Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Leste Europeu com 1000 euros em junho?


Pergunta

Posts Recomendados

  • 0
  • Colaboradores

25 dias?Dá 40 euros por dia.Está incluindo hospedagem e passagem neste calculo?Se sim,pode desistir, é impossível.

6 países?Tirando o dia de chegada e partida,mais 5 de deslocamentos internos restam 18 dias,que dá 3 dias para cada país.

É gastar dinheiro que você não tem ou quer e se cansar,além de passar necessidade.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
  • Membros

O que estaria incluso nestes 1.000 Euros, alimentação, hospedagem, passeios, passagens entre as cidades?

40 euros por dia é um valor bem baixo, e apesar de o custo de vida por aqueles lados ser um pouco mais em conta, também não é mais tão mais barato assim como foi a alguns anos atrás, pois como são destinos que ficaram bem populares nos últimos anos, os preços estão subindo.

E pode ficar ainda pior, pois se você ainda for descontar os gastos com passagens entre as cidades destes 1.000 Euros, você pode acabar com um orçamento de 30 ou 35 euros por dia.

 

É possível conseguir sobreviver com 40 euros por dia, mas você terá que se submeter a muitas privações e deixar de fazer muita coisa para conseguir. 

Alem disto, com um orçamento apertado destes, você ainda corre o risco de alguma coisa sair do planejado nas 2 primeiras semanas, e depois você não ter dinheiro nem para comer na última semana, pois acabou gastando mais que o previsto nas duas primeiras semanas. 

Uma dica, seja muito crítico sempre que ver ou ouvir alguém falando que viajou gastando muito pouco, geralmente a pessoa que falou isto não falou todos os detalhes, não contou nada a respeito das privações ou dos perrengues que passou para conseguir sobreviver com tão pouco dinheiro.

Com um orçamento de 40 euros por dia, você teria que sempre escolher o hostel mais barato, não importando se ele for ruim ou bom, ou então ter sorte de conseguir um couchsurf, mas estes não são fáceis de conseguir...

 Você também não poderia almoçar ou jantar fora, num restaurante qualquer, sempre teria que almoçar ou jantar no hostel, preparando as suas refeições. Mas ai está a pegadinha, com um roteiro com tantos locais e pouco tempo, eu duvido muito que você vá perder 2 horas por dia voltando ao hostel para fazer almoço, você vai acabar comendo alguma porcaria barata na rua mesmo, mas fazendo isto por quase um mês inteiro, quase certeza de que você voltará doente para casa.

Com 40 Euros por dia, você também vai ter que escolher entre comer ou fazer aquele passeio legal, mas que custa 10 ou 15 euros.

Também não vai poder sair, ir num barzinho ou pub tomar uma cerveja com o pessoal do hostel, etc...

Em resumo, com muitas privações, é sim possível conseguir sobreviver com 40 euros por dia, mas realmente não vale a pena, você gastar um monte de dinheiro com passagens para ir até lá e depois não conseguir fazer quase nada lá e ficar o tempo todo contando moedinhas para ver se você vai ter dinheiro para comer amanhã.

 

Então uma sugestão, se você não conseguir aumentar este valor, reduza um pouco a duração da viagem, para algo entre 15 e 20 dias, com menos locais, ai já fica um orçamento um pouco menos apertado, mas ainda assim não seria um orçamento folgado, você ainda teria que ser bem econômico...  

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
Em 02/02/2020 em 10:29, poiuy disse:

seja muito crítico sempre que ver ou ouvir alguém falando que viajou gastando muito pouco, geralmente a pessoa que falou isto não falou todos os detalhes, não contou nada a respeito das privações ou dos perrengues que passou para conseguir sobreviver com tão pouco dinheiro.

👏👏👏 , sempre achei isso mas nunca tive coragem de dizer. As pessoas contam a parte romântica da aventura, mas não contam aquela saliva na boca vendo todo mundo bebendo e socializado na festa do hostel e ele(a) de bico seco ou regrando duas long neck a noite toda. Uma viagem de férias, não deve ser um sacrifício e sim momentos de prazer. Eu prefiro passar 15 dias folgado do que 60 dias mal alimentado, sem poder curtir a noite e as atrações.

Em 01/02/2020 em 21:41, Baferreira disse:

Alemanha- Polônia-Hungria-Eslováquia-Áustria e Republica Tcheca

Você precisa definir as cidades. Uma coisa é o custo de vida em Berlin outrem em Munique, por exemplo. Você sair de Colonia para Varsóvia é um preço, de Berlin a Cracóvia é outro preço... Mesmo porque com 25 dias você não tem tempo para fazer um roteiro por paíse(tipo rodar a Alemanha...depois rodar a Polônia... etc.). Você tem tempo para visitar algumas cidades.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

@Baferreira se fosse meu roteiro, primeiro eu ia definir as cidades que quero visitar. alemanha só berlim ? polonia com cracóvia e varsóvia ?
com esse planejamento pronto eu começaria a definir a quantidade de dias, pra encaixar no orçamento. porque não diminuir a quantidade de cidades (e deslocamentos) e, consequentemente, de dias ? assim sobra mais dinheiro.

dá pra ir planejando também de forma a evitar cidades mais caras (austria é mais caro que hungria, republica tcheca é mais caro que polônia), ficando menos dias em cidades caras e se dando maior luxo nas cidades mais baratas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Obrigada, galera! Eu estou definindo! Tinha pensado nas capitais, incluindo talvez uma cidade que desse pra fazer bate e volta (sem colocar nos 1000) Bom, os 1000 euros não incluem hospedagem. Vocês levariam qual quantia? valor diário?

entao, eu estaria indo ao final dos 25 dias para ucrania, onde vou morar por 2 meses. Por isso teria que tentar economizar no leste! 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
Em 01/02/2020 em 20:41, Baferreira disse:

Fala, galera. Será que rola Alemanha- Polônia-Hungria-Eslováquia-Áustria e Republica Tcheca com 1000 euros? em torno de 25 dias. Li alguns blogs com datas mais antigas que dizia ser possível. Mas atualmente, me restam dúvidas. Alguém mais experiente ai?

 

Em novembro do ano passado visitei: Itália, Áustria, Hungria, República Tcheca, Alemanha, Espanha e Inglaterra em uma viagem de 24 dias com €1.300,00, voltei com €100,00, porém aqui vai algumas observações: Fui com hotel e todos os deslocamentos entre países pagos. Apesar de ter ficado só em hotéis, (só fiquei em Hostel em Londres), foi uma viagem econômica com um custo de €54,00/dia pra comer, visitar atrações e utilizar transporte público. Eu creio que seja possível sim viajar com esse orçamento, (indo com hospedagem e deslocamento entre países já garantidos), porém vc terá um orçamento de €40,00/dia. Se vc conseguir adaptar a sua viagem ao seu orçamento, (priorizando atrações sem custo ou de baixo custo, refeições mais baratas ou de rua e usar mais as pernas do que transporte público), acredito ser plenamente possível sim viajar com esse orçamento.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
20 horas atrás, Baferreira disse:

Obrigada, galera! Eu estou definindo! Tinha pensado nas capitais, incluindo talvez uma cidade que desse pra fazer bate e volta (sem colocar nos 1000) Bom, os 1000 euros não incluem hospedagem. Vocês levariam qual quantia? valor diário?

Se os 1.000 euros forem sem hospedagem, já melhora bastante, pois só de hospedagem para uns 25 dias você gastaria entre 400 e 500 Euros.

Não dá para sair gastando sem pensar muito bem, mas se você for consciente nos gastos e escolher bem onde gastar o seu dinheiro, na minha opinião, se for só para gastar com alimentação, metrô, passeios e uma happy-our ou barzinho de vez em quando, 1.000 euros para 25 dias seria sim possível.

Bate-volta é muito bom, mas é uma das coisas que mais consome dinheiro numa viagem, pois por mais que você não entre em nenhuma atração paga, facilmente vão 20 ou 30 euros em passagens só para ir e voltar.

Então se você quer economizar dinheiro, tente evitar os bate-voltas, fazendo somente aqueles que realmente valerem muito a pena.

Em relação a visitar somente as capitais, reavalie um pouco esta ideia, pois começando pela Polônia, onde Cracóvia, no interior, é muito mais interessante de se visitar do que a capital Varsóvia...

21 horas atrás, Baferreira disse:

entao, eu estaria indo ao final dos 25 dias para ucrania, onde vou morar por 2 meses. Por isso teria que tentar economizar no leste! 

Em qual cidade da Ucrânia você vai morar?

Ucrânia fica bem longe de todo o restante do seu roteiro, você provavelmente tenha que ir até lá de avião, então tente montar um roteiro onde você termine o seu roteiro numa cidade de onde seja fácil chegar na Ucrânia.

Budapeste costuma ser uma cidade que tem uma oferta boa de voos baratos para o leste europeu (Ucrânia, Russia, etc..)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Lviv na Ucrânia. Bom, eu incluiria o voo pra kiev por fora desse dinheiro. Ficaria uns 3 dias em Kiev antes de ir pra lviv. (Por fora do dinheiro do leste). Pensei em sair de praga mesmo. Mas pode ser uma opção melhor outro lugar! Em falar nisso, alguém já foi a Ucrânia? Estou lendo blogs mas é bom alguém sem blog kkk que já foi tb! 

Obrigada pessoal!!

e sim, prefiro Cracóvia do que Varsóvia kkk capital são as outras mesmo! 

Bom, eu gostaria de fazer o leste antes da Ucrânia mais por “confiança”, digamos. Estou indo sozinha pra Europa pela primeira vez e vou participar de um projeto na Ucrânia, então queria me sentir mais confiante pra isso fazendo o leste europeu primeiro. Mas posso também dividir esse roteiro em 3 antes da Ucrânia e 3 depois. O que vcs acham? Quantos euros pra 3 ou 4 países em menos dias?
 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
22 horas atrás, Baferreira disse:

Lviv na Ucrânia. Bom, eu incluiria o voo pra kiev por fora desse dinheiro. Ficaria uns 3 dias em Kiev antes de ir pra lviv. (Por fora do dinheiro do leste). Pensei em sair de praga mesmo

Lviv fica bem longe de Kiev, são umas 9 ou 10 horas de ônibus, então preveja um dia mais de folga para chegar em Lviv a tempo.

Para ir direto até Lviv, o melhor lugar seria Cracóvia, de onde há vários ônibus diretos e que não levam uma enormidade de tempo.

Mas se quiser ir a Kiev antes, a melhor opção seria mesmo Budapeste, pois os voos costumam ser muito mais baratos a partir de Budapeste do que qualquer uma destas outras cidades.

Mas tudo isto vai depender de por qual cidade você chegar lá na Europa, dependendo que por onde você chegar, você pode precisar fazer alguns ajustes no seu roteiro.

22 horas atrás, Baferreira disse:

Bom, eu gostaria de fazer o leste antes da Ucrânia mais por “confiança”, digamos. Estou indo sozinha pra Europa pela primeira vez e vou participar de um projeto na Ucrânia, então queria me sentir mais confiante pra isso fazendo o leste europeu primeiro

Você fala Ucraniano ou Russo?

Eu fui uma vez, mas fiquei pouco tempo, só 3 dias em Kiev, a minha impressão é que a quantidade de pessoas que falam inglês ou outro idioma estrangeiro é bem pequena.

Eu consegui me virar sem grandes perrengues, mas eu já sou meio calejado em viajar, então já consigo manter a calma quando estou perdido, e ninguém consegue entender o que eu falo, e eu não conseguir entender nada do que está escrito nas placas, rsss

Mas para alguém sem muita experiência, e viajando sozinho pode-se sentir um pouco inseguro em lugares assim.

Diferente da Europa ocidental, onde quase todo mundo fala ao menos um pouco de inglês, onde as coisas são bem sinalizadas, e você consegue ler as placas,  o pessoal está acostumado e sabe lidar com milhares de turistas que não falam uma palavra do idioma local ou inglês todos os dias, lá para os lados da Ucrânia a coisa fica um pouco mais complicada, pois o povo não está muito acostumado com turistas estrangeiros e não sabe lidar muito bem com eles.

Então caso você não fale ucraniano, eu recomendaria que você tentasse aprender ao menos o básico do básico do alfabeto cirílico e idioma ucraniano antes da viagem, para ao menos conseguir olhar para uma placa e conseguir ler o que está escrito nela...

 

  • Obrigad@! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Então, não falo nada de ucraniano. É um intercâmbio, a língua está como inglesa, mas a sua ideia é ótima, realmente, vou estudar o idioma! Obrigada.

Eu sei que lviv é mais perto da Polônia! Mas não abro mão da Hungria e de Kiev por hora. Então acho que já decidi. Alemanha(4), Polônia(4), Eslováquia (pretendo ficar 2 dias) e Hungria(4). Mais 2 dias pra deslocamento mais ou menos. Somando 16! Será que da? Depois Kiev (3 dias) antes de ir a Lviv.

Acho que deu uma aliviada no orçamento também. O que vcs acham?

Pretendo chegar por Berlim.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...