Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

filiperocha

El Chalten ou Torres del Paine? Ajuda pra roteiro pela Patagônia em novembro de 2019

Posts Recomendados

Boa noite galera! 

To programando ma viagem do dia 21/11 ao dia 31/11 (data prevista, tenho férias até 5/12) para Patagônia. Será minha primeira viagem sozinho e tenho algumas (muitas duvidas).

Meu roteiro até agora tá assim:

Dia 21 - Chego em Calafate por volta de 15h, voo do Rio com conexão em BA

Dia 22 - Mini Trekking Peito Moreno com a Hielo y Aventura (+- 400 reais, pelos meus cálculos) - FULL DAY

Dia 23 - DIA LIVRE em El Calafate:

-> Preciso inserir uma atividade aqui!

Pensei em fazer o passeio pras passarelas do Perito Moreno, mas me parece que no Mini Trekking tenho algum tempo livre nas passarelas.

É usual que se faça os dois passeios? Ou o Mini Trekking supre a visita às passarelas??

Dia 24 - Deslocamento para Puerto Natales com chegada as 15h:

Vou tirar o resto do dia para fotos em Puerto Natales, cambio e comprar um chip de celular

Dia 25 - FULL DAY Torres del Paine:

Vi por 35 mil pesos chilenos na Carfran Tour -> Preciso saber se essa empresa é confiável. Alguem indica outra?

Dia 26 - Trekking Base Torres del Paine:

Vi por 40 mil pesos chilenos com a Carfren Tour.

Não quero fazer por conta propria pois estarei sozinho e será meu primeiro trekking grande na vida.

Dia 27 - Retorno a El Calfate com chegada as 14:15:

Bom, a partir daqui estou PERDIDO! kkk

Tento ir a El Chalten neste mesmo dia? Acham arriscado?

Se eu nao for pra Chalten, fico em Calafate nesse dia, sem passeios pq so chego a tarde

Dia 28 - Bate-Volta El Chalten:

Ainda não decidir se de forma autônoma ou por empresas

Dia 29 - Volta pra casa.

Bom, visto o roteiro, vamos às minhas (varias) duvidas:

  1. Posso trocar a estadia em Puerto Natales pela estadia el El Chalten no mesmo periodo. Eu trocaria o trekking a base das torres pela Laguna de Los Tres, e o outro dia por trilhas menores. E ai, o que acham?? Confesso que as fotos de TDP me impressionam mais, mas ao mesmo tempo ficar só na Argentina seria mais simples por questões de cambio e de moeda;
  2. Cambio: como visto, não passarei pelas capitais. Tenho uma reserva de 700 dolares de uma outra viagem e pretendo levar pra pagar a hospedagem. Consigo trocar reais por cambio local em EL CALAFATE e PUERTO NATALES?? Seria melhor trocar ja no Brasil?
  3. Celular: como vou sozinho, nao queria perder contato com a familia. Consigo comprar e habilitar internet móvel el El Calafate e Puerto Natales (Easysim4U está fora de cogitação pelo preço)?;
  4. Hospedagem: tenho reservas no Hostel Los Gnomos em Calafate e no El Kaluve em Puerto Natales. Alguem conhece?
  5. Passagens de onibus: preciso comprar com muita antecedencia?
  6. Essa é uma viagem tranquila de se fazer sozinho?
  7. Algum dica de modificação no roteiro?
  8. Posso, talvez, tentar inserir um dia. Eu queria mto fazer a Laguna de Los Tres, mas vi que no bate-volta vai ser impossivel. Algum sugestao pra otimizar?

 

Bom, por enquanto é isso pessoal. Desculpem a chuva de perguntas! hahahaha

  • Gostei! 1
  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Olá, Filiperocha! Estive na Patagônia Chilena em 2010 e na Patagônia Argentina também em 2010 (na mesma viagem) e depois novamente em 2015. Assim, vou dar uns pitacos. Fui à Torres Del Paine tentar fazer o "W" mas no primeiro dia o vento destruiu minha barraca, assim, como não havia vagas nos refúgios e nem todos os campings disponibilizavam barracas para alugar, tive que voltar a Puerto Natales sem completar o percurso. Mas foi suficiente para chegar à base das montanhas, como você pretende fazer. E fiz também o mini treckking do Perito Moreno (de fato, eles disponibilizam um tempo também pra explorar as passarelas) assim como as trilhas de El Chalten (tanto a Laguna de Los Três quanto a do Fitz Roy). Vamos lá:

1. Eu trocaria o dia livre em El Calatafe por um dia livre em El Chaltén. Como você já passará o dia de chegada em El Calafate, e é uma cidade simpática mas muito pequena e fácil de explorar em poucas horas, aproveitaria mais El Chaltén que possui muitas trilhas incríveis, principalmente a do Fitz Roy, que eu gostei bem mais do que a Laguna de Los Três, aliás, acho que foi a trilha mais incrível que eu conheci  na vida toda, vai valer a pena. Isso se o clima ajudar, pois com tempo nublado, compromete a paisagem. Mas isso vale pra qualquer trilha. 

2. Nas duas vezes em que fui pra lá fui desaconselhado fortemente a não levar reais; não sei se mudou alguma coisa, mas é muito diferente de Buenos Aires, onde essa transação é tranquila. Puerto Natales então, nem se fala. Ali, nem usar cartão de crédito (nem de débito) foi possível. Presenciei altos perrengues de quem estava desprevenido. Já El Calafate tem um banco apenas em que conseguia sacar a grana do cartão (acho que era o Banco de La Nacion, na avenida Del Libertador, ou próximo a ele). Mas o melhor é levar dólar em espécie (em 2015 valia muito a pena pois havia uma carência de dólares na Argentina, os caras te pagavam até 70 por cento a mais do que o câmbio oficial). 

3. A época, eu não tinha celular, assim, não sei informar nada sobre isso.

4. Não conheço estes hostels, mas acho que nesse período haverá bastante oferta. Mesmo em janeiro consegui hospedagem em Puerto Natales, El Calafate e El Chaltén apenas ao chegar lá. Mas, se for hostel de muita qualidade, estes dificilmente tem vaga no improviso. Tem que reservar.

5. Passagens de ônibus era algo bem complicado de se conseguir para trechos longos, ao menos na altíssima temporada (em ambas viagens fui em janeiro). É provável que, indo em novembro, seja mais sossegado. Isso em relação ao trajeto El Calafate-Puerto Natales (se for possível adquirir as passagens pela internet ainda aqui no Brasil, faça isso), pois El Calafate-El Chaltén são mais próximas e não necessita atravessar a fronteira, então, com até um dia de antecedência acredito que você consegue se programar. Mas, chegando lá, já adquira tudo pra não ter imprevistos. Uma opção seria assim: chega em El Calafate sem reservar as passagens de ônibus nem os passeios. Assim, você reserva as passagens pra Puerto Natales pra metade final da sua viagem (aqui, diferentemente de El Calafate, é mais fácil agendar o day tour) e vai primeiro pra El Chaltén, que é mais tranquilo nesse sentido, depois o Perito Moreno e finaliza no Chile.

6. Tranquilíssimo viajar por ali. É praticamente uma "Europa".

7. De fato eu trocaria um dia free em El Calafate por um dia free em El Chaltén (de todos esses destinos, foi o que mais gostei). Manteria Puerto Natales e Torres Del Paine do jeito que está, pois dizem que esse day tour por TDP é bem satisfatório, eu não fiz mas todos elogiam. Só iria à base das Torres se o tempo estivesse aberto ou quase isso (do contrário, não será possível avistá-las bem). Caso você insista em manter-se em El Calafate no dia free, ali tem vasta programação. Entretanto, ao contrário das trilhas de El Chaltén que são lindas, muito acessíveis (basta sair da cidade caminhando e acompanhar as setas), sinalizadíssimas e grátis, os programas de El Calafate são caríssimos (visitar geleiras, fazendas de criação de ovelhas, churrascos tradicionais etc.). Pressinto que seu espírito aventureiro se realizará em El Chaltén (além das trilhas grátis, você pode alugar uma bike e pedalar longamente, mas, insisto, NÃO DEIXE DE CONHECER A INENARRÁVEL TRILHA DO FITZ ROY, uma das mais lindas do mundo).    

8. Por tudo isso, insira mais um dia em El Chaltén, você não se arrependerá. 

Espero ter ajudado. Um abração!

 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post

Olá FilipeRocha,

 

Concordo com o que o easanches disse totalmente. Estive na patagônia  em novembro/dezembro de 2018, fiz o circuito w, várias trilhas em El Chalten, o big ice e o passeio a Cerro Frias em El Calafate, além de Ushuaia. TDP é muito bonito. Muito mesmo. Mas é bem caro (Se bem que 40000 pesos chilenos pela visita à torre está bom). Quando vc fizer o full day vc vai ver alguns pontos bem legais, pois o parque é todo bonito (eu não fiz o full day, então não sei ser preciso). Mas sair de Puerto Natales de ônibus e gastar 3 horas até TDP para ir ao mirante, fazer a trilha - que leva umas 9 horas (dependendo da sua condição física e do clima, leva mais - eu iniciei por volta das 07 e estava de volta no ponto de partida às 15.45), depois mais 3 horas para Puerto Natales, é muito cansativo. E vc vai ter que dormir mais uma noite em Puerto Natales, que é uma cidade simpática, ao estilo El Calafate, mas não tem nada para fazer.

Quando eu fiz o W, reservei 02 oportunidades para ir à base das torres (o tempo na patagonia é muito instável, e eu queria garantir a ida). O primeiro dia seria 18/11. Acordaria cedo, faria o passeio e voltaria ao camping, onde dormiria. Se este dia fosse de chuva, eu teria  o dia seguinte para tentar novamente, e iria embora no dia 19 ao fim do dia. Caso fosse sol, eu faria a trilha dia 18, dormiria e iria embora no dia 19 mais cedo. Bem, dia 18 deu sol. Acordei cedo e fiz a trilha. Tinha muito vento, mas estava ok. Quando eu estava voltando, o vento aumentou muito. No meio do caminho encontrei 02 guarda parques a cavalo dizendo para estavam fechando a trilha, pois o vento estava a mais de 100 km/h e estava ficando perigoso. Estavam mandando todo mundo voltar para o camping.  Se eu tivesse saído tarde, não teria conseguido fazer (em novembro, às 22 horas ainda está claro, então tem gente que sai mais tarde). No dia seguinte amanheceu chovendo. Fui embora no ônibus das 13.30, e ainda estava chovendo. Quem fez a trilha neste dia não viu muita coisa.

Se vc estiver disposto a passar por isso, vai fundo. Não tem como não gostar. O passeio é muito legal. Mas, caso decida não fazer o passeio ao mirador das torres, o passeio do Fitz Roy em El Chalten é ainda mais bonito, e de graça. O passeio da Laguna Torre também é muito legal. E tem vários outros.

Em elação ao dia livre em El Calafate, certamente eu trocaria por mais um dia em El Chalten. Adorei o lugar e tem coisa demais para fazer.

Em relação ao ônibus para Puerto Natales, vc pode reservar pela internet com a cootra. É o mesmo preço, e vc só paga quando chegar lá, no dia anterior á viagem. Foi o que fiz. Vc pode reservar a ida e a volta com a cootra de El Calafate e pagar tudo no cartão de crédito, sem acréscimo, se vc quiser. A a cootra de Puerto Natales não aceita cartão.

Em relação à passagem para TDP, quando vc desembarcar na rodoviária de Puerto Natales já vai direito comprar a passagem (após trocar dinheiro, é claro). São 3 empresas que fazem o percurso, se não me engano. Na primeira que fui, a bussur, que é a melhor delas, já não tinha passagem para a manhã do dia seguinte, então comprei na Maria José, que fica logo ao lado, e paguei em dinheiro (na rodoviária tem uma casa de câmbio, e troquei um pouco de dinheiro ali para isso. ATENÇÃO: no Chile eles não aceitam a nota de dólar se estiver velha ou riscada. No banco de la nacion - em Buenos Aires, onde troquei a maior parte do dinheiro - real por peso argentino - eles não aceitam nota de real se estiver algo escrito nela ou muito velha). Se vc precisar de comprar ingresso para TDP, no último andar da rodoviária tem um escritório do parque que vende os ingressos, e vc pode pagar no cartão de crédito.

Em relação ao câmbio, leva dólar. Não troque pesos no Brasil, pois é fria. Em Buenos Aires a cotação do real estava boa, mas em El Calafate era melhor o dólar. Em El Chalten era ainda pior. Em Puerto Natales nem aceitaram o real.

Eu não usei celular, por isso não sei te falar. Mas todos os hotéis tem wifi gratuito, e eu usava de noite para falar com a família.

Hostel Los Gnomos em Calafate e no El Kaluve em Puerto Natales, não conheço. Eu fiquei, em Puerto Natales, no Pire Mapu Cottage, que fica pertinho da rodoviária (3 quadras), e a diária foi de US$ 75,00. O fato de ficar perto da rodoviária ajuda bem, pois vc pode ir a pé em qualquer trecho, e o ônibus para El Calafate e TDP sai cedo. Reservei pelo booking, e só paga lá, em pesos chilenos. Vc pode deixar suas coisas na pousada e ir ao centro trocar dinheiro, se quiser. O café da manhã é ótimo e eles fazer um box lanche excelente, para vc levar a TDP, se vc quiser. 

Passagens de onibus: preciso comprar com muita antecedencia? Como eu já disse, aconselho a reservar pela internet (vc não paga nada a mais por isso e garante sua vaga) a de El Calafate - Puerto Natales. Para a ida ao parque, mal não faz...

Essa é uma viagem tranquila de se fazer sozinho? Com certeza. Sempre tem muita gente nas trilhas. Lá em TDP, a gente deixa a mochila no chão, perto dos campings, e sai para fazer algumas trilhas, e ninguém mexe.

Algum dica de modificação no roteiro? As considerações acima.

Posso, talvez, tentar inserir um dia. Eu queria mto fazer a Laguna de Los Tres, mas vi que no bate-volta vai ser impossivel. Algum sugestão pra otimizar?

Para isso vai ter que passar pelo menos 01 noite em El Chalten. A trilha do Fitz Roy e Laguna de los tres é bem puxada e longa (gastei das 08,00 até as 18.15). Em El Chalten, para esta trilha, aconselho a pegar o transfer para a hosteria pilar. Paguei 50 pesos argentinos, se não me engano. A van passa para te pegar às 08 horas e te leva até a hosteria. Lá vc começa a trilha. Fazendo isso, vc economiza 2 km de caminhada, faz 02 trilhas em 01 (porque se vc sair direito de El Chalten, sem o transfer, vc vai e volta pelo mesmo caminho) e pega menos morro, porque a ida de El Chalten até a laguna é subida, enquanto a da hosteria é plana até o camping poicenot, quando começa a subir. A volta para El Chalten é mais descida.

El relação ao mini trekking, vc tem de 30 minutos a 01 hora nas passarelas antes de ir para o gelo, e dá para ver bastante. Se vc quiser voltar outro dia, o passeio não é perdido, mas o principal vc já viu. Dá para comprar pela internet com a  Hielo y Aventura, foi o que fiz, ou pode comprar lá. O preço é o mesmo. Comprando lá vc tem mais liberdade para escolher o dia. O mini trekking pode ser comprado lá sem problemas. O big ice é mais concorrido, então é melhor comprar com antecedência.

Por último, eu não faria bate e volta a El Chalten. A cidade é simpática, bonita, mas o negócio são as trilhas. Ficar 6 horas (3 de ida e 3 de volta) no ônibus só para conhecer a cidade não vale a pena, eu acho. Vai para lá, fica uns 2 ou 3 dias, e faça algumas trilhas. A vantagem de ficar mais tempo é pode escolher o dia com melhor clima para fazer os melhores passeios.

Mas,  no final de tudo, qualquer opção de roteiro não tem como errar. Tanto TDP quanto El Chalten são especiais.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
12 horas atrás, filiperocha disse:

Ou o Mini Trekking supre a visita às passarelas??

Eu fiz o minitrekking e no mesmo passeio fomos pras passarelas depois. Mata tudo num passeio só

 

12 horas atrás, filiperocha disse:

Consigo trocar reais por cambio local em EL CALAFATE

Consegue, mas...quando eu fui a cotação era horrível. Se o tempo de conexão no aeroporto de Buenos Aires for suficiente, troque os reais lá

 

12 horas atrás, filiperocha disse:

Celular: como vou sozinho, nao queria perder contato com a familia. Consigo comprar e habilitar internet móvel el El Calafate e Puerto Natales (Easysim4U está fora de cogitação pelo preço)?;

Me virem bem só com wi-fi

12 horas atrás, filiperocha disse:

Dia 28 - Bate-Volta El Chalten:

 

Será que vale a pena? Vc gosta de trilhas? Eu fiquei 6 dias em Chaltén e como o tempo na Patagônia muda demais, perdi 2 dias com tempo ruim...De repente vc faz um bate-volta, o tempo tá uma merda e vc não aproveita nada. Dá pra ir pra Chalten à tarde, ficar ao menos um dia completo lá, se ajustar bem seu roteiro até 2 dias dá. E bate volta tb perde mto tempo de estrada, sao 3 horas pra ir, mais 3 pra voltar (de ônibus)

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@filiperocha Não quero aqui te desanimar,  mas somente 10 dias na patagônia é muito pouco, mas se você realmente quer ir, concentre seu foco em somente um lugar: TDP ou El Chalten. Como já  salientado pelo pessoal acima, o tempo é muito instável por lá.

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Eu me virei bem só com wi-fi! Embora o wi-fi seja muita das vezes precário.. whatsapp ao menos vai as mensagens. rs

El Chaltén passei 7 dias, sendo que 2 dias foi tempo bom e os outros 5 chuva! Estive lá em fevereiro/2019. O tempo por lá é muito instável. 

Se for pra fazer bate e volta em El Chaltén é melhor nem ir (na minha opinião). O lugar tem muito a ser explorado.. um dia já é pecado, imagina bate e volta. rs

Eu tive o mesmo receio em fazer o trekking até a base de TDP. Mas fui sozinho, contratei o transfer no hostel mesmo.. mas pode comprar na rodoviária de Puerto Natales. Em novembro do ano passado um amigo foi e pegou muita neve e mau tempo.. acho que se eu tivesse nessa condição teria contratado um guia.. caso contrario iria por conta. Acho legal acompanhar a previsão antes de fechar o guia.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Caramba, quantas respostas em tão pouco tempo! Obrigado galera!

Vou separar por pontos pra facilitar a comunicação hehehe

 

1. Sobre o Dia Free em El Calafate (dia 23) -> Só seria interessante me deslocar a El Chalten aqui se eu abandonar a ida a Puerto Natales, pois caso contrario, no dia 24, teria que ir pro Chile!

Eu já havia pensando nisso mesmo. Se fosse o caso, abandonaria a ida ao Chile e ficaria alguns dias em El Chalten. Nesse caso, arriscaria comprar um passeio FULL DAY saindo de El Calafate até Torres del Paine, afinal, já que vou estar lá mesmo..correria o risco e torceria por um tempo bom. No ultima dia (antes do dia da volta pra casa) gostaria de dormir em Calafate pra evitar imprevistos que possam me fazer perder o voo.

Nao sei explicar, mas me sinto mais atraído por TDP do que pelo Fritz Roy, por isso preferiria a trilha das Torres do que a do Fritz. Além disso, a trilha das Torres é guiada (já que iria com empresa), o que pra mim seria mais seguro, ja que nao estou acostumado com longos trekkings e estaria sozinho. Mas abortar o Chile uma opção..

2. Sobre o trekking Base Torres e a questão climática -> Como eu faria (em tese) os dois passeios em TDP com a mesma empresa (Carfran), acho que haveria a possibilidade de fazer o Base Torres no dia que o tempo estivesse melhor. De qualquer forma, nesse ponto não tem como planejar muita coisa. Já li em blogs pessoas que pegaram tempo otimo, e pessoas que nao viram de fato as torres, realmente nao da pra prever..

Em tempo: o tour com a Carfran ja inclui traslado do Hostel até o Parque Nacional

Segue trecho do site: "Se recoge a los pasajeros entre 06:30 - 07:00 y se retorna alrededor de las 21:00 hrs.

Después de recorrer una parte de la estepa patogónica llegaremos al macizo Torres del Paine.

El primer tercio comienza con una subida pronunciada y constante hasta el paso de los vientos.

Esta es la entrada al Valle Ascencio, para continuar en una bajada suave hasta el Refugio Chileno.

El siguiente tramo termina en el Campamento Torres. Finalmente se debe escalar una morrena para

llegar al famoso Mirador Base de las Torres."

3. Sobre o tempo de viagem -> Sim, sei que a Patagonia tem mto mais pra oferecer, mas infelizmente o tempo que tenho é esse, entre 8 e 10 dias. Nao queria ficar postergando "pra quando eu tiver tempo" pq a gente sabe que isso pode nunca acontecer hahaha..estou pinçando mesmo o que fazer. Por exemplo: adoraria ir a Punta Arenas e ver os pinguins da Isla Magdalena, mas prejudicaria demais o roteiro

Em tempo: acham que com esses 700 dólares + cerca de 4 ou 5 mil REAIS eu consigo fazer essa viagem tranquilo? Sou nutella e gosto de ficar em quartos privativos kkkkkk. Quanto a comida, em viagens faço basicamente 1 refeição por dia, de resto só lanche e etc.

 

Peço novamente desculpas por tantos questionamentos..é que como será minha primeira viagem sozinho (se realmente rolar) tô cheio de duvidas! Não gostaria de deixar o roteiro mto aberto em relação a passagens e hostels pq tenho medo de dar alguma coisa errada, ficar preso em alguma cidade, perder uma hospedagem e etc hahahaha

Compartilhar este post


Link para o post

Ei Filipe,

Vou te fazer uma sugestão de roteiro, baseado nas coisas que eu fiz:

Dia 21 - Chego em Calafate por volta de 15h, voo do Rio com conexão em BA

Se tiver tempo em BA, tenta fazer o câmbio. Tem uma agência do Banco de La Nacion lá, logo após a alfândega, que tem um câmbio melhor que todos os lugares que vc for, mas a fila é grande. Foi onde troquei meus reais por peso argentino (em novembro a cotação do real lá é boa, porque os argentinos estão se preparando para passar o verão no Brasil e compram bem o real), às 01.00 da manhã, e gastei 1 hora para isso. Em El Calafate eu fiquei num quarto alugado pelo airbnb (https://www.airbnb.com.br/rooms/5050490?location=El%20Calafate%2C%20Santa%20Cruz%2C%20Argentina), com fogão. Então eu fui no supermercado e comprei uma caixa de risoto pre-pronto (15 reais) e esquentei em casa na maioria das refeições que fiz lá. Não apenas é barato, mas é gostoso. Restaurante em El Calafate é caro, e a comida argentina é baseada em carne e batata, o que eu não gostei muito. Compra de uma vez sua passagem para El Calafate. Sugiro a Cal Tur. Eles te pegam no hotel.

Dia 22 - Mini Trekking Peito Moreno com a Hielo y Aventura (+- 400 reais, pelos meus cálculos) - FULL DAY

Como eu acho que disse, neste dia vc tem aproximadamente 1 hora de passarelas, então vc aproveita bastante.

Dia 23 - DIA LIVRE em El Calafate:

-> Preciso inserir uma atividade aqui!

Pensei em fazer o passeio pras passarelas do Perito Moreno, mas me parece que no Mini Trekking tenho algum tempo livre nas passarelas.

É usual que se faça os dois passeios? Ou o Mini Trekking supre a visita às passarelas??

EU MUDARIA PARA

Dia 23 - Deslocamento para Puerto Natales com chegada as 15h:

Vou tirar o resto do dia para fotos em Puerto Natales, cambio e comprar um chip de celular.

Eu não compraria o chip, porque nas trilhas eles não serve para nada, e na cidade tem o wifi dos hotéis. Passeio pela cidade, vai até a orla, compra um lanche para os dias seguintes, se não estiver incluído ou achar necessário. O box lanche do Pire Mapu Cotage que eu comprei custou 15.000 pesos, mas vem com 02 sanduíches enormes e te alimenta o dia inteiro, além de fruta, suco, barra de cereal e chocolate.

Dia 24 - FULL DAY Torres del Paine:

Vi por 35 mil pesos chilenos na Carfran Tour -> Preciso saber se essa empresa é confiável. Alguem indica outra?

Parece legal.

Dia 25 - Trekking Base Torres del Paine:

Vi por 40 mil pesos chilenos com a Carfren Tour.

Não quero fazer por conta propria pois estarei sozinho e será meu primeiro trekking grande na vida.

Parece legal. Leva lanche.

Dia 26 - Retorno a El Calfate com chegada as 14:15:

Bom, a partir daqui estou PERDIDO! kkk

Tento ir a El Chalten neste mesmo dia? Acham arriscado?

Se eu nao for pra Chalten, fico em Calafate nesse dia, sem passeios pq so chego a tarde

Não sei se eu iria para El Chalten neste dia, por causa do cansaço. Mas acredito que, em relação ao tempo, dá tranquilo, pois vc tem mais de 3 horas de folga. Conversa com a empresa ao comprar o pacote. Eu sei que a Cal Tur faz o full day torres del paine. De repente vc pode combinar com eles fazer o passeio, ficar lá e volta em outro dia e, neste mesmo dia, ir com eles para El Chaten. Assim vc ficaria seguro de não perder o ônibus. Só uma ideia...

Dia 27 – Ida a El Chalten: chegada por volta das 11.00 – Ida ao Chorrillo del Salto ou Mirador de Los Condores e de Las Aguilas

As caminhas que sugeri são pequenas (3 km cada) e perto do centro. Qualquer uma das duas são legais para o período que vc tem. Se vc tiver dormido em El Chalten, pode fazer 01 das duas, ou mesmo ambas, e descansar um pouco para od ia seguinte.

Dia 28 – Tour Fitz Roy/Laguna de Los Tres ou Laguna Torre.

Vai depender do tempo que vc tem. Se vc tiver ido a El Chalten no dia 26, vc pode fazer Fitz Roy no 27 e Laguna Torre no 28. O Fitz Roy gasta o dia todo. Se vc for embora neste dia, não dá para fazer ele. A Laguna Torre, se vc sair cedo, está de volta lá pela 14.00. Aí vc vê de acordo com seu cronograma/avião.

Alguns pontos a se considerar:

1 - É puxado e vc passa um bom tempo dentro de ônibus. Mas dá para fazer. Vc tem que vê se dá conta. Viagem de ônibus me cansa, mas nem todo mundo é assim.

2 - Nesta época o sol se põe depois das 20.00. Até as 22.00 ainda tem luz do dia. Se vc quiser fazer o Fitz Roy indo pela hosteria pilar, a van vai cheia. Vc pode fazer amizade com alguém e percorrerem a trilha juntos. Mas, na minha opinião, não tem perigo nem erro. É tudo muito bem sinalizado e sempre vc encontra gente pelo caminho.

3 - A trilha da laguna torre também é bem sinalizada, mas é mais vazia. Não encontra quase ninguém pelo caminho.

4 - se a insegurança for por se perder no caminho, baixa o wikiloc, paga a taxa anual (por volta de 20 reais), baixa no seu celular as trilhas que vc quiser fazer e, se necessário, usa o wikiloc na trilha. Coloquei os links das trilhas que eu baixei no meu celular abaixo, se quiser baixar:

https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/hosteria-del-pilar-laguna-de-los-tres-chalten-23247981  este é para o fitz roy, a partir da hosteria pilar

https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/el-chalten-laguna-torre-mirador-maestri-2430545 este é da laguna torre

Não cheguei a precisar, mas era uma segurança a mais.

5 - eu disse que a caminhada do fitz roy e laguna de los tres é  mais bonita que TDP, e continuo achando isso. Mas, quando relembro da minha viagem, é o TDP que me traz mais saudades. São as fotos que eu mais vejo. Gostei muito de lá. Acho que vale a pena vc ir.

6 - Em relação ao dinheiro, acho que dá. Eu fui com minha esposa, então sempre ficava em quartos com banheiro privativo (à exceção de dentro do parque TDP). Há muitas opções com preço bom nos locais. Pesquisa no airbnb e no booking (fui o que achei os melhores preços para a patagõnia).

7 - em relação ao clima, eu achei que o site  windguru, na patagônia, foi o que mais acertava na previsão, de 01 dia para o outro ou até uns 4 ou 5 dias a frente. Pode te ser útil.

 

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@filiperocha Se tiver com o orçamento folgado,  alugue um carro, te garanto que terá muito mais flexibilidade na sua viagem.

Torres del Paine é show de bola mesmo, igualmente el Chalten.

Não são somente as trilhas em TDP que são lindas,  vc de carro pode contornar quase metade do parque (ao sul), lindíssimos visuais sem sair do carro, te recomendo fazer...no final verá os tempanos(iceberg) bem de perto, um show à parte, como fará o perito moreno antes,  talvez não será tão diferente. Mas os mirantes são simplesmente demais.... se der atravesse de barco no pudeto. 

Compartilhar este post


Link para o post

@schitini Achei interessante a ideia de antecipar a ida a Puerto Natales..ai ao final da viagem me sobraria uma noite, que poderia dormir em El Chalten.

 

Achei os passeios de El Calafate MUITO CAROS, nao sabia mesmo que fazer nesse dia livre. Estou deixando alguma coisa indispensável de Calafate pra tras? Ou lá indispensável mesmo só o Perito Moreno?

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...