Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Respostas 2,1k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Salve! Menos, menos... Rsrs! Mas agradeço o elogio. Quanto à sua dúvida.. Não concordo com esta durabilidade apontada pelo colega Rodrigo-whisky.. Ainda que faça referência a uso diár

Vai perder sim... quanto maior o saco de dormir maior a perda calórica para esquentar os espaços mortos. Maior a entrada de ar frio quando se move. Maior massa de isolamento a ser esquentado. O i

Ufa véio, consegui terminar de ler as 102 paginas. Caraca, dava um livro sobre SD hehehe. Se eu tivesse estudado desse tanto na escola tinha virado doutor. Hahahaha. Valeu a pena. Decidi em

Posted Images

  • Membros

Vendi meus equipos (Mochila+Saco+Isolante) esta semana e provavelmente irei nesse fds comprar o Saco De Dormir Quechua S5 (O isolante vou resistir $$$ de pegar os inflaveis da Quechua e testar um de Polietileno de 10mm), pois foi literalmente apos pesquisar mtu o melhor custo beneficio que encontrei por aqui (Se alguem souber de algum a altura dele pode me avisar ate este fds, Kkk). Custa R$170, pesa 1160Grs, tem Temperatura de Conforto em 5°C, Limite em 0°C e Extremo em -14°C, sendo que posso compra-lo extamente pro meu tamanho (1,70m) já que ele tem 3 distinções de tamanho e com isso otimizaria mais o meu calor, hehe. Ou seja, vai me servir pro Brasil todo e com umas roupinhas quem sabe até pra TDP num futuro que espero estar proximo, Kkk. Ou seja, foi o saco mais barato e com as melhores características que achei, pois é bem compacto, tem o no meu tamanho, tem um peso bem aceitavel e temperaturas bem legais pra Brasil e quem sabe fora. E só pra lembrar não sinto tanto frio assim, hehe.

 

Até pensei em pegar o S0 que custa R$200 pesando 1560Grs e temperaturas de 1°C e -5°C e extremo eu não sei, mas deve estar na casa dos -20C. Porem creio que não haveria necessidade deste saco para o Brasil, alem das desvantagens de peso, volume e preço. Ou compensa?!?!

 

Ahh e achei um Saco Kelty Clear Creek 20 NOVO, ou seja pra -7°C no conforto por um preço sensacional (Bem mais barato que o S5), KkK. Porem com um pesinho de 2kg e bem volumoso, mas acho que pro Sacos indicados pra esta temperaturas até que esta legal (Logico se não compararmos com os na faixa de uns R$700, hehe). Porem pro meu uso. que será bem mais no Brasil do que no exterior, afinal só estudante e nem tenho tanta grana assim pra ir pra fora, ou seja, ele não seria de grande valia pois sentiria calor a todo o tempo, eu acho, kkk.

 

Bom se alguem quiser o contato pra dar uma olhada no Kelty eu acho uma bela alternativa a um custo bemmmm em conta pra Sacos deste tipo. Só tem um problema, vou querer comissão pq esta mtu barato, haiuhaui.

 

Abraços.

 

OS: Brincadeirinha pessoal, se pagar uma cerveja esta valendo, huaihaui.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Como já havia falado antes, programo Aconcágua em janeiro ou fevereiro de 2011, achei um saco de dormir Deuter com temp conforto -1°c, temp limite -4°c e temp extrema de -24°c. Alguém pode me dar uma opinião aí? Gostaria de saber se esse saco é confiável e resistente as condições do Aconcágua?

Valeu galera.

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Seria seguro levar um saco com temperatura limite entre -15 e -20. Sacos caros e pouco úteis para o brasil. Sinceramente optaria por um saco de pluma, mais leve e mais quente.

 

Aí fica a decisão de comprar ou alugar, eu alugaria lá. Vai ter que alugar outros equipos mesmo!

 

abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Subir a montanha pela rota normal!

Será que esse saco é suficiente para o frio, mesmo nessa época do ano? Segundo informações no cume, nessa época, chega a -25°C.

Será que dá? Ou não precisa tanto?

Abraço.

 

Renato, esta é uma questão bem complicada, estive em dezembro no Aconcagua e fiz apenas o trekking de Confluencia até Plaza Francia, estava com barraca 4 estações saco de dormir TNF pra -7° e dormi confortavelmente. Por isso imagino que pra alguém que quer fazer cume seria interessante pensar em algo pra temperaturas mais extremas assim e de uma marca mais conceituada.

 

Isso da marca levanta outra questão, conheci 3 cariocas que pretendiam fazer cume por lá, um deles já havia tentado mas desistiu na Plaza de Mulas por má aclimatação e um outro tinha a experiência de um 5.000 no Illimani, fora isso a única experiência deles com montanhismo foi aqui no Brasil (travessias e escalada em rocha). Pra você ter noção os caras usavam bota snake e anoral da Trilhas & Rumos. Não sei o resultado disso, imagino que eles não tenham feito cume, mas o que quero dizer é que tem gente que vai com tudo do bom e do melhor e volta por causa do frio assim como tem gente que faz cume com equipamento nacional.

 

Mas aí existe uma coisa que pra mim é o X da questão, um montanhista experiente sabe o tanto que o corpo dele resiste ao frio, sabe exatamente as quantidades de comida que vai levar e etc, já um montanhista inexperiente não sabe nada disso. Daí é altamente recomendável você errar por excesso, fazer um periodo de aclimatação maior, usar equipamentos mais robustos e levar um pouco a mais de comida.

 

Como bem disseram o Aconcagua é uma montanha cara, que exige grande planejamento e tem muita burocracia, imagino que jogar todo esse investimento de tempo e dinheiro fora porque teve pressa ao se aclimatar, porque levou pouca comida ou simplismente porque quis economizar um pouco em equipamentos deve ser altamente frustrante. Não acompanhei como foi o final dessa temporada mas ele começou com muitas mortes por causa disso, muita gente acha que o Aconcagua é facil simplismente por não ser tecnico, mas por lá ouvi relatos dizendo que é uma montanha tão dura que não deve nada aos gigantes de Himalaya.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Ah cara, so pra lembrar, você falou de ir em fevereiro que é fora da alta temporada, o que aumenta as chances de mau tempo. Voce falou da temperatura no cume mas é importante lembrar que o mais alto que você dorme é em Berlin que está cerca de 1.000 metros mais baixo (com isso fica menos frio) e também que um bom saco sem uma boa barraca não serve de muita coisa.

 

Eu também tenho o sonho de um dia chegar no teto das américas e cheguei a cogitar a idéia de fazer isso esse ano, mas depois de pesquisar bastante e conversar com muita gente eu vi que o buraco era muito mais embaixo, ir pra lá sem ter plena noção do que se está fazendo só vai servir pra aumentar as estatisticas de gente que desiste do cume ou que acaba ficando por lá mesmo.

 

Um relato que eu acho que ajuda bastante é esse aqui do pessoal do gente de montanha: http://www.gentedemontanha.com/gdm/noticia.asp?cdNot=32

Lá da pra ter uma noção de como é fazer o Aconagua com o orçamento limitado e o tanto que os caras tiveram que penar até estarem preparados pra fazer cume.

 

Espero que isso que falei não te desanime, mas sim te ajude a planejar melhor.

 

Abraços, Paulo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Renato, na boa, quantas montanhas acima de 5.000 você já subiu? Aclimatação e experiência é a parte mais importante em alta montanha. Eu, por exemplo, só cheguei até 1.877 m... :?

Suas perguntas parecem ser de iniciante (não me leve a mal, mas parece), neste caso seria melhor você "começar de baixo", existem várias montanhas mais fáceis que o Aconcágua nos Andes.

Depois de ver se você se dá bem em grandes altitudes, já subiu alguns picos nevados, etc... o cume do Aconcágua ficará bem mais próximo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...