Ir para conteúdo

Dá pra usar uma Quechua Forclaz 50L como Bagagem de Mão em voos nacionais?


Posts Recomendados

  • Membros

[DÚVIDA] [MOCHILA] [VOO NACIONAL]

Pessoal, contando com essa nova política de bagagens, será que é de boa passar com uma Quechua Forclaz 50L como Carry-On ou Bagagem de Mão em voos nacionais? Já conferi as medidas, é no limite, mas é que já cansei de ter que despachar só por ser cargueira/ter barrigueira. Alguém com alguma luz, dica ou relato?

12.jpg

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Admin

O ideal pra não ter problema é uma mochila de no máximo 45 litros, mas tem relatos de viajantes que conseguem fazer isso até com mochilas bem maiores que essa aí, é só não usar toda a capacidade da mochila. Clica aqui nesse link: "Bagagem de mão"  que vc vai achar vários tópicos sobre o assunto.  

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi Silnei!

Ela vai até bem leve, sabe? Bem menos que os 10kg máximo. O problema é o tamanho mesmo. Essa Quechua é 62 x L 32 × P24 e o permitido pela ANAC é 55 x 35 x 25. 
Mas a gente sabe como o serviço é porco pelo Brasil, então o agente do aeroporto pode muito bem levantar
 o "pano vazio" da mochila e alegar que passou das medidas, mesmo com ela praticamente vazia.

Sempre viajo com ela lotada até a tampa, e como sempre despachei, nunca foi problema. Mas agora que vou com ela sequinha... hahahaha. 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

O pessoal das companhias implica com o tamanho simplesmente por que não cabe tudo dentro da cabine do avião mesmo que todo mundo se mantenha estritamente dentro do limite.

Os primeiros 120 ou 130 passageiros a embarcar ainda conseguem achar espaço, mas os últimos 40 ou 50 passageiros a embarcarem geralmente já não acham mais espaço dentro da cabine, e tem que despachar a mala/mochila no porão.  

Neste caso, se estiver dentro do limite, eles colocam no porão, mas não cobram, mas se estiver claramente acima do limite, com certeza irão cobrar.
Passei exatamente isto duas vezes no final de semana passado, o voo para Curitiba estava lotado, e como eu fui um dos últimos a embarcar, não me deixaram embarcar com a mochila de 45 litros, tive que despachar ela no porão lá no portão de embarque, não me cobraram por que estava dentro do limite. e no voo de volta, novamente a mesma coisa, não pude levar a mochila a bordo, novamente foi no porão, sem custo...

Então se o voo está lotado, o pessoal costuma ser muito mais rigoroso do que quando o avião está meio vazio, mas como nunca tem como saber isto, não dá para saber antecipadamente se vão ser mais rigorosos ou não.

Quanto a sua mochila, se ela não estiver cheia até a tampa, dificilmente será barrado, então se não for despachar ela, viaje com ela não muito cheia.

Neste feriado percebi que agora também está ficando comum um comportamento que antes a gente só via nas low-cost do exterior, 30 ou 45 minutos antes do embarque já tem pessoal na fila do portão de embarque, e quase se estapeiam para ser um dos primeiros a embarcar e garantir um lugar para a mala a bordo e correr menos risco de os agentes implicarem com a mochila/mala um pouquinho acima dos limites...

 

Como antes no Brasil não se pagava para despachar bagagem, os agentes no check-in eram muito mais rigorosos, eles implicavam muito mais com o tamanho da mala/mochila e faziam mais gente despachar ela, pois não tinha custo adicional para o passageiro, era só mandar ele despachar, tudo para evitar aquele transtorno e confusão na hora do embarque que agora é comum.

Mas como agora tem que pagar para despachar, os agentes não estão mais sendo tão rigorosos num primeiro momento, até o pessoal se acostumar, e o que se vê é aquela confusão e atrasos na hora do embarque...

Editado por adrianolb
  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Mais uma vergonha do desgoverno que não foi eleito,rasgaram o meu voto e de milhões de vermelhos por aí,para tomar este tipo de medida capitalista. 

Sabem como eu resolvo?Não viajo mais em voo nacional,deixo avião para a extrema direita,a não ser que vá passar poucos dias e voltar logo.

  • Gostei! 2
  • Hahahaha! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 ano depois...
  • Colaboradores

Penso que depende da companhia, suas regras e a cidade de onde vc está pegando vôo mesmo. Mas tente não encher demais, e leve alguns itens como item pessoal, dentro de uma bolsinha, que vai. 

Nesse ano comecei a levar a minha de 60L (mas não da quechua), e ela tem passado sem problemas pela gol, por exemplo.

 

Edit: desculpa ressucitar o post velho, agora que notei

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 meses depois...
  • Membros

A minha mochila é a quechua ESCAPE de 50L, de medidas 56x40x26 SEM A BOLSINHA DE CIMA. Levei a mochila bem cheia, só que toda amarrada com a própria amarração da mochila, tava pesando entre 8kg e 10kg (na volta, sempre vem mais pesada rs). Fui com a bolsinha de cima no ombro, e a mochila aparentando menor nas costas. Passei tranquilamente, sem ser parada pra medir na TAP, GOL, AZUL e LATAM. Cabe perfeitamente no compartimento superior. Na TAP, só no avião pequeno que ela foi despachada na hora mesmo que entrei na aeronave, sem custo algum. Na ryanair, eu paguei pra despachar, mas ela cabe nas medidas da passagem priority, que dá direito à 2 malas de cabine (que aí dá certo a mochila quechua inteira).

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 meses depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...