Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

leocaetano

Dicas: O que fazer em Santiago, Valparaíso e Viña del Mar

Posts Recomendados

Estamos em Santiago ainda, e temos uma dica para todos que pretendem vir p cá um dia: jamais se hospedem no hotel Diego de Velasquez, em Providência. Fica super bem localizado, mas embora apareça no site como 04 estrelas, se tiver uma, é cadente!!! rs

O café da manha é ruim, pobre. Os quartos esquisitos (e de ruim, porque aqui esquisito significa gostoso! Cuidado!), as camareiras entram no seu quarto a qq hora, do nada... o que nos deixou super inseguras... enfim, atendimento péssimo!!!

No mais, a água do lugar mesmo a de garrafinhas de água mineral, tem um gosto mto mto ruim. A gente sente sede o tempo todo, mas para quem tem cabelo e pele oleosa é o ceu!!!! Nada de brilho no rosto, meninas!rs

Ñ achamos nenhum outlet...e nem nada super barato, como esperávamos.

Achamos o city tour uma chatice e entramos numa cafeteria, em Vitacura, depois da Benetton, quase em frente a AX, que as atendentes eram umas grossas... ñ gostam de brasileiros!!!!

Hj vamos a Valparaíso e Viña Del Mar... depois postamos nossas impressoes...

Abços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- Ficar de olho durante a viagem de avião para avistar a Cordilheira dos Andes;

- Passeio a pé pelo centro;

- Visita à Catedral, que é impressionante;

- Plaza de Armas;

- Palácio La Moneda;

- Cerro San Cristóbal;

- Cerro Santa Lucia;

- Ir ao Pátio Bellavista à noite para curtir a noitada local;

- Visitar as casas de Pablo Neruda, de preferência as três: La Chascona (Santiago), La Sebastiana ( Valparaíso) e a casa de Isla Negra. Vale a pena alugar um carro para fazer este passeio.

- Dar um mergulho no Pacífico. Frio pra caramba!!!!!

- Ir até a maior piscina do mundo que fica em Algarrobo e de preferência se hospedar por lá. (Eu não fiz isso, mas pretendo voltar)

 

Espero que ajude!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos, viajei no início de janeiro de 2011 para Santiago e passei 8 dias lá.

Com relação aos lugares para se visitar, não há muito o que acrescentar, pois no site há realmente todas as dicas possíveis.

O que eu gostaria de acrescentar é sobre alguns detalhes que muitos podem não saber. Então seguem minhas observações:

1) nos passeios que normalmente as pessoas fazem (Viña del Mar/Valparaiso, Valle Nevado, Isla Negra/Pomaire etc) todos os restaurantes onde as empresas de turismo nos levam são realmente caros. Achei de um modo geral as refeições pouco fartas e muito caras. Normalmente as refeições (a la carte) vêm com uma carne e um acompanhamento, que pode ser arroz ou algum molho. Nesses restaurantes cada refeição (individual) custou em média 8.000 pesos (equivalente a R$ 32,00). Refrigerantes (lata de 300 ml), cervejas long neck, água mineral e sucos são caros: aproximadamente 2.000 pesos (equivalente a R$ 8,00).

2) é muito mais barato procurar algum restaurante próximo ao hotel. Certamente terão boas opções e bem mais em conta, pois a gastronomia chilena é boa e variável, incluindo muito peixe e frutos do mar.

3) nos lugares visitados nos passeios a que me referi, as lojas de suvenirs (lembranças) também são caras. Achei muito melhor tirar um dia para ir a alguma feira artesanal (como a de Santa Lucia). Lá sim, há muitas coisas boas e baratas para se comprar.

4) o metrô de Santiago é realmente muito bom e liga vários pontos importantes da cidade. É seguro e funciona até às 23h. O bilhete é barato, mas tem valores diferenciados em função dos horários. Varia de 420 a 580 pesos aproximadamente (equivalente a R$ 1,70 a R$ 2,30 aproximadamente).

5) ônibus eu não utilizei até porque tem que comprar cartão para usá-lo (não se aceita pagar em dinheiro).

6) o trânsito em Santiago é bastante congestionado. Curiosamente, quase não há motos na cidade. Disseram que isso é devido aos preços baixos dos carros. Ou seja, as pessoas preferem comprar carros e não motos.

7) Santiago é bastante segura, quase não se vêm mendigos, pedintes. Dizem que batedores de carteiras são raros e assaltos à mão armada não existem.

8) o povo chileno é bastante educado, muito respeitador com os turistas. Não avançam sinal de trânsito, esperam o pedestre atravessar as ruas e sempre dão a nota fiscal, mesmo que você não peça e mesmo que a compra tenha sido apenas um sanduíche ou um suco. Isso é cultural lá.

9) o clima de Santiago é extremamente seco: lá só chove no inverno e mesmo assim pouquíssimo. Há pessoas que inclusive ficam com uma pequena irritação na garganta ou nariz. No verão, temos calor de dia e clima agradável à noite. Curioso que lá escurece por volta das 21h.

10) a cidade é muito bonita, alternando construções antigas e modernas. As praças são enormes, muito floridas e muito bem cuidadas. As pessoas respeitam e preservam.

11) há uma enormidade de cachorros de rua na cidade e o interessante é que todos os tratam muito bem. Até casinhas para cachorro encontrei nas praças.

12) quem for ao Valle Nevado, mesmo no verão, trate de levar casaco de frio, pois enquanto Santiago estava em torno de 32º, o Valle Nevado estava com 6º.

13) o pisco sour (bebida típica de lá, parecida com nossa caipirinha, só que feita com uva) é realmente muito gostoso. Agora, cuidado com o preço: nos restaurantes, uma taça custa cerca de 2000 pesos (equivalente a R$ 8,00). Entretanto, pelo mesmo preço você consegue comprar uma garrafa no supermercado.

14) por fim, taxi em Santiago não é caro. Achei até mais barato que em Belo Horizonte.

Bom, acho que por agora é o que eu poderia contribuir com o pessoal. Então boa viagem para Santiago. É um bom passeio, sem dúvida.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em Valparaiso não se pode deixar de experimentar a Chorrillana do Casino Royal J Cruz, apesar do nome pomposo é um restaurante bem rústico localizado na rua Condell 1466.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Li o comentário de alguém sobre o gosto da água mineral, e tenho uma dica.

Sofri o mesmo problema em Buenos Aires em 2009, e qdo cheguei no Chile em 2010 a mesma coisa... pensei: "como esse povo consegue beber essa água salgada?!?"

 

Quando forem comprar água mineral, olhem bem o rótulo e só comprem se tiver a informação "LIBRE DE SODIO"... aí sim, a água fica igualzinha a que estamos acostumadas aqui no Brasil.

 

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Santiago é especial. Todas as dicas que o pessoal já deu aqui, eu reforço. Pra mim teve um q a mais, porque estive muito tempo com chilenos amigos lá, então pude conhecer a cidade do ponto de vista deles. Foi muito legal...pena que os lugares que fomos eu não lembrei de anotar nomes.

 

Palácio de la Moneda, achei mais bonito que a casa Rosada. Estéticamente comparando. Eu senti uma emoção especial no La Moneda, porque li bastante sobre o regime de Pinochet, e passar pelos locais que li que foram bombardeados...estar na frente de um lugar que li tanto sobre, foi sensacional. Aliás acho uma ótima prática ler muito sobre os países, sobre a parte histórica. Pra entender o local, é necessário entender a história dele.

Minha alma socialista ficou em festa em Santiago, eles são bem mais engajados politicamente falando, do que nós brasileiros.

 

Patio Bellavista é bem bacana, apesar das coisas não serem muito baratas.

 

Agora uma coisa é verdade, pra quem tem pele oleosa lá é uma maravilha. Durante o tempo em que estive no Chile, nenhuma espinha sequer. rss

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pow Juliana... indica um livro aí vai... tô indo ano que vem e já estava começando a procurar algo para me interar. Fiz isso antes de ir pro Peru em 2007 e valeu muito a pena. Quero ir pro Chile com a mesma sensação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Raulzito,

eu recomendo "A sombra do ditador"; o autor é Heraldo Muñoz, chileno que viveu lá na ditadura e depois tornou-se ministro de relações exteriores no governo da Bachelet (que aliás, é filha de preso político, morto na época de Pinochet).

Acho que paguei R$55 em agosto do ano passado. Vale bastante a pena. :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Anotadíssimo! O preço é esse mesmo... o mais barato que vi foi no Wallmart por 46... mas o frete deles é mais caro então...rs

Assim que ver uma promoção eu compro! Valeu mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Jeffersonwbds
      Nossa primeira viagem ao Chile foi incrível! 
      A primeira vez na neve a gente nunca esquece, né!? 
      Como recordação produzi um vídeo contendo trechos de diversas partes do chile, espero que gostem! ♥
       
       
    • Por Wes Bonfante
      Olá, pessoal, saio neste sábado, 13 de julho de Niterói, Rio de Janeiro, em direção a Santiago no Chile de mochilão. Quero descer até Montevideo, visitar Buenos Aires novamente, Mendoza, e seguir até Santiago. Queria chegar em Santiago até dia 22 de julho. Gostaria de dicas diversas, sobre o caminho a percorrer, segurança, banhos, tempo, também aceito ofertas para couchsurfing... Ah, preciso de seguro viagem pra cada lugar? 
    • Por guilherme.hotz
      Olá Mochileiros! Irei em agosto para o Chile e uma das minhas tantas dúvidas era quanto me custaria estar por lá durante uma semana.
      Para tanto fiz um esboço de roteiro que irá contemplar uma diversidade de atividades, que serão alteradas ainda devido à proximidade da viagem, clima na semana e disponibilização do calendário do Campeonato Chileno de Futebol (pois quero ver um jogo).
      Todavia, segue o esboço de forma que outros viajantes tenham uma noção de preços, e o que fazer.
      Fico à disposição para discutir possibilidades, sanar dúvidas e ouvir sugestões.
       
       
      CRONOGRAMA CHILE-1.pdf


×
×
  • Criar Novo...