Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivo - Cidadania Italiana - Procedimentos


Posts Recomendados

  • Respostas 1,5k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Posted Images

  • Membros
quote:Originally posted by Alexandre Cordeiro

 

Gostaria de saber como devo proceder para conseguir os documentos do meu tataravô e bisavô que se encontram no consulado em Porto Alegre, pois quero pedir a cidadania na Itália e vou precisar destes doc., estou certo? Como moro em SC vou ter que legalizar os documentos em Curitiba? Abraço e valeu


id="quote">
id="quote">

 

Alexandre,

 

Se voce ler algumas paginas anteriores vai encontrar mensagens com informacoes uteis a voce. Se seus primos ja fizeram o processo e a pasta esta arquivada, o Consulado nao devolve nenhum documento. Se vai fazer o processo no Brasil, nao tera que apresentar de novo a documentacao do italiano, so a partir dele ate voce. O que o consulado faz eh transcrever as informacoes obtidas com o processo de cidadania ja realizado, para a comune de origem do antepassado. Portanto, se for fazer o processo na Italia, a unica possibilidade de nao precisar da documentacao eh entrando em contato com a Comune do antepassado (com uma copia da certidao de nascimento dele em maos), verificando se as informacoes foram transcritas para a Comune de origem. Essas informacoes sao de casamnto e morte (caso tenha casado e morrido no Brasil) E caso tenham sido transcritas devera solicitar um Estratto di Nascita atualizado, assim nao precisara de toda a documentacao de novo.

Boa sorte!

 

Giseli

Link para o post
  • Membros

Olá! Gostaria de saber como dar entrada no processo. O site do consulado tem um modelo de requerimento com o seguinte campo: "Número de pessoas que requerem a cidadania italiana com este pedido incluindo o Sr/Sra (contar somente os vivos e os menores de idade) "

mas não pede o nome delas. Cada uma deve fazer o requerimento individual? O cônjuge (masculino) casado com uma requerente à cidadania italiana pode fazer o requerimento também (casado desde 75) ou perderá a nacionalidade brasileira?

Obrigada.

Link para o post
  • Membros de Honra

Topico Agrupadoid="red">

 

Topic author: chiesurin

Subject: Cidadania Italiana

Posted on: 18/08/2005 19:55:17

Message:

 

Parabens Galera do Mochileiros!

 

Fantastica a ideia de colocar em um site, a possibilidade de se fazer cidadania, diretamente na Italia, por conta propria!

Acho otima a ideia, de que cada um coloque neste site, todas as dificuldades , e as solucoes encontradas, para facilitar aos que iniciam sua "peregrinacao italiana".

Gostaria de poder passar um pouco do que conheco, sobre este problema;

1- Nem todo permesso em atencao a cidadania, nos da o direito de trabalhar, ao menos que venha escrito no permesso. Isto e muito importante, pois muitos brasileiros, chegam a Italia, pensando em levantar uma graninha pro sustento. Em algumas comunes e possivel conseguir trabalho, noutras(a grande maioria),NAO! Portanto nao contem com o fator trabalho, mas se conseguir, melhor!

2- As coisas estao mudando na Italia, em relacao "QUESTURA"

Em muitas Questuras, esta se aplicando a lei de comprovacao de sustento, pelo periodo que pretende ficar. PERMESSO DE TURISMO - 2.700 euros por tres meses PERMESSO DI ATTESSA 5.200 euros. Isto deve ser comprovado com documentos normalmente(extrato de cartao de credito int. comprovando limite, declaracao de bancos onde possua conta), e nao em dinheiro!

Esta exigencia, depende da Questura onde solicita o permesso, portanto nem todas pedem, mas e sempre bom estar preparado.

3- Se possue um visto de outro paiz, exemplo; INGLATERRA Este visto JAMAIS, sera cancelado pela Questura italiana. Nao podem cancelar um documento que nao seja deles. Serve de alivio, a quem possua visto de estudante em UK.

4- Caso consiga uma "maozinha", pra conseguir um endereco para fazer sua residencia na Italia, procure se informar, quantas pessoas possuem residencia nesta casa, uma vez que a lei italiana, preve um limite por metro quadrado(+-30mQ, por pessoa). Caso esteja "cheia", podera ter serios problemas para conseguir sua residencia, naquele local.

5- NAO existe geitinho, pra se fazer cidadania ou pra conseguir rapido um permesso. Tudo depende da Comuni onde estara dando entrada na documentacao. No geral, o processo e o mesmo, em qualquer lugar da Italia, variam os prazos de cada etapa.

6- Caso seja do Parana ou Santa Catarina, de entrada na Comuni, com seus documentos apenas traduzidos e reconhecidos em cartorio do Parana e deixe que o Comuni se encarregue de mandar ao Consulado para legalizacao.

7- Caso alguem diga que resolve tudo e te entrega o passaporte(por um valor altissimo, geralmente)CORRA... TODOS os documentos devem ser entregues por voce e so voce pode assinar, tanto na Questura, quanto no Comuni.

8- Lembre-se sempre, que a Italia, e um pais caro. Portanto, quando for la, prepare seu bolso. Se conseguir trabalho, otimo, mas nao conte com isto! Aluguel, comida, condominio, rescaldamento(aquecimento), transporte, etc...devem ser sempre pagos. Nao estara no Brasil.

9- Nao confie no seu ingles, ou no seu italiano macarronico, pois na maioria das comuni, nao se fala ingles, e se nao falar algo claro, com seu italiano macarronico, nao sera atendido, portanto perdeu tempo.

10- UMA UNICA QUESTAO....

NAO SERIA MAIS BARATO E PRATICO, PAGAR ALGUEM(PROCURE INFORMACOES SOBRE ESTA PESSOA), PARA ACOMPANHAR SEU PROCESSO? POR MENOS QUE ESTA PESSOA TE AJUDE, NAO FARA PELO MENOS O BASICO QUE VOCE PRECISA, PARA ENCAMINHAR SEUS DOCUMENTOS? ECONOMIZANDO TEMPO, POIS PODERA PERDER MUITOS DIAS VALIOSOS E CAROS, PROCURANDO OS CAMINHOS, UMA VEZ QUE A TEORIA E MUITO BOA, MAS NA PRATICA, AS COISAS COMPLICAM?

 

Parabens pelo site, e que todos deem sua colaboracao, para outras pessoas que la chegam, nao tenham seus caminhos tao cheios de pedras, como muitos de nos tivemos.

 

Um grande abraco,

Chiesurin

Link para o post
  • Membros de Honra

Acho uma enorme sacanagem a decisão, jah do ano passado, do consulado de Curitiba não realizar mais legalizações...

Existem muitos descendentes de italianos em SC e PR... acredito que até facilitaria o trabalho do próprio consulado, visto que é uma dor de cabeça a menos para nós e uma taxa de arrecadação a mais pra eles. Percebo uma maioria dando um "jeitinho" e legalizando em SP...

No RS as coisas são mais complicadas ainda para a legalização... quem jah entrou no site do consulado pôde perceber a burocracia de legalização...

É meus amigos, ser cidadão italiano reconhecido fará cada um perder alguns quilos e muitos fios de cabelo...além da bufunfa, ehclaro...hehehehe

Um abraço pra vcs ...

Link para o post
  • Membros
quote:Originally posted by giborduchi

 

quote:Originally posted by Alexandre Cordeiro

 

Gostaria de saber como devo proceder para conseguir os documentos do meu tataravô e bisavô que se encontram no consulado em Porto Alegre, pois quero pedir a cidadania na Itália e vou precisar destes doc., estou certo? Como moro em SC vou ter que legalizar os documentos em Curitiba? Abraço e valeu


id="quote">
id="quote">

 

Alexandre,

 

Se voce ler algumas paginas anteriores vai encontrar mensagens com informacoes uteis a voce. Se seus primos ja fizeram o processo e a pasta esta arquivada, o Consulado nao devolve nenhum documento. Se vai fazer o processo no Brasil, nao tera que apresentar de novo a documentacao do italiano, so a partir dele ate voce. O que o consulado faz eh transcrever as informacoes obtidas com o processo de cidadania ja realizado, para a comune de origem do antepassado. Portanto, se for fazer o processo na Italia, a unica possibilidade de nao precisar da documentacao eh entrando em contato com a Comune do antepassado (com uma copia da certidao de nascimento dele em maos), verificando se as informacoes foram transcritas para a Comune de origem. Essas informacoes sao de casamnto e morte (caso tenha casado e morrido no Brasil) E caso tenham sido transcritas devera solicitar um Estratto di Nascita atualizado, assim nao precisara de toda a documentacao de novo.

Boa sorte!

 

Giseli


id="quote">
id="quote">

 

Oi Giseli....

Tudo bem? so me diga mais uma coisa quanto a transcriçao....

Minha certidao da Italia ja veio com a anotaçao da transcriçao de obito e casamento tudo em um documento só. Sera que isto ja conta como os 3 documentos e nao preciso levar entao o obito e o casamento do italiano? Vc saberia me dizer? Pois a principio eu achei que viria em documentos separados....

 

Aguardo uma resposta! obrigada!!

 

Renata

Link para o post
  • Membros

Oi Renata,

 

Voce tendo em maos a certidao ja com as transcricoes de casamento e morte voce TEORICAMENTE nao precisa dessas certidoes e nem da negativa de naturalizacao. Eu acabo de descobrir que foram feitas as transcricoes no meu caso (assim como o seu) e pra evitar outras surpresas desagradaveis estou mandando um e-mail pra comune pra verificar o que exigem nesse caso. Voce ja tem o resto da documentacao pronta? Ja sabe onde vai ficar? Eu, assim que tiver resposta da comune vou postar aqui pra dizer o que eles querem.

Espero(amos) nao precisar!!!

Boa sorte pra gente!

 

Giseli

Link para o post
  • Membros

Eu queria dar entrada no consulado de BH, mas o meu avô deve fazer o requerimento também ou não? E alguém sabe se precisa ter as certidões de óbito, e as de nascimento das esposas (casadas com os titulares do sobrenome italiano). Obrigada.

Link para o post
  • Membros
quote:Originally posted by bee23

 

Eu queria dar entrada no consulado de BH, mas o meu avô deve fazer o requerimento também ou não? E alguém sabe se precisa ter as certidões de óbito, e as de nascimento das esposas (casadas com os titulares do sobrenome italiano). Obrigada.


id="quote">
id="quote">

 

bee3,

 

Também sou de BH e fui ao consulado váaaaaaaaarias vezes. Pra vc dar entrada aqui vai ter que entrar na fila que possui mais de 10 mil pessoas. Em 4 anos eles chamaram pouco mais de 300.

 

Pessoal,

 

Minha família toda (Avós, Tios) tiraram a cidadania italiano pelo consulado de BH, mas na época meu pai não pôde tirar a nossa. Seria possível legalizar cópias autenticadas e traduções, pelo consulado já ter os documentos originais???

Alguém sabe como eu faço para buscar uma certidão de nascimento no Principado de Mônaco???

Estou pensando em ir pra Itália em Fevereiro de 2006. Tenho alguns primos muuuuuito distantes em Lucca, penso em ir pra lá. Alguem sabe como está o andamento dos processos por lá?

Link para o post
  • Membros

Ola Galera!

>

> Hoje é um dos dias mais felizes da minha vida o dia

> que eu Resgatei as

> origens da familia Leteri, Sasso e Dentale. Hoje

> consegui realisar

> um sonho, uma vitoria de vida, um momento unico... O

> dia que consegui

> a minha Cidadania Italiana que me da todos os

> direitos como saude,

> educaçao, segurança etc...

>

> Como consequencia me transformei em um Cidadao

> Europeu, que hoje em

> um mundo globalizado quer dizer tanto.

>

> Os meus antecedentes em 1900 deixaram este pais

> procurando uma vida

> melhor e agora em 2005 eu estou fazendo o caminho de

> volta com muita

> honra e orgulho de representar os meus tataravos,

> Bisavos, Avos, Pais,

> Irmaos e parentes que lutaram tanto para oferecer

> uma vida melhor as

> suas familias.

>

> Eu tinha um sonho que era me realisar na minha

> profissao de

> Fisioterapeuta, uma profissao que nunca em nenhum

> momento me arrependi

> de ter escolhido.

>

> Sabia que no Brasil nao seria facil, assim desde do

> 1 ano de

> faculdade ja tinha a vontade de ir para os EUA,

> depois pensei no

> Canada e assim fui parar na Australia sem falar nada

> de Ingles com a

> cara e a coragem, nao foi facil mas DEUS sempre

> estava comigo me

> abeçoando. Depois de um ano voltei ao Brasil, pois

> passei no esame de

> Ingles e la so pode trabalhar se continua estudar.

>

> Voltei para o Brasil e antes de começar a procurar

> emprego ja queria

> ir para os EUA. Fui ao crefito com o meu pai e la

> uma pessoa me falou

> que na Italia estavam precisando de Fisioterapeutas.

>

> Naquele momento nasceu o progetto Italia. Fui ate a

> gencia que fazia

> toda pratica de reconhecimento do diploma, o diploma

> demorou quase 1

> ano e meio para ser reconhecido, pois comparam carga

> horaria validade

> dos documentos, materias e tudo deve ser traduzido e

> legalizado pelo

> consulado.

>

> Enquanto esperava o processo comecei a trabalhatr na

> IBM, e como

> minha Mae sempre falava que nos teriamos direito a

> cidadania, comecei

> a correr atras dos documentos e me deparei com o

> maior desafio de

> minha vida a Cidadania Italiana.

>

> No Brasil para vc ter uma ideia o processo demora 8

> anos ou mais, e a

> fila aumenta a cada ano. Estudei o processo como se

> faz a cidadania

> no Brasil e direto na Italia e tambem comecei a

> estudar italiano.

>

> Dei entrada no Brasil para minha familia e por fora

> fui conseguindo a

> documentaçao, que nao e nada facil, a pessoa que

> solicita deve ter a

> certidao de nascimento, casamento , obito e certidao

> negativa de

> naturalizaçao do antepassado italiano e nascimento ,

> casamento, obito

> e reservista de todos envolvidos.

>

> Depois todos os nomes, sobrenomes e datas devem

> bater com o Extrato di

> ato di nascita do meu Bisavo. Entrei na justiça para

> mudar os nomes

> datas e sobrenomes, traduzi e juramentei e por

> ultimo fui Santos para

> legalizar no Vice consulado.

>

> No Brasil atraves da internet em forum de debate

> sobre Cidadania

> Italiana, descobri que existe uma associazione

> chamada Ritornare

> destribuidas em seis em toda Italia. Escrevi para as

> 6 e so uma me

> respondeu. Karen que me disse como funcionava a

> Varese, e que nao

> era facil mas era possive,l pois associazione mostra

> o caminho, o resto

> e com vc...

>

> Tomei a decisao avisei karen que iria e ela

> conseguiu que um

> Brasileiro Erivelton me esperasse no aeroporto.

>

> Cheguei na Italia 18 de Maio uma quarta feira,

> fiquei em um Albergue 4

> dias, depois comprei o jornal da cidade e comecei a

> procurar uma

> pessoa para dividir despesas liguei para 4 pessoa a

> quarta me abriu a

> porta.

>

> A residencia é a coisa mais importante aqui na

> italia, sem ela nao se

> pode iniciar o processo de cidadania.

>

> Pietro a pessoa que divido apartamento assinou toda

> documentaçao:

> carta di Ospitaliata e residencia.

>

> Erivelton assinou a carta de

> mantenimento.(Responsavel e qualquer

> problema)

>

> No dia 25 Maio

> vou ao comune para que todos os documentos sejam

> analizados pela

> prefeitura. Graças a Deus tudo perfeito!

>

> No dia 26 Maio dei entrada na questura em meu

> permesso di espera de

> cidadania.

>

> No dia 17 de Junho peguei o meu permesso que ja da

> direito a plano de

> saude, cpf, conta em banco e trabalho.

>

> No dia 02 de julho consegui o original do meu

> reconhecimento do diploma.

>

> No dia 06 de Julho a aprefeitura di Varese pediu ao

> consulado de SP

> a declaraçao de nao renuncia da cidadania italiana

> da minha Avo, mae

> e minha.(documento que prova que nunca renunciamos a

> cidadania

> italiana)

>

> No dia 11 de Julho consegui trabalho em uma clinica

> de Fisioterapia.

>

> No dia 12 de Agosto chega a resposta de nao renuncia

> a cidadania Italiana.

> Vou ao comune e entrego todos os documentos ja

> analisados para a

> finalisaçao do processo.

>

> Dia 18 de Agosto O Prefeito de Varese assina minha

> Cidadania me

> transformo em Cidadao Italiano.

>

> Tempo do processo 3 meses.

>

> Deus esta me abeçoando todos os dias

>

> Agradeço a Deus! Minha familia ! Meu Pai e Mae,

> Avos, Irmaos e amigos

> que torceram por mim!

>

> Grande Abraço!

>

> Sergio Sasso

Link para o post
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...