Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
vanessa t

Viagem pela Europa: devo chegar e retornar pelo mesmo aeroporto?

Posts Recomendados

Olá pessoal! Me cadastrei aqui hoje e tenho uma dúvida, acredito que vocês possam me ajudar. Vou passar 15 dias em Londres fazendo um curso de idiomas, será minha primeiro experiência para fora do país. Vou ficar hospedada na casa de uma amiga. Chegarei uns 5 dias antes do curso começar e depois, ao final do curso, terei mais ou menos 10 dias livres para viajar. Pretendo fazer um passeio estilo mochilão por Paris,  Roma e Amsterdã. Talvez Barcelona ou outro destino. Ainda estou me decidindo sobre o tempo/orçamento desse roteiro.

No entanto, tenho um problema: ao sair de Londres pretendo deixar minha mala na casa dessa amiga, pra evitar pagar excesso e etc. Mas no retorno para o Brasil eu teria que voltar pra Londres para pegar a mala e então voltar para o Brasil, o que encareceria meu roteiro.

Pensei também em chegar e sair de Paris ou Amsterdã, porque as passagens costumam ser mais baratas e dá para fazer o trajeto até Londres de trem ou de ônibus, mas ainda não consegui pensar em uma boa forma de me organizar...O que vocês acham melhor?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vc nao precisa voltar pelo mesmo aeroporto que chegar, sempre compro passagem por um pais e volta pelo ultimo que vou visitar, assim vc economiza em dinheiro e tempo.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tem motivo algum para retornar ao primeiro país... siga em frente rs... tente viajar "leve" já daqui do Brasil se for possível.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@vanessa t Em 15 dias não se aprende nada,mesmo que vá sabendo,só para praticar,começou e está na hora de voltar.Idiomas se apreende com o convívio com a língua,eu por exemplo, tenho curso de 3 e só fluência em espanhol pela prática e anos vivendo na América Espanhola. 

Quanto a viagem, vá por um lugar e volte por outro, o que interessa a eles é que você volte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou com a mesma dúvida , vou dia 28 janeiro para Malta, minha escala e em Amsterdã, depois dia 28 fevereiro tenho que voltar, será que tem como não pegar o primeiro voo em Malta e só pegar em Amsterdã?

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 03/11/2018 em 13:43, vanessa t disse:

Olá pessoal! Me cadastrei aqui hoje e tenho uma dúvida, acredito que vocês possam me ajudar. Vou passar 15 dias em Londres fazendo um curso de idiomas, será minha primeiro experiência para fora do país. Vou ficar hospedada na casa de uma amiga. Chegarei uns 5 dias antes do curso começar e depois, ao final do curso, terei mais ou menos 10 dias livres para viajar. Pretendo fazer um passeio estilo mochilão por Paris,  Roma e Amsterdã. Talvez Barcelona ou outro destino. Ainda estou me decidindo sobre o tempo/orçamento desse roteiro.

No entanto, tenho um problema: ao sair de Londres pretendo deixar minha mala na casa dessa amiga, pra evitar pagar excesso e etc. Mas no retorno para o Brasil eu teria que voltar pra Londres para pegar a mala e então voltar para o Brasil, o que encareceria meu roteiro.

Pensei também em chegar e sair de Paris ou Amsterdã, porque as passagens costumam ser mais baratas e dá para fazer o trajeto até Londres de trem ou de ônibus, mas ainda não consegui pensar em uma boa forma de me organizar...O que vocês acham melhor?

Voce pode comprar a passagem multi destinos, com isso chega na europa por um aeroporto e volta para o Brasil através de outro. Porém com o 10 dias livres vc nunca irá conseguir conhecer Paris, Roma e Amsterdã. O mais prudente a se fazer é deixar Roma de lado (até mesmo pela distancia) e conhecer Paris, Amsterdã e no máximo alguma outra cidade ali próximo. 

Já que vc já tem o pensamento de fazer outros deslocamentos na Europa, saia do Brasil com pouco peso, com isso nao precisará gastar grana para voltar até Londres apenas pra buscar suas malas. Viage leve, carregue menos peso e pague menos!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, Maxwel Alves disse:

Estou com a mesma dúvida , vou dia 28 janeiro para Malta, minha escala e em Amsterdã, depois dia 28 fevereiro tenho que voltar, será que tem como não pegar o primeiro voo em Malta e só pegar em Amsterdã?

No voo da volta se vc nao embarcar em Malta será considerado como no-show, com isso vc também nao embarca em Amsterdã.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lobo_solitário Obrigada pela resposta! Na verdade daria 11 dias ao todo. Mas estava pensando em sair de Londres para Paris de trem, ficaria lá 4 dias. Seguiria para Amsterdã de ônibus ou trem e ficaria 3 dias. Depois iria para Roma de avião, ficando mais 4 dias e de lá voltaria para o BR. Sei que é pouco tempo, mas exatamente pelo pouco tempo que tenho quero fazer as cidades que mais desejo conhecer...

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, vanessa t disse:

@lobo_solitário Obrigada pela resposta! Na verdade daria 11 dias ao todo. Mas estava pensando em sair de Londres para Paris de trem, ficaria lá 4 dias. Seguiria para Amsterdã de ônibus ou trem e ficaria 3 dias. Depois iria para Roma de avião, ficando mais 4 dias e de lá voltaria para o BR. Sei que é pouco tempo, mas exatamente pelo pouco tempo que tenho quero fazer as cidades que mais desejo conhecer...

Ja parou pra pensar que nos seus dias de deslocamento entre os países na melhor das hipóteses voce perderá a metade de uma dia, isso se seu transporta sair no início da manhã, caso contrário vc perde a manhã toda e ainda a metade do periodo da tarde. Leva tempo até vc fazer o checkout, ir até a estaçao de trem, onibus ou aeroporto, se deslocar, fazer o trajeto até onde irá se hospedar e fazer checkin. Outro detalhe é que mesmo que vc chegue antes do almoço normalmente o checkin é a partir das 13 ou 14hs.

De qualquer forma vc faz da forma que achar melhor, mas so estou alertando que vc nao terá todos esses dias livres em cada cidade que planeja passar.

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, lobo_solitário disse:

Ja parou pra pensar que nos seus dias de deslocamento entre os países na melhor das hipóteses voce perderá a metade de uma dia, isso se seu transporta sair no início da manhã, caso contrário vc perde a manhã toda e ainda a metade do periodo da tarde. Leva tempo até vc fazer o checkout, ir até a estaçao de trem, onibus ou aeroporto, se deslocar, fazer o trajeto até onde irá se hospedar e fazer checkin. Outro detalhe é que mesmo que vc chegue antes do almoço normalmente o checkin é a partir das 13 ou 14hs.

De qualquer forma vc faz da forma que achar melhor, mas so estou alertando que vc nao terá todos esses dias livres em cada cidade que planeja passar.

Boa sorte!

Entendi, realmente perderia um tempo nesses deslocamentos. Bom, vou repensar o roteiro e os dias que vou destinar para cada cidade. Talvez seja melhor passar só por duas cidades. Obrigada pelas dicas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por cleiton.reis
      Amigos, caso seja possível auxilio, e sugestões quanto ao roteiro abaixo;
      Terei 5 dias, quase inteiros para esta viagem - 19/06 a 23/06.
      DIA 1 -  LIMA/CUSCU > Chego em Lima as 7hs - Planejo pegar o primeiro voo para Cuscu com chegada até ao 12:00hs - (Neste dia, usaria para aclimação, e perambular pela cidade, bem tranquilo - Pernoite em CUSCU)
      DIA 2 - CUSCU >  Tour pelo Vale Sagrado, finalizando em Olanta. - (Tomar o trem para Águas Calientes - Pernoite em AGUAS CALIENTES)
      DIA 3 - MACHU PICCHU > Sair no primeiro horário para conhecer o parque. - (Tomar o trem no final do dia para Cuscu - Pernoite em CUSCU)
      DIA 4 - CUSCU > Passeio a ser definido - (Voo para Lima no final do dia ou a noite - Pernoite em LIMA)
      DIA 5 - LIMA > Perambular durante o dia em Lima - (Voo a noite para o BRASIL)
       
       
      Podem ficar a vontade para palpitar, dar sugestões, alterações ou dicas.
       
      Já agradeço, Abaços.
    • Por lorraine.oa
      Olá, mochileiros. Preciso de ajudaaaaa!
      Não conheço a Europa, mas decidi me aventurar por lá esse ano (2019).
      Como só tenho disponibilidade para viajar em dezembro, e sei que esse é o período de inverno por lá, gostaria de receber dicas para otimizar meu roteiro e não ser """prejudicada""" pelo clima de lá, já que sou carioca e não estou acostumada com o frio, rs. 
      Eu tenho alguns destinos que não gostaria de abrir mão, como Amsterdam, Madrid, Barcelona (tenho pensando em outras cidadezinhas como Salamanca e Toledo também, mas ainda não tenho certeza sobre essas duas) e Londres.
      Tenho 22 dias para aproveitar por lá e estou aberta a receber sugestões de roteiros para otimizar minha viagem, visitando as cidades que grifei acima e até mesmo incluindo destinos adicionais.
      Agradeço desde já :)
       
       
       
    • Por anselmoportes
      Entre Setembro e Outubro de 2018 viajei para a Turquia, Balcãs e Europa Central. Meu roteiro foi esse:
      Goreme - Istambul - Bucareste - Sófia - Belgrado - Budapeste - Varsóvia - Cracóvia - Praga.
      Farei o relato de toda viagem, mas em partes. Neste falarei de GOREME/CAPADÓCIA.
      LEGENDA
      USD - Dólar Americano
      EUR - Euro
      BRL - Real Brasileiro
      TRY - Lira Turca

      Goreme é uma linda e simpática cidade localizada na região da Capadócia, Turquia. Muito viajantes usam essa cidade como ponto de apoio para realizar seus passeios na região. A cidade possui uma boa infra estrutura: vasta rede de hotéis e pousadas, restaurantes, bares, casas de câmbio e agências de turismo.
      Contratei a empresa Happy Capadócia que fez tudo pra mim: dos transfers, passeios às pernoites num Cave Hotel. A Roseli (brasileira que vive lá há 5 anos) foi quem me atendeu e ela foi super legal e atenciosa. Quem for pra lá, recomendo entrar em contato com eles e pedir um orçamento. Fechei tudo por 320EUR
      1º Dia de Viagem: SP -> Istanbul -> Goreme (7 a 8 de Setembro de 2018)
      Meu vôo saiu de SP e fiz uma escala em Roma antes de chegar no aeroporto de Ataturk, em Istanbul.
      Goreme fica à 750km de Istanbul. Até dá pra ir de ônibus, mas é melhor pegar um vôo até a cidade de Kayseri, que fica à 70km de Goreme. Eu paguei 694TRY nos vôos de ida e volta (Ataturk - Kayseri) pela Turkish Airways.
      Fui chegar em Kayseri às 23h do dia 8 de Setembro. Havia uma van me esperando que também levou outros passageiros Me deixaram no Eliseé Cave Hotel era mais de 1h da manhã. Tomei banho e dormi.
      2º dia de viagem: Goreme (9 de Setembro de 2018)
      Acordei às 4h45 da manhã e às 5h10 a van da agência Urgup já estava na porta do meu hotel para fazer o passeio de balão. Nos levaram até um lugar que os grupos que iam em cada balão e nos serviram um café da manhã café, chá, fatias de bolo pronto e pão. Simples mas muito gostoso. 
      Deixamos a agência às 5h45 e fomos até o local da decolagem dos balões. Decolamos às 6h éramos em 17 pessoas: 16 passageiros e o piloto. Foi sem dúvida um dos passeios mais incríveis que eu já fiz em toda a minha vida. É impressionante ver toda aquela quantidade de balões decolando ao mesmo tempo, subindo devagar de forma organizada.  A vista fica ainda mais linda quando o sol nasce e ilumina as montanhas e os outros balões que nos acompanhavam. Depois de 1h10 aterrizamos e nos serviram um champagne pra brindar o final do passeio. 
      Por volta das 8h me deixaram de volta em meu hotel. Fui tomar um café da manhã mais “reforçado”: queijos, salsicha, um tipo de “mortadela” que eu não sei o nome mas é muito boa, ovos, pães, coalhada… Tb tinha cereais, frutas e até salada de pepino e tomate. Tomei tb um café com creme e suco de laranja.
      Por volta das 9h30 passaram pra me levar ao GREEN TOUR. Éramos em umas 10 pessoas em uma van. Fizemos a primeira parada num mirante com um vale e várias lojas de artesanato local. Por volta das 10h30 seguimos para a CIDADE SUBTERRÂNEA.
      A Cidade Subterrânea foi encontrada por acidente pelos fazendeiros da região nos anos 60. Ela tem vários túneis, salas, quartos e até estábulos debaixo da terra e 10% está aberto ao público. Descemos por mais de 100 degraus e 40 metros. Havia lugares que mal passava uma pessoa.
      ***Dica: se vc tem claustrofobia ou qualquer tipo de incômodo de lugares fechados NÃO FAÇA esse passeio. Também não aconselho pessoas que têm qualquer tipo de dificuldade ao se movimentar a fazer uma vez que há muitas escadas.😵
      Deixamos a Cidade Subterrânea e passamos pelo MONASTÉRIO, que são salas construídas em uma montanha. Na verdade a gente não ia passar lá, mas um italiano do nosso grupo disse que no programa do passeio mencionava esse monastério. Então a nossa guia resolveu nos levar lá. Mas pelo jeito ela não sabia muito sobre o lugar pq não houve explicação alguma…
      Depois caminhamos por uns 15 minutos numa trilha. Passamos por pontes, riachos e um pouco de mata. Ao final da trilha estava nosso restaurante. O almoço (que já estava pago) foi: sopa de lentilha, salada e prato principal (almôndega, frango ou peixe). As bebidas não estavam inclusas e eu paguei 6TRY numa coca-cola.
      Depois do almoço passamos por um lago e pelo mirante do PIGEON VALLEY. Depois o tour nos levou a uma loja de doces e artesanatos locais. Houve uma degustação dos doces mas eu não gostei muito (não sou muito fã de doces).
      Por fim passamos numa joalheria que faz o beneficiamento da pedra ONYX. Além da pedra onyx, havia também jóias de pedra turquesa. Mas era tudo muito caro.
      Voltei ao meu hotel as 17h30 e descansei até as 20h, quando fui encontrar com a Roseli (da agência Happy Capadócia) e uma amiga dela inglesa que era professora lá.
      Fomos ao restaurante FAT BOY onde comemos porções de batata, nachos e bebemos a cerveja turca EFES. Fomos muito bem atendidos pelo Nuri, simpatico garçom do restaurante. Fiquei lá até 1h quando voltei para dormir.
      Distância caminhada no dia: 5km 🚶‍♂️

      3º dia de viagem: Goreme (10 de Setembro de 2018)
      Acordei as 8h30 e fui tomar café. Às 9h20 vieram me buscar para o RED TOUR.
      Primeiro passamos no OPEN AIR MUSEUM que é um conjunto de cavernas onde pessoas moravam. Estimam que cerca de 300 pessoas viviam naquele lugar. Esse cálculo foi feito pelos lugares nas mesas de jantar. Há também igrejas e capelas, todas elas com referências à Jesus e seus apóstolos. Uma dessas igrejas, a DARK CHURCH, tem que pagar 10TRY para entrar.
      De lá nos levaram a uma loja de cerâmica onde nos mostraram o processo de fazer os potes, vasos, etc. 
      Deixamos a loja e fomos a um restaurante almoçar, que também já estava incluso no tour. O restaurante era bem melhor que o anterior e era buffet: havia muitas opções de pratos quentes, saladas e doces. Paguei a bebida à parte: 7TRY a pepsi lata. Do lado de fora do restaurante tomamos um chá turco (2,50TRY).
      Seguimos para o IMAGINATION VALLEY que tem esse vale pq vc precisa usar a sua imaginação para ver alguns formatos nas formações rochosas. Tem “camelo”, “chapéu do Napoleão”, etc…
      Depois fomos ao FAIRY CHIMNEY que são formações rochosas tão peculiares que os antigos achavam que foram feitas por fadas. 
      ***DICA: Não esqueça de passar protetor solar! Esses passeios são todos ao ar livre e o sol lá é muito forte!🌞
      Por fim passamos no CASTLE que são mais moradias esculpidas nas montanhas e seu formato lembra um castelo.
      Voltamos as 15h45 pra Goreme. Me deixaram no centro da cidade e passei num mercado pra comprar uma cerveja EFES (lata 500ml) por 9TRY.🍻
      Voltei ao meu hotel e descansei até as 17h30, quando passaram pra me levar ao ATV TOUR, ou “passeio de quadriciclo”. Nos levaram até a saída da cidade, onde estavam os quadriciclos. 
      Haviam vários grupos, cada um com seu guia. Alguns tinham 10 ou 15 pessoas. Mas no meu só tinha eu e um casal de italianos.
      Cheguei a pegar 60km/h e fomos seguindo um guia que pilotava uma moto tradicional. Primeiro paramos no SWORD VALLEY, que leva esse nome pq lá os soldados treinavam lutas com espadas.
      Depois seguimos para o ROSE VALLEY onde havia um belo mirante e uma loja de comida, bebida e artesanatos. 
      Por fim fomos até outro mirante onde haviam muitos turistas, todos se “acotovelando” para ver o pôr do sol.
      Por volta das 19h seguimos de volta à cidade. Chegando lá passei novamente no mercado e comprei 2 cervejas: 1 Bomonti (7TRY) e 1 Efes Malte (8TRY).
      Cheguei ao meu quarto, tomei as cervejas e comi um salgadinho que tinha comprado no aeroporto. 
      Descansei até umas 21h e fui para o bar ONE WAY. Lá encontrei novamente a Roseli e tomei 3 cervejas TOUBORG (22TRY cada). A Zoey (inglesa amiga da Roseli) chegou mais tarde e vimos na TV a seleção de futebol da Turquia vencer a Suécia por 3x2 de virada. Fechamos o bar as 1h e no caminho de volta ao hotel passei novamente no mercado pra comprar as “últimas” da noite: 1 EFES EXTRA e 1 EFES FIÇI (10TRY cada).
      Tomei as 2 cervejas e fui dormir as 2h.
      Distância caminhada no dia: 7,5km 🚶‍♂️
      4º dia de viagem: Goreme -> Kayseri -> Istanbul (11 de Setembro de 2018)
      Acordei com batidas na porta do quarto. Tinha esquecido de colocar meu relógio pra despertar e era o pessoal do transfer que ia me levar ao aeroporto! Era 9h e meu vôo saía as 11h30.
      Arrumei minhas coisas VOANDO e em 5min já estava dentro da VAN. 

      Gostei muito do Eliseé Cave Hotel. Fica a menos de 10min caminhando do centro da cidade. Os quartos estavam bem limpos e o staff era muito simpático. Altamente recomendado!
      Já na estrada, no caminho para o aeroporto, o motorista foi informado que 2 passageiros ficaram para trás. Paramos no acostamento e depois de uns 10 minutos alguém apareceu trazendo eles.
      Chegamos ao aeroporto as 10h35 e fiz o check-in. Às 11h30 estava decolando e 13h30 estava chegando em Istambul.
      FIM DA CAPADÓCIA.
      Próximo relato: Istanbul
       











×