Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Silnei featured e pinned this tópico
  • Membros

Oi Viviane, tudo bem? Muito obrigado por compartilhar a mensagem. Você disse a mais pura verdade. Felizmente, a cada vez mais ligo menos para a opinião alheia e isso me fez imensamente mais feliz. Compartilhe mais sua experiência com a gente, se puder.

Abraços,

Gustavo Woltmann

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Vc sempre com belos relatos e coisas interessantes para dizer.

Mas fiquei curiosa, pq será o seu ultimo relato? Vai se estabelecer em algum lugar? Se a pergunta for invasiva não precisa responder 😅.

Desejo o melhor para vc nessa nova jornada.

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
9 horas atrás, Nani84 disse:

Vc sempre com belos relatos e coisas interessantes para dizer.

Mas fiquei curiosa, pq será o seu ultimo relato? Vai se estabelecer em algum lugar? Se a pergunta for invasiva não precisa responder 😅.

Desejo o melhor para vc nessa nova jornada.

Grata pelas sempre gentis palavras, irmã! 

Conheci o mochileiros.com em 2008 e levei 7 anos espiando o fórum (ah, o esplendor do auge dos fóruns... mochileiros, usinavirtual, internet discada e torrent corrompido ♥️ risos), degustando os mais diversos relatos até chegar a minha hora de ter coragem de abrir mão de tudo que achava que jamais poderia viver sem (documentos, emprego, faculdade, relacionamentos, casa alugada, meus gatos, etc) e ir, com a cara, a coragem e um papelão com meu primeiro destino escrito rumo ao desconhecido. Até a barraca era emprestada! 

Acontece que Coragem é um redemoinho de bem aventurança e, ao cair nele, não tem mais volta. Acabei no portal das inefabilidades! Agora pense na magnitude das situações vividas para eu ir atrás de uma palavra que traduzisse as coisas que não podem ser colocadas em palavras... 🤣

Considero que a trilogia "Sobre a Coragem", "Sobre as mentiras e perrengues" e "Sobre como se manter na prática" são uma obra prima do meu esforço pessoal em tentar transformar anos de experiências diversas em palavras palatáveis aos mais diversos públicos. De maneira honesta e verdadeira, com a propriedade e o frescor de quem viveu cada palavra, pude devolver ao fórum um tanto do quanto havia recebido. Jamais farei melhor! 

E já pude testemunhar pessoas que leram meus relatos, que me enviaram outrora comentários ou mensagem pessoais dizendo que gostariam de ter essa coragem e que hoje deixam aqui os seus próprios relatos pessoais das aventuras vividas. Missão cumprida. 😊  

Além disso, o redemoinho da Coragem me levou para a minha autorrealização no serviço voluntário em instituições de caridade religiosas. Enquanto sociedade conseguimos capitalizar até o voluntariado, mas pessoalmente não é onde me encaixo. Ainda assim considero louvável sites onde se paga para ser voluntário. Como aprendi em um dos voluntariados que fiz, Francisco Cândido Xavier já nos disse para que façamos o bem, ainda que por um motivo egoísta. Afinal, se formos esperar que o bem seja feito sem interesses egóicos nessa terra, vish.... 

Nesse voluntariado também aprendi que a verdadeira caridade não deixa que a mão direita saiba o que a esquerda faz. No caso contrário, é vaidade. E é por isso que não tenho mais nada a acrescentar publicamente ao fórum além do que já disse. Além disso, Especial de Natal do Porta dos Fundos já nos lembrou que Amor não dá engajamento nessa terra... 😄 

Pessoalmente, continuo olhando para o mapa do Brasil e apontando para algum lugar. Indo com a mochila nas costas e encontrando onde posso ser útil, onde posso servir. O que não falta é lugar para se ajudar, garanto. Mas parei com as caronas e com a bicicleta. A idade chega para todxs! E depois que se degusta da introspecção do silêncio, falar fica difícil. Mas ainda moro em barraca, durmo em isolante térmico e saco de dormir. Ter trabalhado 14h/dia sem folga por meses em navio cruzeiro proporcionou adquirir alguns luxos, pelo menos. 

Em resumo, fiquei louca! Hahahah loucura Divina! 

Mas também tem uma outra coisa. Cada vez que ouço alguém dizer "queria ser igual a você", desejo profundamente que a pessoa possa desejar querer ser ela mesma... 

Espero que possa ter te respondido e ajudado na curiosidade. Já o mistério do como/onde/pourquoi deixo para cada um... 

Que sejamos felizes.

Que possamos viver livres do medo.

Que a existência possa compassivamente atender a todas as nossas necessidades.

 

  • Gostei! 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Guyzan
      E aí, moçada! Sou novo no Fórum e, na prática, em toda essa história de mochilar.
      Hoje tenho 24 anos e, desde bem cedo, sinto muita necessidade de me ver livre, desapegado, sem os laços usuais que nos prendem a um lugar (emprego, relacionamentos, estudos). Nunca segui esse desejo; tenho emprego fixo, uma namorada e faço faculdade. Hahahah
      Me atrai muito a ideia de viajar caminhando, carregando a casa nas costas, conhecendo as pessoas e a história das cidadezinhas que temos por aí.
      Honestamente, acho que me falta a coragem para atrasar (mais ainda) minha faculdade, ter de começar em um novo emprego, e encarar sabe-se lá o que aconteceria com meu relacionamento.
      Não tenho muito dinheiro e meu único bem é uma motoquinha que mal vale 5 mil. Não me assombra a ideia de viajar sem grana, mas entrar nessa vida e ainda não ter onde cair morto daqui 1, 2, 5 anos, um pouco.
      Como vocês lidam com viagens longas e este prospecto?
      É possível unir este estilo de vida à algo que proporcione meios de suprir as necessidades que o futuro trará? 
      Eu não acho que essas perguntas tenham uma resposta. Acredito que se lançar na estrada sem dinheiro seja realmente um ato de muita coragem, que não dá garantias, por isso respeito muito todos que o fazem.
      Mas gostaria de ler seus pensamentos sobre as minhas inseguranças. Talvez algum deles seja a inspiração que me falta. Hahahaha
    • Por REGINALDO GUEDES
      Procuro companhia para viajar a pé de Vitória do Espírito Santo até São Paulo. Estou sem grana 😞. Estou me programando para partir do dia 08/12/2020.
      Obs: Tenho apenas a barraca de 3 lugares o Roteiro pelo Google maps e segundo o mapa leva 8 dias, mas creio q seja mais.
      Estou voltando pra minha família 😍
      Se você já tiver um lugar pra ficar ou apenas seguir e ficar de companhia durante o trajeto estar tudo certo.
      Deixa seu comentário aqui.
       
    • Por wesley west
      A felicidade só e real quando e compartilhada por isso busco outros mochileiros para essa viagem, ainda sem roteiro mais em planejamento assim que a aberturas das praias for decretada vou sair nessa viajem. obs: procuro companhia pra a viajem ser mais segura também. 
      MOTIVO: A vida e só uma e quero aproveitar minha, essa viagem pra mim vai ser uma janada para me desenvolver como pessoa e realizar um sonho tenho 20 anos e não quero passar mais um ano da minha trabalhando por um salario minimo trocando o capital mais importantemente dessa vida que e o tempo por dinheiro.
      -Um pouco sobre mim: tenho 20 anos estudo técnicas de sobrevivência a 2 anos acampo 1 vez em cada 3 meses a 2 anos estudo desenvolvimento pessoal era muito nerd quando criança hoje só bastante extrovertido e comunicativo.
      -Requisitos para a aventura: +18 obrigatório, aventureiro(a), desenrolado e que leva a serio esse estilo de vida. WHATSAPP; +55 84 988656915
       
       
    • Por Filipe O. Barros
      Fala aí gente! Tudo bom? Bem, eu sou um jovem sem experiências de mochilao, mas tenho muita vontade de aprender e pegar o jeito, tenho em mente pro futuro quando pegar o jeito percorrer a costa do Brasil, preciso de companheiros de viagem para que me ajudem, quero fazer uma viagem com pouco dinheiro e free camping, de início queria fazer um trajeto não enorme nem minúsculo. De apenas uma semana por aí. Desculpem o texto grande, precisava explicar que não tenho experiência e o tipo de trajeto que quero fazer. Obrigado!
    • Por Sofia Volpe
      Oi pessoal, como vai? Eu amo viajar, mas sempre tive o enorme problema chamado: Sem dinheiro para isso. Contudo, observando tanta gente que viajava sem nunca colocar a mão no bolso, ouvindo aquelas supostas lendas sobre passagens aéreas gratuitas que só pareciam ser reais na teoria e etc, decidi ir atrás de alguém que ensinasse um passo-a-passo sobre como conseguir isso também. Encontrei, então, essa playlist (clica no sublinhado) no youtube que ensina bem direitinho como fazer para viajar sem abrir a carteira. No início, fiquei meio duvidosa, pois jamais havia testado na prática esses truques, até que fiz a primeira tentativa. Desde então, nunca mais parei. Então, resolvi ajudar mais pessoas a fazerem o mesmo. Já fui para Inglaterra, Irlanda, Itália, Argentina, Uruguay, França, só com esses truques. Super recomendo. Espero que essa playlist ajude vocês tanto quanto me ajudou. 
×
×
  • Criar Novo...