Ir para conteúdo

Conhecendo o México (8 cidades em 29 dias) - Relatos diários com GASTOS, DICAS, ALIMENTAÇÃO etc


Posts Recomendados

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/10/adeus-a-oaxaca-chegada-em-puebla/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

10/01, quadragésimo-segundo dia de viagem. Quarto dia em Oaxaca / Primeiro dia em Puebla

Acordamos por volta das 8 da manhã. Arrumamos nossas mochilas e por volta das 9h fomos dar uma volta pela cidade e gravar um vídeo para nosso canal no YouTube sobre a cidade.

20e3ebbe-9b66-4880-a87f-00d175b9721b.jpg

Helder tambem iniciou seu vídeo da série “Mochilão Vegetariano”. A ideia inicialmente seria gravar somente ao final de cada país, mas como estamos há muitos dias no México e encontramos muitas opções veggie em Oaxaca, ele já quis deixar uma parte gravada.

Fomos até a rodoviária comprar passagens pra Puebla. Queríamos pegar um ônibus por volta das 12:30 (para chegarmos por volta das 17:30 na cidade).

Mas, como já dito aqui, ônibus no Mexico são CAROS!!!! Só tinha opção acima de 600 pesos! O que achamos estranho, pois jurávamos ter visto ônibus de 400 para Puebla.

Felizmente, havia wifi disponível ali no terminal rodoviário, então pesquisamos e vimos que de fato há ônibus por 440 pesos.

Então mostramos ao atendente e ele disse que trata-se de um “ônibus de segunda classe” e que parte de outro terminal.

Tranquilo, sem problemas! Vamos com esse hehe.

Após, continuamos gravando o vídeo e logo já fomos em direção ao mercado central para comprarmos algo pra cozinhar na cozinha maravilhosa desse nosso hostel.

Maaaas… lembre-se que Oaxaca conta com a melhor culinária do Mexico! E simplesmente não conseguimos deixar de comer desses pratos maravilhosos que vimos ali no mercado central kkk

Então, sem querer, ao invés de entrarmos no mercado central aonde há de tudo (mostramos anteriormente o mercado central aonde há legumes, frutas, verduras, doces, restaurantes etc), entramos no mercado ao lado, aonde há diversos restaurantes tradicionais (e só restaurantes), e ficamos TENTADOS com tanta comida boa! Então, ao invés de comprarmos ingredientes, acabamos comendo ali mesmo kkk só passamos no hostel antes para pegar as mochilas e voltamos ao mercado para escolhermos qual restaurante seria.

Acabamos escolhendo um com uma senhorinha muito simpática. Queríamos provar algum “mole”. Por exemplo, no Brasil é muito conhecida a Guacamole. Pois, existem muitos outros “moles”. Havia como opção nesse restaurante “Mole rojo” e “Mole negro”. Como não conhecíamos nenhum para escolhermos, a senhorinha tratou de nos dar amostras grátis de ambos! Fofa!!! Luan, então, escolheu um prato que continha os dois kkk Helder gostou mais do Mole Rojo, então escolheu um prato que continha este.

A comida estava divina!!!

img_3179.jpg?w=768

Após, fomos em direção ao terminal periférico (de onde parte nosso ônibus de segunda classe kkk).

“Periferico” porque o terminal localiza-se na Avenida Periférico, que nada mais é do que uma “Marginal”, no Brasil.

img_3181.jpg?w=1024

Questão de 5 quarteirões do mercado central já estávamos neste terminal.

Ótimo!

Pegamos o ônibus às 14:20 e uma surpresa: não tem banheiro (o atendente tinha dito que teria).

Fazer o que? Kkk

Chegamos à cidade às 19:50 (horário previsto).

Friozinho… cidade grande! 6 km da rodoviária ao hostel (no centro).

Seriam 117 pesos de Uber.

81 pesos de táxi (pego dentro do terminal e pago à rodoviária).

img_3182.jpg?w=1024

Trajeto da rodoviária ao hostel levou cerca de 25 minutos.

Deixamos nossas coisas no hostel e já fomos procurar algo para comer.

Acabamos não encontrando nada – lanchonetes e restaurantes caros na região. Então passamos no mercado e compramos algumas coisas para prepararmos na cozinha do hostel.

O legal foi que conseguimos ver um pouco do centro histórico à noite!

Fica lindo! Todo iluminado!

img_3187.jpg?w=768 img_3183.jpg?w=768

Após, ficamos no hostel mexendo em nosso canal do YouTube e logo estamos indo dormir.

Por falar em YouTube, hoje subimos nosso primeiro vídeo no México!!

Segue:

Gastos/pessoa: 108 pesos + passagem para Puebla (440 pesos) + hospedagem (152 pesos) = 700 pesos mexicanos (aproximadamente 35,89 dólares // 206 reais)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Como disse o @michradu que é mexicano,ônibus no Norte e mais caro e já vão completar 3 anos que estive.Você não faz CDMX a Acapulco ou a Guadalajara por menos de 500 pesos.E a Puerto Vallarta por menos de 1200 pesos. Como não sou trouxa fiz da avião esse trajeto, bem como a Maxatlan.Se forem lá preparem o bolso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei featured this tópico
  • Colaboradores
19 horas atrás, D FABIANO disse:

@michraduQual o nome deles no Norte que eu nunca vi ônibus dessas 2 ai?

No México nenhuma linha de ônibus faz o México todo.
- ADO está presente no sul, centro e parte do norte do México.
- Primera Plus, Estrella Blanca, Futura, ETN, Omnibus de México, Transpais, Autovías e filiais vão principalmente ao oeste e norte no México, quase nenhuma vai para o sul.
 

Esse é o problema aqui, eu digo que são os cárteis dos ônibus e por isso as passagens são muito caras. Tem ônibus turísticos e piratas mais em conta, é só saber onde ficam.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/14/1108/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

 

13/01, quadragésimo-quarto dia de viagem. Segundo dia em Ciudad de Mexico.

Acordamos por volta das 9h, tomamos um café da manhã delicioso preparado pela nossa querida anfitriã Emilia e fomos em direção ao centro da cidade, o Zocalo.

Pegamos o metrô (5 pesos cada passagem) e descemos na estação Zocalo.

img_3392.jpg?w=768 img_3394.jpg?w=768

Ao avistar a incrível catedral e a enorme praça ficamos extasiados!!! Que lugar incrível!!!! Amamos demais!

img_3413.jpg?w=1024

Entramos na igreja e também nos surpreendemos! Lugar inesquecível!

Após, tiramos mais fotos na praça e fomos em direção ao Museu das Belas Artes.

A rua que leva do Zocalo ao Museu de Belas Artes também é incrível!!

img_3453.jpg?w=1024

Entramos em mais igrejas nesse percurso – todas lindas.

Também entramos em uma galeria de arte contemporânea muito bacana ali.

img_3454.jpg?w=768

A seguir, chegamos ao Museu de Belas Artes. Lindo prédio! Lindo mesmo!

img_3464.jpg?w=1024

Nos informamos sobre o preço e decidimos não entrar.

Continuamos explorando o centro. Muitos lugares interessantes. Fomos a uma parte do centro um pouco mais deteriorada.

Ali encontramos um mercado municipal, aonde havia muitos restaurantes econômicos. Almoçamos por 50 pesos (sopa de entrada + prato principal + suco).

img_3478.jpg?w=768

Em seguida, fomos andando pelas ruas de comércio popular de CDMX, como Calle Peru. Idêntica à 25 de março kkk vendem de tudooo!!!

img_3479.jpg?w=768

Vimos muitos prédios tortos no centro. Depois descobrimos que é por conta da localização da cidade: dentro de um vale aonde antigamente havia um lago! Secaram o lago e construíram a cidade…

img_3487.jpg?w=768

Andamos bastante! Até umas 17h.

Quando pegamos o metrô e voltamos ao ap da Emilia.

Esse ap é em um lugar ótimo e o ap é excelente também, mas: falta água das 14h ate às 20h, então passamos no shopping perto da casa dela antes para utilizarmos o banheiro.

Ao chegar ao ap, ela estava em reunião (trabalha de casa). Helder deu uma aula às 18h.

Umas 20h, a Emilia apareceu com um bolo de aniversário pro Luan 😍

img_3508.jpg?w=828

E ainda deu um presente pra ele!!! Que menina especial!

Após, todos tomamos banho e fomos para a Zona Rosa, região da cidade cheia de bares e baladas gays e hétero.

Demos uma caminhada pela Avenida Paseo de la Reforma e visitamos o Anjo da Independência (símbolo da cidade).

img_3538.jpg?w=768

Em seguida, andamos pelas ruas da Zona Rosa e fomos à balada que ela queria que conhecêssemos. Antes, compramos bebida numa 7 Eleven e bebemos no carro (não é permitido beber bebida alcoólica nas ruas no México).

Após terminarmos a bebida (chamada Four Loco), fomos para a fila da balada.

Como iria tocar um DJ famoso de reggaeton, a entrada estava 150 pesos por pessoa. Ela, uma fofa, pagou para nós.

Entramos umas 23:30.

Lá dentro pagamos drinks pra ela.

Lugar bem legal: 3 pistas, sendo uma de música eletrônica, uma de reggaeton e outra de pop, aonde havia apresentação de Drag Queen.

img_3560.jpg?w=768

Helder coincidentemente viu lá um menino que conheceu em Florença em 2018. Mundo pequeno hehe

Umas 4 da manhã, fomos embora. Emilia não estava em condições de dirigir, então Luan levou o carro.

Ao chegar em casa, Helder passou no 7 eleven ao lado do prédio e comprou doritos.

Já no ap, Luan e Helder tomaram Mezcal antes de dormir kkkk Luan ficou fazendo uma videochamada com seu primo no Brasil até umas 6:30.

Gastos/pessoa: 422 pesos (aproximadamente 21,64 dolares // 125 reais)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...