Ir para conteúdo

Primeira viagem internacional


RViana10

Posts Recomendados

  • Membros

Fala galera, belezinha? Bom, me chamo Rafael e estou tentando planejar uma viagem para Europa com um amigo, como nosso orçamento é um pouco curto, desistimos de tentar fazer um mochilão e focamos apenas em conhecer um país, que no caso seria a Itália (ou Holanda, porém vou fazer o mesmo post na sessão da Holanda para ficar algo mais organizado). Temos em caixa algo em torno de R$7.000,00 e queríamos ficar pelo menos uns 15~20 dias. Bom, como disse antes, estamos limitados em relação ao dinheiro, então esses R$7.000,00 seriam para a viagem como um todo (passagens, hostel, deslocamentos, alimentação, etc). Planejamos ir em Março de 2020, é uma boa época para ir? Vi que é um mês de "baixa" temporada, então acredito que encontraremos preços mais em conta.

Montei um roteirinho bem fuleira, só para organizar um pouco as ideias, mas estou aceitando sugestões caso seja necessário tirar, incrementar ou alterar alguma coisa.

Roma - 4 dias
Pompeia - 1 dia
Nápoles - 1 dia
Roma (Vaticano) - 1 dia
Siena - 1 dia / Florença - 3 dias / Pisa - 1 dia / Bolonha - 1 dia
Veneza - 3 dias
Verona - 1 dia
Milão - 2 dias
 

Qualquer opinião é muito bem vinda, até porque não conheço muito a Europa, não sei se a divisão de dias ficou muito boa, se há outras cidades que eu deveria incluir para colocar no lugar de alguma outra aí ou então se eu deveria tirar alguma por ter cidades demais, enfim, sou todo ouvidos.

Desde já, agradeço imensamente!

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Por 7mil tudo, acho pouco para 15-20 dias. Digamos que compra a passagem por 2500, então lhe sobra 3500, que dá cerca de 800 euros. Isso dá 40 euros por dia, possível, é, mas é basicamente para comer e dormir, sem entrar em nenhum canto.

Bom, porém, opinião a parte do roteiro.

Roma em 4 dias já dá pra incluir Vaticano, os pontos turísticos da cidade são um tanto concentrado, então dá pra fazer bastante coisa em 3 dias, e no quarto ir para Vaticano.

Veneza 3 dias é bastante, além de ser uma cidade cara, em 2 dias dá para conhecer de ponta a ponta.

Milão, acredito que seja a cidade da volta, pois em um dia se vê o necessário (é a cidade mais sem graça da Itália), então o segundo dia seria mesmo para voltar.

 

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

@Davi Leichsenring Entendi, o ruim é que nos prendemos muito no orçamento... mas você acha que se retirássemos algumas cidades e alguns dias, ficaria um pouco mais viável com esse orçamento?

Roma (Vaticano) - 4 dias
Pompeia - 1 dia
Nápoles - 1 dia
Florença - 3 dias / Pisa - 1 dia
Veneza - 2 dias
Verona - 1 dia
Milão - 1 dia

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Para 11 dias acredito que fica mais factível, dá cerca de 70 euros o dia.

Uma coisa que precisa ver são os preços de passagem de Roma Até Milão, porque não costumam ser muito baratos.

Preço de hostel na Itália vai girar em torno de 25 euros a média, com 20 euros dá para almoçar e jantar (se quiser economizar, dá pra fazer com 10, Kebap), mais uns 15 para gastos extras, como ônibus e entrada em alguns lugares. Que dá cerca de 60 euros por dia, e os outros 10 para ir a outra cidade.

 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Por 2000 acho que já consegue uma folga boa.

Para ter uma ideia mais exata do valor que gastará, entre nos sites de compra de bilhete e simule os valores dos trajetos.

Do custo diário sem contar transporte, na Itália se encontra hostel entre 20/30 euros (depende da cidade), o custo de comida, se não for em zona turística, consegue almoçar por menos de 10 euros. Custo de entrada de museu/galeria/etc é entre 10 e 15 euros em geral.

 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 03/04/2019 em 14:55, RViana10 disse:

Fala galera, belezinha? Bom, me chamo Rafael e estou tentando planejar uma viagem para Europa com um amigo, como nosso orçamento é um pouco curto, desistimos de tentar fazer um mochilão e focamos apenas em conhecer um país, que no caso seria a Itália (ou Holanda, porém vou fazer o mesmo post na sessão da Holanda para ficar algo mais organizado). Temos em caixa algo em torno de R$7.000,00 e queríamos ficar pelo menos uns 15~20 dias. Bom, como disse antes, estamos limitados em relação ao dinheiro, então esses R$7.000,00 seriam para a viagem como um todo (passagens, hostel, deslocamentos, alimentação, etc). Planejamos ir em Março de 2020, é uma boa época para ir? Vi que é um mês de "baixa" temporada, então acredito que encontraremos preços mais em conta.

Montei um roteirinho bem fuleira, só para organizar um pouco as ideias, mas estou aceitando sugestões caso seja necessário tirar, incrementar ou alterar alguma coisa.

Roma - 4 dias
Pompeia - 1 dia
Nápoles - 1 dia
Roma (Vaticano) - 1 dia
Siena - 1 dia / Florença - 3 dias / Pisa - 1 dia / Bolonha - 1 dia
Veneza - 3 dias
Verona - 1 dia
Milão - 2 dias
 

Qualquer opinião é muito bem vinda, até porque não conheço muito a Europa, não sei se a divisão de dias ficou muito boa, se há outras cidades que eu deveria incluir para colocar no lugar de alguma outra aí ou então se eu deveria tirar alguma por ter cidades demais, enfim, sou todo ouvidos.

Desde já, agradeço imensamente!

Boa tarde.

Sobre o roteiro tenho as seguintes opiniões:

Roma: 4 dias já com Vaticano incluso. 

Florença: se hospede em Florença e faça bate e volta na região. Eu fiquei 5 dias e fiz Florença, Pisa, Luca, San Giminiano, Siena, região da Val Dorcia. Se interessar me avise que passo detalhes de meu roteiro nesta região. 

-Veneza.  2 dias e o suficiente. 

Os demais lugares não visitei. 

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Eu vou meio que repetir o que o colega acima disse, mas vc tentou colocar todas as cidades que vc quer ir no google maps?
Nápoles e Pompéia ficam bem mais longe e fora do eixo do que vc quer fazer. Daí ainda tem que articular horário de transporte e quanto mais transporte, mais gasto.
Reduzindo seu roteiro pra 11 dias, ficaria assim
1-chegada em Roma + Roma
2-Roma
3-Roma
4-Roma (Vaticano) + transporte para Florença
5-Florença
6-Florença
7-Florença
8-Florença (bate volta em San Geminiano)
9-Florença (bate e volta em Pisa + Luca) + transporte Florença -Veneza
10-Veneza
11-Veneza + volta (daria pra voltar de Veneza?)

*Vc pode tirar 1 dia de Florença e colocar em Roma, se preferir

Roma quando eu fui, eu fui mtoooo na pobreza! rs
Comi uma refeição típica decente e os outros 3 dias só kebab/fast food. Hostel e entradas em algumas atrações (Vaticano, Coliseu e tal). Tenho amigas que trouxeram perfumes, mas não entraram no Coliseu. Eu não trouxe nada e entrei. São sempre escolhas.
Em Florença tem gastos com Galeria Uffizi, Academia, mas tem walking tour tb naquele esquema de gorjeta que sempre economiza rs, lá eu fiquei num hostel perto da estação do trem, que me recomendou uma bisteca fiorentina por 15 euros (enquanto nos outros restaurantes era sempre mais caro), tinha pizza barato também, quer dizer, dá pra viver e até tomar um gelatto! =D
Veneza a dica é sempre ficar fora da ilha (em Mestre tem um hostel top), vc paga o metrô/trem pra ir e voltar e fica o dia inteiro lá.


 

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por MaluAlves
      Eai Mochileiros, pretendo viajar em dezembro/2021 pra Chiclayo, e quero ir visitar o famoso machu pichu, porém gostaria de dicas para esse passeio, de quem foi pra la nos ultimos meses ou semanas. Qual o valor do trem, da Van que leva até machu picchu, sei que é em dolares, mas gostaria de uma noção de valor pra eu poder me programar. E também se compensa trocar la o real para soles, ou aqui no Brasil.  Que puder me ajudar agradeço demais. VALEUUUUU
       
       
       
    • Por camilandarilha
      Em 2019, realizei a maior viagem da minha vida e agora, finalmente decidi compartilhar um pouco dela aqui  espero que gostem!
      Capítulo 1: Preparação e França
      Em setembro de 2018, decidi largar a faculdade e juntar dinheiro para me jogar em uma aventura na Europa. Estava trabalhando em uma ONG de intercâmbio voluntário e fechei um pacote para passar 45 dias na Croácia por R$400 reais. Muito barato! Pelo menos tinha a hospedagem garantida. (Só vim saber exatamente onde ia dormir quando cheguei na Croácia, mas essa parte fica para outro momento)
       Tinha pouquíssimo tempo e pouquíssimo dinheiro (somente R$1000 guardados) pois planejava passar o ano novo em Paris (já que as passagens no inverno são mais baratas). Vendi praticamente TUDO o que eu tinha, roupas, livros, e vendia comida na rua (principalmente bolo vegano)! Contava a história de que estava indo realizar meu sonho de mochilar, e muitas pessoas me davam dinheiro sem nem pegar a fatia, para que eu vendesse para outra pessoa. Lembro-me de um dia em que ofereci o bolo para dois senhores em um restaurante chique: Um me deu uma nota de R$50 e outro, de R$20. Quase engasguei de surpresa hahaha 😅 depois de vender muito bolo, pastel e etc, consegui juntar R$2500, que somando com o que eu tinha guardado, foi o preço da passagem de ida e volta! Poderia ter pago bem mais barato se tivesse comprado com mais antecedência, então essa é a primeira dica: Se você for fazer na loucura que nem eu, presta atenção nas promoções e procure as datas mais baratas (usei o Skyscanner para isso) mas se você tem mais tempo, compre com antecedência, pois isso pode te fazer economizar uma boa grana! 
      Outra dica: se você vai vender na rua para juntar grana e viajar, não seja seletivo. Eu era um pouco mais tímida, e só oferecia para pessoas que não estavam em grandes grupos e ainda era seletiva, escolhia na rua para quem ia oferecer. OFEREÇA PRA GERAL! HAHA Sério!
      Fiz vaquinha, continuei vendendo e tive também uma ajuda dos meus pais. Acabei indo com cerca de 800/900 euros (ou seja, eu iria me virar com uma média de 100 euros por mês). Na época, isso seria mais ou menos R$4000. 
      Cheguei em Paris e nem podia acreditar que estava ali. Eu nunca nem havia saído do nordeste! Estava fazendo 7 graus, e eu estava com um agasalho de inverno. Porém quando eu digo inverno, é inverno nordestino, ou seja, não servia para quase nada  me lasquei de frio, então outra dica: Não seja mão-de-vaca como eu fui na hora de investir em roupa de inverno. Porquê meu pensamento foi "São menos de três meses de frio, eu vou sobreviver". NÃO PENSEM ASSIM, PELO AMOR DA BICICLETINHA! 
      Fiquei uma semana em Paris e dei um bate e volta em Versailles com uma amiga peruana que fiz através do Couchsurfing. Fui no museu do Louvre de graça (o Louvre é gratuito nos sábados à noite, na baixa temporada! Outro motivo de querer ir pra Paris no ano novo). Fui na Sacred Coeur, Notre Dame (não entrei porquê era pago) e bati bastante perna! Os franceses a quem pedi informação foram gentis e prestativos. O segredo é começar com "Bonjour/Bonsoir! Excusez-moi parlez-vous anglais?" (Bom dia/boa noite! Com licença, você fala inglês?)
      A ideia era pagar pelo transporte (e ainda paguei algumas vezes) mas os próprios parisienses me ensinaram como burlar o metrô 🤷‍♀️ quase não paguei transporte público nesse mochilão. Não estou dizendo que é certo, mas era a forma que eu tinha de economizar. Se você puder pagar, pague, pois se você for pego, paga uma multa de em média 100 euros! 
      Duas vezes pedi informação sobre como comprar um ticket de metrô pois estava toda enrolada, nas duas vezes, as pessoas tentaram me explicar, mas resolveram pagar pra mim. Gentileza que você não espera!
      Fiquei na casa de duas pessoas do Couchsurfing. Me senti muito desconfortável na casa do meu primeiro host, era um francês que morava sozinho e era uma pessoa inconveniente, mas no da segunda, foi ótimo ❤️ uma paquistanesa super gente fina, que morava com o namorado francês e tinha um gatinho, o Pablito. Eles foram ótimos! A paquistanesa falava seis idiomas, incluindo português (se eu não soubesse que ela era do Paquistão, diria que era paulista pelo sotaque!)
      Maas, na noite de ano novo, acabei dormindo no hostel onde a minha amiga do Peru estava se hospedando. O metrô estava fechado (eram 3h da manhã) e eu teria que esperar até às 7h. Tinha uma cama vazia no quarto que ela estava: Ela parou um pouco, pensou e disse baixinho: "Fica aí até às 7h, antes de checarem os quartos para limpeza"! Dei um cochilo, às 7h acordei e meti o pé. Passei pela recepção sem olhar para trás, mas a pessoa que estava na recepção nem disse nada. Provavelmente é difícil saber quem é hóspede ou não em uma época tão festiva. 
      Voltei para a casa do meu host com o c* na mão, pois quando cheguei na estação da zona que ele mora, eram 8h da manhã e ainda estava escuro - e não tinha ninguém na rua. Porém em um determinado momento passei por uma menina que estava andando e mexendo no celular tranquilamente e fiquei um pouco mais tranquila. A pessoa só faria isso em um lugar minimamente seguro, não é?  Mas ainda fiquei em alerta até chegar na casa do meu host. 
       
      Depois da França, peguei um voo para a Croácia (que estava incluso naqueles R$3500). Cheguei em Zagreb e peguei uma van até Rijeka, a cidade onde ficaria por 45 dias (acabei ficando 50 dias). 
       
       
       








      20190102_161214.mp4 20190103_132615.mp4

    • Por Rubéns Queiroz
      Hoje a dica è alimentação em uma das cidades mais caras da europa, A REALIDADE!!!
      Link a baixo:
      1kg DE FRANGO R$ 65,00 😨😨
       
      Espero que gostem do conteúdo, qualquer dúvida ou sugestões deixem nos comentários do video, até mais galera!! 
    • Por John Nunes
      Olá galera!!
      Estou procurando dicas de economia para uma viagem à Buenos Aires e Montevideo, bem como dicas de lugares baratos ou gratuitos para visitar e curtir.
      Não achei opções de ônibus de Argentina para Uruguai.
      Data da viagem: Mês de maio, sem data fixa, se tiver alguém alguém indo pra lá nessa época, dá um salve aí!!
       
       
       
       
       
    • Por Silvana Almada
      Boa tarde viajantes,
      estarei em Roma em setembro (assim espero) por 5 dias e estou pensando em fazer um bate e volta até Florença. Sei que, pelo que li, a cidade pede muito mais
      que apenas 1 dia, mas infelizmente só posso dessa forma. Uma dúvida: alguém conhece  a Galleria degli Uffizi? É possível eu encaixar uma visita nesse 1 dia? Sou amante do Renascimento, queria muito conhecer mas não sei se será viável.
      Alguém pode me ajudar?
      Abraços
×
×
  • Criar Novo...