Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Don_

Atravessando o Brasil de Carona

Posts Recomendados

E ai, cara, acabo de ver que deu uma voltinha pelo nosso país... Eu já fiz muito isso por aqui e lá fora. Viajar de carona é bom, pela aventura e porque é grátis... Sou mulher, e já viajei só, acompanhada e com meu filho que agora tem 7 anos. Ele viaja desde a barriga, graças a Deus nunca aconteceu nada de ruim, só uma vez, que a gente pegou uma carona lá no México perto da fronteira com Gringolândia, o carro que a gente pegou carona tinha 2 toneladas de mariguana... Ai foi foda!!!!!Isso vou postar daqui a pouco e vc procura... Acabo de chegar de uma super viagem por latino américa, passamos 2 anos viajando de mochileiro. Foi bom. o negócio é boa energia e fé. Dá certo e vc chega aonde quiser... Que nossas viagens contiue rolando... Um abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha Viagem será, Curitiba, Foz do iguaçu e ilha do mel, ja esteve nesses lugares.

Tem dicas pra me dar

 

abraços

8)

 

Rafael,

 

Quando eu terminar o livro (publicado ou não), certamente avisarei sobre e, se possível disponibilizarei.

O Mochileiros.com é um excelente ambiente para trocar experiências. Que viagem fará?

 

Forte abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafael, ainda não estive nesses lugares. Deve ser muito bacana. Abaixo postarei mais algumas coisas sobre a viagem. Espero que te sirvam...

 

Abraço!

Don

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Reflexões sobre a viagem :arrow:

 

Eu acredito que não há sensação melhor do que a de viajar. São tantos os lugares para conhecer. Uma mochila, algumas roupas, garrafas d’água, um bom tênis, câmera fotográfica e um mapa. São os itens indispensáveis para um bom aventureiro.

 

Dali a pouco você está caminhando por um lugar totalmente desconhecido, por onde não tem certeza se tornará a ver, passando por pessoas diferentes, sem a mínima intenção de apurar um rosto familiar. Você é seu próprio dono, seu próprio sofrimento, sua própria busca. Percebe que não importa onde estejamos, estaremos sempre perto do que queremos, mas nunca o suficiente para alcançá-lo. Não teria graça alguma fazê-lo.

 

Eu estava cruzando a cidade de Feira de Santana, na Bahia, enfrentando muita poeira, um sol daqueles e com um certo medo, já que a região era perigosa. Depois de mais de 10 km caminhando na estrada, sem conseguir uma carona sequer, vou até um barzinho, desses de beira de estrada, e compro outra garrafa d’água. A sensação era a melhor possível! Difícil descrever! Descansar um pouco os ombros e as pernas e conversar com pessoas simples, num lugar esquecido. Contei-lhes a história e recebi sorrisos como moeda de troca.

 

Mais fascinante que visitar o que normalmente não é visitado, é degustar a simplicidade de outro mundo, conversar com outros brasileiros, em outras condições, com outras línguas. Só somos um todo pelas partes que o formam. Eu e um amigo conversávamos sobre isso. Os cantinhos visitados, os contatos realizados, os sentimentos experimentados e as ulteriores coisas que são assimiladas representam pequenos pedacinhos que grudam na gente como metal no imã; e ficam. Crescemos espiritualmente como uma pequena bola de neve, descendo a montanha congelada.

 

Abraço!

Don

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fala don!

 

venho aqui para compartilhar que acabo de fazer no início desse ano uma viagem dessas com um grande amigo. fomos de carona do rio de janeiro ao ceará, seguindo grande parte do trajeto pelo rio são francisco! eu já fiz outras viagens sozinho que me engrandeceram, mas nunca dessa forma, desbravante, de carona, expondo-se vulnerável...

 

acabo de fazer um blog em formato de livro contando tudo o que ocorreu, com relatos pessoais e muitas fotos! pegamos carona com carro normal, caminhão, onibus, guincho, sorveteiro, palhaço...

 

http://www.caronando.blogspot.com

 

estou adicionando links relacionados ao assunto lá na página e o seu já foi inserido!

 

acho importante que a gente que faz uma viagem (eu diria uma vivência) dessas exponha minimamente (com relatos, blogs, livros, fotos...) o que é essa experiência indizível! e que também mostre às pessoas que É MUITO POSSÍVEL. já diria um grande poeta pernambucano "toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar". as coisas acontecem, o mundo gira com as andanças da vida! deve ter sido demais teu caminhos...quero ir pelo sul e america latina quando der!

 

 

um abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve!

É a primeira vez que escrevo um topico. Já fui de Curitiba até Santiago do Chile de carona, passando por Porto Alegre, Santana do Livramento, Montevideo, Buenos Aires e Mendoza. As "carreteras" uruguaias, argentinas e chilenas sao tranquilas e os caminhoneiros gente boa como no Brasil. Tambem ja fui de Curitiba a Salvador, pela BR101. E há pouco tempo encarei a terrivel BR174 de Manaus à Venezuela. Uma dica: é preferivel pegar carona em caminhoes, os quais se sabe que os motoristas estao a trabalho. Carros sao mais perigosos pois nao se sabe a intençao dos motoristas que param. Postos de gasolina sao a melhor alternativa para se pleitear uma carona. No Espirito Santo, tomem cuidado com os caminhoes que carregam pedras de granito, geralmente sao perigosos por transitarem com carga acima do permitido.

Os postos da policia rodoviaria nem sempre sao um bom lugar, pois muitos motoristas nao param com medo de que os guardas encrenquem. Quando anoitecer, esqueça de continuar a viagem, por questoes de segurança.

No mais, aproveitem as divertidissimas historias de caminhoneiro. Quem quiser dicas sobre estes trechos, estamos as ordens.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Salve!

É a primeira vez que escrevo um topico. Já fui de Curitiba até Santiago do Chile de carona, passando por Porto Alegre, Santana do Livramento, Montevideo, Buenos Aires e Mendoza. As "carreteras" uruguaias, argentinas e chilenas sao tranquilas e os caminhoneiros gente boa como no Brasil. Tambem ja fui de Curitiba a Salvador, pela BR101. E há pouco tempo encarei a terrivel BR174 de Manaus à Venezuela. Uma dica: é preferivel pegar carona em caminhoes, os quais se sabe que os motoristas estao a trabalho. Carros sao mais perigosos pois nao se sabe a intençao dos motoristas que param. Postos de gasolina sao a melhor alternativa para se pleitear uma carona. No Espirito Santo, tomem cuidado com os caminhoes que carregam pedras de granito, geralmente sao perigosos por transitarem com carga acima do permitido.

Os postos da policia rodoviaria nem sempre sao um bom lugar, pois muitos motoristas nao param com medo de que os guardas encrenquem. Quando anoitecer, esqueça de continuar a viagem, por questoes de segurança.

No mais, aproveitem as divertidissimas historias de caminhoneiro. Quem quiser dicas sobre estes trechos, estamos as ordens.

 

manos,

 

depois destes relatos to me inspirando... mochileiraencardida,

vc gastou quanto tempo e quanta grana nesta trip?

 

valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite

 

Já ouvi alguns relatos de pessoas que viajam de carona pessoalmente e tbém li algumas histórias no site. Tenho receio em ficar muito tempo em um lugar por falta de carona e de pegar pessoas não muito confiáveis.

Quais as manhas na hora da carona? Como evitar após um certo tempo no carro, aquele silêncio que normalmente acontece? Deve levar dinheiro ou apenas cartão? Camera fotografica? Bem de médio valor? Onde vc dormia? levou barraca?

 

Atc.

Fernando..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

  • Conteúdo Similar

    • Por Silnei
      Viajar o Brasil de carona também é possível. Já o fiz isso algumas vezes. Pra quem quer ter essa experiência seguem algumas dicas:
      1 - Sorriso no rosto e boa conversa. Você é Mochileiro, só quer um pouco de aventura e aproveitar e economizar uma grana, então não se apresente com um visual desleixado demais, mas também não ostente para não ser assaltado. Camiseta, bermuda e uma bota. Cara de estudante. Pronto é facinho conseguir a carona.
      2 - Esqueça do tempo. Se estiver com pressa a carona não será seu meio de transporte. Aproveite o momento para cultivar a paciência! Isso significa que as vezes você poderá passar horas esperando até conseguir!
      3 - Geralmente é mais fácil conseguir carona com os caminhoneiros. Ao contrário dos europeus, a carona aqui não é tradição, então será mais complicado conseguir carona em carro particular. Não é impossível, mas será mais difícil.
      4 - Os melhores pontos para se conseguir uma carona são: os postos de gasolina, os postos da polícia rodoviária, os postos de fiscalização da fazenda ou vigilância sanitária e borracheiros.
      5 - Para conseguir carona em um posto de gasolina, converse com algum frentista caso for um posto pequeno, senão fique esperando na lanchonete ou na conveniência. Quando chegar um caminhão, espere o caminhoneiro descer e fazer o que veio fazer. Não seja inoportuno, espere o cara relaxar. Quando perceber que esta ok se apresente com educação, simpatia e humildade. Explique para onde está indo e peça a carona.
      A maioria dos caminhoneiros tem medo de oferecer carona por causa dos assaltos, e em muitas empresas de transporte ela é proibida. Então preste atenção se tem algo escrito sobre isso no vidro da frente do caminhão pra não perder tempo.
      Seja o mais sincero possível. Estes caras são rodados e se perceberem algo não muito exato, sua carona já era. Então não basta ser verdadeiro, tem que parecer verdadeiro.
      7 - Para conseguir carona em um posto da Polícia Federal é mais fácil. Se for o caso, converse com um dos guardas e peça com muita humildade, para ficar ali esperando algum caminhoneiro que pare ou seja parado para pedir carona. Mesmo que o guarda não colabore muito, ele não pode te expulsar de lá. A lógica é que a maioria dos ladrões não fariam isso. O caminhoneiro também pensará assim. Então depois que o caminhão parar, utilize o mesmo método do posto de gasolina.
      8 - Pedindo carona na estrada:
      Primeiro, o negócio do dedinho já era. O mais eficiente é uma cartolina ou um a4 com o destino escrito com pincel atômico ou canetão . Então não esqueça de levar este KIT. Fique parado em um lugar onde o caminhão possa te enxergar e parar sem perigo para ambos. Daí é só colocar o cartaz para os motoristas lerem e esperar.
      9 - Tudo o que você aprendeu sobre gente ruím na vida, vai servir como nunca. Então olhe bem para cara do motorista e analize bem antes de entrar no carro ou caminhão. Se você ver que roubada não hesite em inventar alguma desculpa na hora e caia fora !
      Quem já viajou assim e tem outras técnicas infalíveis também pode deixar suas dicas aqui.
      Um abraço e boa sorte!!
       
      Silnei


×
×
  • Criar Novo...