Ir para conteúdo

Barracas TRILHAS & RUMOS


rico.alves

Posts Recomendados

  • 1 mês depois...
  • Membros
Eu acho as barracas da T&R pesadas para trekking, mas infelismente não temos muitas opções aqui no Brasil.

A única a venda por aqui seria a Nepal da Azteq, barraca para 2 pessoas pesando 2kg.

 

... A minha Solução para o Problema do Peso :

 

Super Esquilo 2 - Melhorias - 1ª Parte

 

 

Super Esquilo 2 - Melhorias - 2ª Parte

 

Vídeo Feito na cobertura de casa ( ainda em construção ) mostrando diversas melhorias que realizei na barraca Super Esquilo 2 da Trilhas e Rumos, que ao meu ver tem como ponto negativo o Peso Elevado para uma barraca técnica de 2 Pessoas e alguns detalhes do Projeto que poderiam ser melhorados como um Piso menos poroso e mais leve, armações e estacas leves (Alumínio), amarração do quarto na estrutura melhor elaborada ( Velcro ? ) sobreteto preso na armação ( Por Velcro também ? )modos para afastar o sobreteto do quarto, maior preocupação na redução de Peso, entre outros ...

 

Em tempos do grande fluxo de informação um marca tão conceituada não pode deixar de acompanhar as evoluções no marcado global e as necessidades de seus clientes.

 

Discovery Mountain ( http://pdh.co/DiscoveryM )

Nautika Thunder 3 ( http://pdh.co/Thunder )

Super Esquilo 2 ( http://pdh.co/Esquilo2 )

 

... mas é como diz o Ditado : Se quer algo bem Feito, faça você mesmo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Mostrei o Video pra eles no Facebook, aqui está a resposta :

Agradecemos suas sugestões contidas no filme. Como alternativa para uma barraca leve temos a Bivak em nossa linha, com armações e estacas em aluminio. O modelo Super-Esquilo 2 privilegia o espaço interno e um avanço adicional para guardar o equipamento. Além disso as armações possuem reforços em metal nas pontas para aumentar a resistencia, o que contribiu para o peso. Se trocassemos as armações atuais por uma versão em aluminio teríamos um ganho em peso importante, mas um custo bem mais alto em contrapartida. Temos planos de oferecer essas armações como opcionais em futuro próximo. Um modo de ajudar a reduzir o peso de sua atual Super-Esquilo seria usar estacas de aluminio da Coghlans, ref. 1000. O fundo da Super-Esquilo é feito de polipropileno reforçado com tramas anti-furo do mesmo material (em alta densidade) e é impermeável. O ganho em peso utilizando um fundo em nailon impermeável seria relativamente pequeno e menos resistente, razão de nossa escolha pelo polipropileno. Novamente gratos por sua contribuição.
::putz::

 

... ainda não pesei, mas vou fazer e logo mais posto por aqui ...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Pô, tive uma Bivak e realmente é uma faca de 2 gumes. Para caminhadas e subudas longas, é perfeita, com apenas 1,7kg. Em compensação, é extremamente pequena e baixa. Quando fui dormir, me senti num caixao. Rsss... É muito desconfortável. Sem dúvidas, aguenta o tranco, chuva e vendo não te atingem nem se você quiser. Há algum tempo vendi e comprei uma Cota 2. É outro nível. Mais pesada, mas bem mais conformtável. De qualquer forma, as barracas T&R são o que há de melhor em custo x benefício.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • Membros de Honra

I need help.

 

Olá amigos.

 

Possuo uma Super Esquilo 2. Devido ao tempo que ficou guardada a camada impermeabilizante do sobreteto parece ter sofrido um processo de derretimento ou algo como se tivesse sido dissolvido. Quando toco com a mão está úmida e pegajosa. Detalhe: a barraca não foi guardada molhada e nem úmida. Também devido a isso a fita que é sobreposta às costuras com a finalidade de impermeabilizar também soltou.

 

Minhas questões:

 

1. isso é comum acontecer? Já aconteceu com você?

2. é possível recuperar o sobreteto deixando-o impermeável novamente?

3. há algum produto para isso?

4. será que a Trilhas e Rumos faria essa recuperação?

 

O mesmo problema ocorreu com uma Mini Pack da Aztec que também tenho.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

POXA...LI O TOPICO TODO E ATÉ AGORA NÃO CHEGUEI A CONCLUSÃO.... ENTÃO VOU DIRETO AO PONTO:

SE ALGUM DE VCS FOSSEM VIAJAR PRA FAZER O CIRCUITO "O" DE TORRES DEL PAINE, COMPRARIA QUAL BARRACA (2P.) PRAS CONDIÇÕES DE CLIMA DE LÁ????

JÁ VI QUE AS NACIONAIS ESTÃO FORA DE COGITAÇÃO!! RSRSSRRS

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
POXA...LI O TOPICO TODO E ATÉ AGORA NÃO CHEGUEI A CONCLUSÃO.... ENTÃO VOU DIRETO AO PONTO:

SE ALGUM DE VCS FOSSEM VIAJAR PRA FAZER O CIRCUITO "O" DE TORRES DEL PAINE, COMPRARIA QUAL BARRACA (2P.) PRAS CONDIÇÕES DE CLIMA DE LÁ????

JÁ VI QUE AS NACIONAIS ESTÃO FORA DE COGITAÇÃO!! RSRSSRRS

Fora de cogitação não, mas já que você vai pra Argentina/Chile compra por lá, que é mais barato e tem mais oferta de produtos de qualidade.

:arrow:http://www.mochileiros.com/barracas-importadas-t12943.html

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
I need help.

 

Olá amigos.

 

Possuo uma Super Esquilo 2. Devido ao tempo que ficou guardada a camada impermeabilizante do sobreteto parece ter sofrido um processo de derretimento ou algo como se tivesse sido dissolvido. Quando toco com a mão está úmida e pegajosa. Detalhe: a barraca não foi guardada molhada e nem úmida. Também devido a isso a fita que é sobreposta às costuras com a finalidade de impermeabilizar também soltou.

 

Minhas questões:

 

1. isso é comum acontecer? Já aconteceu com você?

2. é possível recuperar o sobreteto deixando-o impermeável novamente?

3. há algum produto para isso?

4. será que a Trilhas e Rumos faria essa recuperação?

 

O mesmo problema ocorreu com uma Mini Pack da Aztec que também tenho.

 

 

Olá Clebson!

 

 

1. Esse "tempo" do material guardado deve ter sido longo, não? Nao é comum acontecer, pelo menos o "derretimento" do tratamento de impermeabilização.

Me parece ação de algum agente químico... Difícil dizer sem ver "in loco", mas como cita que ocorreu o mesmo fenômeno com 2 barracas diferentes (provavelmente guardadas no mesmo lugar) seria uma hipótese plausível, descartando a princípio defeito de fabricação dos materiais. Elas ficaram guardadas em algum armário com outros materiais? Algum tipo de líquido ou químico próximo?

 

2. Se a integridade do tecido (trama) não foi afetada é possível restaurar a impermeabilidade usando produtos à base de silicone.

 

3. Existem alguns em spray, muito práticos. O mais famoso é o Scotchgard 3M, facilmente encontrado desde lojas de autopeças e materiais de construção até supermercados. Pesquisar bem o preço antes pois cada tipo de loja vende a preços beemm diferentes... Existem também líquidos para aplicação com pincel (esses mais indicados para as costuras), estes, procure em lojas especializadas para artigos para loneiros, estofadores e sapateiros. Em algumas lojas de produtos para camping e pesca também são vendidos uns da Coghlans (marca distribuida pela Trilhas e Rumos), mas são bem mais caros.

 

4. Acho difícil que a Trilhas e Rumos ou a Nautika (dona da marca Azteq) façam essa manutenção no Brasil, visto que as barracas deles são importadas e se trate de um serviço demorado e custoso.

 

Abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...