Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados


@leandronutricaounip 

Em 12/10/2018 em 01:16, MochilaEtc - Caroline Cruz disse:

1) Achei muito tranquilo (óbvio que não dei nenhum mole). Dinheiro sempre na doleira, documentos na mochila de attack e sempre atenta. Obs: Eu cheguei a parar no meio de uma comunidade em La Paz 😂 (mas isso ainda é assunto láááá pra frente)

2) Eu pesquisei MUITO antes de ir, e acabei escolhendo essa época pq seria onde conseguiria ver os espelhos d'água e pegar MP com um tempo OK. (Eu dei sorte, pois no dia que cheguei em Águas Calientes choveu, no dia que fui pra MP o tempo ficou estável e no dia seguinte choveu rs) Algumas amigas foram algumas semanas antes e também pegar o tempo fechado. Sugiro você fazer entre Março à Junho (quando começa o outono o céu to Atacama consegue ser ainda mais surreal do que o normal) 

Se tiver mais alguma dúvida, fique a vontade para perguntar. 

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acompanhando!

Vou em Janeiro, também peguei dicas demais com a Mary e o Rodrigo!
Vendo seu relato me bateu um frio na barriga..

Meu voo de SP tem previsao de chegar 15h e o de Santa cruz pra Sucre sai 16:30.

Além de embarcar, passar pela Aduana e tudo mais, tenho que trocar o dinheiro kkkk
 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Igor Bagnara 15:00 horário local correto ? A aduana foi super rápido, pegar as malas também. Relaxa que vai dar tudo certo ❤️ 

@gabg72 é uma ótima viagem de casal, eu fiz com meu namorado e adoramos. Na real é uma ótima viagem pra se fazer em todos os estilos. Vocês vão adorar.

 

Sei que estou devendo atualização por aqui, mas em breve vou acabar o relato. 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

SUCRE - RELATO DETALHADO PARTE 01
 
No instagram @mochilaetc tem mais dicas e alguns textos mais compactos, relatando minha experiência em cada local.
 
Sucre - Bolívia
Altitude: 2.600 m.n.m
Clima: Março a temperatura fica entre 20° a 10°c (bem agradável)
 
 Curiosidade: 
Sucre foi a primeira cidade do país, e ao contrário do que muitos pensam, La Paz não é a capital oficial da Bolívia. Aliás conversando com o povo local, rola um treta a respeito do país possuir duas capitais.
La Paz é a sede do presidente e dos poderes Executivo e Legislativo, enquanto Sucre é a capital constitucional e sede do poder judiciário.
 
Conhecida com La Ciudad Blanca da Bolívia, é considerada a cidade mais bonita do país, super bem conservada, com todas suas plazas bem cuidadas e floridas. Procurada pelos turistas por conta das suas construções datadas do século XVIII e XIX, além de ser rota principal de quem está indo em direção ao UYUNI (nosso caso). 
Além disso, também é conhecida pelo povo boliviano com cidade universitária, é possível observar a mescla do movimento dos jovens bolivianos em contraste com as cholitas e suas roupas coloridas entre o trânsito um tanto caótico.
 
Como explorar a cidade: 
* É possível conhecer todo centro a pé. Parque e Plaza Bolívar *se possível visitar a Plaza Bolivar durante o dia e a noite , Plaza 25 del Mayo, Mercado Central, Igrejas, Conventos)
*Parque Cretáceo tem como ir de transporte público (não lembro agora o ônibus, mas só perguntar no hostel que você ficar hospedado)
*Monastério La Recoleta - ideal pegar um táxi para ir (tem muita ladeira) mas da pra voltar caminhando.
*Rodoviária, até da pra ir caminhando ou de ônibus, mas preferimos pegar um táxi.
 
 
Dica:
-Sempre da pra negociar e eu poderia ter economizada mais, mas eu sou PÉSSIMA para pedir descontos, o hábito de pechinchar é uma coisa que eu realmente preciso desenvolver.
- Vale lembrar que o povo local é adepto a sesta - aquele cochilo pós almoço- então alguns lugares fecham entre 14:00 às 16:00 
 
 Porque incluir no roteiro ?
Sucre é uma cidade ótima para descansar um pouco, aliviar a tensão pre viagem
*Eu por exemplo antes da viagem fiquei mais de 1 semana dormindo apenas 2 horas por dia, depois que passou toda a ansiedade e a primeira parte da peregrinação, realmente precisei dar uma "pausa". 
Fora isso é um bom ponto de partida para se aclimatar e fazer os últimos preparativos para ir em direção ao Uyuni. 
 
Importante:
Se você não esta acostumado com altitude elevada, eu realmente sugiro ficar pelo menos 1 dia na cidade, parece besteira mas não é. Porém não precisa morrer de medo rs. Fiz essa viagem no auge do meu sedentarismo e fiquei super de boas. 
 
Hospedagem: 
Hostel Clave Blanco Bs 120,00 +/- R$ 60,00 (valor casal)
- Fica bem próximo a Plaza 25 del Mayo (ponto principal da cidade) e tem um bom custo x benefício. 
*lembrando que todas as hospedagens ficamos em quartos de casal.
 
Minha experiência: 
-Achei a cidade muito limpa e segura (andei por todos os cantos), população no geral educada e super solicita.
-Fiquei apaixonada pelo Parque/Plaza Bolívar, foi um dos lugares urbanos mais bonitos que visitei em toda viagem. 
- Consegui me comunicar bem, as vezes ate sozinha rs, quando ficava confusa pedia ajuda do Bernardo. Me senti falando a todo tempo algo do tipo "mim quer biscoito" mas o importante é que todo mundo entende.
 
 
Fotos:
Não tenho as melhores fotos do lugar, o motivo da viagem foi curtir mesmo. Sem contar que viajamos apenas com nossos celulares (ZenFone) e 01 GoPro (que até hoje não aprendi a usar direito rs). Mas as que salvaram vou deixar por aqui ou la no meu instagram @mochilaetc .
 
Sugestão roteiro em Sucre:
 
08:00 AM - Café da Manhã
09:00 AM - Rodoviária (comprar passagem para o Uyuni)
09:30 AM -  Explorar Parque Bolivar *da pra ficar umas 2 horas tranquilamente.
11:30 AM - Mercado Central *é um mercadão, se você gosta de ver os costume e o dia a dia do povo local, vale a visita. Caso o contrário, pule essa parte.
12:30 PM - Parque Cretáceo  
14:30 PM - Plaza 25 del Mayo e seus arredores + pausa para o almoço
17:00 PM - Monastério La Recoleta - Café Mirador ver o pôr do sol e tomar uma cerveja
18:00 PM - Hostel *tomar banho e ir pra rodoviária 
19:30 PM - Chegada na rodoviária
20:00 PM - Sucre > Uyuni
* Dos itens que listei, o únici que tiramos foi o Parque Cretáceo, por conta da falta de tempo.
  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
SUCRE - RELATO DETALHADO PARTE 02
 
No instagram @mochilaetc tem mais dicas e alguns textos mais compactos, relatando minha experiência em cada local.
 
 
Dia 02 - 09/03/2018 - Sucre - Bolívia 
 
  •  Coloquei o relógio para despertar as 07:00 da manhã, mas a o cansaço falou mais alto e só levantamos mesmo as 10:00 AM. Dormimos muito bem, estávamos exaustos, acumulou a tensão pré viagem, ansiedade, os pequenos perrengues e a bateria descarregou. 

- Como ainda tinha tempo até o check-out, decidimos só tomar um banho e ir comer. Café bem servido, mas é basicamente o que serve em todo lugar rs.

Opções: Torrada (normalmente é um pão MUITO duro e ruim), manteiga, geleia, ovo, café, suco.

  • Conhecemos uma brasileira que trabalha no hostel chamada Flávia que é de BH, ela nos deu um mapa da cidade e algumas dicas.
*TINHA GUARDADO O MAPA PRA POSTAR AQUI, MAS INFELIZMENTE O  SE PERDEU DURANTE A VIAGEM.
 
  • Depois do café nos arrumamos, como iriamos passar o dia caminhando pela cidade e estava fazendo calo/frio (o tempo lá é meio doido), coloquei uma roupa mais confortável. *  Carol: tênis, legging, t-shirt, blusa jeansBernardo: t-shirt, fleece, bermuda, bota
 
  • Arrumamos as mochilas de attack e mochilões. 
*Deixamos 01 mochila de attack maior separada com as coisas para o banho e arrumamos a outra para o dia na cidade.
 
  • Deixamos os mochilões guardados na recepção
Obs: Antes de fazer o check-in no dia anterior, perguntamos da possibilidade de tomar banho mesmo depois do check-out e se tinha lugar para deixar as mochilas guardadas. É sempre bom conferir se o hostel tem essa facilidade (sem cobrar taxa extra)
  • Mochila de attack CIDADE: água, gopro, carregador portátil, fleece (não usei), snacks (não comemos), pasta com documentos, necessaire protetores - labial, rosto, corpo-,álcool em gel, lenço de papel, diomax, colírio, neosoro e dramim.
 
  • Check-out feito, mochilas guardadas, agora sim vamos explorar a cidade. Como já estava tarde, decidimos cortar o Parque Cretáceo do roteiro. 
 
  • 12:00 PM - Táxi HOSTEL CLAVE BLANCO > RODOVIÁRIA  Bs 8,00
 
 
-Chegando na rodoviária seguimos as dicas que pegamos no roteiro da Mary (VIDAMOCHILEIRA), e fomos procurar o guichê da 11 de Julio ou 6 de Octubre para compararmos os preços. Logo que chegamos avistamos a 6 de Octubre, mas não tinha ninguém lá, caminhamos mais um pouco e achamos a 11 de Júlio.
 
  • 11 de Julio - SEMI LEITO com paradas para BAÑO (para no meio do mato rs) - VALOR Bs 120,00 (casal) - Previsão de chegada 04:00 AM UYUNI
 
-Voltamos para 06 de Octubre para verificarmos os preços e ai descobrimos que tinha outra loja mais pra dentro e fomos até la.
 
  • 06 de Octubre - SEMI LEITO com paradas pra BAÑO  - Valor Bs 160,00 se chorar cai pra Bs 140,00 (casal)
 
-Por motivos de economia, fechamos com a 11 de Julio, a moça pediu para chegarmos as 19:30 e a saída seria as 20:00.
 
 Obs: Pelo que pude perceber na época que fui é que todos os ônibus tem a estrutura meio precária, então nesse trajeto em específico não vá esperando uma viagem super confortável.
 
-Saindo de lá decidimos caminhar um pouco e ver onde que iria dar (seguindo nosso mapinha),  e eu fiquei babando admirando as casinhas, as ruas floridas e tudo ao redor.
 
  • Plaza Bancários 
 Bem fofinha e florida, tem uma estátua no meio em homenagem as mulheres *eu bem turistinha parei pra tirar foto.
 
 
  • Táxi  PLAZA BANCÁRIOS > PARQUE BOLIVAR  Bs 10,00
Taxista estava com a filha neném no banco da frente, achei fofinha, ela toda protegida do sol e dormindo (fofinho, mas não seguro, até pq na Bolívia o trânsito é muito doido).
Obs: Os táxis na Bolívia não tem preço fixo, a maioria são carros muitos velhos .. mas é isso ai rs. 
 
  • Parque Simon Bolviar
CURIOSIDADE: A região de Chuquisaca onde fica a cidade de Sucre abriga um dos mais importantes sítios paleontológicos, uma das principais atrações da cidade é o Parque Cretáceo. Por isso é comum você encontrar referências de dinossauros em alguns lugares da cidade e o Parque Simon Bolivar é um bom exemplo disso. É um parque público, onde tudo faz referência aos dinossauros.
 
- Creio que seja o tipo de lugar onde a maioria das pessoas iriam passar, achar legal e tirar uma foto. Mas definitivamente eu não sou todo mundo, e por isso fique lá no meio das crianças me divertindo no escorrega de dinossauro rs. Bernardo só olhava pra minha cara e ria, mas tenho uma frase que sempre digo "Se não for pra passar vergonha, não saio de casa."
 
  • Plaza Simon Bolivar 
Uma das principais praças cidade, foi o lugar urbano que mais gostei durante toda viagem, li alguns relatos que dizem que a noite é ainda mais lindo. Ficamos pouco tempo por lá, mas o suficiente pra que eu me encantasse. 
 
-De la decidimos caminhar até o mercado central, ai vem a importância de salvar o mapa da cidade em algum app ou pegar um mapinha de papel (Confesso que gosto mais do mapa de papel).
*Gosto muito de caminhar, de me perder entre as ruas, observar a rotina da população local e ir fazendo descobertas no percurso e foi justamente isso que fizemos no nosso dia em Sucre.
 
  • Mercado Central 
É interessante pra quem gosta de ver os costumes do povo local, la você imerge realmente na cultura. Você encontra vendendo de tudo, muitos pedintes, muito cheio. Eu que não gosto muito de muvuca mas achei a experiência interessante, não tirei fotos do local. Durante nossa andança a fome já era grande e decidimos ignorar todos os conselhos de NÃO comer a "gastronomia de rua" e encaramos um almoço no Mercado Central, entre os locais. Confesso que fiquei com um pouco de medo, mas TODOS os locais estavam la comendo. 
 
*02 Refeições (Frango, legumes, salada, banana) +02 refrigerantes Bs 28,00 (cerca de R$ 7,00 por pessoa)
 
  •  Caminhada aleatória 
- Saindo, continuamos nossa caminhada e decidimos procurar uma casa de câmbio, a maioria estava fechada - lembra que dei a dica da SESTA ? pois é.. aprendi lá rs.- , muitos locais estavam fechados para "hora da soneca da tarde", por fim achamos uma casa e trocamos $400,00 que deu Bs 2768,00 ($1,00 = Bs 6,92), vamos usar para o Uyuni e sobrando vamos gastar em Copacabana. Não nos preocupamos muito em sobrar, pois de toda forma iríamos voltar para Bolívia.
 
- Continuamos caminhando um pouco sem rumo, paramos em uma lojinha de artesanatos -  2 imas + 1 caneta de lhama (muito vagabunda rs) Bs 25,00
 
-  Continuamos a caminhada e paramos no Chocolates Parati (sou a maluca dos doces rs)
* Chocolate de coca + bombons sortidos Bs 19,00
 
- Continuamos a caminhada até a Plaza 25 del Mayo.
 
  • Plaza 25 del Mayo
Principal ponto de Sucre, onde está localizado os principais hostels, restaurantes, atrações turísticas, prédios históricos. 
 
-Observamos a população local, assistimos uns meninos dançando street dance, o clima é bem agradável. 
 
- Continuamos caminhando e conhecendo os prédios históricos e igrejas em volta, tudo sem rumo mesmo, indo apenas na intuição e nos guiando pelo mapa.
 
  • Igreja La Merced - Entrada Bs 20,00 (casal)
Bem legal, da pra subir até a cúpula e é liberado para tirar fotos. Alias o lugar tem uma linda vista da cidade.  Pra quem vai turistar pela cidade, indico incluir no roteiro. 
 
- Ao lado tem uma outra igreja que não lembro o nome, mas não estava aberta. De toda forma decidimos que não iriamos entrar em todas as igrejas, como já estava ficando tarde e nosso tempo ficando curto decidimos pegar um táxi até o Mirador La Recoleta.
 
  • Táxi - Igreja La Merced > Mirador La Recoleta Bs 10,00
*Dá pra ir a pé ? Dá.. mas é ladeira, altitude.. enfim.. melhor opção mesmo é pegar um táxi. 
 
  • Mirador La Recoleta
CURIOSIDADE: O mirador fica situado na praça onde a cidade foi fundada. 
 
Localizado no ponto mais alto da cidade é parada obrigatória para apreciar a vista e ver o  entardecer. 
 
-Na praça tinha uns meninos jogando bola, alguns hippies vendendo artesanato e em volta também tem umas lojinhas de artesanato.
 
  • Café Mirador
Fica bem ali no mirador La Recoleta, lemos vários relatos indicando lá para apreciar o final de tarde. O tempo estava bem nublado e não conseguimos apreciar o pôr do sol com estava programado no roteiro, mas o local é uma delicia e vale muito passar um tempinho  por la. Pedimos uma cerveja artesanal Huari  600 ml Bs 30,00 e ficamos la apreciando a vista que é linda (mesmo com o tempo fechado)
 
* O atendimento não é um dos melhores, mas vale pelo lugar, que é super charmoso e pra quem gosta de fotografar rende umas boas fotos.
 
  • Caminhada / Retornos Hostel
- Depois de descansar, seguimos na nossa andança, pegamos nosso mapinha e fomos rumo a Plaza 25 del Mayo, no caminho paramos em um lugar que vendia bebida e compramos uma garrafa de 300 ml de Singani - destilado de uva, bebida típica da Bolívia - Bs 37,00. 
Bernardo já estava cansado de andar e estava ficando tarde, então decidimos ir direto pro hostel. 
*Confesso que fiquei surpresa dele andar tanto  tempo e ver tanta gente sem reclamar. 
Eu sou o tipo de pessoa que quero fazer TUDO ao mesmo tempo quando estou viajando, quero aproveitar o máximo o lugar pois não sei quando vou ter a oportunidade de voltar.
Ele prefere conhecer poucos lugares de forma mais demorada.
Essa nossa diferença é legal pq com equilíbrio nos tornamos uma boa dupla de viagem. 
 
-No meio do caminho decidi fazer a última parada, uma especie de museu de arte indígena, mas por motivos de cansaço só dei uma breve espiada. 
 
  • 17:00 Hostel Clave Blanco
- Reorganizei os mochilões e as mochilas de attack para compactar ainda mais as coisas, tomamos banho e como ainda estava claro aproveitei pra lavar o cabelo novamente. 
- Enquanto organizávamos tudo com calma, aproveitei o wifi do hostel para fazer uma vídeo chamada com minha mãe pra avisar que estava tudo bem, porém a alegria durou pouco a internet caiu e não deu tempo de falar com meu irmão pra saber se os bichos estavam bem
*durante o mochilão meu irmão ficou na minha casa cuidando dos filhos de 4 patas.
 
Continuando na preparação, a dona do hostel veio se despedir e ficamos conversando um pouco, e durante a conversa nos explicou o nome do hostel
 
CURIOSIDADE: Clave Blanco = Cravo Branco (flor), o cravo é uma flor comum na Bolívia, os espanhóis trouxeram na época da colonização e plantaram por todo lugar. Seu significado é paz, pureza;  
 
- Por fim nos despedimos da dona e dos outros hospedes que nos desejaram boa viagem e agradecemos pela ótima hospitalidade. A Flávia (brasileira que estava trabalhando no hostel) nos ajudou a pedir um táxi.
 
  • Hostel > Rodoviária Bs 10,00
- Chegamos na rodoviária e nosso ônibus já estava la, pagamos a taxa de embarque Bs 5,00 (o casal), guardamos os mochilões na parte de carga e saímos para comprar água e a alguma coisa pra comer.
 
- Comemos hamburguesa (hamburguer) o tipo de coisa que eu NUNCA comeria em uma lanchonete estranha em uma rodoviária brasileira, mas comi na Bolívia (bem aventureira eu rs.), pedi uma espécie de água com gás saborizada (eu AMEI isso, se chama Aquarius, é da Coca-Cola), Bernardo pediu uma coca total deu Bs 20,00 (02 hamburguesas + 02 bebidas)
 
- Paramos em uma vendinha compramos 3lts de água + chocolate sublime + chiclete Bs 15,00
 
- Antes de embarcarmos decidimos ir no banheiro Bs 1,00 (casal)
 
-Finalmente entramos no ônibus, Bernardo leu errado o número dos assentos e sentamos no lugar errado, ai do nada veio um moço falando que o lugar estava errado. Pronto, começou a treta eu pensei rs, mas na verdade estava errado mesmo, nosso assento era semi leito e sentamos em um assento "normal" (não que tivesse muiiiita diferença), já estava super confortável (logo pensei que podia ter economizado um dinheiro rs), e no meio da confusão de troca de assento entrou uma moça vendendo uns bolinhos e como ainda tinha um buraco no meu estomago decidi comprar, Bs 10,00.
 
- O ônibus saiu pontualmente as 20:00 PM, como já imaginávamos o transporte não era la aquela maravilha, logo descobri que meu banco não deitava todo (o que fazia meu assento semi-leito a mesma coisa que um assento normal), o ar estava desligado e eu pingando de suor, com medo de senti frio fui viajar toda trabalhada no look inverno (meia calça de lã, meia pra frio, calça de moletom, segunda pele, blusa. fleece), em menos de 1 hora já tinha tirado quase a roupa toda de tanto calor. Janelas fechadas e um cheiro de chulé insuportável e Bernardo pra variar, APAGADO .
 
- Consegui cochilar por 1 hora e acordei com sede e vontade de fazer xixi, mas preferi esperar a primeira parada pra fazer xixi e depois beber água, ônibus lerdo vive parando, já passaram 3 ônibus na frente. Muita gente começou a reclamar do calor e do cheiro, eu consegui abrir minha janela o que deu uma aliviada.
 
- Mais pra frente o ônibus ficou um bom tempo parado, eu curiosa fui logo ver o que tinha acontecido, teve um acidente de carro (por sorte ninguém ferido gravemente), aproveitei a parada pra ir do lado de fora fazer xixi no mato (aliás esse foi a única parada do ônibus), aproveitei pra pegar um ar e observar um pouco o céu.  Depois de um tempo seguimos viagem e foi tudo tranquilo. 
 
Gastos do dia: 
*Táxi rodoviária Bs 8,00
*Ônibus Sucre > Uyuni Bs 120,00 (casal)
*Táxi Parque Bolivar Bs 10,00
*Almoço Mercado Central Bs 28,00 (casal)
*Coisas Bs 25,00
*Chocolate ParaTi Bs 19,00
*Igreja la merced Bs 20,00 (casal)
*Taxi la recoleta Bs 10,00 
*Mirador café - Cerveja 600 ml Bs 30,00
*Singani Bs 37,00
*Extra Bs 18,00
*Táxi rodoviária Bs 10,00
*Taxa Rodoviária Bs 5,00 (casal)
*Lanche Bs 20,00
*Água + snacks Bs 15,00
*Banheiro Bs 1,00 (casal)
 
Resumo:
*Alimentação Bs 63,00
*Transporte: Bs 163,00
*Extra: Bs 21,00
*Extra 2 - cerveja, souvenir, chocolate - Bs 129,00
 
Total: 
Bs 376,00 (casal) 
     188,00 (por pessoa)
*Em média R$ 94,00 por pessoa
 
Cotação do dia: 
$1,00 = Bs 6,92
*R$3,30 = $1,00 
*R$ 1,00 +/-  Bs 2,09
 
CAIXA
 
$2400,00
R$ 1800,00
Bs 2728,00
 
PARQUE BOLIVAR 

SUCRE-PARQUEBOLIVAR.jpg

 

MURAL DE GRAFITE PARQUE BOLIVAR 

SUCRE-PARQUEBOLIVAR2.jpg

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Caroline!!! Estou adorando. Super detalhado o seu relato, já me ajudou com várias dicas e informações. Eu embarco daqui a 15 dias para fazer esse mesmo roteiro. Pena que não vou conseguir acompanhar o seu relato inteiro.

Obrigada  por compartilhar

Beijo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Sophia Karla
      Oi gente, fiz uma compra com umas amigas, na qual vamos fazer um mochilão em dezembro/2019 por Bolivia, Peru e Chile. Compramos a passagem para Santa Cruz de La Sierra , até aí tudo bem. Porém, quando fomos comprar a passagem de Santa Cruz para Sucre, escolhemos a Bolivianas de Aviación (BOA), porém na hora de escolher as datas, vimos que estava errada, ao invés de colocarmos, 08/12, ficou 08/12, e pior, finalizamos a compra sem perceber o erro. E agora estamos DESESPERADAS para saber como cancelar a compra ou mudar a data deste voo. Entramos em contato com a agência no Brasil, mas, disseram que não poderiam ajudar porque a compra foi fora do Brasil. Por favor, alguém pode nos ajudar como proceder? 
    • Por marina garcia
      Bom dia, farei meu primeiro mochilão Bolivia e Peru. Toda e qualquer dica, será muito bem-vinda. Criei meu roteiro sozinha. Estou sentindo um frio na barriga desde já. rsrsrs... Se alguém também planejou para essas datas, podemos nos conhecer. Agradeço a todos!
      roteiro.docx
    • Por wealsi
      Mochileiros e Mochileiras,
      Em abril/2017 fiz uma viagem de 8 dias pelo Peru, visitando somente as duas principais cidades turisticas: Lima e Cuzco. Minha viagem na verdade foi de 22 dias ao todo, tendo comecado pelo Equador, onde fiquei 14 dias.
      Do Equador ao Peru fui de Avião, saindo de Guayaquil e chegando a Cusco em algumas horas. 
      CUSCO:

      Chegando em Cusco a primeira coisa que percebi foi o frio (consideravel). A cidade fica na regiao da cordilheira dos Andes, a 3300m de altitude, logo as temperaturas por lá costumam ser amenas. Em relacao a altitude, vale a pena falar do mal de altitude, ou mal de montanha (conhecido por la como SOROCHE): para os marinheiros de primeira viagem, se voce for viajar para uma cidade que esteja há mais de 2000m de altitude, é comum sentir enjoo, dores de cabeca, fadiga muscular, desidratacao... vá preparado com medicamentos para amenizar esses sintomas para vc n passar 12h de sua viagem sem fazer nada rsrs. É comum ocorrer, viu? Mas tb tem gente que nao sente nada. Recomendo que assim que vc chegar a cidade, procure fazer uma ambientacao, faca caminhadas curtas, deixe o primeiro dia lá para voce se ambientar, se vc já chegar e imendar algum passeio, é capaz de comecar a passar mal e estragar a experiencia. Balas de coca, chas de coca, folhas de coca, tudo de coca vc encontrara por la, nao tenha medo de consumir (exceto o subproduto produzido quimicamente, q tb e proibido por la rsrss), pois ajudam a combater a soroche. Como eu já havia passado um bom tempo no Equador, onde tb predomina a altitude, eu nao tive problemas com o mal de altitude.
      Eu imaginava q cusco fosse inteira uma cidade historica, toda contruida em pedras e tal, como nas fotos que vemos, mas na vdd cusco é uma cidade normal, com casas normais, predios, avenidas de asfalto, carros normais, pessoas normais trabalhando normalmente. Achei que desceria em cusco e ja daria de cara c aquele povo vestido colorido, que o aeroporto fosse cercado de momumentos hitoricos, massss nada disso. Para voce imergir nessa viagem ao tempo, voce precisa ir para a parte historica da cidade, que é a parte turistica. É como se fosse um grande bairro de cusco. Vc pega um taxi lá no aeroporto e vai andando por uma cidade normal, ai de repente vc chega na famosa CUSCO... um choque! A cidade é simplesmente deslumbrante, é um verdadeiro regresso no tempo.
      As ruas e calcadas todas de pedra, os postes sao naquele estilo colonial, os hoteis e hosteis sao todos em casas historicas, reformadas por dentro, mas por fora com a arquitetura de centenas de anos atras. A cidade é um luxo, muito bonita mesmo! Estou escrevendo esse relato em outubro/2019, exatos 2 anos e meio depois de ter ido para cusco e depois de ter conhecido outros 4 paises e posso dizer que em termos de belezas, cusco é a cidade mais fenomenal que conheci. Nao so pela parte de cusco em si, mas tb pela quantidade gigantesca de coisas que vc pode fazer partindo dali.
      Me hospedei no hostel LOKI, que é muitissimo bem conceituado (depois que conheci a rede, me hospedei tb no Loki Lima e Loki La Paz) e localizado. O Loki, para quem n conhece (eu n conhecia ate entao), é uma rede de hosteis, q possui unidade em alguns paises aqui na america do sul. É muito badalado o hostel, tem fstas todos os dias, vem pessoas dos outros hosteis participar das festas. Além disso, na área do bar e restaurante tem uma série de jogos que vc pode usufruir, como pingue pongue, beer pong, um cata-varetas de madeira, mutia coisa mesmo pra fazer, é excelente para vc interagir c gente do mundo todo. A média de idade ali gira nos 20 e poucos anos, mas tem gente de todas idades mesmo. O bar tinha uma bandeira do brasil gigantesca bem em cima, no meio do salao. As festas eram tematicas, tinha dia de festa grega, festa do brasil, festa das cores... muito louco. Eu fiquei num quarto coletivo com um monte de beliche, devia ter umas 15 beliches, o piso era de madeira entao era horrivel para vc dormir e tb pra ficar transitando la, pq vc atrapalhava todo mundo. A higiene era boa do hostel, mas a estrutura geral na minha opiniao poderia ser melhorzinha. O pessoal do hostel era fantastico, te ajudava em tudo que vc precisasse, te orientavam em tudo tb. Há uma agencia de turismo do proprio LOKI, que tem alguns precos legais.
      Fiz um Walking Tour free, oferecido pelo proprio LOKI, muito 10 a experiencia! Vc sai com um guia partino do hotel e caminham pelos principais pontos turisticos da cidade, e muito bom para orientacao e para vc se situar, conhecer um pouco da historia, vale a pena fazer!
      O ponto mais frequentado da cidade é a Plaza de Armas, a praca central da cidade. Muiiiiito bonita, principalmente a noite, quando fica parecendo um formigueiro de tanta gente. Ali voce encontrara nos arredores tudo que precisa, desde casas de cambio, agencias de turismo, bares, restaurantes... tudo esta ali. Vale a pena inclusive vc comprar seus pacotes para os passeios por ali. Eu orcei em varias diferentes e os precos sao exatemente os mesmos. As agencias que forem mais baratas que as outras e porque oferecem algum servico a menos, como por exemplo nao oferecer refeicao ou ir em onibus de pior qualidade, essas coisas. Os precos sao mto parelhos.
      Como disse acima, Cusco é fenomenal para turistas pq ali tem simplesmente dezenas e dezenas de passeios que voce pode fazer. Fiquei ao todo 5 dias na cidade e nao consegui fazer tudo, se eu soubesse q era tao legal ali eu teria deixado pelo menos 7 dias livres para lá. Vou falar pra vc quais sao os passeios mais conhecidos e que vc precisa fazer, senao todos, pelo menos alguns: MACHU PICCHU / linhas de nazca (n fui) / SkyLodge e Via Ferrata / salar de maras / Oasis de Oacachina (n fui) / raimbow montain (n fui) / Sitios arqueologicos (fui em alguns, mas tem vários).
      Como viram acima, deixei de fazer algumas coisas que queria por nao ter dado tempo.
      MACHU PICCHU (COISA MAIS DOIDA Q VI NA VIDA):

      Machu Picchu nao fica em cusco exatamente. O monumento fica em um povoado chamado Aguas Calientes, situado ha alguns varios e varios KM de cusco. Entao, para ir a Machiu Picchu, vc sai de cusco e vai para esse povoado. O povoado é muito bonito, bem charmoso mesmo, com bares e restaurantes construidos em estilo classico, lembra muito cusco. Se vc estiver em casal, vale a pena dormir uma noite por lá.
      Para chegar a Aguas Caliente, vc tem 3 opcoes: 1 - Ir de trem (umas 2h de trajeto) / 2 - Ir a pé, por uma trilha inca (3 dias de trilha) / 3 - Ir de Van (7h de viagem) + trilha (2h).
      Se vc estiver com familia ou com idosos, ou estiver em uma viagem com namorada ou namorado que nao goste muito de aventura, vá de trem. É mais caro, porém é mais rápido e vc economiza praticamente 1 dia de sua viagem (se vc for de van, perdera ao todo qse 20h em translado entre ida e volta). O trem parte algumas vezes durante o dia e vc pode comprar 3 classes diferentes, uma mais pobre (cara), uma média (mais cara) e outra mais chique, com teto panoramico e tal (ainda mais cara). Veja q coloco q é caro pra mim, principalmente pq o valor é em dolar. Lembro que ultrapassava os 100 dolares o trecho do trem (no mais barato, lembre q sao 2 trechos q vc faz, um ida um volta, logo...). Vc compra pelo site deles (www.perurail.com) e o trem n parte de cusco exatamente, vc precisa pegar um taxi ate a estacao deles.
      Se vc tiver um espirito muito aventureiro e tempo sobrando, vale a pena fazer o caminho pela trilha, q leva 3 dias e o trajeto é o mesmo que era percorrido pelos incas na epoca deles. Conheci pessoas que fizeram e me falaram super bem, diz q a experiencia é bem valiosa.
      Como nao sou tao mao-aberta e nem tao aventureiro, decidi ir de van. Lembro que me custou algo como 100 e poucos dolares ida e volta, ja incluindo uma diaria num hotel em quarto compartilhado. Basicamente funciona assim: vc compra o passeio em qq companhia de turismo em cusco, todas obviamente fazem. Vc parte de cusco geralmente saindo da frente da companhia muito cedo, tipo 6h da manha vc tem que estar lá. Vc entra na van e segue viajando por umas 7h (eu demorei mais, pq o pneu da van furou), a viagem nao é taoooo distante assim, mas vc segue pelas famosas rodovias peruandas, cheias de subidas, descidas, curvas completamente fechada, algumas onde so passa 1 carro por vez, passa por pequenos riachos, depenhadeiro (é incrivel, realmente incrivel, vc passa beirando, muito proximo do despenhadeiro, da van da pra ver o abismo bem do seu lado) e até um bom trecho de estrada de chao. É muita aventura o trajeto, muita curva, a velocidade de viagem é baixa por conta de todos esses entraves. A experiencia na van e muiiito show, vc ve muitas paisagens exuberantes, pode passar 7h conversando com pessoas de diversas nacionalidades. 
      O trajeto de auto termina em um ponto na base de uma usina, por volta das 2h da tarde. Vc chega, tem um almoco bem safado te esperando. Vc almoca ali e segue uma caminhada por uma trilha de +- 2h, margeando o trilho do trem caro. É muiiiiita gente, gente indo, gente vindo, coisa de louco. Tem trechos que vc acaba ficando sozinho e ai da pra contemplar a paisagem. A caminhada e bem legal, as vezes os trens passam por vc e dao aquela buzinada de trem kkk, tem ate trachos q vc passa em pontes sobre rios e vc vai caminhando sobre os trilhos, parece coisa de filme. No final da tarde, ja bem cansado vc chegara a Aguas Calientes e tera um guia esperando a sua turma (que nao segue junta, cada um vai na velocidade que quiser). A chegada e mto tumultuada, tem mta gente chegando, mtos guias gritando, eu fiquei perdido la, demorei pra encontrar o guia de minha companhia. Como ja cheguei praticamente a noite, foi só jantar e ja iri dormir cedo pq a ida as ruinas e logo pela madrugada.
      A ida as ruinas vc acorda as 04h da manha, as 05h vc tem que estar no ponto de encontro que é onde partem os onibus. A subida pra Machu Picchu e feita em um onibus proprio do sitio arqueologico, na verdade sao dezenas e dezenas deles subendo e descendo levando gente. Vc pode ir a pe tb, fazendo uma trilha q leva algumas horas. De onibus a subida leva uns 10 min. Pra entrar na ruina vc paga mais alguns dolares e eu recomento que vc pague um dos guias que ficam la oferecendo seus seervicos, vale muito a pena pelas explicacoes que te dao. O que posso falar de macchu picchu? Deslumbrante, insdescritivel, uma das coisas mais perfeitas que ja vi, é realmente um regresso no tempo, todas aquelas construcoes, aquela engenharia avancadissima pra epoca, os monumentos perfeitamente construidos, as pedras polidas com encaixe perfeito... senssssacional, vale muito a pena. Nao é a toa que é umas das 7 maravilhas do mundo modeno. 
      Qto mais cedo vc entrar e melhor. Eu entrei logo qdo amanhecia, tinha pouca gente, dava pra transitar bem, tirar fotos com tranquilidade. Qdo deu umas 09h da manha, virou um formigueiro, era gente adoidada, muita gente mesmo, impressionante.
      No meu caso (e de outras dezenas de pessoas), como eu estava no pacote da van, qdo deu por volta de 12h tive q pegar o onibus de volta a Aguas Calientes, depois caminhar mais 2h pela trilha e retornar pro ponto de encontro das vans (sao dezenas e dezenas), que partiria por volta das 03h da tarde. Outra confusao ali, pq é muita va, vc nao consegue identificar em qual vc tem que ir, é mta gente perdida lá, uma loucura. Entrou na van? mais 7h de viagem a cusco, nas mesmas condicoes precarias da estrada. Cheguei em cusco umas 10h da noite, mortooo, mas muito agradecido e deslumbrado pelo passeio. Foram ao todo 2 dias de viagem para conhecer cusco na forma como fiz. Na minha opiniao, o translado mais legal é sem duvidas o de van, apesar de ser meio cansativo, faz parte né! Se vc for de trem, vc pode fazer tudo em apenas um dia, saindo bem cedo de cusco e retornando no final do dia, sem a necessidade de dormir em Aguas Calientes (acho q vale a pena uma noite lá, viu).
      SKYLODGE E VIA FERRATA:

      Depois de Machu Picchu, foi o passeio mais fantastico que fiz por lá. O Skylodge é um hotel que fica suspenso a 400m de altura, preso no alto de um paredao no vale dos incas. Trata-se de capsulas feitas em material espacial, suspensas, todas transparentes. Imagina so, vc se hospedar num lugar desses, no meio do nada, suspenso em uma capsula a 400m de altura. Muito diferente, nao? Para chegar ao hotel vc tem que escalar (escalar de vdd) por uma via ferrata (uma escadinha de ferro) que construiram. Vc sobe com material de alpinismo, preso por mosquetoes de seguranca e com os guias ao seu lado sempre... A vista e a experiencia sao fenomenais! Experiencia unica no mundo, ta? Nao tem nada parecido em outro lugar.
      Vc simplesmente escala 400m, faz um cafe da manha la nas alturas, conhece o hotel, e depois desce por 7 zip lines (tirolesas), sendo uma com 700m de comprimento.... COISA DE LOUUUUCOOOO, experiencia muuuuuuuuiiiito massa!!! Pensa na vista, no vento... La de cima vc ve o rio q passa ao lado, inclusive da pra ver o trem passando, os trilhos dele passam proximo a base dessa montanha... Por isso eu falo que vale muito a pena vc conhecer.
      No meu caso eu nao me hospedei no hotel, paguei apenas para fazer o passeio que inclui o translado partindo de cusco até o hotel, a subida e o regresso a cusco. Todo o passeio vc faz em meio dia. Nao é mto barato pq inclui alem dos translado, o material de protecao e os guias. O passeio nao e dos mais conhecidos do Peru, mas so pq mta gente nem sabe, pq qdo conhecerem, vao querer fazer. Muito 10!
      OUTROS PASSEIOS NOS ARREDORES DE CUSCO

      Outras coisas que fiz foi ir ao salar de maras, que é muito legal. É uma mina de extracao de sal, onde eles tiram o sal da propria agua que sai das montanhas. É uma construcao divina, com centenas de tanques de agua e sal. La vc pode comprar bastante bugiganga e o famoso sal rosa tb. Fui tb passeios a outros sitios arqueologicos (vc consegue fazer geralmente 2 por dia). Todos passeios sao bonitos, muito show, cada um reserva uma coisa diferente, mas os que mais me impressionaram mesmo foram machu picchu  e o skylodge.
      Na minha opiniao, se vc tiver mais tempo que eu, vá a montanha colorida e tb vá ao Oasis de Oacachina, ele fica bem no deserto, é um oasis igual de filme, um lago com naturezao ao redor dele, no meio do nada. O pessoal faz passeios q incluem um lual bem divertido lá, passeios de bugue e tal. Eu se tivesse tido mais ttempo e me planejado melhor, teria feito.
      CUSCO DE NOVO:

      Vou te dar mais uma dica sobre cusco: Tire um dia pelo menos da viagem para n fazer nenhum passeio. Separe esse dia para vc andar livremente pela cidade, percorrer as ruas, ver o movimento, tomar umas cuzqueñas (breja regional). Passeio é legal, mas vc acaba nao curtindo essa cidade que é maravilhosa. Me lembro que eu andava tranquilo, observando tudo, as pessoas, os artistas de rua tocando musicas, tudo... é uma oportunidade unica vc estar ali, nao tem nada parecido com cusco. Desfrute da cidade tb e nao se deixe ser levado pela febre de ficar correndo o tempo todo na viagem pra fazer 1000 passeios e tirar 1000000000000 fotos, usufrua tb!
      LIMA:

      De cusco a Lima vc pode ir de busao ou de aviao. Sao 1.100km de distancia. Se fosse por rodovias normais, vc levaria umas 15h pra chegar, mas como sao rodovias peruanas, vc levara praticamente 24h pra chegar. Se for de aviao, sao cerca de 3h de voo. Como n tinha mto tempo e queria conhecer Lima, fui de aviao.
      Ao contrario de Cusco, Lima e uma cidade gigante, tem 9 milhoes de habitante... uma loucura. o Transito é louco, carros velhos pra burro, taxistas muito mal educados. No geral a cidade é  bonita, fica no litoral. A praia lá é morta, é praia do pacifico, entao a areia é dura, feia, escura, em alguns pontos nao tem nem areia, é so pedra. Na vdd eu acho que ali nas redondezas de Lima nao se entra na praia.
      Eu aluguei uma bike e passei uma tarde pedalando, conheci varios pontos da cidade. O ponto para os turistas se hospedarem é a regiao de Miraflores, que é bem bonita, urbanizada, segura, cheia de estrutura para o turista. Tem mercado, taxi, hotel, hostel, padaria... bar... pracas, fica perto dos principais pontos de turismo de Lima e tem acesso facil pra qq lugar. Do aeroporto a miraflores é meio longe.
      Vale a pena vc passear no Malecon (orla) ali da regiao de miraflores, é um shopping a ceu aberto. Bem bacana a ideia, bem chique e organizado. Va tb ao parque das aguas, que e um parque cheio de atracoes interessantes com água. Sao umas 50 atracoes, dentre elas a famosa danca das aguas, que sao chafarizes que fazem desenhos absurdos somente com agua, seguindo o ritmo de alguma musica. Va tb a belissima plaza de armas de Lima, que é onde ficam os poderes do governo. Muito bonito!
      Fui tb para uma boate lá, tava meio parado, mas tomei umas geladas boaaas.
      No meu caso, me hospedei novamente no hostel LOKI. Como sempre o staff de lá é muito receptivo e atencioso com os hospedes, te ajudam no que vc precisar. A estrutura é bem legal, muito melhor que o Loki cusco, mas nao é nem de perto badalado igual.
      Muita gente aqui fala que nao vale a pena conhecer Lima, pq n tem nada demais e nao sei o que, mas eu discordo totalmente. Eu gostei mto da cidade, achei bem legal a regiao de miraflores, muito bonita mesmo. Muito rica a experiencia gastronomica em Lima. Se vc gosta de comer, tem restaurantes conceituadissimos e a precos justos. Claro que, se vc tiver uns 10 dias de ferias, eu recomento que fique 7 em cusco e 3 em Lima.
      Fiquei apenas 3 dias em Lima e parti de volta ao Brasil.
      RAPIDINHAS:
      * MOEDA: A oficial lá e o Sol. Ele vale mais ou menos o mesmo que o real. Na epoca que fui 1 dolar estava R$ 3,00 e 1 dolar tb estava 3 soles. Dolar vc tera que trocar pela moeda local.
      * TAXI: Como sempre, isso é um problema. Eles sao muito vagabundos, se aproveitam a role dos turistas. Vc tem que combinar certinho tudo antes com o taxista. No aeroporto de Lima eu fique barganhando com os taxistas e ninguem queria me levar pelo valor eu ja tinha lido aqui q era o preco pra ir a miraflores partindo do aeroporto. Eles fazem uma mafia ali, um ajuda o outro a enganar vc. Eu fui entao saindo do aeroporto pra pegar taxi la fora, ai o cara me chamou pra me levar junto com uns indianos. Combinamos de ele me levar ate o meu hostel por 20 soles e os indianos ficariam tb em miraflores, perto. Chegou em miraflores o vagabundo nao queria nos levar aos hosteis, queria nos deixar numa praca la, pq segundo ele o preco q nos pagamos nao dava p levar ate os hosteis. Enfim, passei umas situacoes com taxistas no Peru. Seja esperto!
      * CLIMA: Em Cusco faz mto frio, se prepare, principalmente a noite. Durante o dia faz sol e calor moderado, entao é bom levar roupa leve tb. Leve proteror solar, beba muita agua pq altitude desidrata. Lima é quente, clima tropical. Fui na epoca de maio, quando ainda esta um periodo bom para vc ir a macchu picchu. Se vc for na epoca das chuvas, é bem capaz de voce nao ver nada lá. Li  vaaaaarios relatos aqui falando que foram na epoca errada e nao viram nada la. Eu peguei tempo aberto, perfeito!
      * IDIOMA: Como tem muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiito brasileiro la no peru, principalmente em cusco (em todo lugar mesmo vc ouvira portugues, vi dezeeeeeenas de brasielriros por la), eles entendem tudo q vc fala e vice-versa. Eu estava tentando arranhar um espanhol la, mas o pessoal pedia p eu falar em portugues q era melhor pra eles compreenderem kkkkkkkk 
      * BUZINA: Nao sei por que cargas da agua eles buzinam tanto la. Nunca vi nada igual, tanto em Lima como em Cusco, os carros buzinam a todo momento, dezenas e dezenas de buzinas... mesmo sem ter transito sem nada, eles passam e buzinam, é muito bizarro isso. No Equador eles tem esse habito tb, mas no Peru era inacreditavel, vc fica louco la pelo 3 dia vc que matar eles.
      * BEBIDAS: Beba Inka cola (refri tipico), cuzqueña (breja tipica) e Psico sour (goró ripico)
      * CUIDADO EM CUSCO: Como a parte turistica e toda feita de pedra, o chao as vezes e muito escorregadio. Eu levei um tombo, andando sozinho, pois estava garoando e o hostel ficava em uma ladeira, as pedras ficam lisas igual a sabao. Muito cuidado, perigoso machucar!.
      É isso ai pessoal... espero ter contribuido um pouco com o fórum! Abaixo, mais algumas fotos de minha viagem: 

      Machu Picchu
       

      Plaza de Armas de Lima
       

      Parque das Aguas de Lima
       

      Lima
       

      Lima
       

      Lima
       

      Lima
       

      Lima

      Orla de Lima

      Orla de Lima a Noite

      Loki - Lima

      Skylodge 
       

      Loki Cusco
       

      Galera do Free Walking Tour
       

      Mais do Loki Cusco
       

       

      Uma das festas do Loki Cusco
       

      Povoado de Aguas Calientes
       
      Madrugada, fila esperando os bus Madrugada, povo esperando p subir a machu picchu
       

      Trilha a machu picchu
       

      Uma das pontes da trilha

      Cusco

      Vista do alto da via ferrata.


    • Por Felipe Guimarães Silveira
      Fala pessoal! Neste episódio continuamos a nossa viagem pelo Peru em destino a Bolívia, onde visitamos Cusco uma cidade muito charmosa e imersa em cultura e curiosidades! Neste episódio visitamos a Plaza de Las Armas, assim como fizemos o passeio super famoso City Tour Cusco comprando o boleto turístico diretamente na central de turismo, em uma passeio em busca das Ruínas Incas. Neste tour visitamos Qoriqancha, ou Templo do Sol, a Catedral de Cusco, Pukapukara, Sacsayhuaman e Q’enqo, Tambomachay e ainda no final de quebra visitamos a lojinha de artesanatos!
       
       


×
×
  • Criar Novo...