Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Silnei

Como viajar de carona pelas estradas do Brasil

Posts Recomendados

Saudações a todos os mochileiros.

Bem, vou apresentar a versão de quem oferece a carona. Como viajo muito de carro (próprio), por conta do meu trabalho, sempre dei muita carona. E até hoje faço isso. Posso dizer a vocês, pelo menos para mim, o que levo em consideração ao oferecer carona: um cartaz indicando a cidade pra onde deseja ir, atitude positiva (sorriso no rosto), asseio pessoal (para mim é fundamental), malas à mostra. Para nós é muito importante ver tudo o que você tem a levar! Depois de entrar no veículo, converse. Para mim, a carona é uma companhia: quero conhecer a pessoa, saber mais sobre ela, por que está viajando, etc. Não precisa (e nem deve) contar detalhes da sua vida, mas a conversa auxilia os dois, pois tira a desconfiança de quem pede carona e "distrai" (no bom sentido do termo) o motorista, tornando a viagem mais agradável.

Espero em breve trocar de lado e viajar pedindo carona. Valeu

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saudações a todos os mochileiros.

Bem, vou apresentar a versão de quem oferece a carona. Como viajo muito de carro (próprio), por conta do meu trabalho, sempre dei muita carona. E até hoje faço isso. Posso dizer a vocês, pelo menos para mim, o que levo em consideração ao oferecer carona: um cartaz indicando a cidade pra onde deseja ir, atitude positiva (sorriso no rosto), asseio pessoal (para mim é fundamental), malas à mostra. Para nós é muito importante ver tudo o que você tem a levar! Depois de entrar no veículo, converse. Para mim, a carona é uma companhia: quero conhecer a pessoa, saber mais sobre ela, por que está viajando, etc. Não precisa (e nem deve) contar detalhes da sua vida, mas a conversa auxilia os dois, pois tira a desconfiança de quem pede carona e "distrai" (no bom sentido do termo) o motorista, tornando a viagem mais agradável.

Espero em breve trocar de lado e viajar pedindo carona. Valeu

Clebber de que cidade vc é ? qualquer hora pego uma carona com voce... de preferencia cidades costeiras pois gosto de praia...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Saudações a todos os mochileiros.

Bem, vou apresentar a versão de quem oferece a carona. Como viajo muito de carro (próprio), por conta do meu trabalho, sempre dei muita carona. E até hoje faço isso. Posso dizer a vocês, pelo menos para mim, o que levo em consideração ao oferecer carona: um cartaz indicando a cidade pra onde deseja ir, atitude positiva (sorriso no rosto), asseio pessoal (para mim é fundamental), malas à mostra. Para nós é muito importante ver tudo o que você tem a levar! Depois de entrar no veículo, converse. Para mim, a carona é uma companhia: quero conhecer a pessoa, saber mais sobre ela, por que está viajando, etc. Não precisa (e nem deve) contar detalhes da sua vida, mas a conversa auxilia os dois, pois tira a desconfiança de quem pede carona e "distrai" (no bom sentido do termo) o motorista, tornando a viagem mais agradável.

Espero em breve trocar de lado e viajar pedindo carona. Valeu

Clebber de que cidade vc é ? qualquer hora pego uma carona com voce... de preferencia cidades costeiras pois gosto de praia...

Opa, sou do oeste catarinense, mas viajo o estado todo, principalmente o litoral. Vamos sim, só avisar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

opaaaahaha ótimo comentário Cleber!!

se essas suas viagens dando caronas for pelo trabalho de vender roupas, acho que já posso ter pagado carona contigo kkkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
opaaaahaha ótimo comentário Cleber!!

se essas suas viagens dando caronas for pelo trabalho de vender roupas, acho que já posso ter pagado carona contigo kkkkkkk

 

KKKK

acho improvável... meu ramo não é esse! Mas tamo na estrada, qualquer coisa, avisa. Valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Silent e demais amigos (as) viajantes,

 

Tudo bem?

Acho que é isso que mencionaram, principalmente sorriso no rosto, roupas claras, um cartaz e um bom lugar.

 

Viajei 8 meses de carona pelo Brasil, Uruguai e Argentina sozinho, e atualmente viajo com minha namorada de carona.

Nesse tempo de aprendizado e conversa com outros (as) viajantes, compilei várias dicas.

 

As principais delas, a meu ver, são:

 

- Planejar-se com mapas

- Sair cedo

- Vestir roupas "alegres", coloridas, etc

- Postura

- Mochilão visível e organizado

- Ter um cartaz

- Sorrir

- Escolher um bom posto para pedir carona

 

Esse manual (link abaixo) explica direitinho cada uma das dicas e disseca outras informações importantes, inclusive para viajar em segurança e conseguir caronas rápidas:

 

http://instintoviajante.com/como-viajar-de-carona-pelo-mundo/#como-viajar-de-carona

 

Ajuda bastante, desde iniciantes até pessoas que já viajam de carona.

Abraços e good vibes!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

acho que uma boa forma seria ter carta de motorista na categoria de dirigir caminhao.... dai fazer uma troca.... direcao em troca da carona... Desta forma ate ajuda o motorista a nao ficar tao cansado....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

  • Conteúdo Similar

    • Por Don_
      Olá, pessoal!
       
      Recentemente fiz uma viagem pelo Brasil. Moro em Fortaleza, mas sou gaúcho. Como muitos sabem, a BR 116 começa em Fortaleza mesmo, Ceará, e termina em Jaguarão, Rio Grande do Sul, já na divisa com Uruguai. A idéia inicial era percorrer todos os quase 4500 quilômetros da BR pegando carona na estrada.
       
      Pois bem. Estudante de jornalismo quase formado, aproveitei a oportunidade da viagem para escrever um livro sobre o percurso, suas belezas e dificuldades. Ele ainda está sendo escrito em detalhes. Foram 18 dias na estrada, pegando carona, conversando com pessoas, conhecendo algumas cidades. Passei por Minas maravilhado com tantas belezas naturais. O mesmo aconteceu em Teresópolis, RJ.
       
      Foram tantas as histórias! Só para citar uma, peguei carona com uma ambulância, lá em Feira de Santana. O carinha era da região da Chapada da Diamantina e havia parado no posto na vinda de Salvador, onde deixou uma criança no hospital. Conversamos e acertamos uma carona até outro posto mais seguro e mais perto. Foram 80 quilômetros de intensa emoção. A ambulância com a sirene ligada e tudo e o carinha rodando a mais de 140 por hora, ultrapassando os caminhões de dois em três de uma vez só. As carretas pareciam estar paradas no acostamento (risos).
       
      A crise financeira afetou todos os setores, sobretudo os transportes (caminhoneiros). Cheguei em SP e a confusão tava formada. Aproximadamente 2 mil caminhões esperavam por carga lá e, sendo assim, eu também não conseguia mais continuar a viagem. Ainda fiquei 3 dias e nada de ajuda. A partir de SP, continuei a aventura de ônibus mesmo, mas não sem antes passar sufoco em Curitiba. Fiquei três dias e duas noites lá, tentando continuar a viagem de carona e nada, num frio medonho.
       
      Chegar no final da viagem foi emocionante!
      Espero que tenham gostado.
      Alguém já fez uma aventura similar?
       
      Abraço!
      Don


×
×
  • Criar Novo...