Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Olá Augusto e mochileiros !

Gostaria de saber se é póssível montar uma rede de dormir ou mesmo uma barraca dentro da mata sem chamar atenção da fiscalização? Só tenho 5 ou 6 dias e não quero ficar preso as burocracias , porque parece que tudo na ilha é proibido. Um abraço a todos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 308
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Ola pessoal.   Este aqui é um relato da volta completa de Ilha Grande que eu e a Márcia fizemos na segunda semana de Janeiro/2008. Caminhamos durante 11 dias, mas ficamos 2 dias na Praia de Parnai

Blz Clebson.   Esse livro do Zé Bernardo eu também usei, mas peguei emprestado de um amigo meu. É dificil encontrar p/ venda. Acho que só entrando em contato com ele p/ conseguir o livro.   Eu ti

Posted Images

  • Membros de Honra

E aí Divanei, blz.

 

Qto a acampar no Aventureiro, nunca fiz isso, mas se o pessoal da TURISANGRA que fica lá e alguns donos de camping ver vc, é capaz que eles não te deixem.

Na verdade até alguns campistas podem te dedurar também.

Será que compensa a situação que vc terá de passar, só p/ não conseguir autorização p/ acampar lá?

Já li relatos de pessoas que se apresentaram lá no quiosque da TURISANGRA em Aventureiro e falaram na boa que tavam sem a Autorização e conseguiram vaga em camping.

Tem de ser honesto, né. E com uma boa estória p/ convencer.

Se vc chegar a noite lá, é até provavel que o pessoal da fiscalização já não esteja mais lá, mas isso eu não tenho certeza.

 

Qto a acampar em outras praias, como Dois Rios, Caxadaço, até dá p/ arranjar um cantinho, mas é aquele negócio. Tem de ser montada a barraca só a noite e desmontada ao amanhecer. E na surdina, em lugares onde ninguém te veja.

O pessoal faz muito isso lá no Caxadaço, pois lá é um praia que é proibido o camping, mas p/ acampar a noite, até dá.

 

 

É isso aí.

 

 

Abcs

 

 

Olá Augusto e mochileiros !

Gostaria de saber se é póssível montar uma rede de dormir ou mesmo uma barraca dentro da mata sem chamar atenção da fiscalização? Só tenho 5 ou 6 dias e não quero ficar preso as burocracias , porque parece que tudo na ilha é proibido. Um abraço a todos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Valeu Augusto !!!

Não é só pelo dinheiro, o problema é o planejamento mesmo. Como meu tempo é muito pouco, pretendo caminha o dia todo e acampar logo quqndo começar a escurecer, sem me preocupar com local para acampar, como geralmente acontece com outras travessia Brasil afora. A gente vai caminhando e conhecendo os lugares e acampa quando encontra uma área legal, um descampado, uma toca, uma área onde se consiga montar uma barraca. Vejo todo mundo falar que Ilha Grande é melhor que Ilha Bela, mas pelos relatos que lí, parece rolar muita proibição e muita amolação por la, coisas que eu não vejo nas travessia de Ilha Bela e não tem coisa que me deixa mais puto é burocracias desnecessárias e gente querendo explorar os viajantes. Espero que eu esteja errado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Divanei,

 

Infelizmente com a popularização desse tipo de rolê, a tendência é que os campings selvagens fiquem bem limitados a poucos destinos no Brasil...

 

Lá na ilha grande, as trilhas sempre atravessam a mata e com boa oferta de água. Lugar de sobra para estender uma redinha e dormir. Só que conforme o Augusto disse, tem que armar de noite e sair cedinho, pois outra característica é que a trilhas lá são bastante frequentadas, principalmente as documentadas no site da Ilha.

 

Lá no Aventureiro, tenho informações que fora de temporada rola sim você chegar lá sem autorização, e procurar a associação de moradores. Se for feriadão eu não recomendo, quando mais gente, menor a chance de flexibilizarem as coisas.

 

Mas não deixe de trilhar por lá não. Vale muito a pena. Estive na ilha em 2009 em duas ocasiões e voltarei com certeza.

 

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Blz Divanei.

 

Eu também precisei montar a barraca a noite em lugares onde o camping é proibido.

Caxadaço é proibido, mas acampei a noite lá. Logo pela manhã, saí fora.

Qdo tava voltando da Gruta do Acaiá, não encontrei um camping estruturado na Praia Vermelha e com isso só restava chegar no Camping de Provetá, mas no meio da trilha encontrei aquela casa semi-destruida. Então não pensei 2x, mas logo que amanheceu desmontei a barraca.

Como Ilha grande é um lugar onde muita gente faz caminhadas, algumas praias não se permite acampar, senão o pessoal montava barraca e ficava dias e dias acampado.

É por isso que eles pegam no pé, para evitar isso.

É uma burocracia? Com certeza, mas é p/ um bem coletivo.

 

Na verdade, é como o Edu disse, campings selvagens estão diminuindo cada vez mais, mas por culpa da própria galera, que abusa.

 

Camping selvagem, na minha opinião, é p/ vc montar a barraca ou o bivaque só a noite e logo pela manhã desmontá-la p/ que ninguém perceba que vc passou por ali.

 

E não deixe de voltar na ilha por causa dessa burocracia hein. ::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::::otemo::

Tem cada lugar lindo que vale a pena sempre retornar, mesmo que seja p/ repetir o roteiro.

 

 

Abcs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Bom, com o desastre do ano novo parece que a galera desistiu do lugar. A notícia que milhares de turistas estão cancelando a viagem para a ilha está me animando a ir no carnaval mesmo. Tomara que a mídia sensacionalista continue me ajudando.

Um abraço a todos e obrigado por enquanto pelas dicas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Olá pessoal!

 

Adorei ler esse relato!

Em 2003 eu fiz uma parte da ilha, eu e um amigo. Saí de Abraão em direção a palmas, cheguei em Lopes mendes onde fiquei dois dias acampados...acampamento selvagem dentro da matinha, proximo ao final da praia do lado esquerdo, onde só armavamos a barraca a noite.

Depois decidimos continuar...andamos de volta os kilometros de areia até a entrada da trilha...saimos de tarde, então decidimos passar direto por sto antonio e chegar a caxadaço...realmente a trilha não é nitida...chegamos a um costão de pedra onde corria uma agua geladinha, mas fina demais para encher os cantis, decidimos acompanhar o caminho dessa nascente e mais abaixo ela se torna um riacho que desagua no mar...NÃO TEM PRAIA...ao lado do riacho ainda dentro da mata tinha uma pequena clareira onde decidimos armar acampamento pois já devia ser ums 17:30 e não faziamos a menor ideia de quanto faltava para caxadaço.

Excelente local!

Na manhã seguinte seguimos para caxadaço e depois Dois Rios e por fim novamente Abraão!

Ficou para um outro momento continuar a volta, mas até agora ainda não animei...um dos motivos é que me mudei para o norte do estado...ficou mais contra-mão!

Mas o lugar é o paraiso!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Blz Sandro.

 

Vc chegou a fazer quase uma meia volta da ilha hein. E logo de cara pegou um piores trechos: Sto Antonio-Caxadaço.

Não tem segredo né?

Tomando o devido cuidado, dá p/ fazer essa trilha sem problemas.

Mas quem sabe da próxima vez vc faça toda a volta.

 

 

 

Divanei.

 

Acho uma p. sacanagem o que algumas pessoas estão fazendo. Cancelando reservas só porque mostram imagens chocantes da Praia do Bananal e de Angra.

Acho que nessas horas é que o pessoal tem de incentivar ainda mais o turismo na ilha.

Pelo menos p/ o Carnaval tem uma boa notícia. ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'>

Menos gente na ilha, vai ser até mais fácil aproveitar as praias.

 

 

Abcs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Colaboradores

Augusto e Divanei,

 

Acabei de voltar de uma quase volta a ilha em solitário, peguei autorização pro aventureiro, mas ninguêm pediu nada, nem timnha fiscal lá, inclusive passei nas praias do sul e leste , sem problemas,

a ilha tá muito vazia, nem tem o que fiscalizar,

mas se for no carnaval não tem dúvida precisará da autorização , ou vai rodar na mão dos caras,

é facil, basta ir na turisangra praia do anil e prencher um papel, paga nada,

 

abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Raphavet manda mais infos atualizadas da ilha.

 

Você comentou que estava tudo vazio. Encontrou PF's em que praias? Quais trilhas você passou? Preços dos campings, barcos?

 

Aliás, se você postou um relato me desculpe porque não fui fuçar nos tópicos ativos ainda... hehehe primeiro olho os "cativos"...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei featured this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Gabriela Dias Neckel Nakano
      RELATO DA VOLTA A ILHA GRANDE ABRIL/2021
      * 1o dia
      Saída da vila de Abraão as 9:00am em direção ao Saco do Céu (comunidade e vila de pescadores) passamos pelo arqueduto, cachoeira da feiticeira, praia da feiticeira, praia de fora, praia Iguaçu, praia camiranga e perequê, chegando até o saco do céu depois de aproximadamente 3 horas de trilha. iríamos pernoitar no camping gata russa, porém ainda era cedo e resolvemos seguir viagem até Japariz (mais 1 hora de caminhada). Pernoitamos no camping e restaurante Por do Sol (pé na areia com cobertura e banheiros, s/cozinha) por R$20,00 por pessoa. Total aproximado do dia 12km.
      * 2o dia 
      Saída de Japariz por volta das 08:30am em direção a Bananal, passando pela praia do funil, por Freguesia de Santana, praia da baleia, lagoa azul, pequeno bananal e chegando em bananal. Pernoitamos no camping da Cristina (único camping de bananal com banheiro e cozinha R$35,00 por pessoa). Total aproximado do dia 8km.
      * 3o dia 
      Saída de Bananal com destino a Praia Grande de Araçatiba, passamos por matariz, passa terra, maguariqueçaba, sítio forte, tapera, ubatubinha, praia longa de Araçatiba e enfim chegamos a Praia Grande de Araçatiba. Pernoite no camping do seu Bené (pé na areia, banheiro e cozinha compartilhada R$30,00 por pessoa).
      Total percorrido do dia 14km (+- 4 horas)
      * 4o dia 
      Saída da praia de Araçatiba com destino a Aventureiro, passando por Araçatibinha, passando pela vila de provetá e chegando a aventureiro. Pernoite no camping do Luíz R$35,00 por pessoa.
      Total percorrido do dia 10km (4 horas).
      Esse foi o dia mais puxado da travessia devido ao sol e a subida e descida de provetá a aventureiro.
      * 5o dia 
      Saída de aventureiro passando pelo costão do demo, praia do sul e leste (maravilhosas) chegando em parnaioca.
      Dia com a melhor trilha e o melhor nascer do sol do percurso. Ficamos acampados no camping da Janete R$30,00 por pessoa, total percorrido de 9km. Duração: 2 horas e meia.
      * 6o dia 
      Saída de parnaioca com destino a Abraão, trilha começa atrás do camping da Janete, trilha mais tranquila sem muito desnível, porém bem ruim a marcação, fácil de se perder! Ficar atento às marcações de fitas nas árvores. De Parnaioca a Dois Rios foram 9km em 3 horas aproximadamente, depois continuamos com destino a Abraão e mais 8km em 2 horas e meia. Total 17km em 5 horas e meia de trilha. 
      *os mercadinhos das vilas são bem caros! vale a pena sair com alguns snacks, macarrão/miojo e se abastecer em Provetá, que é mais barato. 
       












    • Por rafacarvalho33
      Ilha Grande é uma ilha localizada no litoral sul do estado do Rio de Janeiro, integrante do município de Angra dos Reis, sendo a maior ilha do estado e a sexta maior ilha marítima do Brasil, e assim em novembro decidi passar 08 dias das minhas férias nessa região. Começo confessando o quanto eu me surprendi com a Ilha, para um amante da natureza como eu, aquele lugar é fantastico, com passeios de barcos, praias, trilhas e cachoeiras, tudo o que mais gosto de fazer no mesmo local, assim pude ter uma semana bem agitada, intercalando os passeios para aproveitar o máximo.
      A minha localização foi na Vila do Abrãao e meus dias na Ilha ficaram divididos assim:
        Dia 1: Chegada na Ilha Dia 2: Trilha para Cachoeira e Praia da Feiticeira
      Dia 3: Trilha para Praia Dois Rios
      Dia 4: Passeio de Barco - Volta a Ilha
      Dia 5: Dia Livre para descansar e relaxar
      Dia 6: Passeio de Barco - Meia Volta
      Dia 7: Trilha para Praia da Abraozinho
      Dia 8: Hora de voltar para casa
            Parte do mapa de Ilha Grande, suas trilhas, cachoeiras, montanhas e praias.
        - Hospedagem e Alimentação
      As opções de Ilha Grande são limitadas, logo em feriados ou férias escolares a procura deve aumentar bastante fazendo com que não aja tanta opção, logo é importante se planejar e reservar com bastante antecedencia, acabei ficando em um Airbnb, que pode ser reservado pelo Booking também, uma casinha bem pequena, com uma cama de casal, um banheiro e uma cozinha com geladeira e fogão, foi a hospedagem ideal para quem ia passar uma semana no local, fora que a decoração do lugar é demais e o local fica mais afastado do centro.
      O telefone do responsável é 0 (21) 96486-8183 se chama Romulo, lá você pode pedir por mais informações e fotos do local.
      Como tinha uma cozinha disponível por muitas vezes conzinhei meu proprio jantar e em outros momentos fui comer pela Ilha mesmo, e existe valores para todos os gostos, desde Pratos Feitos por 15-20 reais e restaurantes mais requintados, pé na areia.
      Existem diversos mercados na ilha, um preço um pouco mais caro que o normal, mas nada de absurdo, então não precisa trazer tanta coisa assim do continente e ir comprando lá conforme a necessidade.
        Na hospedagem
        - Transporte
      É proibido a entrada de carros em Ilha Grande, logo você precisa deixar ele no continente, acabei deixando o carro em Conceição do Jacareí, daonde sai transporte maritimo ate Vila do Abraão, no estacionamento os preços variam, desde 20$ a diaria ate 40$, dependendo da epoca, como fui em novembro e iria ficar com o carro por 7 diarias, negociei um valor a $110,00 para essas 7 diarias.
      O transporte ate a Ilha pode ser feito de lancha, $50,00 por pessoa levando em torno de 30/40 minutos ou de escuna, $20,00 e leva em torno de 1 hora, porém de lancha sai a qualquer momento e de escuna existem horarios demarcados (melhor consultar).
        - Atrativos
      Cachoeira e Praia da Feiticeira
      Esse foi meu primeiro passeio em Ilha Grande, não é necessário a contratação de guia pois o caminho é bem demarcado e sempre tem gente percorrendo a trilha, o bom desse passeio é que você também passa pelo Aqueduto (construção de 1896), Poção e Praia Preta, o mergulho no Poção é válido, agora a Praia Preta achei nada demais.
      A distância da Vila do Abraão ate a Praia da Feiticeira da em torno de uns 6 km, e você leva umas 2 horas para chegar lá, antes disso você consegue ir ate a Cachoeira da Feiticeira, fica em torno de 20 minutos da praia e há sinalização ate o local, na praia da Feiticeira tem estrutura com barracas vendendo comida e bebida e caso não queria voltar por trilha, há possibilidade de voltar de barco (20$).
          Trilha para a Praia Dois Rios
      No meu segundo dia decidi fazer a Trilha para Dois Rios, um bairro de Ilha Grande que fica do outro lado da Ilha, a trilha não tem erro pois é feita por uma estrada que liga Vila do Abraão a Dois Rios, é dali que se vai para o Pico do Papagaio e é por essa estrada é que se passa os únicos transportes terrestres da Ilha.
      A trilha começa em forte subida, são em torno de 4 km de subida e depois 3 km de descida, totalizando 7 km de trilha, 14 km no total, existem dois restaurantes no local e existe a possibilidade para aqueles que queiram voltar de barco. Pela trilha existem dois corta caminhos, mas sinceramente não valem muito a pena, acaba dando tudo na mesma, a Praia de Dois Rios fica do lado da ilha voltada ao oceano com dois rios nas suas laterais, o passeio vale mais pela trilha do que pela praia em si.       Passeio de Lancha - Volta a Ilha
      Depois de dois dias de trilha estava na hora de fazer um passeio de lancha, a ideia era dar uma descansada no corpo, mas nem imaginei que passear de lancha também cansa rs, existem diversos passeios, com certa variação no valor, e por serem passeios de lanchas, o valor fica um pouco mais salgado, o passeio Volta a Ilha esta em torno de $220,00 por pessoa,ela da uma volta inteira na ilha, então esteja preparado para as oscilações do mar aberto, esse passeio só da para ser reservado dias antes pois depende muito das condições climaticas do dia.
      As paradas da Lancha são nas praias de Caxadaço, Parnaioca (nesse local tem uma igrejinha e atras dela o caminho para uma cachoeira, a parada é de uma hora no local), Aventureiros (no local tem um mirante de pedra e a parada é de uma hora) e a Praia de Meros, boa para mergulho, fora a parada do almoço em uma praia X, porém recomendo você levar uma mochila com comes e bebes e assim economizar no almoço.
      O passeio leva o dia inteiro praticamente, saindo as 9 da manhã e retornando as 16 horas, nesse dia tivemos a felicidade de ver uma Orca no mar.
            Passeio de Lancha - Meia Volta
      Depois de um dia de descanso, voltei ao mar para fazer o passeio da Meia Volta, o valor esta geralmente em torno de $150,00, e passa pela Lagoa Azul, Lagoa Verde, Praia do Amor, Praia da Feiticiera e Saco do Ceú.
      O ponto alto desse passeio são as Lagoas Azul e Verde, onde você encontra uma quantidade enorme de peixes, e ele praticamente funciona no esquema do passeio anterior, tem parada de almoço, mas tem possibilidde de você levar sua comida e bebida, a unica diferença é que o passeio sai as 10h da manhã e retorna as 16h da tarde. Quem quiser conversar sobre os passeios de Lancha, só chamar a Patricia (21) 99181-7990, ela nos ajudou a realizar os passeios de lancha no menor preço possível e dando todas as dicas para aproveitar o dia, quem nos passou o contato dela foi o Romulo, da hospedagem.       Praia do Abraãozinho
      No ultimo dia de passeio em Ilha Grande, o destino foi a Praia do Abraãzinho, localizada no canto esquerdo da Vila, ali começa uma trilha que passa pela Praia da Julia, Bica, Comprida ate chegar na Abraãzinho, uma pequena praia com dois bares no local, perfeito para quem quer se afastar um pouco do centro e relaxar em um dia de praia, a trilha leva em torno de 40 minutos, existe a possibilidade de ir de barco e voltar de barco também.
                Assim foi minha estadia em Ilha Grande, um lugar incrivel que me surpreendeu demais, além desses passeios citados acima você pode fazer a trilha para a Praia Lopes Mendes, Trilha do Pico do Papagaio e o passeio de lancha pelas Ilhas Paradisiacas, com certeza Ilha Grande é um local que merece mais tempo para aproveitar tudo o que a ilha pode oferecer.
      Espero que tenham gostado do relato, para qualquer dúvida só mandar mensagem pelas minhas rede sociais, estou presente no Instagram no rafacarvalho33 e no Facebook no Follow The Portuga.
       
      Follow me
    • Por Fora da Zona de Conforto
      Está pensando em conhecer o charme dessa cidade histórica? Abaixo, você encontrará tudo que precisa saber para sua viagem – o que fazer, como chegar lá e muito mais!
       
      Cidade de Paraty
       
      Considerada Patrimônio Histórico Nacional, a cidade de Paraty reserva muita beleza natural e história embutida em suas ruas de pedra e arquitetura impecável mantida muito bem preservada desde o período colonial!
      O encanto do centro histórico é perfeitamente contrastado com a beleza natural da cidade, que possuí uma grande diversidade de opções para o turismo ambiental e ecológico.
      Gostou? Venha conferir um guia completo para visitar Paraty! 
      Continue lendo: Guia Completo para Visitar Paraty no Brasil
    • Por Luan Castro
      Companhia para viagem esse mês de dezembro 01/12 ~ 30/12, tiver de partida ou tiver pensando em e,  da um toque no e-mail [email protected]
      E vamos la.
       
    • Por Par de Sorrisos
      Uma escala: RIO DE JANEIRO, BRASIL ✈️🌊 | Vlog viajante 🌎
       
        Oi você! Uma paradinha no Rio de Janeiro que continua lindo. Nossa escala de Buenos Aires ao Rio, e o tão sonhado carimbo no passaporte. Pequenos prazeres da vida.   Mostramos um passeio visual por: 00:00 Intro 00:18 Aeropuerto Internacional de Ezeiza 02:10 Vôo 03:13 Rio de Janeiro 03:44 Aeroporto Internacional do Galeão 05:03 Posto Rio de Janeiro 05:57 Metrô Rio 06:58 Praia de Ipanema 08:07 Museu do Amanhã 09:28 Despedida   Espero que vocês gostem, preparamos com carinho.   É isso aí, fica tranquilo, seja feliz e beba água, pode ser café também ☕😍.   Sejam felizes e, se puderem.   Um beijo!   Inscreva-se em nosso canal: https://bit.ly/2MY7eF2   Junte-se a nós em nossas aventuras: • Facebook | https://facebook.com/pardesorrisos/ • Instagram | https://instagram.com/pardesorrisos/ • Patreon | https://www.patreon.com/pardesorrisos/   A música que nos acompanha • Spotify | https://spoti.fi/2MZz1oq   Entre em contato conosco: [email protected]   Par de Sorrisos é a visão de Wilfredo Chiquito e Helen Negrisoli de nossas aventuras ao redor do mundo. Junte-se a nós!

×
×
  • Criar Novo...