Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Augusto

Volta completa de Ilha Grande/RJ -Uma caminhada inesquecível

Posts Recomendados

Só tome cuidado com o inicio da trilha Sto Antônio-Caxadaço.

 

Tomar cuidado com o ínicio, meio e fim dela.

 

Me perdi 3 vezes e dois colegas que foram comigo acabaram desistindo por conta deste trexo e eu tive que continuar sozinho. Quando a noite chegou ainda estava na metade da trilha e tive que acampar em um local nada agradável, ao lado de um ninho de cobras, a menorzinha tinha uns 2 metros e a maior tinhas uns 3,5 metros. Além de alguns minutos antes ter visto uma jaguatirica negra. Por conta do cansaço, dormi igual uma pedra, os animais não me atrapalharam em nada.

 

No dia seguinte, ja descançado continuei a caminhada, passando direto por cachadaço e chegando a T14, muito aliviado por sinal. Parei para descansar em uma pedra na T14, nisso vinha alguns surfistas e me perguntaram como estava a praia, eles estavam se referindo a dois rios, quando falei que estava vindo de lopes mendes eles me chamaram de maluco. E me disseram que meses antes um turista se perdeu na T15.

 

Veja uma das mais de 10 cobras que vi por lá, só não filmei as outras porque a trilha estava muito fechada, então eu guardava a câmera dentro da mochila, até tirar a câmera da mochila e começar a filmar, a cobra já tinha sumido.

 

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que situação hein.

 

Vc chegou a ir em direção aos costões?

Mesmo se vc tivesse pego uma bifurcação errada, seguindo pelo costão até daria p/ chegar lá no Caxadaço.

 

+ - qto caminhou pela trilha correta?

Talvez se tivesse feito pelo menos uns 30 minutos daria p/ seguir pelo costão.

 

E um relato dessa volta?

Vai escrever né.

 

PS: Pela imagem da gravação, a cobra não parecia ser peçonhenta. Ou era?

 

Abcs

 

Só tome cuidado com o inicio da trilha Sto Antônio-Caxadaço.

 

Tomar cuidado com o ínicio, meio e fim dela.

 

Me perdi 3 vezes e dois colegas que foram comigo acabaram desistindo por conta deste trexo e eu tive que continuar sozinho. Quando a noite chegou ainda estava na metade da trilha e tive que acampar em um local nada agradável, ao lado de um ninho de cobras, a menorzinha tinha uns 2 metros e a maior tinhas uns 3,5 metros. Além de alguns minutos antes ter visto uma jaguatirica negra. Por conta do cansaço, dormi igual uma pedra, os animais não me atrapalharam em nada.

 

No dia seguinte, ja descançado continuei a caminhada, passando direto por cachadaço e chegando a T14, muito aliviado por sinal. Parei para descansar em uma pedra na T14, nisso vinha alguns surfistas e me perguntaram como estava a praia, eles estavam se referindo a dois rios, quando falei que estava vindo de lopes mendes eles me chamaram de maluco. E me disseram que meses antes um turista se perdeu na T15.

 

Veja uma das mais de 10 cobras que vi por lá, só não filmei as outras porque a trilha estava muito fechada, então eu guardava a câmera dentro da mochila, até tirar a câmera da mochila e começar a filmar, a cobra já tinha sumido.

 

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Que situação hein.

 

Vc chegou a ir em direção aos costões?

 

Sim, sai da "trilha" em direção aos costões na finalidade de tentar passar por eles e me localizar, a única coisa que consegui foi ver mais costões e a praia de Lopes Mendes bem lá no fundo. No entanto era muito ingreme, escorregadio, não tinha como passar, as ondas muito fortes daí eu preferi não me arriscar.

 

Mesmo se vc tivesse pego uma bifurcação errada, seguindo pelo costão até daria p/ chegar lá no Caxadaço.

 

Foi isso que eu fiz, mantive o horizonte sempre a minha esquerda e segui em frente. Não tem erro!

 

+ - qto caminhou pela trilha correta?

Talvez se tivesse feito pelo menos uns 30 minutos daria p/ seguir pelo costão.

 

Saimos por volta de umas 4:30 hs da tarde de Santo Antônio, quando começou a escurecer estavamos ainda na metade da trilha, tentamos caminhar durante a noite mais acabamos nos perdendo, daí acampamos e pela manhã do dia seguinte começamos a caminhar, meus colegas não quiseram continuar e voltaram, então segui sozinho logo depois me deparei com uma trifurcação. Bom, sempre quando isso acantece eu dou preferência a trilha mais aberta e acesa, acabei chegando em uma clareira, com sinais de que alguém passou vários dias ali, então voltei e peguei a outra trilha mais apagada. Caminhei por ela até a T15 por cerca de 30 minutos, passei direto pela praia de cachadaço e nem percebi. Foi a trilha que mais passei sufoco, o restante é tranquilo.

 

E um relato dessa volta?

Vai escrever né.

 

Eu fiz o relato em vídeo, vou jogar no youtube daí eu coloco aqui.

 

PS: Pela imagem da gravação, a cobra não parecia ser peçonhenta. Ou era?

 

Abcs

 

Não entendo muito de cobra, uma coisa que eu sei é que se ela for muito colorida é porque é venenosa, e essa do vídeo era toda preta só na cabeça dela que tinha umas cores vermelha.

 

Não sei nem que tipo é, se alguém souber diga ai.

 

Um abraço cara, e obrigado novamente pelas dicas, infelizmente não consegui dá a volta completa na ilha, meu tênis rasgou e meu joelho não aguentou.

 

Mais não desistirei.

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Qdo eu fiz essa trilha no sentido inverso, encontrei dificuldades no inicio, próximo às samambaias e no final da trilha, logo depois daquele trecho onde foi colocado uma corda.

 

Nesses trechos encontrei varias bifurcações.

O que dá p/ fazer ali é seguir na mais demarcada.

 

E não encontrou a Praia do Aventureiro? Eu achei a melhor praia de toda a ilha. Vale a pena.

 

Uma travessia como essa não é tão facil assim.

Sempre aparece alguns problemas.

 

Se puder, volte lá e dessa vez faça em uns 10 dias. Pelo menos vc não precisa se esforçar tanto e aproveita melhor as praias.

 

 

 

Abcs

 

 

Saimos por volta de umas 4:30 hs da tarde de Santo Antônio, quando começou a escurecer estavamos ainda na metade da trilha, tentamos caminhar durante a noite mais acabamos nos perdendo, daí acampamos e pela manhã do dia seguinte começamos a caminhar, meus colegas não quiseram continuar e voltaram, então segui sozinho logo depois me deparei com uma trifurcação. Bom, sempre quando isso acantece eu dou preferência a trilha mais aberta e acesa, acabei chegando em uma clareira, com sinais de que alguém passou vários dias ali, então voltei e peguei a outra trilha mais apagada. Caminhei por ela até a T15 por cerca de 30 minutos, passei direto pela praia de cachadaço e nem percebi. Foi a trilha que mais passei sufoco, o restante é tranquilo.

 

Eu fiz o relato em vídeo, vou jogar no youtube daí eu coloco aqui.

 

Um abraço cara, e obrigado novamente pelas dicas, infelizmente não consegui dá a volta completa na ilha, meu tênis rasgou e meu joelho não aguentou.

 

Mais não desistirei.

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse trecho onde tem uma corda, é onde colocaram presa em uma rocha para quem passar não escorregue? E no sentido que voce fez logo depois voce passa por dentro de uma caverna? Se for, eu fiz esse trecho durante a noite. O problema ali é que voce dá de cara com uma faixa vermelha, indicando que o caminho não é por ali, então a trilha faz uma curva muito sinistra te obrigando a escalar um pequeno morro de barro.

 

Mais eu gosto desses tipos de trilha, infelizmente eu estava com a companhia errada. Um dos meus colegas ainda chegou a comentar que poderia esta em casa na sua caminha quentinha e com a esposa dando-lhe comida na mão. Eu achei o cúmulo.

 

Só não foi um completo desastre porque me serviu de experiência para a próxima. Não cheguei em aventureiro, conheci apenas as praias do pouso, brava, mangue, lopes mendes, santo antônio, dois rios e parnaioca.

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

e ai Augusto !

 

Fmz ?

no reveillon desse ano estou querendo fazer essa volta a Ilha.

Depois vou ler com calma esse tópico. Vou ter entre 10 a 20 dias para poder curtir bem todas as praias, vale a pena não é ?

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, o trecho dessa corda foi colocado em cima de uma pedra inclinada p/ evitar as pessoas a escorregarem.

Nesse trecho também encontrei uma ou outra fita amarrada em algumas arvores, mas como a trilha tava bem demarcada, não encontrei problemas.

O que eu me lembro é que pouco depois de passar esse trecho da corda, a trilha segue por uns trechos de descida para a direita (no sentido Caxadaço-Sto Antonio).

 

Trilhas dificies é uma maneira bem legal de vc selecionar os amigos de caminhada. É nessas horas que alguns se mostram que são solidários e vão até o fim ou pedem para voltar p/ casa. ::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::

E da próxima vez convide outros amigos para fazer essa trilha com vc hein. :mrgreen::mrgreen::mrgreen::mrgreen:

 

 

O que eu sugeriria para vc é disponiblizar um numero de dias maior para fazer uma travessia como essa.

Se aparecer algum problema, pelo menos vc não terá que desistir de algumas praias.

 

 

Abcs

 

 

 

Esse trecho onde tem uma corda, é onde colocaram presa em uma rocha para quem passar não escorregue? E no sentido que voce fez logo depois voce passa por dentro de uma caverna? Se for, eu fiz esse trecho durante a noite. O problema ali é que voce dá de cara com uma faixa vermelha, indicando que o caminho não é por ali, então a trilha faz uma curva muito sinistra te obrigando a escalar um pequeno morro de barro.

 

Mais eu gosto desses tipos de trilha, infelizmente eu estava com a companhia errada. Um dos meus colegas ainda chegou a comentar que poderia esta em casa na sua caminha quentinha e com a esposa dando-lhe comida na mão. Eu achei o cúmulo.

 

Só não foi um completo desastre porque me serviu de experiência para a próxima. Não cheguei em aventureiro, conheci apenas as praias do pouso, brava, mangue, lopes mendes, santo antônio, dois rios e parnaioca.

 

Bye

Wyllo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Blz Raffa.

 

20 dias para Ilha Grande?

 

Vc poderá aproveitar muita coisa, além da volta da ilha.

Acho que uns 10 dias p/ a travessia da ilha e outros para o Pico do Papagaio, Lagoa Azul, uns 2 ou 3 dias no Aventureiro.

 

Com certeza é tempo suficiente para conhecer outras praias que eu não fui.

 

 

Abcs

 

 

e ai Augusto !

 

Fmz ?

no reveillon desse ano estou querendo fazer essa volta a Ilha.

Depois vou ler com calma esse tópico. Vou ter entre 10 a 20 dias para poder curtir bem todas as praias, vale a pena não é ?

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fala Augusto !

 

Ainda são planos, vamos ver até o final do ano. quero ver se dessa vez eu conheço a ilha toda

valeu

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

hola Augusto,

 

Estoy pensando ir a la isla a fines de mayo o principios de junio, esta vez querìa ver si podrìa quedarme en Tapera , ¿sabes si allì se puede acampar? o alguien que me pueda ayudar. Voy a empezar el viaje en Matariz, ya que hay barcos para allì varias veces a la semana y asì evito Abrao. Mi idea es curtir esa zona y tambièn alojarme en Longa. De ahì xra adelante ya lo he caminado varias veces en todos los sentidos, igual querrìa llegar a Parnaioca y de allì explorar mi bosque predilecto. Es un lugar increìble. No sè si podrè llegar a Santo Antonio, pero el camino se hace al andar. ¿tienes idea si es posible pernoctar en Dois Rìos actualmente?

 

Perla

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Caio Vinicius Aleixo
      Pra chegar em Ilha grande
      Fomos de Jundiaí pra SP (Rodoviaria do Tiete) 16,00
       Depois de SP para Angra 112,00 (sem taxa de conveniência pq comprei na rodoviária)
      Da rodoviária pegamos uber (7,00) pro cais. (da pra ir andando, uns 20 min)
      No cais compramos a travessia de barco rápido (90,00 ida e volta ou 50 cada trecho se comprar separado). Tem a opção de balsa que é 17 reais por trecho mas os horários são mais limitados (Angra-Ilha as 15h e Ilha angra as 10:30 se não me engano). O barco rápido faz o trajeto em 30 min mais ou menos, a balsa faz em mais ou menos 1h. Na volta acho que não compensa (se bater os horários) pegar o barco rápido, pqe ele fez uma parada em outra praia pra depois ir pra Angra, então deu o msm tempo da balsa. Se comprar o Barco rápido antecipado vc precisa deixar agendado o trecho de volta mas da pra re-agendar facilmente com o número do bilhete ligando no numero descrito tb no bilhete.
       
      Hospedagem
      Ficamos no Hostel Beach House, café da manhã ok, tinha café, leite, um suco que acho que é natural (diluído), pão, presunto e queijo (teve um dia que não teve), melancia e bolo.
      Os quartos são limpos, tem onde trancar a mala, fiquei num quarto pra 9 com um banheiro dentro do quarto (no final ficamos só em 3 pessoas no quarto pqe era baixa temporada na ilha). Custo é de 30,00 reais em dias da semana e 35,00 em fds. Hostel fica bem localizado, perto de mercado, farmácia, restaurantes (se bem que a vila é pequena nada é mt longe). Embaixo do hostel tem uma agencia de turismo
      http://bit.ly/Hostel_Beach_House

       
      Passeios
      Dia 1 - Lopes Mendes
      Fomos andando e voltamos de barco (20,00 barco rápido 15,00 barco mais lento)
      Tem a opção de ir e voltar de barco ou ir e voltar de trilha.
      A trilha é cansativa pqe sobe mt, e é relativamente longa (umas 2h30). A trilha é de mata fechada e tem 1 mirante basicamente (logo depois que terminar de subir tem uma parte de barro a direita, é ali que tem que subir). A trilha é longa então é bom ir de tênis.
       
      Dia 2 - Abraãozinho (lado norte da ilha)
      Fomos andando até a praia do abraãzinho (passa por varias praias até la, que são mais bonitas que a abraãozinho inclusive). Essa caminhada é de boa, vai beirando as praias.
       
      Dia 3 -  Passeio Praias paradisíacas 80,00
      Melhor Passeio na minha opinião, é um passeio que passa em várias ilhas de Angra (botinas cataguases, praia do dentista, lagoa azul (acho que é isso e tem mais uma que não lembro). Passeio é bom para snorkel, o passeio inclui snorkel, agua e macarrão (boia). as praias e ilhas são mto bonitas msm. o passeio foi feito de lancha com capacidade para umas 12 pessoas. (o passeio foi mt animado pqe tinha um carioca engraçadíssimo e uma galera animada na frente. Na frente o barco bate mais se o mar estiver agitado e o visual é melhor. Atrás molha mais caso o mar esteja agitado. Faz frio na volta desse passeio)
       
      Dia 4 - Cachoeira da feiticeira e tentativa de praia da feiticeira (lado sul da ilha)
      A trilha passa pela praia preta, antigo hospital (hospital p pessoas com lepra se não me engano, parece um presídio, mas não confunda com o antigo presídio que existia em 2 rios)
      a trilha não é tãão fácil mas é mais tranquilo que a trilha pra lopes mendes. No meio do caminho tem um lugar que a sinalização é estranha, acabamos pegando o caminho errado e não saímos na praia da feiticeira, saímos em uma praia do lado. Voltamos de barco (20,00) 
       
      Dia 5 - Passeio meia volta 100,00
      Passeio para em algumas praias mas os principais são Lagoa verde e lagoa azul, tem também a praia do amor (que fica de frente p onde gravaram alguma coisa do filme crepúsculo) gostei bastante do passeio mas preferi o “praias paradisíacas”. Passeio é bom para snorkel, o passeio inclui snorkel, água e macarrão (bóia) assim como o “praias paradisíacas”
       
      DICAS: 
      Leve tenis, muita coisa é feita de trilha e tênis vai tornar muito mais confortável as caminhadas
      Para os passeios de barco, de preferencia para os dias de sol, deixa o passeio/praias mt mais bonitos e a prática de snorkel ainda melhor.
      Lagoa azul e lagoa verde tem muita vida marinha, não deixe de praticar snorkel.
      Se sentir mt frio, leve blusa p os passeios de barco qnd estiver nublado (na volta pega mt vento)
      Existem diversos passeios, alguns feitos de escuna, que são mais baratos mas perde-se mt tempo navegando e passa em menos lugares. 
      O Hostel “Aquário” (http://bit.ly/2ueaRPF) da uma festa td noite, é de graça e só paga o que consumir.
      Alimentação vc acha de td, comi pf por 23 reais e moqueca (no restaurante lua e mar) que ficou 90,00 por pessoa (a comida é deliciosa e o ambiente bem massa, pegamos um prato que teoricamente é pra 2 e comemos em 3. Estávamos famintos e deu de boa)
      Comer no “Coruja” é um lugar que vende uma empanada SENSACIONAL, 8,00 e tem opções vegetarianas. lá tb tem promoção de 3 caipirinhas por 25 reais (varios restaurantes do lado tb tem)
      La tem mto estrangeiro, fui em setembro e tinha mt frances e argentino.
      Me disseram que em alta temporada os preços sobem MUITO, tanto passeios qnt restaurantes, hostel TUDO.
      O clima da ilha é meio Roots, não tem carro, é mt bom pra relaxar e fazer amizade. Achei a galera mt gente boa no geral.
       
      Contatos 
      Hostel beach house: http://bit.ly/Hostel_Beach_House
      Nativos turismo (onde fechei os passeios, fica logo em baixo do beach house)                                      24 99997 6382
       
      Quem quiser ver fotos ou tirar duvidas, me chama no instagram @caioviniciusaleixo (lá eu fico mais atento as mensagens)
       
    • Por Guia Claudia Lucia
      Beleza pessoal? Passando só para deixar contatos. Somos um grupo de trilhas no RJ, sempre haverá companhia para trilhar. Quando passar pelo RJ da uma olhadinha na nossa agenda, trilhas de segunda a segunda por R$25.
      AGENDA em nossas redes sociais
      No rodapé do site: partiunatureza.com
      Na aba eventos do Facebook:
      https://facebook.com/partiunatureza
      Nos destaques do Instagram:
      https://Instagram.com/trilhaspartiunatureza
       

    • Por isaribeiro
      Olá Mochileiros!
      Hoje vim relatar um pouco sobre minha viagem para Ilha Grande, que fica na cidade de Angra dos Reis, no Rio! Angra pra mim sempre foi sinônimo de luxo e riqueza e depois de trabalhar o ano todo, decidi separar um pouco mais de dinheiro e conhecer essa ilha. Como essa viagem aconteceu em agosto e minha memória não está tão fresca para preços exatos, vou tentar ao máximo resumir a experiência e dar dicas de como economizar e aproveitar esse paraíso.

                     
      RESUMÃO
      A ILHA – impressões, como chegar, onde ficar, onde comer, o que fazer e passeios.
       • Impressões e como chegar
      Bem, como o nome diz, Ilha Grande é uma ilha e nela só se chega por barco. Há diversas opções, mas decidimos contratar um serviço de transfer ida e volta que nos pegaria no Aeroporto do Galeão e nos deixaria em nosso hotel no Rio na volta. O valor do serviço incluindo transfer terrestre e marítimo com lancha rápida ida e volta custou R$210 reais por pessoa, com a empresa Transfer Ilha Grande que recomendo demais, o serviço foi muito bem prestado.
      Opções mais baratas para chegar na Ilha vindo do Rio é pegar carona/um ônibus na rodoviária até a cidade de Conceição de Jacareí e de lá comprar o ticket de barca para Abraão por 35,00.
      Em ilha grande existem 3 cidades para hospedagem: Abraão, Palmas, Araçatiba e Aventureiro (sendo que esse ultimo só se chega de barco saindo de Angra dos reis). Nossa escolha foi Abraão por ser a maior e principal. Logo no desembarque já sabíamos que a viagem valeria a pena, o lugar é paradisíaco. Não tenho palavras para descrever a beleza do lugar, uma vila simples, pequena, onde o comércio fecha de 13:00 – 17:00, rodeado por uma mata atlântica viva. O dress code é chinelo ou pé no chão, mas não esqueça de incluir um casaco e tênis na sua mochila.
       
      • Onde ficar
      Sobre as hospedagens em Abrãao... Precisa ser levado em consideração que a Ilha é um lugar bem simples, originalmente era uma vila de pescadores e tudo precisa chegar de barco. É uma logística meio complicada que também influencia na inflação dos preços. Estivemos na Ilha em agosto, baixa temporada para o Brasil, mas férias na Europa e consequentemente os valores não estavam tão baratos, pois a Ilha lota de Europeus nesse mês, fomos descobrir isso por lá. Estávamos em casal, não queríamos ficar em camping, nem quarto compartilhado, o ideal era uma pousada com cama confortável e chuveiro quente. As diárias variam muito, escolhemos a pousada Horizonte dos Borbas pelo custo benefício e ótima localização. Foram 6 diárias e o valor total ficou em R$ 877,50 com café da manhã incluso. Recomendo esse lugar, foi um bom achado. Opção mais barata para Ilha Grande é camping e hostel. Recomendo bastante o Che Lagarto. DICA MOCHILEIRA: acampar em Ilha Grande é um prato cheio. Caso decida por essa opção, não deixe de acampar em Parnaioca ou Aventureiro.  
       
      • Onde comer
      Comer em Ilha Grande é absurdamente caro. Não tem meio termo, ou você cozinha no hostel/camping ou gasta, no mínimo, 40 reais em um prato. Até no mercado as coisas são muito caras, e olha que sou de Brasília onde preços altos normalmente não assustam, o que me deixou meio indignada. Uma água de 5 litros custa 10,00. Se você for ficar hospedado em pousada/hotel, recomendo separar pelo menos 100 reais por dia para alimentação entre almoço e janta, contando que sua hospedagem tem café da manhã. Sim, não é exagero.
      O preço é caro, mas a comida é boa. Recomendo os seguintes lugares:
      - Café do Mar Bar e Restaurante
      - Lonier Garoupas
      - Pizzaria Fornilha
      - Ateliê Cafeteria
      - Creperia Tropicana
       
      • Passeios e o que fazer
      A Ilha é dividida entre trilhas que levam até algumas praias e passeios que você faz apenas com barco. As trilhas são perfeitamente demarcadas, não sendo necessário guia apenas disposição. Contratamos todos os passeios com a empresa LIG – Lanchas Ilha Grande. Os passeios saem diariamente de Abraão, não compramos nada com antecedência, porém alguns passeios são determinados pela maré, então recomendo ir atrás dos passeios logo na chegada para garantir. Fizemos os seguintes passeios em nossa estadia por lá:
      - Ilhas Paradisíacas (R$ 90,00)
      - Volta a Ilha (R$110,00)
      - Meia Volta (R$80,00)
      - Lopes Mendes (independente)
      - Trilha até praia de Abraãozinho (independente)
       
      Vou detalhar cada passeio a seguir:
       


×
×
  • Criar Novo...