Ir para conteúdo

Conhecendo o México (8 cidades em 29 dias) - Relatos diários com GASTOS, DICAS, ALIMENTAÇÃO etc


Posts Recomendados

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/10/adeus-a-oaxaca-chegada-em-puebla/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

10/01, quadragésimo-segundo dia de viagem. Quarto dia em Oaxaca / Primeiro dia em Puebla

Acordamos por volta das 8 da manhã. Arrumamos nossas mochilas e por volta das 9h fomos dar uma volta pela cidade e gravar um vídeo para nosso canal no YouTube sobre a cidade.

20e3ebbe-9b66-4880-a87f-00d175b9721b.jpg

Helder tambem iniciou seu vídeo da série “Mochilão Vegetariano”. A ideia inicialmente seria gravar somente ao final de cada país, mas como estamos há muitos dias no México e encontramos muitas opções veggie em Oaxaca, ele já quis deixar uma parte gravada.

Fomos até a rodoviária comprar passagens pra Puebla. Queríamos pegar um ônibus por volta das 12:30 (para chegarmos por volta das 17:30 na cidade).

Mas, como já dito aqui, ônibus no Mexico são CAROS!!!! Só tinha opção acima de 600 pesos! O que achamos estranho, pois jurávamos ter visto ônibus de 400 para Puebla.

Felizmente, havia wifi disponível ali no terminal rodoviário, então pesquisamos e vimos que de fato há ônibus por 440 pesos.

Então mostramos ao atendente e ele disse que trata-se de um “ônibus de segunda classe” e que parte de outro terminal.

Tranquilo, sem problemas! Vamos com esse hehe.

Após, continuamos gravando o vídeo e logo já fomos em direção ao mercado central para comprarmos algo pra cozinhar na cozinha maravilhosa desse nosso hostel.

Maaaas… lembre-se que Oaxaca conta com a melhor culinária do Mexico! E simplesmente não conseguimos deixar de comer desses pratos maravilhosos que vimos ali no mercado central kkk

Então, sem querer, ao invés de entrarmos no mercado central aonde há de tudo (mostramos anteriormente o mercado central aonde há legumes, frutas, verduras, doces, restaurantes etc), entramos no mercado ao lado, aonde há diversos restaurantes tradicionais (e só restaurantes), e ficamos TENTADOS com tanta comida boa! Então, ao invés de comprarmos ingredientes, acabamos comendo ali mesmo kkk só passamos no hostel antes para pegar as mochilas e voltamos ao mercado para escolhermos qual restaurante seria.

Acabamos escolhendo um com uma senhorinha muito simpática. Queríamos provar algum “mole”. Por exemplo, no Brasil é muito conhecida a Guacamole. Pois, existem muitos outros “moles”. Havia como opção nesse restaurante “Mole rojo” e “Mole negro”. Como não conhecíamos nenhum para escolhermos, a senhorinha tratou de nos dar amostras grátis de ambos! Fofa!!! Luan, então, escolheu um prato que continha os dois kkk Helder gostou mais do Mole Rojo, então escolheu um prato que continha este.

A comida estava divina!!!

img_3179.jpg?w=768

Após, fomos em direção ao terminal periférico (de onde parte nosso ônibus de segunda classe kkk).

“Periferico” porque o terminal localiza-se na Avenida Periférico, que nada mais é do que uma “Marginal”, no Brasil.

img_3181.jpg?w=1024

Questão de 5 quarteirões do mercado central já estávamos neste terminal.

Ótimo!

Pegamos o ônibus às 14:20 e uma surpresa: não tem banheiro (o atendente tinha dito que teria).

Fazer o que? Kkk

Chegamos à cidade às 19:50 (horário previsto).

Friozinho… cidade grande! 6 km da rodoviária ao hostel (no centro).

Seriam 117 pesos de Uber.

81 pesos de táxi (pego dentro do terminal e pago à rodoviária).

img_3182.jpg?w=1024

Trajeto da rodoviária ao hostel levou cerca de 25 minutos.

Deixamos nossas coisas no hostel e já fomos procurar algo para comer.

Acabamos não encontrando nada – lanchonetes e restaurantes caros na região. Então passamos no mercado e compramos algumas coisas para prepararmos na cozinha do hostel.

O legal foi que conseguimos ver um pouco do centro histórico à noite!

Fica lindo! Todo iluminado!

img_3187.jpg?w=768 img_3183.jpg?w=768

Após, ficamos no hostel mexendo em nosso canal do YouTube e logo estamos indo dormir.

Por falar em YouTube, hoje subimos nosso primeiro vídeo no México!!

Segue:

Gastos/pessoa: 108 pesos + passagem para Puebla (440 pesos) + hospedagem (152 pesos) = 700 pesos mexicanos (aproximadamente 35,89 dólares // 206 reais)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Como disse o @michradu que é mexicano,ônibus no Norte e mais caro e já vão completar 3 anos que estive.Você não faz CDMX a Acapulco ou a Guadalajara por menos de 500 pesos.E a Puerto Vallarta por menos de 1200 pesos. Como não sou trouxa fiz da avião esse trajeto, bem como a Maxatlan.Se forem lá preparem o bolso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei featured this tópico
  • Colaboradores
19 horas atrás, D FABIANO disse:

@michraduQual o nome deles no Norte que eu nunca vi ônibus dessas 2 ai?

No México nenhuma linha de ônibus faz o México todo.
- ADO está presente no sul, centro e parte do norte do México.
- Primera Plus, Estrella Blanca, Futura, ETN, Omnibus de México, Transpais, Autovías e filiais vão principalmente ao oeste e norte no México, quase nenhuma vai para o sul.
 

Esse é o problema aqui, eu digo que são os cárteis dos ônibus e por isso as passagens são muito caras. Tem ônibus turísticos e piratas mais em conta, é só saber onde ficam.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/14/1108/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

 

13/01, quadragésimo-quarto dia de viagem. Segundo dia em Ciudad de Mexico.

Acordamos por volta das 9h, tomamos um café da manhã delicioso preparado pela nossa querida anfitriã Emilia e fomos em direção ao centro da cidade, o Zocalo.

Pegamos o metrô (5 pesos cada passagem) e descemos na estação Zocalo.

img_3392.jpg?w=768 img_3394.jpg?w=768

Ao avistar a incrível catedral e a enorme praça ficamos extasiados!!! Que lugar incrível!!!! Amamos demais!

img_3413.jpg?w=1024

Entramos na igreja e também nos surpreendemos! Lugar inesquecível!

Após, tiramos mais fotos na praça e fomos em direção ao Museu das Belas Artes.

A rua que leva do Zocalo ao Museu de Belas Artes também é incrível!!

img_3453.jpg?w=1024

Entramos em mais igrejas nesse percurso – todas lindas.

Também entramos em uma galeria de arte contemporânea muito bacana ali.

img_3454.jpg?w=768

A seguir, chegamos ao Museu de Belas Artes. Lindo prédio! Lindo mesmo!

img_3464.jpg?w=1024

Nos informamos sobre o preço e decidimos não entrar.

Continuamos explorando o centro. Muitos lugares interessantes. Fomos a uma parte do centro um pouco mais deteriorada.

Ali encontramos um mercado municipal, aonde havia muitos restaurantes econômicos. Almoçamos por 50 pesos (sopa de entrada + prato principal + suco).

img_3478.jpg?w=768

Em seguida, fomos andando pelas ruas de comércio popular de CDMX, como Calle Peru. Idêntica à 25 de março kkk vendem de tudooo!!!

img_3479.jpg?w=768

Vimos muitos prédios tortos no centro. Depois descobrimos que é por conta da localização da cidade: dentro de um vale aonde antigamente havia um lago! Secaram o lago e construíram a cidade…

img_3487.jpg?w=768

Andamos bastante! Até umas 17h.

Quando pegamos o metrô e voltamos ao ap da Emilia.

Esse ap é em um lugar ótimo e o ap é excelente também, mas: falta água das 14h ate às 20h, então passamos no shopping perto da casa dela antes para utilizarmos o banheiro.

Ao chegar ao ap, ela estava em reunião (trabalha de casa). Helder deu uma aula às 18h.

Umas 20h, a Emilia apareceu com um bolo de aniversário pro Luan 😍

img_3508.jpg?w=828

E ainda deu um presente pra ele!!! Que menina especial!

Após, todos tomamos banho e fomos para a Zona Rosa, região da cidade cheia de bares e baladas gays e hétero.

Demos uma caminhada pela Avenida Paseo de la Reforma e visitamos o Anjo da Independência (símbolo da cidade).

img_3538.jpg?w=768

Em seguida, andamos pelas ruas da Zona Rosa e fomos à balada que ela queria que conhecêssemos. Antes, compramos bebida numa 7 Eleven e bebemos no carro (não é permitido beber bebida alcoólica nas ruas no México).

Após terminarmos a bebida (chamada Four Loco), fomos para a fila da balada.

Como iria tocar um DJ famoso de reggaeton, a entrada estava 150 pesos por pessoa. Ela, uma fofa, pagou para nós.

Entramos umas 23:30.

Lá dentro pagamos drinks pra ela.

Lugar bem legal: 3 pistas, sendo uma de música eletrônica, uma de reggaeton e outra de pop, aonde havia apresentação de Drag Queen.

img_3560.jpg?w=768

Helder coincidentemente viu lá um menino que conheceu em Florença em 2018. Mundo pequeno hehe

Umas 4 da manhã, fomos embora. Emilia não estava em condições de dirigir, então Luan levou o carro.

Ao chegar em casa, Helder passou no 7 eleven ao lado do prédio e comprou doritos.

Já no ap, Luan e Helder tomaram Mezcal antes de dormir kkkk Luan ficou fazendo uma videochamada com seu primo no Brasil até umas 6:30.

Gastos/pessoa: 422 pesos (aproximadamente 21,64 dolares // 125 reais)

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/16/dia-de-ressaca/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

14/01, quadragésimo-quinto dia de viagem. Terceiro dia em Ciudad de Mexico.

Hoje acordamos por volta das 10h. Como ontem bebemos muito, estávamos todos de ressaca kkkk

Luan e eu fomos dar uma volta pelo bairro, trocamos uma grana no Western Union do Elektra, fomos ao supermercado e logo voltamos para casa fazer almoço.

img_3590.jpg?w=1024

Após, ficamos conversando e dançando com a Emília e essa foi nossa sexta-feira.

Gastos/pessoa: 40 pesos (aproximadamente 2,05 dólares // 11,79 reais)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/16/descobrindo-a-cdmx/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

15/01, quadragésimo-sexto dia de viagem. Quarto dia na Ciudad de Mexico.

Helder acordou às 8:30 para dar uma aula (ele dá aula de inglês e manteve 3 alunos remotos durante a viagem). Após, fomos bater perna na cidade.

Hoje é um dia triste para a nossa anfitriã Emília, pois sua gatinha de 16 anos terá de ser sacrificada.

A gata mora com a mãe, então ela foi passar o dia na casa dela.

Então, Luan e eu fomos andar pela cidade.

Fomos em direção ao famoso Angel de la Independencia – um marco da cidade!

Mas, ao invés de descermos na estação de metrô próxima ao local, descemos 3 antes para irmos a pé pela cidade e irmos descobrindo coisas novas.

Acabamos passando por uma feira de brinquedos super legal e passamos em frente à Televisa – emissora a qual produziu absolutamente todas novelas mexicanas famosas no Brasil, como A usurpadora, Rubi, Maria do Bairro, Rebelde, além do Chaves e Chapolin. Muito legal estar ali, mesmo que do lado de fora kkk

img_3612.jpg?w=768

Em seguida, chegamos ao bairro conhecido como Zona Rosa! Passamos aqui na noite de quinta, mas é super interessante ver o quanto o lugar muda do dia pra noite, pois durante o dia a região é composta de restaurantes, alguns inclusive de luxo.

img_3615.jpg?w=1024

Fomos caminhando indo em direção ao Anjo e chegamos na Avenida Paseo de la Reforma – avenida comparável à Avenida Paulista, em São Paulo, pois também conta com edifícios altos e espelhados e grandes multinacionais. Linda avenida! Linda mesmo!

img_3618.jpg?w=1024

Chegamos ao monumento e ficamos ali por volta de meia hora só observando o movimento – muita gente fazendo Book ali e também muitos turistas, além de casais de namorados ou pretendentes fazendo date.

img_3631.jpg?w=768

Muito gostosa a vibe do lugar.

Em seguida, fomos caminhando em direção ao Bosque de Chapultepec. No caminho, passamos por avenidas IDÊNTICAS às de SP! Sempre ouvimos falar o quanto CDMX se assemelha à SP e é fato!!! Parece demais!

img_3641.jpg?w=1024 Parece a 23 de Maio kkk

Entramos no Bosque (que trata-se de um parque) e nos impressionamos!! Há muita coisa legal ali dentro: um lago, aonde pode-se alugar pedalinho, uma tirolesa, fontes, museu de arte moderna, feirinha ao ar livre, galerias de arte, restaurantes etc.

img_3650.jpg?w=1024 img_3651.jpg?w=1024 img_3662.jpg?w=1024

Incrível!! Um excelente passeio!!! Muito gostoso! Recomendado!

img_3665.jpg?w=768 img_3664.png?w=473

Após, pegamos o metrô e fomos de volta para casa.

img_3668.jpg?w=768 Pegamos o Metrô na estação Contituyentes

Antes passamos no mercado e compramos coisas para cozinhar.

Ao chegarmos, cozinhamos e jogamos Uno. Um tempo depois, a Emilia chegou! Foi bem triste vê-la super abalada por causa da gata.

Só que já passou por isso sabe o quanto é duro perder um pet.

De qualquer forma, ela logo se animou ao nos ver jogando Uno e entrou pro jogo também.

Mais tarde, fomos ao 7-Eleven da esquina comprar umas bebidas (mais Four Loco) e voltamos a jogar Uno. Também introduzimos Mezcal ao jogo – quem perdesse, era para virar um shot.

Pronto: não muito tempo depois ficamos bêbados ao ponto de só querermos dançar, e não mais jogar kkk

img_3675.jpg?w=768

Procuramos uma baladinha para ir (já que estávamos todos calibrados kkk), mas não rolou: diferentemente de SP, aonde as festas começam tarde, aqui começam cedo e terminam antes das 4 da manhã. Como já era mais de meia-noite, ficamos em casa mesmo.

Logo em seguida já dormimos.

Gastos: 205 pesos (aproximadamente 10,51 dólares // 60,43 reais).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

@Helder AndradeAté 2019 os museus do governo eram gratis no domingo.E o Palácio do Governo era gratis todos os dias,aonde há um pequeno museu e o grande mural de Rivera.Não souberam ou não quiseram ir mesmo.Saudades do Mexico,aonde não vou mais.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: 

https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/16/descobrindo-a-cdmx/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

16/01, quadragésimo-sétimo dia de viagem. Quinto dia na Ciudad de Mexico.

Hoje nos separamos: Helder preferiu explorar o bairro aonde estamos hospedados e o Luan saiu com a nossa anfitriã.

Logo pela manhã, Luan e Emilia foram às Trajineras de Xochimilco, que são passeios de uma hora pelos lagos desse bairro.

img_3850.jpg?w=797

Ele ainda provou o Pulque em uma tradicional Pulqueria. Trata-se de uma bebida feita de agave e combinada com uma infinidade de frutas.

Helder ficou pelo bairro Campestre/San Angel, que é aonde a nossa anfitriã mora.

Foi assistir à uma missa na Igreja de San Sebastián (seu santo preferido) e, após, deu uma volta – foi até a Universidad de Mexico, passou pelo Estádio Olímpico e depois voltou para procurar algo para comer.

img_3692.jpg?w=768 img_3688.jpg?w=1024

Antes, passou no Decatlhon para ver se os preços são tão altos quanto no Brasil – e são!

img_3704.jpg?w=768

Comeu uns tacos (deliciosos) no Mercado San Angel, passeou pelas ruas belíssimas de San Angel e, após, foi de volta para o apartamento – debaixo de chuva :/

img_3711.jpg?w=768

Chegou ao ap e fez um chá para esquentar, já que de tarde não há água no apartamento para tomar um banho.

Logo Emilia e Luan chegaram e contaram como foi legal o passeio!

Dormimos por volta das 23h.

Gastos/pessoa: 27 pesos mexicanos (aproximadamente 1,38 dólares // 8 reais)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Post extraído do nosso blog: 

https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/01/18/chaves-e-nuestra-senora-de-guadalupe/

Nosso insta cheio de dicas e stories: @brotherspmundoo (amigos há mais de 15 anos, decidimos sair para rodar o mundo).

17/01, quadragésimo-oitavo dia de viagem. Sexto dia na Ciudad de Mexico.

Acordamos por volta das 9h, tomamos café da manhã e logo saímos em direção ao shopping aonde localiza-se o restaurante do filho do Roberto Bolaños (criador, diretor e ator do Chaves e do Chapolin).

Seu filho montou um restaurante aonde se reproduziu a vila do Chaves, pois, como o estúdio onde foi gravado o Chaves já não existe mais, viu-se uma oportunidade de fazer uma réplica de tal a fim de agradar seus eternos fãs.

O shopping é um pouco longe – localiza-se em uma cidade vizinha à Cidade do Mexico (algo como Osasco, ou Guarulhos em SP).

Sendo assim, pegamos o metrô na estação Barranca del Muerto, fizemos uma baldeação na estação Tacuba e descemos na estação Cuatro Caminos. Lá pegamos uma van por 12 pesos que nos levou até o shopping (a lotação chama-se Izcalli 123 Paloma).

Passamos pela Avenida Periférica (equivalente à Marginal em SP) e em 25 minutos chegamos.

img_3730.jpg?w=768

Shopping lindo!!! Buscamos pelo restaurante Chanfle e logo encontramos!

img_3732.jpg?w=1024

Excelente lugar para os fãs do Chaves! Que espaço bacana!

img_3733.jpg?w=1024

Embora o shopping seja chique, o cardápio do restaurante conta com opções com bom preço. Tomamos uma sopa lá de Flor de Cabalaza (estava escrito como o Chaves diria “Clor de Falabaza” kkkk), que nada mais é do que flor de Abobrinha.

img_3774.jpg?w=768

Ah, e tomamos suco de Tamarindo (aquele que tem gosto de limão e parece de groselha kkkk Aliás, no Chaves original eles chamam de Água de Jamaica, ao invés de groselha).

img_3800.jpg?w=768 img_3747.jpg?w=768 Isso isso isso isso isso!!

Gostamos muito da experiência.

img_3797.jpg?w=1024

Após, pegamos novamente a van para o metrô e decidimos ir à Basílica de Guadalupe, a qual fica na Zona Norte da cidade.

img_3808.jpg?w=1024

Seria o equivalente à Catedral de Aparecida, entretanto, como fica no meio da cidade e tem metrô nas proximidades, a catedral é visitada diariamente por muitos fiéis.

O local conta com diversas igrejas e capelas! Muito lindo! Parece um Oásis, dado tamanho silêncio dentro do local e tantas pessoas com devoção orando! Incrível! Demais! Demais mesmo!

c735b228-3481-47b1-bef3-2778aff8b6e0.jpg

Pode ser um refúgio ao caos da cidade. O mais incrível é que foi exatamente ali aonde a Santa apareceu mais de uma vez em meados do Século XVI.

img_3831.jpg?w=768

Quando fomos entrar na Basílica em si (a igreja principal), fomos informados de que estava rolando uma missa e que uma vez dentro, só poderiamos sair ao final da missa (das 17 às 17:40). Isso por conta da pandemia!

TOPAMOS! Que honra assistir à uma missa em uma igreja tão linda.

Assistimos à missa e pontualmente às 17:40 encerrou!

Em seguida, fomos em direção ao metrô e fomos para casa.

Emilia hoje recebeu dois amigos para um projeto que farão parte, mas após uns 20 minutos que chegamos eles foram embora…

Estávamos todos com fome e, então, fomos todos ao Walmart ali perto da casa dela (dentro do Shopping Portal San Angel). Compramos coisas para fazermos um lanche para o jantar (inclusive vinho) e coisas para o café da manhã.

Quando preparamos a mesa para montarmos o lanche Emilia ficou surpresa! Disse que nunca tinha feito lanche daquela forma! E, depois, disse que gostou hehe

Logo após fomos dormir.

Gastos/pessoa: 142 pesos mexicanos (aproximadamente 7,28 dólares // 42 reais)

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...