaria tão bonito).

É ali onde está localizada a placa turística de Valladolid! Tiramos umas fotos ali e um casal pediu para tirarmos para eles.

img_2342.jpg

Eles são do interior do Mexico! Muito simpáticos.

Nos esforçamos para tirar uma boa foto deles e, do nada, o cara foi até seu carro e nos deu duas latas de cerveja para tomarmos – em forma de agradecimento.

Um fofo! Gracias! Hehe

Maaas, fomos surpreendidos por uma policial que disse que não se pode tomar bebida alcoólica nas ruas da cidade.

O que fazer?

Fomos a uma rua deserta ali do lado tomar a cervejinha kkkkk boa cerveja – ainda mais com o calor que está fazendo (único inconveniente é que estávamos cheios do almojanta ainda haha).

Caminhamos um pouco mais pelas ruas de Valladolid até umas 20:30. Passamos no mercado, vimos MUITAS piñatas (eu sempre chamei de bichorra, por causa do Chaves kkk). Perguntamos a uma funcionária do mercado por que haviam tantas.

Ela disse que essas piñatas estão presentes em TODAS as festas dos mexicanos! Por isso há tantas em todos os lugares haha

Compramos algumas coisas para comermos amanhã pela manhã e voltamos ao hostel.

Desde umas 21:15 estamos aqui. Tomamos banho e estamos relembrando o dia bacana que tivemos.

Gastos/pessoa: 670 pesos (considerando 533 de Chichen Itza) + hospedagem (153 pesos) = 823 pesos mexicanos (42 dolares // 240 reais)

 

Hoje subimos um novo vídeo no YouTube (ainda proveniente dos nossos dias na Colômbia). Segue:
https://youtu.be/Cg4JYnu6QdY

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Chegamos em Mérida!!!!

Post extraído do blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2021/12/30/chegamos-em-merida/

30/12, trigésimo-segundo dia de viagem. Primeiro dia em Mérida.

Acordamos por volta das 8:30, comemos umas bananas que tínhamos comprado e fomos no Cenote próximo ao hostel aonde estamos hospedados – a 3 quarteirões dali!

Entretanto, ao chegar lá, ficamos sabendo que ele está fechado para reformas! Poxa vida.

Passamos em uma padaria ali na porta e fomos dar uma volta no centro da cidade.

Fomos até o Convento aonde passamos ontem à noite.

img_2376.jpg?w=1024

Muitos legais as ruas do centro! Muito mesmo! Lindas!

Passamos na rodoviária, compramos nossas passagens para Merida (por 150 pesos).

Nossas passagens são de segunda classe, o que implica em: não há assentos marcados, não há banheiro no ônibus e, se a empresa vender mais passagens do que esperado, você pode ir em pé.

Após, voltamos ao hostel! Arrumamos nossas coisas e umas 11:15 fizemos check-out.

Fomos em direção à um restaurante aonde a Sarah (menina com quem passamos o Natal) nos disse ter o melhor burrito do Mexico (e ela é especialista, pois está há meses mochilando pelo Mexico). E o melhor: é um burrito vegano (lembrando que Helder é vegetariano).

Caro! 100 pesos cada Burrito. Decidimos comprar só um e dividir. Mas teríamos que comer no ônibus, pois já era meio-dia.

O ônibus sairia às 12:15, mas somente partiu às 12:35. Ok, ao menos conseguimos sentar!

img_2382.jpg?w=768

Comemos o burrito! DELICIOSO!!!!!! (O lugar aonde compramos se chama Burritos Amor).

img_2380.jpg?w=768

Chegamos em Merida às 16:25 – após o ônibus parar umas 10 vezes em 10 cidades diferentes kkkk

Valeu para vermos as cidades pequenas e vilas mexicanas.

Desembarcamos na rodoviária do centro – linda rodoviária!!! Enorme e bem estruturada.

E a localização: maravilhosa! Bem no centro, a somente 4 quarteirões do nosso hostel.

Fizemos o check-in e rapidamente gostamos desse nosso novo hostel! Excelente hostel! Muito boa estrutura e tem café da manhã incluso.

Após, fomos buscar algo para comer.

Acabamos em um restaurante a 1 quarteirão do hostel! Ótimo! Super barato com opções vegetarianas e grandes!

img_2387.jpg?w=768 É um Sope com ovo. Tamanho gigante (segundo o cardápio). E era mesmo.

Após comermos, Helder foi buscar por uma barbearia. Encontrou um senhor por 70 pesos (em Playa del Carmen a média de preço estava em 300. Em Valladolid estava em 180). Decidiu entrar e esperar sua vez (havia 2 caras na fila + o menino que estava sendo atendido).

img_2390.jpg?w=768

Luan voltou ao hostel para conversar com seu irmão para resolver um problema que apareceu no programa que usamos para editar vídeos para o YouTube.

Resultado do corte: ótimo!!! O barbeiro mandou bem!

É o corte que o Helder costuma fazer! Ótimo e muito barato (aprox 20 reais).

img_2391.jpg?w=768

Desde então estamos no hostel atualizando nosso canal no YouTube e nossas redes sociais.

Inclusive, hoje subimos um novo vídeo, segue:

Gastos/pessoa: 147 pesos + 150 pesos (ônibus para Merida) + 70 pesos (corte de cabelo) + 170 pesos = 537 pesos mexicanos (27 dolares // 156 reais).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/

Nosso canal no YouTube:

https://youtube.com/c/BrotherspeloMundo

Nosso insta: @brotherspmundoo

31/12, trigésimo-terceiro dia de viagem. Segundo dia em Mérida.

Acordamos por volta das 9h, tomamos café da manhã (esse hostel maravilhoso serve café da manhã), lavamos umas roupas e fomos explorar a cidade.

Retiramos nosso dinheiro no Banco Asteca via Western Union e, aproveitando que estávamos no centro, exploramos a região, indo até o Monumento a la Patria.

Ruas muito bonitas até lá. Gostamos muito!

img_2454.jpg?w=768

Conversamos com um policial ali na praça sobre algumas leis do Mexico, em especial perguntamos se pode-se beber na rua. Ele disse que sim, mas sem fazer bagunça e de preferência escondendo o rótulo do álcool (por exemplo, é melhor tomar cerveja em um copo que não dê para ver que é cerveja). E não faça “algazarra” na rua, pois isso pode fazer com que chamem a polícia. Ele deu um exemplo de uns jovens que foram recentemente detidos por esse motivo.

img_2484.jpg?w=1024

Ok!

Na avenida na ida vimos um Walmart. Passamos lá para fazer nossas compras de ano novo!

img_2486.jpg?w=1024

Compramos bebidas e snacks.

Fomos em direção ao hostel e chegamos por volta das 15h. Já no hostel, conversamos com umas francesas na cozinha, as quais nos convidaram para fazer parte da ceia de Ano Novo do hostel. Bastaria levar algumas coisas para repartir. Combinado!!!!!

Fomos almoçar no mesmo lugar que haviamos ido ontem perto do hostel. Muito boa a comida. E farta!

Após, voltamos ao hostel. Choveu um pouco. Fizemos alguns corres nas redes sociais e YouTube e, após, nos aprontamos para a ceia.

Umas 19h nos unimos ao pessoal. Colocaram um pouco de música (primeiro Techno e depois reggaeton – influenciado por nós kkkk), nos reunimos todos à beira da piscina com muita comida boa e muitos drinks.

Bebemos, conversamos e comemos até a hora da Virada. 

Helder conversou bastante com uma portuguesa que está morando há 7 anos na Inglaterra. Ela contou várias histórias de seus avós. Seu avô fugiu da Áustria na Segunda Guerra Mundial, pois era Judeu. Fugiu para a China, aonde conheceu sua esposa. Uma história incrível!

Havia gente de muitos países: França, Alemanha, EUA, Portugal, Argentina, Belgica, Suécia, Inglaterra etc etc. Muito legal!

img_2517.jpg?w=1024 Portuguesa, americana, belga e Helder

Tinha também uma senhora canadense que era jogadora profissional de futebol. Muito legal!

img_2515.jpg?w=1024

À 00h todos se abraçaram e desejaram feliz ano novo um ao outro. Luan se jogou na piscina kkkk

Um pouco depois, parte do pessoal combinou de ir a uma balada.

img_2537.jpg?w=1024

Fomos junto.

A pé!

Deu aproximadamente 20 minutos de caminhada até um bar. Ficamos um pouco, mas estava chato. Então todos fomos a uma baladinha.

Estava mais animado.

Helder foi embora umas 2h e logo dormiu. Ruas bem seguras no centro de Merida, mesmo muitas estando bem vazias!

Luan voltou por volta das 3:30 e ficou conversando com um pessoal na porta do hostel até às 7!

Gastos/pessoa: 300 pesos + 170 pesos (hospedagem) = 470 pesos mexicanos (aproximadamente 24 dólares // 137 reais)

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/02/bem-vindo-2022/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundo (meu melhor amigo e eu rodando esse mundão - agora no México)

01/01, trigésimo-quarto dia de viagem. Terceiro dia em Mérida.

Helder acordou às 9, Luan às 10.

Tomamos café da manhã e, ao conversar um pouco com 2 alemãs que estão em nosso hostel, Luan decidiu que queria visitar hoje os Cenotes (há vários perto de Merida).

Helder não empolgou muito, então preferiu ficar no hostel.

Luan foi com as meninas (uma de 19 e outra de 20 anos. Ambas fazendo voluntariado na Guatemala e estão passando as férias no México).

Helder lavou roupas, passou na rodoviária para comprar nossas passagens pr San Cristobal de las Casas (caríssimas passagens – 1250 pesos, sendo 17h de viagem), almoçou no Burger King (sanduíche vegetariano). Após, deu umas voltas no centro e por bairros mais afastados. Notou muitas ruas sujas e esburacadas e com casas mais humildes.

img_2593.jpg?w=768 img_2594.jpg?w=768

Também notou uma “venda da esquina” em praticamente todas as esquinas!

Luan passou a tarde nos Cenotes. E, bom, trata-se de buracos no chão que conectam os rios subterrâneos com a superfície e estão muito presentes na península de Yucatan no México. Estamos nessa região há quase duas semanas e como amanhã vamos para outro estado, não podíamos deixar de conhecer essas belezinhas!

img_2721.jpg?w=828

Perto de Mérida há um vilarejo de 1000 habitantes chamado Homún. Luan foi até Homum partindo do Supermercado Aki, tomamos um coletivo por 30 pesos que nos deixou no centro de Homún, de lá é possível contratar guias a partir de 50 pesos dependendo de quantos cenotes quer conhecer, no nosso caso foram 3 cenotes então pagamos 50 pesos por pessoa, lembrando que haviam mais 2 alemãs que conhecemos no hostel conosco. Nesse vilarejo há mais de 40 cenotes, e pedimos pro guia nos levar nos 3 que ele mais gostava/recomendava e não teve erro! Todos cenotes cobram uma taxa padrão de 50 pesos, super acessível. Nos cenotes é possível alugar coletes salva-vidas e é recomendado para quem não sabe nadar porque quase todos são bem fundos, em alguns deles é possível mergulhar, há peixes e alguns contam com estrutura boa de restaurante!

img_2720.jpg?w=828

O passeio durou aproximadamente 3h e foi ótimo para refrescar no calor escaldante de Yucatan! Voltamos da mesma forma, pegando o coletivo no centro da cidade por 30 pesos.

img_2722.jpg?w=828

Luan chegou por volta das 19h.

Fomos jantar no restaurante que temos ido na esquina de cima do hostel (pagamos 37 pesos em um sanduíche de ovo delicioso) e, desde então, estamos mexendo em nossas redes sociais e canal do YouTube.

Gastos/pessoa: 179 pesos + hospedagem (170 pesos) = 349 pesos mexicanos (aproximadamente 17,71 dólares // 101 reais).

Considerando 1 dólar = 19,70 pesos

Editado por Helder Andrade
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/03/ultimo-dia-em-merida/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundo (meu melhor amigo e eu rodando esse mundão - agora no México)

02/01, trigésimo-quinto dia de viagem. Quarto dia em Mérida

Acordamos às 9h, tomamos café da manhã (nesse hostel está incluso na diária), arrumamos nossas coisas nas mochilas, conversamos com um senhor francês que está em nosso quarto. Cara super viajado – já morou na Inglaterra, Egito, Turquia e fala todos esses idiomas e ainda espanhol e italiano.

Além disso, ele conhece de música brasileira – já foi inclusive a um show do Caetano Veloso. Se chama Joel! Pegamos o número dele para que, caso esteja na França quando estivermos lá, o encontramos.

Bom, hoje não seria nosso último dia em Merida, mas como reservamos nosso hostel em San Cristobal de las Casas para a partir de amanhã e eles não permitem alteração na reserva (somente pagando), decidimos ir embora hoje mesmo. E, no fundo, tudo bem, pois já vimos tudo que queríamos ver nessa cidade e todos falam que San Cristobal é incrível. A única pena é: esse hostel de Merida é MUITO MUITO bom! Uma pena sair dele haha

Fomos dar uma volta pela cidade sem rumo. Passamos no mercado central e logo já fomos almoçar – já eram 13:30.

img_2612.jpg?w=1024

Antes, passamos num mercado. Tivemos que deixar nossas mochilas na chapelaria e entramos. Não achamos nada gostoso, então decidimos sair. Mas, Luan perdeu a plaquinha do armário kkk

Cobram 20 pesos para quem perder. O que fazer? Rodamos o supermercado procurando kkk achamos! Ufa!

Após, caçamos um restaurante barato ali no centro, mas a maioria era bar-restaurante e não tinham refeição.

Acabamos comendo em um restaurante do próprio mercado. Comemos tacos e sanduíches. Muito bons e baratos (taco vegetariano do Helder por 20 pesos e sanduíche vegetariano por 30).

img_2615.jpg?w=1024

Continuamos andando e fomos até uma avenida fora do centro, chamada Itzáes. Fomos até lá a fim de ver avenidas fora do centro – para sentirmos mais do movimento da cidade, afinal trata-se de uma cidade de 1 milhão de habitantes.

img_2623.jpg?w=1024

Andamos bastante nos bairros por ali. Vimos bastante confraternização de início de ano de famílias (domingo – 02/01/22).

Já eram 18h quando passamos numa padaria para pegar algumas coisas para nossa viagem de hoje, afinal serão 17 horas de ônibus.

Compramos pães doces e salgados.

Fomos para o hostel, Helder ligou para sua mãe, pegamos o contato de algumas pessoas que gostamos de conversar ali no hostel (uma marroquina, uma polonesa e uma portuguesa. Uma americana também, mas ela não tem nem facebook nem insta – ao menos, passamos nosso canal do YouTube a ela), em seguida, pegamos nossas mochilas e fomos para a rodoviária.

Rodoviária a 4 quarteirões do hostel. Excelente localização!

Chegamos às 19:30. Nosso ônibus partiria às 19:55, mas acabou saindo somente às 20:30.

Estávamos em assentos separados, mas pedimos para o rapaz ao lado do Helder para trocarmos. Ainda bem que ele topou!!!

Agora Luan está editando vídeos para nosso canal em seu notebook e Helder está ouvindo música e escrevendo este post hehe.

Gastos/pessoa: 161 pesos mexicanos (aproximadamente 8,17 dólares // 47 reais).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/03/952/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundo (meu melhor amigo e eu rodando esse mundão - agora no México)

03/01, trigésimo-sexto dia de viagem. Primeiro dia em San Cristobal de las Casas.

Nossa viagem de Merida a San Cristobal seriam de 17h. Passamos por diversas cidades, incluindo cidades grandes como Ciudad del Carmen (não confundir com Playa del Carmen) e Villa Hermosa.

img_2638.jpg?w=1024

Apesar de todo o atraso sofrido pelo ônibus, das longas paradas nas rodoviárias e da chuva forte, chegamos no horário estipulado: 12:30!!

Chovendo na cidade, colocamos nossa capa de chuva e fomos em direção ao hostel.

Hostel não muito bonito, mas barato e com uma recepcionista super simpática.

Logo fomos procurar algo para almoçar.

Almoçamos em um restaurante de “comida da vovó”. E era mesmo! Foi super gostoso e incluiu entrada (sopa), prato principal, suco e sobremesa por 80 pesos.

Excelente!

img_2645.jpg?w=768

Em seguida, fomos em direção ao centro – a poucas ruas dali.

Passamos em um espaço aonde vendem MUITOS doces e muitas roupas e artesanatos.

img_2649.jpg?w=1024 img_2652.jpg?w=1024

Explorando mais o centro, vimos como essa cidade se assemelha às cidades históricas de Minas!! Ruas e construções muito parecidas!

img_2655.jpg?w=768

Demos uma olhada em jaquetas de frio para nos prepararmos para o frio a encontrarmos em nossos próximos destinos. Valores muito bons!! Jaquetas bem grossas por a partir de 200 reais!!

Voltamos ao hostel, tomamos banho (chuveiro ruim), Helder deu uma aula, Luan ajeitou uns vídeos para o YouTube e, então, fomos andar novamente.

Ainda oscilando entre chuva e garoa, fomos procurar um local para tomarmos chocolate quente. Tomamos por 35 pesos!

img_2674.jpg?w=768

Também passamos em uma feirinha aonde estavam vendendo produtos típicos mexicanos feitos de maneira artesanal (tequila, mezcal, doces, nachos, cremes etc). Compramos nachos!

Após, andamos mais e encontramos uma rua toda enfeitada para o Natal (ainda). Linda rua! Cheia de bares e restaurantes – muitos locais onde vendem tapas, como na Espanha.

img_2688.jpg?w=768

Após, comemos um pedaço de pizza na rua!! 25 pesos um pedaço de marguerita. Ótimo.

Em seguida voltamos ao hostel e já estamos nos preparando para ir dormir.

Gastos/pessoa: 163 + 105 (hospedagem) = 268 pesos mexicanos (13,74 dólares // 79 reais)

 

Considerando 1 dólar = 19,50 pesos

Editado por Helder Andrade
  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Olá Helder, eu moro na Cidade do México (sou um mexicano de coração brasileiro),  qualquer coisa é só dar um toque e podemos fazer um rolé pela cidade.

Amei seu relato, saudade da região de Quintana Roo e Yucatán

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 05/01/2022 em 16:59, michradu disse:

Olá Helder, eu moro na Cidade do México (sou um mexicano de coração brasileiro),  qualquer coisa é só dar um toque e podemos fazer um rolé pela cidade.

Amei seu relato, saudade da região de Quintana Roo e Yucatán

Boa noite, tudo bem? Poxa vida, que legal! Muito obrigado pelo convite!!!!

Se possível, nos chame no Instagram: @brotherspmundoo

Será mais fácil de combinarmos alguma coisa :)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei featured this tópico

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...