Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Ilha Grande - Hospedagem (Hotéis - Pousadas - Albergues e Campings)


Posts Recomendados

  • Membros

811.jpg

Lagoa Azul

Fonte: http://www.yachtcharterguide.com

 

 

Oi...

Vai fazer um ótimo passeio.

Fui com meu namorado o ano passado e demos a volta na ilha.

Pegamos trilhas e fomos de uma praia à outra.

É bem cansativo, mas valeu a pena!

Se vc for para a parte do agito, na praia do Abrãao, tem a pousada "A toca do Guaiamum"- não é cara, tem sala com tv a cabo,restaurante. Ficamos em camping..mas tem quartos.No camping tem tomada para cada barraca...dá para fazer sua comidinha..e nas imediações perto do porto de onde saem os passeios tem vários restaurantes baratinhos e bons!

Visite o Pico do papagaio- é uma subida de 1000m ,mas tem uma vista maravilhosa!

Tente ir à praia de Palmas..tem campings

Praia Grande...linda

Cachadaço..

Vc deve comprar água e levar porque é caro demais nas praias.

Qlquer dúvida ..escreva..

 

 

 

 

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------

Postado pelo usuário Heredie

mensagem:

Fui pra Ilha Grande no natal.Só consegui acampar no Abraão.

 

Fiquei no Camping Santanna´s (tem uma boa estrutura mas a rua é barulhenta) e no Camping da Emilha (bom, mas não é bonito). Eu voltaria para o Santana.

 

Lá é bom se você gosta de andar (tem muuitas trilhas, leve uma boa bota). Se você vai fazer trekking de uma praia para a outra leve uma barraca leve. As trilhas são gordas e sinalizadas.

 

A comida é cara, e os campings têm fogão e geladeira. Não tem lugar pra comer em todas as praias. Portanto, leve um pouco de comida.

 

A Balsa sai de Angra custa R$ 5,00 demora +- 1hora, e os barquinhos R$20,00 na metade do tempo. Todas levam ao Abraão.

 

Tem dois sites:

http://www.ilhagrande.com.br'>http://www.ilhagrande.com.br

http://www.ilhagrande.com

Leve snorkel, máscara e máquina-fotográfica.

 

Falow,

Herê

 

 

 

 

 

------------------------------------------------------------------------------------

Postado pelo usuário Guilherme Filga

mensagem:

Já fui pra Abraão 3 vezes e pra Aventureiro 2 vezes. Posso te garantir q aventureiro é mto melhor.

 

Abraão é o centro de Ilha Grande, lá tem td... pousadas, campings, restaurantes, farmacias e telefone. Mas naum tem uma boa praia e costuma ser cara a diaria lá.

 

Aventureiro, assim como todas os outros lugares da Ilha tirando Abraão, tem uma boa praia e a diaria é 5 reais. Vc acampa no terreno dos moradores do local e rola PF em todos eles. Não há luz nem telefone e só se chega de barco, q se pega em Angra.

 

Outras alternativas seria vc acampar em Palmas ou em Parnaioca. Ambos no mesmo esquema de Aventureiro.

 

O negocio é o seguinte... se vc quiser um pouco mais de conforto e tranquilidade no sentido de não passar perrengue vá para Abraão.

 

Vou fazer um pequeno resumo...

 

Se vc for para Abraão, pegue a barca em Mangaratiba pq ela chega mais rapido do q a de Angra. De Abraão vc pode fazer trilhas para Palmas e Lopes Mendes (essa ultima vc tem q ir.. é mto boa!) e/ou para Dois Rios onde tem o antigo presidio. De Dois Rios dá pra fazer uma trilha até Caxadaço q é uma prainha linda. De Abraão dá pra fazer trilha até o Bico do Papagaio tb.

 

Se vc for pra Palmas vc pode fazer as mesmas trilhas q Abraão.. os dois lugares ficam proximos.. se vc ficar me palmas é mais facil de ir pra lopes mendes (a pria q vc vai querer ir todos os dias!). Ah pra ir pra Palmas pegue um barco em Mangaratiba.

 

Pra ir pra Aventureiro, pegue o barco em Angra (leva mais ou menos 2h 30min). Lá vc pode e deve conhecer todas as praias q vc consegue ver. Tem a do Demo, onde o pessoal gosta de pegar onda. E tem a do Sul a do Leste, q são praias bem extensas e q fazem parte da reserva.

 

Pra Parnaioca, vc pega uma barco tb. E dá pra visitar os mesmos lugares q Aventureiro. Ah, em Parnaioca há várias cachoeiras!

 

Bom pra terminar, se vc tiver dispo vc pode ir a todos esses lugares de uma vez só... de trilha. Vc vai para Abraão e pega a trilha para Dois Rios, de lá pega a trilha para Parnaioca e depois pega a trilha para Aventureiro. No total deve dar umas oito ou nove horas de caminhada e se tiver chovendo acampe em parnaioca!

 

Acho q é só... se tiver alguma duvida posta ae ou me manda um email!

 

Boa sorte e abraços,

 

 

 

 

 

------------------------------------------------------------------------------------

Postado pelo usuário Bené

mensagem:

Fala ai Edpsiko,

Então a respeito de Ilha Grande os colegas ja falaram tudo, vale muito a pena ir pra la. eu fui pela 3º vez, em janeiro, fui sozinho fiquei no camping do SANTANA'S ótimo camping tem tudo cozinha completa, geladeira, banho quente, segurança, ai vai o tel. 24 3361-5287. O camping fica em Abrão no "centro" da ilha, agora vai de vc querer ficar num lugar mais tranquilo ou mais agitado.

 

O que vc naum pode perder:

 

- Dois Rios A trilha de Dois Rios é um estradão de terra batida, não é na mata fechada, para vc ter uma ideia existe até uma faculdade.

Dica: Se quiser cortar caminho ao ir para Dois Rios, suba pela Rua das Flores (pergunte é bem conhecida ) e tem outro atalho mais pra frente quando vc ver tipo um banco de bambu entre a direita.

 

- Lopes Mendes, (agua muito clara, vc consegue ver o outro lado da onda)tem uma outra praia um pouco mais pra frente Santo Antonio.

 

- Cachoeira da Feiticeira (Cachoeira maravilhosa ,ótima queda d'agua pra repor as energia) vale também esticar até a praia da feiticeira.

 

- Praia do Caixadaço sem comentários

 

- Saco do Céu - É bem legal pra conhecer passa por diversas praias, é um local onde tem muitas lanchas, iate etc..

- Abraãzinho, Praia Preta - são as praias mais próximas de abraão

 

Esses lugares abaixo naum conheci , mas ainda vou :

 

- Pico do Papagaio - caminhada forte, melhor ir com o céu bem aberto para aproveitar a visão, também é interessante acampar.

 

- Praia do Aventureiro e Parnaioca - fica do outro lado da ilha pra ir na caminhada em um dia não tem como, o ideal seria acampar, além de muito mais lugares tem desse lado da ilha.

Todos as praias acima vc consegue fazer o passeio de barco, eu particularmente prefiro ir na caminhada.

Tem a Lagoa Azul e Lagoa Verde (feriado é muito lotado, fica ruim de mergulhar) um passeio que é feito de Escuna. Se for, prefira o pacote que vai nas duas lagoas sai 5 reais a mais, e vc conhece dois lugares. Eles alugam equipamentos para mergulho, mas é melhor levar o seu pq usa muito.

 

Vc pode comer no Camping do Bicão, Casa da Mulata e tem um restaurante do lado da igreja da abrão (casa da sogra, se não me engano ) são lugares q eu gostei da comida. Geralmente os lugares aceitam cheques e algum poucos aceitam visa electron.

 

É isso ai BOA VIAGEM !!!!

 

T+

 

Benê

[email protected]

 

 

 

 

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------

Postado pelo usuário Fabricio_ilha

mensagem:

edpsiko,

 

cara naum sei se vc lembra mas o pessoal dos radicais ano passado na semana santa fomos para ilha grande, eh foi 10 lá abraao eh mais organizada, tem a infra toda, restaurantes com PF custando uns 8 reais, eh de laq saem os passeios de barco, se vc nunca foi para la, aconselho a ficar em abraao q vai ser melhor, agora em palmas eh mais galera de camping mesmo, mochileira eh muito bom tb, se vc tivesse indo no carnaval eu com certeza diria para ficar em palmas q vc iria se divertir muito pq eh show tb.

 

se quiser umas dicas http://www.ilhagrande.net la tem infos , qualquer coisa me manda um mail q eu tenh infos aqui guardadas da epoca q eu fui

 

abraços

Link para o post

  • Respostas 154
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

RJIlhaGrande3.jpg

Praia de Lopes Mendes

Fonte: www.terra.com.br/guiadepraias

 

 

E aí!! Que saudades da Ilha Grande!!!!

A vila do Abraão mudou muito desde a primeira vez que eu fui, mas a ilha continua shou. Na primeira vez que eu fui fiquei no Albergue da Juventura, que cobra uns 15 reais com café. Mas nos outras vezes fiquei acampado. O Camping mais legal onde estive é o Santana, que fica na vila mesmo e perto da padaria nova. O camping custava uns 10 reais (há um pouco mais de um ano) e ele é bem mantido, pequeno, plano, com banheiros/duchas legais e cercado com tela. Vale a pena ficar lá.

Quanto a caminhadas, recomendo muito ir a Cachadaço que fica na direção de 2 Rios. É uma prainha que parece uma piscina. São 12km desde Abraão. Tb recomendo Lopes Mendes..e a trilha até lá tem altos visuais.

Além disso, faça os passeios de barcos para a Gruta do Acaiá, Lagoas Verde e Azul.

 

Boa viagem!!

 

Junior

Link para o post
  • Membros de Honra

Intaum edpsiko (vishi, eh isso mesmo? kkkk)

 

Procura naum perder a barca pq pra acampar em Angra vai ser meio difícil, eu nunca vi um camping lah! Uma vez eu saí de trindade pra ir pra Angra depois naum tinha ônibus pra voltar, aí eu tive ki dormir na praia (literalmente).

 

Em Ilha Grande vc procura o CAMPING DO LÚCIO. Eh um paulista gente boa ki conheci na barca qdo eu estava indo embora. O camping dele tem chuveiro quente, banheiros separados, fogão, geladeira e até talheres. O portão fica sempre trancado pra maior segurança e paga R$10,00. Mesmo preço do camping ki eu fiquei ki o banheiro era tudo junto, o chuveiro naum iskentava, fogão e geladeira bem porquinhos, sem segurança nenhuma (rasgaram a barraca que estava do lado da minha e levaram uma bermuda de um cara lah) e pelo mesmo preço R$10,00.

 

Eh isso aê

Ilha vale a pena.

 

[ ]´s

LiCo®

 

ICQ: 112709835

Msn: [email protected]

Link para o post
  • 1 ano depois...
  • Membros

Olá galera,

 

Fiquei uma semana em Ilha Grande durante o mês de março.

Acampei no Camping Raio de Sol, 10 reais/dia, todos os campings da vila de Abraão são o mesmo preço. Em geral eles têm boa infra-estrutura. No Raio de Sol os banheiros são limpos, tem fogão e geladeira pra vc fazer sua própria comida.

Os restaurante na vila são caros, por isso é bom comprar um miojo de vez em quando. Saindo um pouco da Vila de Abraão tem umas casas que servem PF por 7 reais, vale a pena.

As trilhas são muito legais, só que bastante extensas. O caminho para Dois Rios é 2:30h pra ir e mais 2:30h pra voltar, mas a praia é show e tbm vale a pena conhecer o antigo vilarejo.

A praia mais bonita é Lopes Mendes, vc vê do outro lado da onda, como já disse uma mina aqui do Fórum. Vale a pena duas horas de caminhada pra chegar até lá, e a trilha é gostosa de se fazer.

A cachoeira da Feiticeira tbm é interessante.

O passeio de barco na Lagoa Azul tbm é louco, vc nada no meio dos peixes, paguei R$ 20.

Infelizmente não deu pra conhecer Aventureiro, fica pra próxima.

 

Abraço

Link para o post
  • 7 meses depois...
  • Membros de Honra

Achei uma "listinha" de campings no Abraão:

 

Campings no Abraão

 

CAMPING DO PEIXOTO Rua Getúlio Vargas 364 ( 24 ) 3361-5599 ( 21 ) 8813-0106 O camping do Peixoto está equipado com vestiários independentes, área de serviço montada com 9 tanques, tomadas elétricas, varanda coberta com mesas, cozinha totalmente equipada geladeira, fogão

CAMPING RAIO DE SOL Rua Amâncio Felício de Souza (24) 3361-5744 (comercial) ou (21) 2254-7330 (noite) Instalações novas, chuveiro quente, solo com drenagem, lavanderia, cozinha e varanda para refeições.

CAMPING SANTANA`S Rua Santana, Vila Abraão (24) 3361-5287 (21) 9974-8756 (21) 2447-7666 Localizado próximo à praia, com chuveiro quente, lavanderia, pontos de luz nas barracas, varanda para refeições e com redes.

CAMPING DO LÚCIO Rua Getúlio Vargas, 206 (24) 3361-5775 Chuveiro quente, vestiários, copa-cozinha, capacidade para 45 barracas, chaves individuais para o portão de entrada.

CAMPING DAS PALMEIRAS Rua Getúlio Vargas, 08 (24) 3361-5059 Banheiros, lavanderia, amplo espaço.

ANGELA'S CAMPING Rua das Flores, s/n (24) 3361-5862 ou (24) 8803.1346 Localizado a 200m da praia, área coberta, geladeira, banheiros, redes, boa iluminação, café, bebibas, chuveiros com água quente, alugamos barracas e água direto da cachoeira.

CAMPING CANTINHO DA ILHA Rua Getúlio Vargas (24) 3361-5358 Próximo ao centro, com vestiários masculino e feminino, chuveiros e aluga-se bicicletas.

CAMPING DO BICÃO Rua do Bicão, s/n (24) 3361-5076 Vestiários masculino, feminino e infantil com ducha quente, pontos de luz para as barracas, varanda para refeições com tv.

CAMPING TOCA DO GUAIAMUM Rua Getúlio Vargas (24) 3361-5314 Capacidade para 30 barracas com pontos de luz, banheiros, lavanderia, piscina, sala de tv e restaurante anexo.

CAMPING SOMBRA DOS COQUEIRAIS Rua da Praia, s/n (24) 9841-7154 (24) 3361-5152 Capacidade para 50 barracas, vestiários feminino e masculino, cantina para refeição, chalés e suítes.

CAMPING DO ABRAÃO Rua Getúlio Vargas (24) 3361-5155 (24) 3361-5939 Vestiários com chuveiro quente, tanques, churrasqueira.

CAMPING EMÍLIA Rua Amâncio Felício de Souza

CAMPING FLORESTA Rua do Bicão (21) 9325-3814 Banheiros, quiosque para refeições, forno à lenha, ambiente rústico.

 

QQ coisa é só perguntar....

 

[]'s....MIKA!!

Link para o post
  • Membros de Honra
quote:Originally posted by asfaltoeterra

 

PRECISO DE UMA CASA PRA PASSAR O REVEILLON NA ILHA, AGUÉM SUGERE ALGUM CONTATO??

OBRIGADO.

RENATO DOEMER

 


id="quote">
id="quote">

 

Lista de casas no Abraão:

 

Casas no Abraão

Casa grande Próxima a praia (024) 3361-5378 - Cel.: (024) 9841-5916 A casa tem 4 quartos com cama de casal, 2 banheiros, cozinha, sala de jantar e jardim.

Casa da Yara Praia do Canto (21) 2294-8473 Uma pequena casa de pescador, em frente ao mar e com todo o estilo antigo de viver na Ilha.

Chalé da Montanha Próximo do centro da Vila do Abraão (24) 3361-5803 Próximo do Centro do Abraão. Aluguel por temporada ou mesmo fins-de-semana.

Casa do Teco Rua Getúlio Vargas (19) 3251-4924

(19) 9703-7223 Sossego e tranqüilidade bem próximos do centro da Vila

Guesthouse Praia do Canto (24) 9822-3865 Dois quartos com quatro camas cada um, confortáveis, novos com café da manhã e bem localizado.Perto da Praia.

Casa da Susuka Rua da Flores, 06 (21) 2431-3779 / 2431-2638 Casa com sala, copa cozinha completa 3 quartos (suite), mobiliada. Próxima a praia em local tranqüilo. Área com churrasqueira e fogão a lenha. E-mail: [email protected]

Casa da Mata Rua Dona Romana (24) 3361-5120 (noite) 9729-8767 Fica no Recanto das Jaqueiras. Possui ampla vista para a Mata Atlântica. Para 4 pessoas. Tem ventilador, som, cozinha, chuveiro quente e ducha externa. [email protected]

Casa do Edson Rua do Bicão, 28 (24) 3361-5246 Casa com dois quartos. Aluguel por temporada

Link para o post
  • Membros

Recebi uns e-mails de 3 camping d ilha grande .

 

Camping do sossego

 

Nosso pacote será de R$300,00 o casal de sexta a quarta, mediante depósito com reservas por telefone.

Grata

Célia Salmon

 

 

Camping raio de sol

 

Infelizmente ainda não possuímos orçamento para o período de Carnaval 2006. Estamos organizando um banco de dados com todos os pedidos de orçamento referentes a esse período e o enviaremos assim que for possível.

 

 

Camping Santana's

 

 

O preço para o pacote de Carnaval ( período de 23/02 a 28//02 - de Sexta a

 

Quarta-feira de Cinzas ) , ou de 24/02 a 01/03 é de R$ 170,00 por pessoa. Menores de 6 ( seis ) anos não pagam - de 6 ( seis) a 10 ( dez ) anos, paga meio pacote. Os dias anteriores e os posteriores ao pacote, será cobrado a taxa de R$ 12,00 por pessoa.

Link para o post
  • 1 mês depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por rafacarvalho33
      Ilha Grande é uma ilha localizada no litoral sul do estado do Rio de Janeiro, integrante do município de Angra dos Reis, sendo a maior ilha do estado e a sexta maior ilha marítima do Brasil, e assim em novembro decidi passar 08 dias das minhas férias nessa região. Começo confessando o quanto eu me surprendi com a Ilha, para um amante da natureza como eu, aquele lugar é fantastico, com passeios de barcos, praias, trilhas e cachoeiras, tudo o que mais gosto de fazer no mesmo local, assim pude ter uma semana bem agitada, intercalando os passeios para aproveitar o máximo.
      A minha localização foi na Vila do Abrãao e meus dias na Ilha ficaram divididos assim:
        Dia 1: Chegada na Ilha Dia 2: Trilha para Cachoeira e Praia da Feiticeira
      Dia 3: Trilha para Praia Dois Rios
      Dia 4: Passeio de Barco - Volta a Ilha
      Dia 5: Dia Livre para descansar e relaxar
      Dia 6: Passeio de Barco - Meia Volta
      Dia 7: Trilha para Praia da Abraozinho
      Dia 8: Hora de voltar para casa
            Parte do mapa de Ilha Grande, suas trilhas, cachoeiras, montanhas e praias.
        - Hospedagem e Alimentação
      As opções de Ilha Grande são limitadas, logo em feriados ou férias escolares a procura deve aumentar bastante fazendo com que não aja tanta opção, logo é importante se planejar e reservar com bastante antecedencia, acabei ficando em um Airbnb, que pode ser reservado pelo Booking também, uma casinha bem pequena, com uma cama de casal, um banheiro e uma cozinha com geladeira e fogão, foi a hospedagem ideal para quem ia passar uma semana no local, fora que a decoração do lugar é demais e o local fica mais afastado do centro.
      O telefone do responsável é 0 (21) 96486-8183 se chama Romulo, lá você pode pedir por mais informações e fotos do local.
      Como tinha uma cozinha disponível por muitas vezes conzinhei meu proprio jantar e em outros momentos fui comer pela Ilha mesmo, e existe valores para todos os gostos, desde Pratos Feitos por 15-20 reais e restaurantes mais requintados, pé na areia.
      Existem diversos mercados na ilha, um preço um pouco mais caro que o normal, mas nada de absurdo, então não precisa trazer tanta coisa assim do continente e ir comprando lá conforme a necessidade.
        Na hospedagem
        - Transporte
      É proibido a entrada de carros em Ilha Grande, logo você precisa deixar ele no continente, acabei deixando o carro em Conceição do Jacareí, daonde sai transporte maritimo ate Vila do Abraão, no estacionamento os preços variam, desde 20$ a diaria ate 40$, dependendo da epoca, como fui em novembro e iria ficar com o carro por 7 diarias, negociei um valor a $110,00 para essas 7 diarias.
      O transporte ate a Ilha pode ser feito de lancha, $50,00 por pessoa levando em torno de 30/40 minutos ou de escuna, $20,00 e leva em torno de 1 hora, porém de lancha sai a qualquer momento e de escuna existem horarios demarcados (melhor consultar).
        - Atrativos
      Cachoeira e Praia da Feiticeira
      Esse foi meu primeiro passeio em Ilha Grande, não é necessário a contratação de guia pois o caminho é bem demarcado e sempre tem gente percorrendo a trilha, o bom desse passeio é que você também passa pelo Aqueduto (construção de 1896), Poção e Praia Preta, o mergulho no Poção é válido, agora a Praia Preta achei nada demais.
      A distância da Vila do Abraão ate a Praia da Feiticeira da em torno de uns 6 km, e você leva umas 2 horas para chegar lá, antes disso você consegue ir ate a Cachoeira da Feiticeira, fica em torno de 20 minutos da praia e há sinalização ate o local, na praia da Feiticeira tem estrutura com barracas vendendo comida e bebida e caso não queria voltar por trilha, há possibilidade de voltar de barco (20$).
          Trilha para a Praia Dois Rios
      No meu segundo dia decidi fazer a Trilha para Dois Rios, um bairro de Ilha Grande que fica do outro lado da Ilha, a trilha não tem erro pois é feita por uma estrada que liga Vila do Abraão a Dois Rios, é dali que se vai para o Pico do Papagaio e é por essa estrada é que se passa os únicos transportes terrestres da Ilha.
      A trilha começa em forte subida, são em torno de 4 km de subida e depois 3 km de descida, totalizando 7 km de trilha, 14 km no total, existem dois restaurantes no local e existe a possibilidade para aqueles que queiram voltar de barco. Pela trilha existem dois corta caminhos, mas sinceramente não valem muito a pena, acaba dando tudo na mesma, a Praia de Dois Rios fica do lado da ilha voltada ao oceano com dois rios nas suas laterais, o passeio vale mais pela trilha do que pela praia em si.       Passeio de Lancha - Volta a Ilha
      Depois de dois dias de trilha estava na hora de fazer um passeio de lancha, a ideia era dar uma descansada no corpo, mas nem imaginei que passear de lancha também cansa rs, existem diversos passeios, com certa variação no valor, e por serem passeios de lanchas, o valor fica um pouco mais salgado, o passeio Volta a Ilha esta em torno de $220,00 por pessoa,ela da uma volta inteira na ilha, então esteja preparado para as oscilações do mar aberto, esse passeio só da para ser reservado dias antes pois depende muito das condições climaticas do dia.
      As paradas da Lancha são nas praias de Caxadaço, Parnaioca (nesse local tem uma igrejinha e atras dela o caminho para uma cachoeira, a parada é de uma hora no local), Aventureiros (no local tem um mirante de pedra e a parada é de uma hora) e a Praia de Meros, boa para mergulho, fora a parada do almoço em uma praia X, porém recomendo você levar uma mochila com comes e bebes e assim economizar no almoço.
      O passeio leva o dia inteiro praticamente, saindo as 9 da manhã e retornando as 16 horas, nesse dia tivemos a felicidade de ver uma Orca no mar.
            Passeio de Lancha - Meia Volta
      Depois de um dia de descanso, voltei ao mar para fazer o passeio da Meia Volta, o valor esta geralmente em torno de $150,00, e passa pela Lagoa Azul, Lagoa Verde, Praia do Amor, Praia da Feiticiera e Saco do Ceú.
      O ponto alto desse passeio são as Lagoas Azul e Verde, onde você encontra uma quantidade enorme de peixes, e ele praticamente funciona no esquema do passeio anterior, tem parada de almoço, mas tem possibilidde de você levar sua comida e bebida, a unica diferença é que o passeio sai as 10h da manhã e retorna as 16h da tarde. Quem quiser conversar sobre os passeios de Lancha, só chamar a Patricia (21) 99181-7990, ela nos ajudou a realizar os passeios de lancha no menor preço possível e dando todas as dicas para aproveitar o dia, quem nos passou o contato dela foi o Romulo, da hospedagem.       Praia do Abraãozinho
      No ultimo dia de passeio em Ilha Grande, o destino foi a Praia do Abraãzinho, localizada no canto esquerdo da Vila, ali começa uma trilha que passa pela Praia da Julia, Bica, Comprida ate chegar na Abraãzinho, uma pequena praia com dois bares no local, perfeito para quem quer se afastar um pouco do centro e relaxar em um dia de praia, a trilha leva em torno de 40 minutos, existe a possibilidade de ir de barco e voltar de barco também.
                Assim foi minha estadia em Ilha Grande, um lugar incrivel que me surpreendeu demais, além desses passeios citados acima você pode fazer a trilha para a Praia Lopes Mendes, Trilha do Pico do Papagaio e o passeio de lancha pelas Ilhas Paradisiacas, com certeza Ilha Grande é um local que merece mais tempo para aproveitar tudo o que a ilha pode oferecer.
      Espero que tenham gostado do relato, para qualquer dúvida só mandar mensagem pelas minhas rede sociais, estou presente no Instagram no rafacarvalho33 e no Facebook no Follow The Portuga.
       
      Follow me
    • Por Caio Vinicius Aleixo
      Pra chegar em Ilha grande
      Fomos de Jundiaí pra SP (Rodoviaria do Tiete) 16,00
       Depois de SP para Angra 112,00 (sem taxa de conveniência pq comprei na rodoviária)
      Da rodoviária pegamos uber (7,00) pro cais. (da pra ir andando, uns 20 min)
      No cais compramos a travessia de barco rápido (90,00 ida e volta ou 50 cada trecho se comprar separado). Tem a opção de balsa que é 17 reais por trecho mas os horários são mais limitados (Angra-Ilha as 15h e Ilha angra as 10:30 se não me engano). O barco rápido faz o trajeto em 30 min mais ou menos, a balsa faz em mais ou menos 1h. Na volta acho que não compensa (se bater os horários) pegar o barco rápido, pqe ele fez uma parada em outra praia pra depois ir pra Angra, então deu o msm tempo da balsa. Se comprar o Barco rápido antecipado vc precisa deixar agendado o trecho de volta mas da pra re-agendar facilmente com o número do bilhete ligando no numero descrito tb no bilhete.
       
      Hospedagem
      Ficamos no Hostel Beach House, café da manhã ok, tinha café, leite, um suco que acho que é natural (diluído), pão, presunto e queijo (teve um dia que não teve), melancia e bolo.
      Os quartos são limpos, tem onde trancar a mala, fiquei num quarto pra 9 com um banheiro dentro do quarto (no final ficamos só em 3 pessoas no quarto pqe era baixa temporada na ilha). Custo é de 30,00 reais em dias da semana e 35,00 em fds. Hostel fica bem localizado, perto de mercado, farmácia, restaurantes (se bem que a vila é pequena nada é mt longe). Embaixo do hostel tem uma agencia de turismo
      http://bit.ly/Hostel_Beach_House

       
      Passeios
      Dia 1 - Lopes Mendes
      Fomos andando e voltamos de barco (20,00 barco rápido 15,00 barco mais lento)
      Tem a opção de ir e voltar de barco ou ir e voltar de trilha.
      A trilha é cansativa pqe sobe mt, e é relativamente longa (umas 2h30). A trilha é de mata fechada e tem 1 mirante basicamente (logo depois que terminar de subir tem uma parte de barro a direita, é ali que tem que subir). A trilha é longa então é bom ir de tênis.
       
      Dia 2 - Abraãozinho (lado norte da ilha)
      Fomos andando até a praia do abraãzinho (passa por varias praias até la, que são mais bonitas que a abraãozinho inclusive). Essa caminhada é de boa, vai beirando as praias.
       
      Dia 3 -  Passeio Praias paradisíacas 80,00
      Melhor Passeio na minha opinião, é um passeio que passa em várias ilhas de Angra (botinas cataguases, praia do dentista, lagoa azul (acho que é isso e tem mais uma que não lembro). Passeio é bom para snorkel, o passeio inclui snorkel, agua e macarrão (boia). as praias e ilhas são mto bonitas msm. o passeio foi feito de lancha com capacidade para umas 12 pessoas. (o passeio foi mt animado pqe tinha um carioca engraçadíssimo e uma galera animada na frente. Na frente o barco bate mais se o mar estiver agitado e o visual é melhor. Atrás molha mais caso o mar esteja agitado. Faz frio na volta desse passeio)
       
      Dia 4 - Cachoeira da feiticeira e tentativa de praia da feiticeira (lado sul da ilha)
      A trilha passa pela praia preta, antigo hospital (hospital p pessoas com lepra se não me engano, parece um presídio, mas não confunda com o antigo presídio que existia em 2 rios)
      a trilha não é tãão fácil mas é mais tranquilo que a trilha pra lopes mendes. No meio do caminho tem um lugar que a sinalização é estranha, acabamos pegando o caminho errado e não saímos na praia da feiticeira, saímos em uma praia do lado. Voltamos de barco (20,00) 
       
      Dia 5 - Passeio meia volta 100,00
      Passeio para em algumas praias mas os principais são Lagoa verde e lagoa azul, tem também a praia do amor (que fica de frente p onde gravaram alguma coisa do filme crepúsculo) gostei bastante do passeio mas preferi o “praias paradisíacas”. Passeio é bom para snorkel, o passeio inclui snorkel, água e macarrão (bóia) assim como o “praias paradisíacas”
       
      DICAS: 
      Leve tenis, muita coisa é feita de trilha e tênis vai tornar muito mais confortável as caminhadas
      Para os passeios de barco, de preferencia para os dias de sol, deixa o passeio/praias mt mais bonitos e a prática de snorkel ainda melhor.
      Lagoa azul e lagoa verde tem muita vida marinha, não deixe de praticar snorkel.
      Se sentir mt frio, leve blusa p os passeios de barco qnd estiver nublado (na volta pega mt vento)
      Existem diversos passeios, alguns feitos de escuna, que são mais baratos mas perde-se mt tempo navegando e passa em menos lugares. 
      O Hostel “Aquário” (http://bit.ly/2ueaRPF) da uma festa td noite, é de graça e só paga o que consumir.
      Alimentação vc acha de td, comi pf por 23 reais e moqueca (no restaurante lua e mar) que ficou 90,00 por pessoa (a comida é deliciosa e o ambiente bem massa, pegamos um prato que teoricamente é pra 2 e comemos em 3. Estávamos famintos e deu de boa)
      Comer no “Coruja” é um lugar que vende uma empanada SENSACIONAL, 8,00 e tem opções vegetarianas. lá tb tem promoção de 3 caipirinhas por 25 reais (varios restaurantes do lado tb tem)
      La tem mto estrangeiro, fui em setembro e tinha mt frances e argentino.
      Me disseram que em alta temporada os preços sobem MUITO, tanto passeios qnt restaurantes, hostel TUDO.
      O clima da ilha é meio Roots, não tem carro, é mt bom pra relaxar e fazer amizade. Achei a galera mt gente boa no geral.
       
      Contatos 
      Hostel beach house: http://bit.ly/Hostel_Beach_House
      Nativos turismo (onde fechei os passeios, fica logo em baixo do beach house)                                      24 99997 6382
       
      Quem quiser ver fotos ou tirar duvidas, me chama no instagram @caioviniciusaleixo (lá eu fico mais atento as mensagens)
       
    • Por isaribeiro
      Olá Mochileiros!
      Hoje vim relatar um pouco sobre minha viagem para Ilha Grande, que fica na cidade de Angra dos Reis, no Rio! Angra pra mim sempre foi sinônimo de luxo e riqueza e depois de trabalhar o ano todo, decidi separar um pouco mais de dinheiro e conhecer essa ilha. Como essa viagem aconteceu em agosto e minha memória não está tão fresca para preços exatos, vou tentar ao máximo resumir a experiência e dar dicas de como economizar e aproveitar esse paraíso.

                     
      RESUMÃO
      A ILHA – impressões, como chegar, onde ficar, onde comer, o que fazer e passeios.
       • Impressões e como chegar
      Bem, como o nome diz, Ilha Grande é uma ilha e nela só se chega por barco. Há diversas opções, mas decidimos contratar um serviço de transfer ida e volta que nos pegaria no Aeroporto do Galeão e nos deixaria em nosso hotel no Rio na volta. O valor do serviço incluindo transfer terrestre e marítimo com lancha rápida ida e volta custou R$210 reais por pessoa, com a empresa Transfer Ilha Grande que recomendo demais, o serviço foi muito bem prestado.
      Opções mais baratas para chegar na Ilha vindo do Rio é pegar carona/um ônibus na rodoviária até a cidade de Conceição de Jacareí e de lá comprar o ticket de barca para Abraão por 35,00.
      Em ilha grande existem 3 cidades para hospedagem: Abraão, Palmas, Araçatiba e Aventureiro (sendo que esse ultimo só se chega de barco saindo de Angra dos reis). Nossa escolha foi Abraão por ser a maior e principal. Logo no desembarque já sabíamos que a viagem valeria a pena, o lugar é paradisíaco. Não tenho palavras para descrever a beleza do lugar, uma vila simples, pequena, onde o comércio fecha de 13:00 – 17:00, rodeado por uma mata atlântica viva. O dress code é chinelo ou pé no chão, mas não esqueça de incluir um casaco e tênis na sua mochila.
       
      • Onde ficar
      Sobre as hospedagens em Abrãao... Precisa ser levado em consideração que a Ilha é um lugar bem simples, originalmente era uma vila de pescadores e tudo precisa chegar de barco. É uma logística meio complicada que também influencia na inflação dos preços. Estivemos na Ilha em agosto, baixa temporada para o Brasil, mas férias na Europa e consequentemente os valores não estavam tão baratos, pois a Ilha lota de Europeus nesse mês, fomos descobrir isso por lá. Estávamos em casal, não queríamos ficar em camping, nem quarto compartilhado, o ideal era uma pousada com cama confortável e chuveiro quente. As diárias variam muito, escolhemos a pousada Horizonte dos Borbas pelo custo benefício e ótima localização. Foram 6 diárias e o valor total ficou em R$ 877,50 com café da manhã incluso. Recomendo esse lugar, foi um bom achado. Opção mais barata para Ilha Grande é camping e hostel. Recomendo bastante o Che Lagarto. DICA MOCHILEIRA: acampar em Ilha Grande é um prato cheio. Caso decida por essa opção, não deixe de acampar em Parnaioca ou Aventureiro.  
       
      • Onde comer
      Comer em Ilha Grande é absurdamente caro. Não tem meio termo, ou você cozinha no hostel/camping ou gasta, no mínimo, 40 reais em um prato. Até no mercado as coisas são muito caras, e olha que sou de Brasília onde preços altos normalmente não assustam, o que me deixou meio indignada. Uma água de 5 litros custa 10,00. Se você for ficar hospedado em pousada/hotel, recomendo separar pelo menos 100 reais por dia para alimentação entre almoço e janta, contando que sua hospedagem tem café da manhã. Sim, não é exagero.
      O preço é caro, mas a comida é boa. Recomendo os seguintes lugares:
      - Café do Mar Bar e Restaurante
      - Lonier Garoupas
      - Pizzaria Fornilha
      - Ateliê Cafeteria
      - Creperia Tropicana
       
      • Passeios e o que fazer
      A Ilha é dividida entre trilhas que levam até algumas praias e passeios que você faz apenas com barco. As trilhas são perfeitamente demarcadas, não sendo necessário guia apenas disposição. Contratamos todos os passeios com a empresa LIG – Lanchas Ilha Grande. Os passeios saem diariamente de Abraão, não compramos nada com antecedência, porém alguns passeios são determinados pela maré, então recomendo ir atrás dos passeios logo na chegada para garantir. Fizemos os seguintes passeios em nossa estadia por lá:
      - Ilhas Paradisíacas (R$ 90,00)
      - Volta a Ilha (R$110,00)
      - Meia Volta (R$80,00)
      - Lopes Mendes (independente)
      - Trilha até praia de Abraãozinho (independente)
       
      Vou detalhar cada passeio a seguir:
       
    • Por nnaomi
      Fiz um apanhado de dicas e descrições das trilhas de Ilha Grande. Em 2008, percorri as trilhas que partem da Vila de Abraão, onde fiquei hospedada. Em 2015, voltei à ilha e percorri as trilhas que partem de Araçatiba e Bananal, ficando hospedadas nessas duas localidades. Todas as trilhas foram feitas no esquema bate e volta no mesmo dia.
      Há 16 trilhas mapeadas pela TurisANGRA com diferentes graus de dificuldade, mas geralmente dispensam o uso de equipamentos mais específicos e cada trilha tem duração de caminhada inferior a 1 dia. A maioria das trilhas está demarcada e passa por limpeza e manutenção, mas o mesmo não ocorre com a sinalização que é antiga e está apagada/avariada ou ausente em vários trechos. Algumas trilhas possuem bifurcações e/ou não estão demarcadas pela falta de uso, dificultando o seu percorrimento. Também há outras trilhas, não mapeadas pela TurisANGRA, que são usadas pelos moradores. Caso queira percorrer uma delas, informe-se nas vilas se as trilhas estão abertas e demarcadas.
      É bastante comum o Roteiro Volta da Ilha que faz o contorno completo da ilha, emendando uma trilha na outra e pernoitando em pousadas ou campings. Salienta-se que é necessário pegar um barco de Aventureiro a Parnaioca, pois é proibido entrar na Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul que é fiscalizada pelo INEA. Porém há relatos de quem passou por esse trecho.
      Basicamente, a área da ilha está inserida em três Unidades de Conservação (UC) administradas pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA) que regulamenta as normas de visitação a essas UC.
      O Parque Estadual da Ilha Grande (PEIG) integra a Área de Proteção Ambiental de Tamoios e foi reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.
      Sede: Av. Nacib Monteiro de Queiroz, s/n, Vila do Abraão, 3361-5540. Administrativo: seg-sex de 8-17h. Visitação: ter-dom de 8-17h
      Fonte: site do INEA
      A Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul é uma UC de Proteção Integral com sede na Vila do Aventureiro e são permitidas apenas visitas de cunho educacional e para a realização de pesquisas científicas, mediante prévia autorização.
      Fonte: site do INEA
      A Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Aventureiro (RDS) é uma UC de Uso Sustentável. Fazia parte da Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul, que é uma UC de Proteção Integral, mas foi desmembrada e recategorizada. A nova classificação da área foi feita para conciliar a preservação dos ecossistemas locais com a cultura caiçara, valorizando os modos de vida tradicionais, assim como as práticas em bases sustentáveis desenvolvidas pela população tradicional beneficiária da unidade, incluindo a pesca de caráter artesanal, sob controle e gestão compartilhados entre o INEA e moradores da RDS do Aventureiro.
      Dicas:
      • Para as trilhas, é recomendado o acompanhamento de um guia ou alguém que conheça bem a região
      • Antes de iniciar uma trilha pegue informações no Centro de Informações Turísticas e/ou com algum morador que conheça o local e que, de preferência, tenha passado pela trilha recentemente. Condições da trilha podem mudar de um dia para outro
      • Há algumas dicas para fazer as trilhas no site http://ilhagrande.org/trilhas-da-ilha-grande
      • Informe-se previamente sobre as condições da trilha. Na maioria dos trechos, as trilhas não são caminhadas à beira da praia, e sim seguem dentro de mata fechada cortando morros, por isso costuma ter subidas e descidas, algumas bastante acentuadas. Outra consideração importante é que, embora as trilhas estejam, geralmente, limpas e bem demarcadas, a sinalização está deteriorada em vários pontos, onde sobrou apenas a placa, mas os dizeres estão apagados. Também há bifurcações não sinalizadas, embora sejam mais comuns nas proximidades das vilas
      • Consultando as anotações que peguei na internet e seguindo a intuição, procurei transitar pela trilha principal, a mais aberta e mais limpa, evitando os caminhos que pareciam levar às residências. Algumas bifurcações (do tipo Y de ponta cabeça) passam despercebidas na ida e nos confundem na volta, mas com um pouco de bom senso, sentido de orientação e ajuda dos moradores, que são muito prestativos, descobrimos o caminho certo. No meio da trilha a orientação geral é seguir a trilha mais aberta e acompanhar os postes de fiação de energia elétrica, pois estes vão dar sempre em algum local povoado
      • O inverno é uma ótima época para caminhar, pois a probabilidade de chuva é menor e as temperaturas são mais amenas, mas pode ser frio para entrar na água que fica bem gelada nessa época
      • Não faça trilha descalço, nem de chinelo; um calçado apropriado é essencial, pois não é caminhada na areia da praia na maioria dos trechos. Algumas partes da trilha têm inclinação acentuada e terreno acidentado com raízes, pedras e/ou terra batida, que devem ser escorregadias na época de chuva. Acredito que depois de uma chuva, deve demorar para secar, pois há várias partes de mata fechada, onde não bate sol.
      • Comece a trilha cedo, para ter tempo de folga para um imprevisto. Nesse ponto, ajuda quando a pousada começa a servir o café da manhã cedo. Em julho, lá pelas 5h já está escuro nas trilhas, pois a maior parte segue dentro de mata fechada. Complica por causa das raízes, pedras e obstáculos do meio do caminho. É bom se programar para voltar antes disso, mas de qualquer forma previna-se com uma lanterna
      • Leve água e lanche, mesmo que tenha fontes de água e comércio no destino, pois as fontes podem estar secas ou contaminadas e o comércio pode estar fechado ou desabastecido
      • Para não ficar repetitivo, registro aqui uma informação mais "técnica" da trilha. Descrições mais detalhadas do percurso encontram-se nos respectivos relatos
      • Lado direito ou lado esquerdo da praia? A indicação dada, considera que você está olhando o mar
      • Mapas, fotos e informações detalhadas de algumas trilhas: br.ilhagrande.com
      • Mapas e algumas informações da trilha: ilhagrande.com.br
      ****************************************
      Nanci Naomi
      http://nancinaomi.000webhostapp.com/
      Trilhas:
      Grupo CamEcol - Caminhadas Ecológicas Taubaté
      Relatos:
      15 dias em SC: - fev/2018 - Parte 1: Vale Europeu | Parte 2: Penha
      Paraty e Ilha Grande - jul/2015 - Parte 1: Paraty | Parte 2: Araçatiba e Bananal | Parte 3: Resumão das trilhas
      3 dias em Monte Verde - dez/2014
      21 dias na BA - fev/2014 - Parte 1: Arraial d'Ajuda | Parte 2: Caraíva | Parte 3: Trancoso | Parte 4: Porto Seguro
      11 dias na BA - dez/2013 - Parte 1 e 3: Salvador | Parte 2: Costa do Dendê - Ilha de Boipeba e Morro de São Paulo
      21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi
      21 dias em SC - jul/2012 - Parte 1: Floripa | Parte 2: Garopaba | Parte 3: Urubici | Parte 4: Balneário Camboriú
      8 dias em Foz do Iguaçu e vizinhanças - fev/2012 - Parte 1: Foz do Iguaçu | Parte 2: Puerto Iguazu | Parte 3: Ciudad del Est
      25 dias desbravando Maranhão e Piauí - jul/2011 - Parte 1: São Luis | Parte 2: Lençóis Maranhenses | Parte 3: Delta do Parnaíba | Parte 4: Sete Cidades | Parte 5: Serra da Capivara | Parte 6: Teresina
      Um final de semana prolongado em Caldas e Poços de Caldas - jul/2010
      Itatiaia - Um fds em Penedo e parte baixa do PNI - nov/2009
      Um fds prolongado em Trindade e Praia do Sono - out/2009
      19 dias no Ceará e Rio Grande do Norte - jan/2009 - Parte 1: Introdução | Parte 2: Fortaleza | Parte 3: Jericoacoara | Parte 4: Canoa Quebrada | Parte 5: Natal
      10 dias nas trilhas de Ilha Grande e passeios em Angra dos Reis - jul/2008
      De molho em Caldas Novas - jan-2008 | Curtindo a tranquilidade mineira de Araxá – jan/2008
      Mochilão solo: Curitiba e cidades vizinhas - jul/2007
      Algumas Cidades Históricas de MG - jan/2007 - Parte 1: Ouro Preto | Parte 2: Tiradentes
      9 dias nas Serras Gaúchas - set/2005 - Parte 1: Gramado | Parte 2: Canela | Parte 3: Nova Petrópolis | Parte 4: Cambará do Sul
    • Por nnaomi
      Período: 14 a 23/07/2008 e 06 a 15/07/2015
      Cidades: Ilha Grande
      Ilha Grande, o paraíso dos turistas estrangeiros. Nunca vi tanto turista estrangeiro junto! O local é bem rústico, simples, sem carros e considero como principais atrações, as trilhas e passeios de barco. Bom para quem gosta de caminhar (muito!) e não tem enjôo de mar, mas a recompensa são praias lindas, de água muito clara, cercadas por mata. Acredito que não seja um destino bom para quem tem crianças pequenas, devido às características do local, como o acesso difícil às principais belezas da ilha. Também não é indicado para quem espera luxo, conforto e não vive sem as facilidades de uma cidade grande.
      Confira abaixo as dicas e o relato de viagem. Fiquei hospedada na Vila do Abraão, que é a maior vila da ilha e com mais infra-estrutura. Na segunda viagem para a ilha, dividi a estadia entre Araçatiba e Bananal.
      Obs.: "Outras opções" referem-se às indicações que recebi de colegas, mas que não experimentei por não ter tido tempo ou por ter tomado conhecimento delas tarde demais. ATENÇÃO: não possuo nenhum vínculo com pousada, hotel, restaurante, agência, loja e qualquer outro tipo de estabelecimento divulgado nos meus relatos de viagem. Alguns dos pontos turísticos, bem como alguns estabelecimentos, não foram visitados por mim e as informações foram pesquisadas em guias. Portanto, recomendo que antes de utilizar qualquer serviço, verifique com a secretaria de turismo da cidade, se os dados são atualizados e/ou verossímeis.
      O texto na cor preta se refere ao primeiro relato de 2008 e o texto na cor verde, às informações atualizadas ou ao novo relato de 2015.
      A cidade
      É uma das inúmeras ilhas de Angra dos Reis, a qual possui, em sua totalidade, cerca de 148mil habitantes (dados IBGE 2007) e área de 800 Km². Faz limite com as cidades de Bananal (SP), Cunha (SP), Mangaratiba, Paraty, Rio Claro e São José do Barreiro (SP). Apresenta clima tropical úmido com temperatura média de 27ºC.
      ****************************************
      Nanci Naomi
      http://nancinaomi.000webhostapp.com/
      Trilhas:
      Grupo CamEcol - Caminhadas Ecológicas Taubaté
      Relatos:
      15 dias em SC: - fev/2018 - Parte 1: Vale Europeu | Parte 2: Penha
      Paraty e Ilha Grande - jul/2015 - Parte 1: Paraty | Parte 2: Araçatiba e Bananal | Parte 3: Resumão das trilhas
      3 dias em Monte Verde - dez/2014
      21 dias na BA - fev/2014 - Parte 1: Arraial d'Ajuda | Parte 2: Caraíva | Parte 3: Trancoso | Parte 4: Porto Seguro
      11 dias na BA - dez/2013 - Parte 1 e 3: Salvador | Parte 2: Costa do Dendê - Ilha de Boipeba e Morro de São Paulo
      21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi
      21 dias em SC - jul/2012 - Parte 1: Floripa | Parte 2: Garopaba | Parte 3: Urubici | Parte 4: Balneário Camboriú
      8 dias em Foz do Iguaçu e vizinhanças - fev/2012 - Parte 1: Foz do Iguaçu | Parte 2: Puerto Iguazu | Parte 3: Ciudad del Est
      25 dias desbravando Maranhão e Piauí - jul/2011 - Parte 1: São Luis | Parte 2: Lençóis Maranhenses | Parte 3: Delta do Parnaíba | Parte 4: Sete Cidades | Parte 5: Serra da Capivara | Parte 6: Teresina
      Um final de semana prolongado em Caldas e Poços de Caldas - jul/2010
      Itatiaia - Um fds em Penedo e parte baixa do PNI - nov/2009
      Um fds prolongado em Trindade e Praia do Sono - out/2009
      19 dias no Ceará e Rio Grande do Norte - jan/2009 - Parte 1: Introdução | Parte 2: Fortaleza | Parte 3: Jericoacoara | Parte 4: Canoa Quebrada | Parte 5: Natal
      10 dias nas trilhas de Ilha Grande e passeios em Angra dos Reis - jul/2008
      De molho em Caldas Novas - jan-2008 | Curtindo a tranquilidade mineira de Araxá – jan/2008
      Mochilão solo: Curitiba e cidades vizinhas - jul/2007
      Algumas Cidades Históricas de MG - jan/2007 - Parte 1: Ouro Preto | Parte 2: Tiradentes
      9 dias nas Serras Gaúchas - set/2005 - Parte 1: Gramado | Parte 2: Canela | Parte 3: Nova Petrópolis | Parte 4: Cambará do Sul

×
×
  • Criar Novo...